sábado, 10 de março de 2018

"Benfica foi avisado de todas as buscas"


O semanário Expresso dá hoje destaque de capa ao processo e-toupeira afirmando que o "Benfica foi avisado de todas as buscas". Na base desta afirmação está o facto de terem sido apreendidos documentos a Paulo Gonçalves que mostram que foi informado sobre investigações. Deste artigo do expresso quero salientar 5 pontos fundamentais que acrescentam muita informação ao que já sabíamos. 

Benfica sabe tudo desde (pelo menos) 2016


Nas buscas ao gabinete de Paulo Gonçalves, a PJ encontrou "cópias de despachos do juiz de instrução do caso dos emails sobre pedidos de buscas e inquirições a suspeitos". O Expresso afirma que desde o primeiro dia do processo dos vouchers (denunciado por Bruno de Carvalho em 2015) que Paulo Gonçalves tem conhecimento de todos os passos dos investigadores da Unidade Nacional de combate à corrupção da PJ nos diversos processos que envolvem o Benfica e também alguns processos sobre os rivais.

Briefing interno e reunião com advogados com a presença de Luís Filipe Vieira


O Expresso afirma ainda que "há indícios que apontam para que a informação recolhida pelo oficial de justiça tenha sido usada em reuniões preparatórias com o escritório de advogados Vieira de Almeida. A fonte contactada pelo Expresso diz que "O Benfica sabia por antecipação de todas as buscas da PJ ao clube. E fez até uma espécie de briefing com os funcionários para saber como actuar".

Estas informações recolhidas agora pelo Expresso vão de encontro ao que já tinha sido noticiado pela revista Sábado na sua edição de 28 de Setembro de 2017, portanto, há quase meio ano. Vamos recordar:

Excerto Revista Sábado - 28 de Setembro de 2017
A informação da Revista Sábado é ainda mais pormenorizada. Nesta notícia de Setembro de 2017 é referido que Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves foram os anfitriões de uma reunião conjunta no Estádio da Luz com mais de 10 advogados com ligações aos escritórios Vieira de Almeida e Associados, Abreu Advogados e Correia, Seara, Caldas, Simões e Associados. Dizia a Sábado nessa altura que nessa reunião foi apresentado "um conjunto de alegadas informações internas do MP/PJ sobre o percurso do inquérito-crime". O Expresso de hoje diz que "Paulo Gonçalves tinha inclusivamente o print da primeira página do processo, com o número do processo e o nome dos suspeitos".

Nessa reunião com Luís Filipe Vieira, advogados da Vieira de Almeida terão apresentado um trabalho com os passos legais no caso de se verificarem buscas ao clube/SAD e aos respectivos dirigentes e ex-quadros. O documento em PowerPoint explicava tudo ao pormenor, inclusivamente os imperativos legais a ter em conta pelas autoridades, caso decidissem proceder à apreensão de computadores e de correspondência informática. 

Como podem verificar, as peças começam a encaixar na perfeição. Se quiserem consultar a notícia da Revista Sábado na integra cliquem (aqui).

O emprego para o sobrinho de José Augusto "toupeira" Silva


Nas buscas feitas na última terça-feira, a PJ encontrou um currículo do sobrinho de José Augusto Silva no gabinete de Paulo Gonçalves no Estádio da Luz. A PJ acredita que a oferta de emprego ao sobrinho de José Augusto Silva era uma contrapartida pelas informações passadas a Paulo Gonçalves. 

Para quem não está muito por dentro dos restantes arguidos deste processo, importa dizer que José Augusto Silva é o senhor que ficou em prisão preventiva. Já falei um pouco sobre o senhor num post que pode ser lido (aqui)

Toupeira "cega"


Esta informação é de extrema relevância. Segundo o Expresso a PJ teve de fintar a justiça para poder fazer as buscas da passada terça-feira sem que o Benfica soubesse de forma antecipada que as mesmas iriam ocorrer. Talvez por isso conseguiram encontrar vário material incriminatório - como vem sendo noticiado nos últimos dias - ao contrário do que ocorreu em buscas anteriores. 

A forma como José Augusto Silva usou a procuradora Ana Paula Vitorino


José Augusto Silva utilizou a conta e password da procuradora Ana Paula Vitorino para "durante meses, aceder todos os dias ao caso dos emails". Fonte do Expresso diz que "foram feitas mais de 500 consultas relativas a mais de 10 inquéritos no Benfica, mas também no Sporting e Porto". Conclui o Expresso que "o técnico recolheu informação, imprimiu peças processuais e passou tudo a Paulo Gonçalves, que o terá conhecido quando era um simples advogado que trabalhava nos tribunais do Norte do país"

José Augusto Silva poderia ter usado a sua password mas escondeu-se atrás do uso da password de Ana Paula Vitorino, que deixou de usar a sua conta no DIAP por estar desde Novembro de 2016 a investigar o processo Octapharma em exclusivo. José Augusto Silva pensava que estava a salvo, mas, felizmente,  enganou-se. 

Para hoje não quero tecer mais grandes considerações. A informação disponibilizada no artigo do Expresso é suficientemente reveladora do esquema. Dizer apenas que não há sombra nenhuma de dúvidas que "o melhor está para vir". 

Fiquem com o artigo na integra.


Artigo


Cliquem para aumentar
Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aqui)

19 comentários:

  1. Parece que os jornaleiros que subscrevem, essa notícia vão ter de prová-la em Tribunal. Talvez lá se juntem com o pigmeu que lhe dá as instruções.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o Expresso até é um jornal mentiroso. Já no Sport Toupeirense é só gente séria. O vosso bullying judicial ja não pega.
      Continuam a viver numa realidade alternativa. Um destes dias batem de frente com uma parede.

      Eliminar
  2. quero dar-lhe os meus parabéns pelos posts que dia após dia vão saindo no seu blog, muito bem compilados e documentados para compreensão de todos (parece que apenas os fanáticos rouges pouco entendem ou querem entender, eh, eh, eh) parece que muito trabalho o espera nos próximos tempos pois o que paira em todos os blogs afectos aos adversários do clube das e-toupeiras é que o melhor está para vir, cumprimentos sinceros.

    ResponderEliminar
  3. Quem publicou esse lixo jornalístico é empregado do carregador de bandeiras ? É? Tá tudo dito ... Lixo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aplica-se a mesma resposta que dei à toupeira Manuel.

      Eliminar
  4. Mais um post muito bem exposto, parabéns. O Excesso para variar mete a pata qd diz que a info foi exposta pelo blog sportinguista,mas desse tema já se esgotou a explicação

    ResponderEliminar
  5. Desta vez existem provas mais do que suficientes para daqui sair alguma coisa. Veremos, se de facto vivemos numa republica das bananas, ou se aprendemos alguma coisa com processos como o Apito Dourado...

    ResponderEliminar
  6. Força Mister. Continuo a dizer que falta o José Eduardo Moniz nesta história toda :)

    ResponderEliminar
  7. E o desespero do barão da droga agora? Ameaça tudo com processos kkkkk vai dentro o cabrão!

    ResponderEliminar
  8. Mas que raio... Onde andam os FDias e os ehehehes???...
    Que raio de realidade esta, onde as PROVAS deixam em silêncio tão profícuas línguas???... :D
    É que nem se precisava de provas, porque a pouca vergonha e sentido de impunidade é tal, que nem imaginavam que fosse possível!...
    "O melhor está para vir"... Tic-Tac, Tic-Tac, Tic-Tac...

    ResponderEliminar
  9. Cada vez mais merda na ventoinha. Bandidos.

    ResponderEliminar
  10. A CORJA DE CRIMINOSOS
    Mister do Café sempre a fundo, desmascara este bando de CRIMINOSOS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa noticia não faz sentido. Quanto o resto tenho sérias dúvidas que não sejam verdade, mas essa informação parece-me muito improvável da forma que foi dada. Ora vejamos, o Benfica tem acesso a informação de processos que estão em segredo de justiça obtida de forma nada legar, ao mesmo tempo que isso tem acesso a informações dos dias das buscas por parte da PJ. O que faz? Informa os funcionários e indica-lhes como se comportar mas deixa os documentos obtidos ilegalmente nas instalações. Faz sentido? Se faz troquem de óculos e leiam de novo. Como disse não acredito que seja tudo fumo sem fogo, mas creio que nos devemos moderar nas considerações. Mesmo os senhores deste blog tiveram acesso a informações em segredo de justiça muito antes do ministério público ter indiciado cidadãos. Dir-me-ão, mas nós não corrompemos ninguém, eu eu respondo, não sei. E mesmo que não o tenham feito, que é o mais provável, não tiveram pudor em veicular essas informações que foram também forma obtidas por alguém de forma ilegal. Abraços

      Eliminar
    2. Filipe ganha um cérebro pá.
      Ou aprende a ler.
      Na única busca em que a PJ fintou os informadores foi quando se encontraram as provas incriminatorias.

      Obviamente, quando avisados, há que agir naturalmente. Seguindo instruções dum gabinete de advogados

      Eliminar
  11. Há algo de muito errado com estas acusações de 'corrupção', pois a coisa vai muito para além de 'corrupção desportiva' ou 'corrupção', mas sim é uma 'associação criminosa' q põe em causa os próprios fundamentos do 'estado de direito', com esta 'surveillance' ao seu coração, como é suspeito de o fazer o mesmo ao coração de todas as superiores instalações do futebol (pondo no lixo a verdade desportiva).

    A 'Toupeira' não só é cega como é Lampiânica (acredita que qualquer meio justifica os fins) e 'gelado na testa' (acredita piamente na santidade de quem dirige o objecto da sua "religião", não importa quão mal o usem e abusem -> como vai descobrir e contemplar debaixo do autocarro para onde o vão amandar, isto se tiver um QI acima de 80, como parece ser o caso, ou não seria técnico de coisa alguma)... portanto não é só corrupção e as *contrapartidas* não interessam para nada, há sim é uma submissão e conivência completa com os crimes praticados...

    Para mim juntar este E-toupeira ao caso Vouchers-emauls-jogos_para_perder não chega, isto merecia também um gabinete próprio de investigação dentro da PJ e estrutura do Ministério Público... pois para mim, atendendo as personagens e suas origens, o *CASO* É BEM ANTIGO E RAMIFICADO, e muito anterior à insolvência.. err INVOLVÊNCIA do nome benfica no caso, esta rota está irremediavelmente ligada à 'Rota do Atlântico' e tem tantas ramificações ao sugerir Narcotráfico e Crimes de Sangue, como se pode ler no link, misturado mas muito para além das coisas de futebol... q servem de capa!..

    https://drive.google.com/file/d/0B0WOFShBG9bLZWxyU1dCUlh6Umc/view
    (ADVERTE-SE BOLINHA VERMELHA E OU ESTÔMAGO VAZIO E FORTE)

    O 'Gabinete de Crime.. err Crise!', vai servir para a 'cartilha' entrar em 'overdrive' nas insinuações cobtra-ataques, calúnias e pressões mediáticas, para poder JOGAR o TRUNFO POLITICO dos tais 6 milhões dos quais quase 3 milhões estão falecidos, para AMEDONTRAR O PODER POLITICO com balelas e influências muito para além do real (por isso o Sporting com mais de 170 mil sócios, quase quase tantos quanto o Merdica, é o alvo a abater a todo custo -> pois é uma DEMONSTRAÇÃO viva e inequívoca das balelas), e arranjar forma de travar todos estes processos de forma política (imperioso já que as toupeiras estão a ser caçadas e devem permanecer escondidas).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui mestre, apesar de dúvidas que seja um dos oficial da PJ, está muita ponta solta que merece ser seguida neste doc drive

      Eliminar
  12. Essa noticia não faz sentido. Quanto o resto tenho sérias dúvidas que não sejam verdade, mas essa informação parece-me muito improvável da forma que foi dada. Ora vejamos, o Benfica tem acesso a informação de processos que estão em segredo de justiça obtida de forma nada legar, ao mesmo tempo que isso tem acesso a informações dos dias das buscas por parte da PJ. O que faz? Informa os funcionários e indica-lhes como se comportar mas deixa os documentos obtidos ilegalmente nas instalações. Faz sentido? Se faz troquem de óculos e leiam de novo. Como disse não acredito que seja tudo fumo sem fogo, mas creio que nos devemos moderar nas considerações. Mesmo os senhores deste blog tiveram acesso a informações em segredo de justiça muito antes do ministério público ter indiciado cidadãos. Dir-me-ão, mas nós não corrompemos ninguém, eu eu respondo, não sei. E mesmo que não o tenham feito, que é o mais provável, não tiveram pudor em veicular essas informações que foram também forma obtidas por alguém de forma ilegal. Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Sr. unknown fala muito mas acerta pouco.

      O Benfica teve conhecimento das buscas relacionadas com o caso dos emails. Nessa altura não apareceram notícias sobre documentos encontrados. Sobre esta caso "e-toupeira", as autoridades quando procediam à investigação deixaram de colocar na plataforma informações sobre o processo. Logo ninguém no Benfica teve conhecimento das últimas buscas e por isso foram encontrados documentos incriminatórios.

      Quanto às informações divulgadas no blog são todas de acesso publico, como já demonstrei aqui: https://misterdocafe.blogspot.pt/2018/03/o-trunfo-dos-jumentos.html

      Eliminar
    2. Filipe, outra vez?
      Aprende a ler.
      Na única busca em que a PJ fintou os informadores foi quando se encontraram as provas incriminatorias.

      Obviamente, quando avisados, há que agir naturalmente. Seguindo instruções dum gabinete de advogados

      Eliminar