quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Bruno de Carvalho e Mustafá saem em liberdade


Ao final da manhã de hoje o Juízo de Instrução Criminal do Barreiro do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa informou a libertação imediata de Bruno de Carvalho e de Nuno Mendes, mais conhecido por Mustafá. 

Comunicado oficial


De seguida deixo o comunicado na íntegra:

"O Juízo de Instrução Criminal do Barreiro do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, informa os senhores jornalistas que, devido à greve parcial dos senhores oficiais de justiça, só agora foi lido o despacho que aplicou as medidas de coação aos arguidos agora detidos na sequência do processo n.º 257/18.0 GCMTJ instaurado pelos factos ocorridos na Academia do Sporting Clube de Portugal.

Mais informa que a ambos os arguidos, BRUNO MIGUEL AZEVEDO GASPAR DE CARVALHO e NUNO MIGUEL RODRIGUES VIEIRA MENDES tendo em conta que se verificam indícios da verificação dos pressupostos objetivos e subjetivos dos tipos de crimes que lhes são imputados:

- vinte crimes de ameaça agravada, p. e p. pelo artigo 153º, n.º 1 e 155°, nº1, alínea a) do Código Penal;

- doze crimes de ofensa à integridade física qualificada, p. e p. pelo artigo 143º, n.º 1 e 145º, n.º1, alínea a), n.º 2 por referência à alínea h) do n.º 2, do artigo 132° do Código Penal de:

- vinte crimes de sequestro, p. e p. pelo artigo 158°, n.º 1 do Código Penal;

- dois crimes de dano com violência, p. e p. pelo artigo 212°, n.º 1, e 214º, n.º1, alínea a), do Código Penal;

- dois crimes de detenção de arma proibida agravado, p. e p. pelo artigo 86°, n.º1, alínea d) e 89°, por referência ao artigo 2°, n.º 5, alínea af) e q) e 91°, n.º1, alínea a) e nº 2 da Lei n.º 5/2006, de 23.02;

- um crime de terrorismo, p. e p. pelo artigo 4º, n.º 1, por referência ao artigo 2º, n.º1, alínea a) da Lei n.º 52/2003, de 22.08, com a redacção dada pela Lei n.º 60/2015, de 24/6.

E que se indicia ainda, fortemente, a prática, pelo arguido NUNO MIGUEL RODRIGUES VIEIRA MENDES, em autoria material de:

- um crime de tráfico de estupefacientes, previsto e punível pelo art.º 21 n.º 1 do DL 15/93 de 22.01

e que se verificam, ainda, em concreto, os perigos de fuga, de perturbação do decurso do inquérito, nomeadamente, para a aquisição e conservação e veracidade da prova, de continuação da atividade criminosa, bem como de grave perturbação da ordem e tranquilidade públicas, atendendo à natureza dos ilícitos em causa e à visibilidade social que a prática dos mesmos implica, considerando que a atuação dos arguidos revela um manifesto desprezo pelas consequências gravosas que provocam nas vítimas, foram aplicadas a cada um dos arguidos, uma vez que apenas em relação à prática do crime de tráfico de estupefacientes imputado ao arguido Nuno Mendes se verificam fortes, os indícios resultantes dos elementos de prova constantes dos autos (o que implica que não seja possível a aplicação das medidas de coação previstas nos artigos 200º a 202º do Código de Processo Penal (proibição ou imposição e condutas, obrigação de permanência na habitação e prisão preventiva), para além do Termo de Identidade e Residência, as medidas de coação de apresentações diárias nos Órgãos de Polícia Criminal das respetivas áreas de residência e ainda a prestação de caução, no montante de € 70.000,00."

Para fechar


Neste curto despacho o juiz conclui que "uma vez que apenas em relação à prática do crime de tráfico de estupefacientes imputado ao arguido Nuno Mendes se verificam fortes, os indícios resultantes dos elementos de prova constantes dos autos". Portanto, relativamente ao caso de Alcochete o juiz considera que os indícios não são sequer suficientemente fortes para manter Bruno de Carvalho e Mustafá em prisão preventiva, ao contrário do que aconteceu com os restantes arguidos neste processo.

Posto isto, as televisões e jornais deste país podem mobilizem agora os seus meios para a porta do tribunal onde decorre a instrução do processo e-toupeira.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

27 comentários:

  1. Respostas
    1. Querer se calhar até queriam (alguns q têm gosto e carácter na sua profissão)... mas provavelmente não têm ordens para isso.

      De qualquer forma, o que interessa mais ao Sporting é a decisão de hoje, q dá ao Varandas... Dr. Varandas... muitas mais hipóteses se quiser e tiver estofo, para resistir às pressões e possíveis chantagens para despachar *JÁ* o Gelson Martins por 10 tostões e o Patrício por 50 cêntimos... provavelmente com comissões 100 a 1000 vezes maiores para outrem...

      Nos filmes/séries policiais (gosto de ver algumas apesar denão ser o meu preferido, longe disso), falam de MOTIVO E OPORTUNIDADE para um crime, ou acções criminosas

      Ora para mim AQUELE É *O VERDADEIRO MOTIVO*, se levarmos em linha de conta quem beneficiou ou beneficiará mais das acções criminosas (PRO BONO), o que realmente se passou (de facto, não suposições), e q por meios, portas e travessas esses benefícios podem vir (incluindo vingança contra um tipo que teve papel de relevo na introdução do Vídeo Árbitro e acabar com as TPO (passes partilhados) a nível mundial, é estava a guiar o seu clube a um patamar nunca visto antes).

      Se foi BdC o autor moral da "estória", o que ganhou com isso, foi ser corrido, ser odiado por muitos à conta das campanhas da JORNALIXEIRADA (mas não aprende e continua a ser simpático com eles, ele se calhar teria adorado ser jornalista), e acabar com os costados na prisão por uma boa temporada... além de parecer um caso grave de demência aguda, a roçar o inimputável (não creio, apesar de sinais de esgotamento serem evidentes, para quem se dedicava a 200% de alma e coração a ponto de destruir a vida pessoal).

      Oportunidade.. saberem que iria haver uma "manifestação" em Alcochete, que como há 2 anos SERIA PARA SER EXTREMAMENTE PASSIFICA.

      Este é o meu entender em relação a Alcochete... se há 2 anos até quase q foi uma confraternização, porque é que em Maio não foi??... e se havia questões "pessoais" de egos muito inchados cheios de raiva, porque é que bateram no Bas Dost (o único ferido) que não faz mal a uma mosca... nem fala Português... coisas estranhamente vermelhuscas, num clube aberto que nem Gina Eschada, onde se sabe tudo que só se devia saber para dentro, vítima de longos anos de infiltrações de todo o tipo, ajudadas por uma facção que gosta de se sentar em tribunas presidenciais não importa o quê (mas para aqueles que até sabiam dos SMS do Presidente da FPF, saber do Sporting, também não seria muito difícil, mesmo sem políticas ou ajudas especiais).

      Eliminar
  2. Até há bastantes temas importantes para serem trabalhados pela Comunicação Social, além do referido como o mirabulante caso de Tancos.
    Para a imprensa desportiva há um importante jogo da selecção portuguesa de futebol dentro de dois dias, que curiosamente ninguém tem noticiado!

    Acerca do texto, parece portanto que relativamente a BdC não existem provas nenhumas, e esta acusação foi baseada em boatos e testemunhos de alguns dos implicados que estão em prisão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em abono da verdade, em termos de *OBJECTIVIDADE* este caso é um verdadeiro descalabro... mas se calhar é porque só sabemos de coisas através da JORNALIXEIRADA PUTRIDA VIL CORRUPTA E TENDENCIOSA, e nesse sentido é pior que chover no molhado estar à espera de objectividade, isenção e rigor na imformação.

      Vamos lá ver... e baseado na imformação que escapou num órgão q sinceramente já não sei precisar quem foi... nem todos os que foram a alchochete são sócios e nem oficialmente vinculados à JL.

      Até aqui... ir a Alcochete, por si, não preconiza crime nenhum, qualquer cidadão tem o direito de manifestar o seu seu descontentamento, de forma ordeira, decente e "urbana".. não têm é o direito de "trespassar", "agredir" e "destruir coisas". . caso contrário professores, enfermeiros e até polícias são todos uns "terroristas" pois já fizeram manifestações e grandes (até Juízes ameaçaram greve)... e dá um arrepio na espinha de pensar onde é que a psicopatia histérica da JORNALIXEIRADA IMUNDA pode levar em termos de liberdade e democracia, na suas campanhas e ordens de pensamento...

      Dizia:

      Todos os q foram a Alcochete estão identificados???

      Mesmo os que entraram nas instalações de "baclava" (cara tapada) como mostram as câmaras de vigilância ??

      O grupo q foi a Alcochete partiu todo junto e todos sabiam quem eram e ao q iam, ou começaram a juntar-se já perto da Academia???

      Onde é que arranjaram o "pau ou instrumento" para abrir a cabeça ao Bas Dost (q eu saiba, o único ferido no caso - logo o Bas Dost? e das imagens do aeroporto da Madeira, MUITO ao contrário do que seria de esperar, com o Acuña nem se meteram, nem este rescindiu) ??

      Havia ordens para bater no Bas Dost, e quem as deu?? BdC ou outro? quem?

      Há "gravações" de alguma natureza, SIM ATÉ PODE SER EMAIL, REPITO PODE SER EMAIL, em q Bruno Carvalho é suficientemente taxativo, sem dúvidas, q é para irem lá, e darem uma lição aqueles gajos e outras invectivas do género???

      A droga apreendida no estádio estava na posse de Mustafa, ou foi descoberta nalguma gaveta ou sítio pessoal dele??? (não me parece de todo, ***nesse caso não sairia em liberdade***, caso contrário severo protesto em relação à decisão do juiz).

      Se a droga não estava na "posse" de Mustafa, então de quem era a droga (cocaína) OU QUEM A PÔS LÁ... SIM DEIXEMOS DE SER ESTÚPIDOS MIUDINHOS INGÉNUOS -> QUEM A PÔS LÁ É UMA PERGUNTA PERFEITAMENTE RAZOÁVEL (implantação de "evidências incriminatorias" é practica perfeitamente comum, em casos de intensa rivalidade q envolve "gabinetes de crime" ).

      Estas são algumas perguntas que gostaria de ver serem feitas...

      Se os juízes não forem pela psicopatia histérica da JORNALIXEIRADA IMUNDA... como parece que este não foi... e com bons advogados de defesa, este caso morre por aqui, se não identificarem *TODOS* em especial os de cara tapada e ou os q efectivamente praticaram agressões e destruíram coisas, para além de qualquer dúvida razoável... pois sem esses sujeitos não é possível deixar de haver dúvidas intensas,até no caso de não ser possível identificá-los concretamente um a um, do meio do bando todo, porque são "sem nome".

      Eliminar
    2. Em relação a algumas perguntas que coloca, creio que todos os atacantes de Alcochete estão identificados. Curiosamente a CS praticamente nunca refere nem esmiúça que neste grupo de Casuals havia elementos da claque Juve Leo mas também de outra claque afecta a outro clube de futebol.
      Outra curiosidade é que, sendo que estão 38 detidos, tendo Bruno Jacinto sido o 37, não consegui ainda identificar o 38.

      A ser verdade a notícia de hoje do DN, além de outras questões graves, consta-se que a droga terá sido plantada para incriminar Nuno "Mustafá" Mendes para talvez poder ser usado como chantagem para incriminar Bruno de Carvalho no ataque a Alcochete.
      https://www.dn.pt/pais/interior/detencao-de-bruno-de-carvalho-incendeia-pgr-e-policias-10184159.html

      Também sempre me pareceu ridículo que o principal afetato pelo ataque fosse Bas Dost. Não cabe na cabeça de ninguém que alguma claque sportinguista tivesse Bas Dost como alvo, muito pelo contrário!

      Curiosamente a capa do Record de 16 de Maio, tem muita informação detalhada sobre o ataque, sendo que aparentemente muito tempo depois nem batiam certo os números de atacantes e mesmo passado seis meses, ainda se vem descobrindo pormenores desse ataque.

      São tantas as questões que a CS ignora, tentando esmiuçar palpites e suposições, que parecem claramente manobras de diversão.

      Eliminar
    3. E isto não é nenhuma teoria da conspiração... já houve centenas de "manifestações de desagrado" por esse mundo fora, G8, Bilderbergers, locais, regionais, em que há relatos que são "corpos estranhos" q desencadeiam desacatos.. por exemplo na vizinha Espanha nas Manifestações do Podemos em Madrid, as próprias autoridades não escondem q havia polícias "ezpeciais" à paisana a monitorarem os manifestantes... o q se calhar escondem (como em muitos muitos outros locais ) é q foram precisamente esses "agentes especiais" a tentar e por vezes a conseguir, desencadear desacatos, como o relato e testemunho de MUITOS manifestantes de Madrid (corpos estranhos, alguns até se identificaram como polícias) ...

      Só falta é aparecer na TV sobre este caso, "quem estiver com o Bruno, está com os *Terroristas* de Alcochete"... mesmo idêntico à retórica q foi usada para a mobilização do "outro", para matar 100 mil pessoas no Iraque (mulheres, crianças, tudo) com as suas campanhas de shock & awe, ao abrigo dum pretexto que não só era falso, como se provou q foi Fabricado... com participação activa de JORNALIXEIRADA (valeu a Tony Blair maus lençóis e expulsão/suspensão do Parlamento -> não este tipo de pessoas NUNCA vai presa, têm muitas outras forças a promover/proteger).

      Mas peço desculpa pela inadequação... mas para este tipo de acções de inteligência e contra-insurgency, para explicar melhor como é e como se faz, se calhar o mais indicado é o tipo CIA Português, que trabalhou no SIS, e q foi contratado pelo gabinete de crim.. de crise, de crise, do rival...

      Eliminar
    4. Are you sure kendimem??

      Certeza absoluta, análitica sintética???... se aparececem uns tipos à porta de Alcochete já de "baclava" e presumíveis bastões debaixo do casaco, nem o tipo q organizou a coisa, e contou TODOS, *TODOS*, antes de partirem, conseguiria identificar quem eram... e eram se calhar demais e esguios para contar TODOS pelas câmaras de vigilância..

      MAS SINCERAMENTE ESPERO QUE TENHAS RAZÃO,.. A SÉRIO.

      Eliminar
    5. De qualquer forma as intenções podem não ser assim tão más de todo... "mobs" podem ser voláteis e imprevisíveis... mas basta uma maçã podre, para apodrecer o cabaz inteiro.. *UMA*, não é preciso um batalhão de forças especiais.

      Eliminar
    6. Bem lembrado!

      E até já julgo possível que possa haver uma acusação baseada nas notícias destes meios de comunicação social:

      "Isto foi chato mas o crime faz parte do dia-a-dia" Bruno de Carvalho
      JN 15/5/2018
      "foi chato mas o crime faz parte do dia-a-dia" Bruno de Carvalho
      A BOLA 16/5/2018

      "Foi chato... mas amanhã é um novo dia" Bruno de Carvalho
      RECORD 16/5/2018

      O ponto em comum é que nenhuma destas frases foi dita pelo então presidente do Sporting. Isto foi claramente uma tentativa de assassinato de carácter, muito além de má fé.
      Ainda hoje há muitas pessoas convencidas que foi esta a primeira reacção aos ataques em Alcochete e que fazem o seu juízo de valor baseado em mentiras criadas pela CS, perante a passividade da ERC para este caso concreto.

      Eliminar
    7. Desculpa kendimem, não li o teu post todo...

      Se o DN avança com a "hipótese" de "implantação de droga".. neste mar de hipóteses e suposições, com mérito ou sem ele, mas geralmente na JORNALIXEIRADA de sentido único -> eles até não se importavam de fazer o recurso do MP por eles... a hipótese da presença de "corpos estranhos" ou "intenções muito para lá do planeado", na ida a Alcochete, para mim tem mais mérito que a anterior...

      Sendo todos Sportinguistas, Supostamente com todos os acentos graves, não há dúvidas, quem mandou a ida virar violenta, também mandou bater no Bas Dost... não estou a ver Sportinguista fazer isso por engano, até no meio duma confusão grande..

      Se foi BdC, então ele é inimputável, e deve entrar um caso psiquiátrico (normalmente não faz sentido absolutamente nenhum)... SE FOI OUTRO, É SÓ SEGUIR O "PRO BONO" e daí todos os rastos de dinheiro (follow the money), presentes, bilhetes, vouchers e empregos a familiares (practica bastante corrente em todas as polícias do mundo, creio eu ).

      Eliminar
    8. Esqueci-me de dizer quem pagou as passagens aos tipos que se puseram ao fresco para Angola e Moçambique... não há possibilidade de extradição... mas há a possibilidade de saber o que eles fazem lá, quem os protege ou sustenta(como?)...

      Não estou a querer "ensinar a polícia"... mas este caso há 1ª vista parece ser tão tratado em cima do joelho, rápido demais para idas profundas e descobridoras da verdade (6 meses e já querem encerrar as investigações!!?.. A ser verdade!).. q parece q nem era preciso haver caso, fazia-se como no farwest, um grande julgamento num saloon, neste caso num estúdio de TV, seguido por um enforcamento de 1ª classe.... e dizia-se q tinha havido justiça, e o povo aplaudia... inocências ou não, não tinha nada a haver com o caso, bastava dizer "horse thief" (neste caso é "terrorista" ) ...

      Eliminar
    9. À!.. terrorismo é GRAVE... q digam as pessoas de Paris, Nice, Londres, Berlim, e em especial de TODA A SÍRIA, QUE SOFRERAM VERDADEIRO TERRORISMO... se o q se passou em Alcochete é terrorismo, severamente punível e sem o mínimo de condescendência, então o que se passou em Guimarães é o quê??... não devíamos também investigar quem são ??

      Será que Portugal pactua com terrorismo? ou a classificação está dependente da côr clubística??... basta linchar publicamente uma pessoa para acabar com terrorismo ??.. será que o MP vai a reboque da JORNALIXEIRADA PUTRIDA VIL CORRUPTA E TENDENCIOSA (mais que provado), por questões políticas, ou há mais casos como o Rangel?? (o pior caso imaginável para a nossa democracia... a diferença entre justiça e remédio para disputas e kalashnikovs, sem as 1ª permissas, geralmente aparecem as 2ª... e alguns parece que querem incentivar ao uso das últimas, pois têm muitas saudades do tempo do Salazar... não eu. )

      Eliminar
  3. Os factos:
    1 – A irmã de Bruno de Carvalho disse em entrevista à TVI que a GNR entrou em casa de Bruno de Carvalho às 18 horas. Tanto quanto me recordo, eram 18:18 de domingo e já a CMTV anunciava que Bruno de Carvalho tinha sido detido. Ou seja, 18 minutos depois já sabia. Como?
    2 – A detenção de Bruno de Carvalho e Mustafá surge ao domingo e em hora de jogo do Sporting;
    3 – O Ministério Público sabia que haveria greve dos funcionários judiciais nessa semana;
    4 – A detenção é efetuada pela GNR e não pela PJ;
    5 – A GNR usa uns jipes pretos e sempre com outros carros de força a escoltar os jipes, à guisa de um filme de acção norte-americana, como se os detidos fossem muito perigosos, à laia de terroristas da Al Quaeda ou ISIS.
    6 – O circo mediático está montado e as televisões passam a tão-so dedicar-se à detenção de Bruno de Carvalho;
    7 – Começam a sair informações de todos os lados, como por exemplo a da prisão preventiva, que não se veio a confirmar, como se fosse necessário distrair a população e intoxicar a opinião pública;
    8 – A detenção de Bruno de Carvalho é realizada no início da semana em que o Caso E-Toupeira vai para a fase de instrução;
    9 – Para terminar em beleza, Bruno de Carvalho sai em liberdade justamente no dia em que o Caso E-Toupeira está em fase de instrução, como se a saída em liberdade fosse necessária para que se abafasse o Caso E-toupeira, pois que, em contrário, não seria notícia. Quer dizer, se Bruno de Carvalho ficasse em prisão preventiva, isso deixaria de ser notícia, ao passo que saindo em liberdade, o destaque é maior e por conseguinte abafa mais o Caso E-Toupeira.
    Ora digam lá se tudo isto não é tudo muito engraçado? Tudo muito suspeito?
    PS: A CMTV já nem escreve Bruno de Carvalho mas Bruno, como se fosse um Bruno qualquer, uma Rosa Grilo qualquer (esta curiosamente tratam-na sempre pelo nome e sobrenome), e mais ridículo ainda escrevem coisas como “Bruno está aqui” ou coisas ainda mais absurdas como “10 apoiantes de Bruno de Carvalho”, quando no passado os que constestaram Bruno de Carvalho eram o mesmo número e no entanto para a CMTV era uma multidão.
    Coisas, meus amigos, coisas.



    ResponderEliminar
  4. Então agora o MP anda a acusar pessoas de crimes com base em boatos, com base no "diz que disse"? Ai fulano tal disse que o outro fez isto. Isto prova alguma coisa?
    Se isto for verdade é um atentado ao estado direito e só há uma hipótese: recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem e colocar o Estado português em tribunal.


    "Falta de provas deixa Bruno de Carvalho e Mustafá em liberdade. Juiz diz que MP não apresentou provas suficientes dos crimes"

    Prender pessoas à noite?
    No tempo da PIDE entravam às tantas da noite para prenderem presos políticos.

    ResponderEliminar
  5. Isto de ter de fazer acusações e estas serem fundamentadas, eh pá...
    Assim fica chato!

    ResponderEliminar
  6. falta JJ prestar declarações no MP para confirmar aquilo que disse:

    https://www.dn.pt/desporto/sporting/interior/jesus-nega-que-tenha-provas-de-que-bruno-de-carvalho-esteja-envolvido-nas-agressoes-9356358.html

    ResponderEliminar
  7. https://sicnoticias.sapo.pt/pais/2018-09-22-Socrates-compara-Ministerio-Publico-a-Inquisicao

    ResponderEliminar
  8. Adorei a decepção da Tânia Laranjo, pelo Bruno de Carvalho sair em liberdade.

    ResponderEliminar
  9. Então o Bruno não foi acusado de nada?
    Tanto ruido e nadinha...?
    Ora foda-se...
    E agora o que se vai seguir?
    Vão deter a senhora da limpeza ou o motorista do Bruno?
    Alguém tem que ter feito alguma coisa, quanto mais não seja para abandalhar, ainda mais, a esmagadora maioria de sportinguistas.

    ResponderEliminar
  10. Querer deduzir uma acusação sem apresentar provas é, no mínimo, chato para não dizer outras coisas. Acho que a única forma dos jornalistas "largarem" o destituído é este fazer-se assistente noutros processos.

    ResponderEliminar
  11. Parafraseando um artista da praça..."Estamos perante uma mão cheia de nada"

    ResponderEliminar
  12. https://www.google.pt/amp/s/observador.pt/2017/08/02/comandos-advogado-dos-militares-acusados-diz-que-procuradora-nao-esta-mentalmente-sa/amp/

    http://www.asjp.pt/2012/02/25/suspeita-de-falsificacao-chegou-a-procuradoria/

    https://www.publico.pt/2014/04/02/sociedade/noticia/magistrada-afastada-quis-psp-a-investigar-homicidio-em-vez-de-pj-a-revelia-da-lei-1630715

    Se isso é verdade, estamos num pais da merda. Nem a justiça é honesta.

    ResponderEliminar
  13. "Mais vale ser um cão raivoso
    do que um carneiro
    a dizer que sim ao pastor
    o dia inteiro
    e a dar-lhe de lã e da carne e da vida
    e do traseiro
    mais vale ser diferente do carneiro
    um cão raivoso que sabe onde ferra
    olhos atentos e patas na terra."

    Sergio Godinho , Cão raivoso 1974

    ResponderEliminar