sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Afundados


Fim da linha para o Sporting nas competições europeias desta época. Uma eliminação que faz com o único objectivo realmente importante para o resto da época seja eliminar o Benfica nas meias-finais da Taça de Portugal e posteriormente vencer a competição. Para além deste jogo para a Taça, ficam a faltar 12 jogos na Liga onde nem sequer dependemos de nós para chegar ao 3º lugar. 

O gajo do apito


É indiscutível que o Sporting tem razão de queixa da arbitragem no jogo de ontem. Pavel Královec decidiu inventar um lance para expulsar Jefferson aos 50min de jogo. Cinco minutos depois da expulsão apercebi-me através das redes sociais que estávamos a falar do tal árbitro que nos roubou 20 Milhões de euros na famosa eliminatória com o CSKA no play-off da Champions de 2015/2016. E isto é sintomático de erros próprios. Como é possível que uma estrutura profissional como a do Sporting não tenha reagido oficialmente contra a nomeação deste árbitro? Alguém me consegue explicar? Isto quando na altura até fizemos uma série de queixas públicas e uma exposição dos factos na UEFA.


Bem, mesmo que o Sporting entendesse que não deveria reagir oficialmente, pelo menos a tão famosa estrutura de comunicação - que andou a semana toda a conseguir destaques de capa iguais nos 3 desportivos - deveria ter recordado o histórico deste árbitro com o Sporting. Nem uma das famosas notícias do mal estar conseguiram "meter". Algo como "nomeação de Pavel Královec gera mal estar em Alvalade". Nada! Bola! 


A gestão silenciosa


A estrutura de futebol e a comunicação dormiram na forma e o Sporting foi penalizado por não ter existido uma atitude proactiva. Posto isto, eu pergunto: se o Sporting se tem queixado publicamente aquando da nomeação do árbitro checo, será que ele teria a coragem de inventar a expulsão do Jefferson? 

Não fomos proactivos antes da partida, nem reactivos depois da partida. No final do jogo, o presidente do clube - o tal que em campanha dizia que só daria a cara nos maus momentos - não teve uma única palavra a dar aos Sportinguistas, ou tecer uma análise ao jogo e à arbitragem. 


É a tal "gestão silenciosa" à moda de Frederico Varandas.


A primeira mão


Quando o Sporting partiu para esta eliminatória contra o Villarreal, todos os analistas davam os leões como grandes favoritos a avançar para a próxima ronda. Na altura em que vieram jogar a primeira mão a Alvalade, os espanhóis estavam no 19º lugar da Liga Espanhola e vinham de uma série de 10 jogos sem vencer. Face a este panorama, o treinador do "submarino amarelo" decidiu deixar de fora dessa partida 7 habituais titulares (Asenjo, Javi Fuego, Manu Trigueros, Bonera, Iborra, Cazorla e Gerard Moreno), garantindo que os seus principais jogadores ficariam frescos para continuarem a lutar pelo principal objectivo da época: garantir a manutenção. 

Do lado do Sporting, Marcel Keizer e a estrutura entenderam que o Sporting deveria fazer o mesmo, ou seja, poupar para o campeonato nacional. Uma decisão que considero ter sido absolutamente desastrosa. Infelizmente, o Sporting já tem o campeonato perdido há muito tempo. Tínhamos na Liga Europa um objectivo fundamental por todos os motivos e mais alguns. Desde logo, porque é preciso recuperar pontos no ranking da UEFA para o clube e para o país. Depois, porque a Liga Europa dá acesso a prémios interessantes (mesmo sendo muito inferiores aos da Champions). Se tivéssemos vencido esta eliminatória teríamos encaixado 1,1 milhões de euros. Para além disso, há o marketpool dos direitos televisivos e as receitas de bilheteira, etc. Por fim, o mais importante: o prestigio do clube em termos internacionais, a valorização dos nossos atletas no contexto europeu e a possibilidade de lutar para vencer a prova, mesmo sendo um objectivo complicado. 

Posto isto, Keizer decidiu meter os suplentes a jogar contra o Villarreal. Jogamos com Salin, André Pinto, Petrovic, Miguel Luís e Jovane de início. Ora, isto não é rotatividade. Isto é trocar a equipa toda e mudar todos os processos de jogo. Uma completa desvalorização do adversário e da competição que terminou com uma derrota em casa e com uma exibição paupérrima. 


A segunda mão


A precisar de ganhar, Keizer decidiu recorrer aos seus principais jogadores com excepção de Renan, mantendo a titularidade nas provas europeias para Salin. Do outro lado da barricada, voltaram a deixar de fora 7 titulares, mostrando que a competição não era uma prioridade. A verdade é que o Sporting entrou em campo no "Estádio de la Cerámica" sem ponta de ambição ou de qualidade frente aos "suplentes" do Villarreal. Durante a primeira parte não fizemos uma única jogada com cabeça, tronco e membros (é assim que se diz?). Marcamos a fechar no único remate que fizemos nesses primeiros 45minutos e num lance caído do céu com um falhanço inacreditável do defesa do Villarreal. No início da 2ª parte, Jefferson foi expulso e a tarefa tornou-se mais complicada. Desse momento em diante, Keizer não conseguiu organizar a equipa para parar o ataque do adversário mantendo sempre um foco no contra-ataque. Um absoluto deserto de ideias que ficou patente na forma tardia e errada como mexeu na equipa. 

Para fechar


Resumindo, o Sporting perde uma eliminatória de passagem obrigatória por erros próprios. Um somatório de erros transversal a toda a estrutura: Conselho de administração da SAD, departamento de futebol, equipa técnica e comunicação. Primeiro abordamos mal o jogo de Alvalade utilizando uma série de suplentes. A meio da eliminatória ainda decidimos oferecer Nani e Montero (que jeito tinham dado ontem). Já agora, uma vez que oferecemos os jogadores, porque não só permitir as suas saídas depois do jogo de ontem? Não soubemos preparar mediaticamente o jogo de ontem e fomos prejudicados pela arbitragem. Apesar disso não nos podemos ocultar tantos erros próprios por uma decisão do árbitro aos 50m da segunda mão, quando para trás tivemos (90m+50m) onde não fizemos nada para vencer a eliminatória. 

Já que estamos numa de "poupanças", gostaria que os Sportinguistas soubessem que se tivéssemos passado esta eliminatória, receberíamos um prémio de 1,1M de euros pela qualificação. A isto depois ainda teríamos de somar a bilheteira da próxima eliminatória, aumento do marketpool das receitas de Tv, etc. Valores que chegavam e sobravam para pagar os vencimentos de Nani e Montero até ao final da época. 

Mas enfim, como agora só olhamos para a poupança, não deve faltar muito tempo para aparecer alguém a fazer as contas às despesas de avião, hotel ou refeições que deixaremos de consumir por já não estarmos na Europa...

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

21 comentários:

  1. Vais ver como logo pelas 18H00 a estrutura do Sporting... vai falar e muito...especialmente para meter as mãos no bolo da Nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. VEJAM OS RELATÓRIOS DE ENTRADAS E SAÍDAS, COISA PARA QUAL QUE SINCERAMENTE TENHO DE APLAUDIRO VVARANDAS ... não é o bolo da NÓS q interessa!!.. saíram 28 jogadores, entre sub-23 e A (seja A, B ou sub-23),18 dos quais a título defenitivo, a maioria a custo zero incluindo Nani e Montero, para um encaixe de 4,5 milhões -> não sei se chore ou ria... só posso pensar que o Varandas teve um AVC e ainda não sabe...

      Eliminar
  2. Muito da culpa deste desfecho na Liga Europa, deve ser atribuída às arbitragens no nosso país, pois uma equipa que lidera (em ex aequo com o Feirense...) o ranking da indisciplina no campeonato nacional, não pode esperar qualquer contemplação ou benevolência à escala Europeia! Qualquer arbitro que venha arbitrar uma partida nossa, ao informar-se sobre a nossa equipa e vendo esse "ranking", facilmente imagina uma cambada de arruaceiros sul americanos com facas escondidas e linguagem porca. Vai daí, até para se defender, toca de despachar cartões. Gostava de ver esta direcção a ter "colhones" e a abordar a APAF, a Federação e a Liga sobre este "ranking", salientando o enorme numero de cartões inexplicáveis que recebemos, a começar pelo do Ilori na Luz ao 1 minuto de jogo, por ter dado uma peitaça no puto Félix .

    ResponderEliminar
  3. A única coisa que vale mesmo a pena ver em Alvalade são as modalidades no novo pavilhão.

    O futebol roça o medíocre. Salvo raras excepções jogadores sem alma, sem a mística do clube, medrosos, incapazes de lutar contra adversidades, pouco solidários, alguns muito esforçados mas pouco mais que isso, um treinador que em termos tácticos não percebe nem é capaz de motivar os atletas, um presidente ausente que acha que é fazendo mais relvados que faz com que a formação seja de qualidade, uma gestão que acha que um clube é uma mercearia e é despachando jogadores carismáticos e de qualidade que se poupam milhões (exacto a eliminação da Liga Europa poupa nos bilhetes de avião e nos hotéis...).

    Enfim quando foi a gestão do Godinho praticamente não via futebol. Aquilo era uma tristeza, uma equipa incapaz de incomodar os adversários. Depois desse presidente consegui voltar a ver. Mas com este novo presidente volto a deixar de ver futebol, perda de tempo.

    Os 71% dos sportinguistas que fiquem com o que escolheram e que se deliciem. Aliás um dos problemas do clube são os adeptos, basta ver como despacharam Mourinho e mais recentemente Bruno. Agora já não há claques, nem Jesus nem Bruno para atirar culpas. Então é de quem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No futebol também não é verdade.

      SE a época passada tinhas uma postura táctica em campo de top europeu com o Jasus -> e ponto final parágrafo, pois em termos psicológicos e motivacionais, preparação física e liderança, foi uma autêntica nódoa sem nunca conseguir esquecer o "eu" e o "Merdica" (sem uma "estrutura" enorme por detrás, Jasus eclipsa-se) ... Na minha opinião o que se arrasta hà décadas é um deficit de preparação física gritante para as necessidades do futebol moderno super-rapido, treinadores q percebam isso e "rodem" e "mentalização" adequada para essas andanças.

      A equipa tinha e tem (ou tinha se não saíssem tantos a custo zero), uma excelente qualidade técnico-táctica, a melhor em Portugal na minha opinião (qualidade q também é "tradição" no Sporting há décadas... mas só isso tem-se revelado cada vez mais insuficiente).

      Eliminar
  4. Atenção a uma ideia falaciosa que tem sido dita muitas vezes por conveniência dos croquetes . NÃO SÃO 71% DOS SPORTINGUISTAS , SÃO 71 % DOS VOTOS , o que é muito diferente . Há pessoas com 14 e mais votos e há pessoas com 1 voto e pouco mais . ( VIDÉ AS ELEIÇÕES NO SPORTING , o traidor ganhou com mais votos mas com menos votantes .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem elegeu o Varandas são aqueles "esclarecidos" que não tiravam os olhos da CMTV ....eu bem os vi no MEO Arena a carpir comentários de grande elevação sobre o que a CMTV lhes tinha enfiado pelas ventas a dentro. Infelizmente, pessoas já com bastante idade (muitos votos) de reduzida cultura e "impreparados" para tanta perfídia televisiva.

      Eliminar
  5. Continuo a perguntar:
    Quais foram os resultados da comunicação estridente? Isto não acontecia?

    ResponderEliminar
  6. A chamada "Gestão Silenciosa" para mim *ERA* a única coisa q estava bem... digo era pois é claro que o Sporting despediu o Saraiva e contratou uma empresa de "mentirosos, mistificadores e pantomineiros", cuja únicas funções na vida é amandar areia para os olhos em nome duma peçonha imunda chamada "comunicação e imagem num clube desportivo"... Como se o Sporting precisasse disso, é foi isso que já deu os títulos q o Sporting já GANHOU este ano, incluindo os 2 de CAMPEÃO EUROPEU...

    Já estava a ser preparado!.. a 1ª entrevista antes do Merdica em Alvalade, com os absurdos do ano zero e plantel sem qualidade, só serviu para o Varandas mandar e ficar com bosta na cara... mas esse não é o principal objectivo da "Areia nos Olhos", o principal objectivo é que o Varandas despachou **28 jogadores, 18 dos quais em defenitivo e só encaixou 4,5 milhões **... entre eles Nani e Montero a custo zero, q TANTA FALTA FIZERAM NO JOGO DE ONTEM...

    O SPORTING NÃO FOI ELEMINADO POR CAUSA DO ÁRBITRO ... apesar de tudo, só não passa porque um tipo falhou um golo MAIS q cantado à boca da baliza, já nos instantes finais... em vez de atacar a bola, ir ao encontro dela, de cabeça onde é exímio, tenta ganhar espaço para usar o pé, onde é consideravelmente fraco...

    Sentiu-se e q de maneira a falta de Montero e Nani... e se o segundo ainda estaria lesionado, o Montero é exímio onde o Dost falhou, e esse tal de Phellype parece cada vez mais um Castaignos com muito mais garra....

    Se há a culpar alguém não é o árbitro, pois q o Jefferson pisou, é completamente claro e evidente que sim, e o árbitro viu, e teve sorte em não levar vermelho directo (com intenção ou sem, precisariamos de padres em confessionários em vez de árbitros)...

    Se há alguém que deveria ter saído, q há jogadores a mais na equipa, e não estou só a falar de Jefferson como é claro... E NÃO É UMA QUESTÃO PESSOAL NEM DE DISCIPLINA, É DE QUALIDADE E DE FORMA... não seriam nem Montero nem Nani, muito menos agora, nem o TREINADOR q bem parece não foi chamado para estes desvarios.

    ResponderEliminar
  7. A "Gestão Silenciosa" precisa de 50M até Junho porque a "Gestão Maravilhosa" andou a brincar aos ricos enquanto lá esteve! É buracos atrás de buracos aqueles que o teu mentor deixou no Sporting Clube de Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se bem me lembro a AG do ano passado veio bloquear a emissão obrigacionista que já estava combinada anteriormente com a banca, depois veio a novela da destituição e uma emissão que não foi bem sucedida

      Eliminar
    2. Já para não falar do milionário treinador que falhou Liga dos campeões.
      A auditoria não contempla o JJ e o €€€ desperdiçados!

      Eliminar
    3. Até os experts, q tu sem dúvida deves considerar muito, do maisTabaco (transferências/bastidores), nomeadamente o Pedro Sousa, diziam que só nas 9 rescisões, e já saíram muitos mais apesar de 3 terem voltado atrás, estariam pelo menos 200 milhões em condições normais (i.e,se não ganhassem justa causa, coisa que muitos juristas já disseram ser quase impossível... se fosse ao contrário, agora verias Bruno Fernandes e Gelson Martins no Merdica, através da tal loucura q o Narco Vieira disse que ia fazer).

      O Plantel do Sporting no fim de 2017, princípio de 2018 (depois do Barcelona e Juventus), estava avaliado em > 300 milhões por um site internacional especialista, o mais valioso em Portugal (coisa que esta direcção não sabe de certeza, nem nunca viu jogos dos Sub-23, para despachar o Kiki Kouyate a "custo zero" ) ...

      Apesar de terem voltado 3 dos rescindidos, e com os outros que já saíram, TENHO A CERTEZA ABSOLUTA Q BRUNO DE CARVALHO FARIA NO MÍNIMO 100/120 MILHÕES (talvez mais.. MAS para a GOLPADA resultar em pleno não o podiam deixar) ... tem defeitos fez muitos erros, mas é NISTO que ele era exímio,.. o que permitiu e foi fundamental e determinante em erger o clube desde de 2013 (milagre não foi de certeza).

      Ora o Zé do Tramoço Cintra, apesar de imensamente desactualizado, fez 28 milhões em 4 jogadores vendidos.

      O Mendes fez 9 milhões para o Sporting, à conta de reconhecerem uma dívida de 9 milhões a ele (EXISTE A MÍNIMA BASE LEGAL PARA TAL PRETENSÃO, OU SERIA FACILMENTE CORRIDA EM TRIBUNAL?? -> isto é que INTERESSA, pois para a anterior direcção da SAD era nepia)... à conta do Rui Patrício, numa espécie de 50/50 sobre uma factura de 18 mendilhões.

      O Varandas e os seus catraios (NÃO ABRAM OS OLHOS NÃO!) fez 4,5 milhões à conta da saída de 17 jogadores, a maioria saídos "a custo zero" (dados), incluindos nisto o Nani e Montero... (a mensagem que estão a passar para o dito "mercado" é deveras atroz).

      Mesmo assim foram mais de 40 milhões... uma autêntica porcaria empenada!..

      Portante 40 milhões em dívida é quase "peaners"... e não é levemente e por simpatia a um partido (NÃO TENHO PARTIDOS), que estou a dizer isto, É A REALIDADE.

      No futebol QUEM NÃO ARRISCA NÃO PETISCA (veja-se o Porto q depois de 40 milhões de prejuízo, fez imediatamente um investimento de mais de 60 milhões em NOVOS JOGADORES, a grande maioria para ser revendido mais tarde, NUNCA A CUSTO ZERO), e se anterior direcção fez UM "All In", esta direcção está a fazer um "All Out" de cegueira, incompreensão e incompetência, à conta dum MODELO À AJAX, q não fosse deitar esse modelo po lixo, nunca teriam conseguido ser várias vezes campeão da Holanda, nem chegar outra vez a uma final europeia (Liga Europa q perderam para o Mourinho do MU), como foi à 2 anos... o Gudelj é um resquício desse ciclo...

      (no tempo do Figo, Peixe e muitos outros nem academia havia e chagavam a treinar em pelados... mas quando os grandes craques têm de aparecer, aparecem na mesma, não importa o quê ).

      Eliminar
  8. Agora fazem-se conferências de imprensa para atirar pedras a alguém que foi destituído à força? Que interesse tem isto?

    Dispensar Nani e Montero a custo zero não é mau, é muito mau em termos desportivos e financeiros. Fizeram falta no jogo de ontem.

    Que interesse tem em fazer mais relvados? Não é a quantidade de relvados que faz a qualidade da formação.

    O que interessa é que o número de assistências no estádio vai caindo. O resto é conversa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. anedota do ano:

      "os miúdos do sporting dormem nos mesmos colchões há 16 anos"
      portanto está descoberto o segredo do sucesso da formação: são os colchões novinhos em folha que fazem os atletas terem mais rendimento

      eu durmo no mesmo colchão há mais de 30 anos, e?

      Eliminar
  9. Porque o JJ nestes anos não os convidou a dormir junto com o plantel principal e com falta de laterais(ex:) fez adaptações???

    ResponderEliminar
  10. A este afastamento imprevisto da Liga Europa podemos apelidá-lo de Xau LDA?
    Ao ser eliminado pelo último (ou anda lá perto) da liga espanhola, a imprensa Castelhana já apelida o clube português de Batuque FC.
    E perante aquilo que só os sportinguistas apelidam de roubo arbitral (sempre os mesmos calimeros) nada como contratar uma empresa familiar de advogados e pagar principescamente, assim algum dinheiro sai do clube mas volta a entrar para bolsos de dirigentes sportinguistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é exactamente o que acontece com o teu Narco Vieira e o seu vice-presidente oficioso e parceiro estratégico das Lavandarias Mendez (q o ano passado ajudou o Porto a sair do buraco e ser campeão... porque lhe convinha a ele... e quem não gostar q baixe as Orelhas, ou não há mendilhões.. SERÁ QUE PERCEBESTE??). Este tipo de "profissionalismo", nunca há "xaus" , sabe-se sempre bem o q não interessa, porque quem toca o "batuque" é quem dá os mendilhões (o céu é sempre encornado e o mar branco!) ..

      Os outros q não dão sinais de vida, depois de enganarem um distraído por bombeiros e JORNALIXEIRADA, achas que vão dizer alguma coisa??

      Eliminar
  11. Estou mesmo a adivinhar que o próximo patrocinador da Academia Sporting vai ser uma marca de colchões...
    SPORTING PICOLIN!!!
    MOLAFLEX?!

    As máquinas de musculação estavam rasgadas?
    Porra, devem ser feitas de papel...
    ...até faz lembrar os tanques de papelão do Saddam Hussein.

    "...o nosso plantel tem que ser a base da formação"???
    E tudo feito com cabeça, membros e pernas??
    É o cúmulo da dislexia.

    ResponderEliminar
  12. Gira o disco e toca o mesmo, assim vai o clister

    ResponderEliminar