quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

O jogo do "empurra" no processo e-toupeira


Os indícios versados no processo e-toupeira são fortíssimos e colocam em causa a justiça, o estado de direito, a democracia e o sistema de justiça português. É surreal pensarmos que é possível "comprar" informações de processos judiciais em curso, possibilitando a pessoas singulares e colectivas providenciarem diligências no sentido de subverter o normal desenrolar dos processos. 

O denominador comum


Infelizmente, este não é o único caso a correr na justiça portuguesa sobre esta temática. Importa recordar que o processo e-toupeira surge depois de se ter iniciado a operação Lex. Um processo que envolve a compra de juízes e em que estão em causa crimes de corrupção, recebimento indevido de vantagem, branqueamento, tráfico de influências e fraude fiscal qualificada. 

Como sabem, no âmbito da operação Lex, o juiz Rui Rangel foi indiciado por crimes de tráfico de influência, por alegadamente ter influenciado decisões judiciais. Curiosamente, estamos a falar de um caso onde Luís Filipe Vieira também é arguido, por alegadamente ter pedido a Rui Rangel para interceder num processo jurídico pendente no tribunal administrativo e fiscal de Sintra, no valor de 1,6 milhões de euros. Em troca desta "ajuda", o presidente do Benfica terá oferecido um "cargo remunerado na futura direcção da escola Benfica e da universidade do clube". Para além destes cargos, Vieira terá também oferecido a Rangel tratamento VIP. Segundo os indícios tornados públicos, Rangel "passaria também a ser uma espécie de convidado VIP das viagens do Benfica ao estrangeiro para ver os jogos das competições internacionais". 

Falamos de um caso onde também está envolvido Fernando Tavares, actual vice-presidente do Benfica, com o pelouro das modalidades.

Luís Filipe Vieira, Rui Rangel e Fernando Tavares no jantar de comemoração do aniversário da presidência de Luís Filipe Vieira em Novembro passado.

Ora, neste momento o país está perante dois casos que colocam em causa o nosso sistema de justiça.  Um em que se compram funcionários judiciais e outro em que se compram juízes. O denominador comum é precisamente o Benfica, através de altos quadros como são Luís Filipe Vieira, Fernando Tavares e Paulo Gonçalves. Deve ser coincidência...

A envolvência do presidente do Benfica - condenado por roubo - e de um dos seus vice-presidentes num caso de "compra" de juízes, torna ainda mais vergonhoso o facto de a senhora juíza ter decidido nem sequer levar o Benfica julgamento, utilizando para isso argumentos absolutamente surreais. Sobre essa matéria já escrevi (aqui), e mais haverá a dizer em próximos posts.

Mas há outra coisa que custa muito aceitar e que passa pela forma como a instrução foi conduzida pela senhora juíza Ana Peres. 

O jogo do "empurra"


Link da notícia (aqui)

O debate instrutório foi inicialmente marcado para 26 de Novembro (2ª feira), só que a senhora juíza decidiu adiar uma semana, para 3 de Dezembro. 

Link da notícia (aqui)
Passado o debate instrutório, a juíza Ana Peres anunciou que a decisão seria tomada no dia 13 de Dezembro (quinta-feira). A 11 de Dezembro e a dois dias do anúncio, Ana Peres decidiu adiar o anúncio da decisão por mais uma semana, para 20 de Dezembro (quinta-feira). 

Link da notícia (aqui)

Chegamos ao dia 20 (quinta-feira) e por volta do meio dia, eis que a senhora juíza anunciou o terceiro adiamento no processo de instrução. O anúncio da decisão passou então a estar marcada para o dia seguinte, 21 (sexta-feira). 


Um bom natal para todos


Portanto, somados estes 3 adiamentos na fase de instrução, concluímos que a senhora juíza necessitou de 11 dias úteis adicionais para proferir uma decisão. Se recuarmos os tais 11 dias úteis, ficamos a perceber que a decisão teria sido anunciada a 6 de Dezembro, ou seja, 15 dias antes do dia em que foi anunciada. 

O timing em que as notícias são publicadas ou decisões são anunciadas, é algo absolutamente fundamental na gestão da agenda mediática. Como exemplo, é fácil percebermos que o mês de Agosto e o período festivo de final de ano - com a celebração do Natal e do ano novo - são fases muitos suaves em termos mediáticos. 

Se olharmos para a cobertura dada à decisão da instrução do processo e-toupeira, ficamos com a imagem perfeita. A decisão foi sendo adiada até ao último dia útil antes da quadra natalícia (sexta-feira, 21). Depois do anuncio da decisão, pouco mais do que as habituais notícias sobre o tema foram feitas. Não se viram painéis com experts desportivos, nem análise jurídica, nem os habituais longos debates que ocupam as noites de inicio de semana. Absolutamente nada de relevante. O assunto morreu em pouco tempo, porque há que celebrar a quadra festiva e ninguém quer falar destas coisas "chatas" numa fase destas.

Normalmente, estas jogadas mediáticas são uma especialidade do poder político. Não quero acreditar que o poder judicial também queira aproveitar estas ondas mediáticas para esconder uma decisão vergonhosa do escrutínio publico, mas começo a ser tentado a acreditar. A realidade é que não consigo encontrar uma justificação válida para o processo ter sido adiado tantas vezes. Não consigo encontrar uma justificação válida para que num processo desta importância a senhora juíza não tenha tido um comportamento irrepreensível, cumprindo todos os timings definidos previamente. E muito menos consigo encontrar uma justificação válida para se empurrar a decisão para o último dia útil antes das festividades natalícias. Provavelmente, será tudo "coincidência". 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

32 comentários:

  1. Por falar em jogo do empurra, já há dados novos sobre o "empurrão" que está a levar o caso Cashball, com um Director do Futebol do Sporting arguido, por comprar resultados?

    Não sou eu que digo, são os tais indícios fortes que constam na acusação.

    E dados sobre a auditoria forense ás contas da gestão de Bruno de Carvalho, um Presidente do Sporting acusado de actos de terrorismo por autoria moral sobre os seus próprios jogadores, nas suas próprias instalações?

    Não sou eu que digo, são os fortes indícios da acusação.

    E o caso da claque do Sporting, que atacou osjogadores da equipa e o treinador à cintada e à cabeçada?

    Ora, neste momento o país está perante casos que colocam em causa o nosso sistema de justiça (quem se lembraria de tal tirada?)

    E o caso do dinheiro desviado, e da lavagem de dinheiro? Chiu, é segredo, um clube como o Sporting não tem gente desta, isso é no clube que aprenderam a odiar desde a nascença, enquanto os assumidamente corruptos do Norte continuam a desvirtuar a verdade desportiva com um único clube a tentar fazer-lhe frente.

    Continuem no vosso mundinho faz-de-conta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, a estupidez é das coisas que mais abunda por este país.
      Comparar fait-divers com bandidagem profissional que se aproveita de um clube, é de herói. Com sorte, ainda vais ter direito a umas atenções!

      Eliminar
    2. É isso é a burrice dos lampiões! Fartam-se de levar empurrões 😂😂😂🤡🤡🤡🐙🐙🐙🦔🦔🦔🐁🐁🐁

      Eliminar
    3. LOOOL Qual o director do SCP arguido?È só mentiras estes lampiões,vivem num mundo faz de conta e depois dizem que são os outros!Vai lá gritar "1904" para o pessoal se rir mais um bocado da tua estupidez.
      SL

      Eliminar
    4. "Fortes indícios da acusação" contra Bruno de Carvalho, diz o boca-de-piano! Tão fortes que tiveram de o soltar...

      Enfim...

      Eliminar
    5. Ó chakras,tudo isso comparado com aquilo que o teu clube fez e ainda anda a fazer não é nada.
      E é mais fácil comprar a justiça portuguesa do que a Google.
      Afinal iam todos juntos a bola

      Eliminar
    6. Ó indigno, dados sobre as tuas questões, não há...há é dados confirmados e reconfirmados de que não foste parido, foste cagado ou seja, saíste pelo mesmo buraco em que foste concebido.

      Eliminar
    7. Chakras, acho que tu é que pegas de empurrão e como no teu clube todos pegam, vens para aqui tentar a tua sorte... mas tens azar, o que tu queres, para ti, está murcho...

      Eliminar
    8. Pobre benfica, com adeptos destes...

      Eliminar
    9. Mas já houve acusação no cashball ??

      Eliminar
    10. Parece que vou ter de explicar a esta vasta corte de intelectualmente avançados o ciclo do grunho:
      1-Não gostam do que ouvem ou leêm
      2-Como intolerantes que são, não suportam opinioes diferentes
      3-Partem para a violencia, normalmente com insultos
      4-Recebem uma resposta que não gostam

      Reiniciam o ciclo do grunho

      Podem continuar, os vossos argumentos estão ao nivel da indigencia intelectual, basta ler para o concluir, não é uma opinião.

      Eliminar
    11. Chakra, nisso de grunhos não te contradigo. Como bom lampião, deve ser matéria onde chafurdas com grande propriedade. Aceito como verdade.

      Eliminar
    12. Ciclo argumentativo do Lampiurso rabolho:

      1 - Ex-jogador do Damaiense & primo sob a batuta do cartilheiro mor escrevem um guião.
      2 - O guião é passado a um blogger condenado por proxenetismo que trata do grafismo e de acrescentar todas as insinuações necessárias a um "debate" on-line.
      3 - "Jornal de referência" constituído essencialmente por "jornalistas" sem carteira citam a "internet" para dar a noticia.
      4 - Outro jornal do mesmo grupo cita o tabloide anterior.
      5 - O Rabolho tradicional com parcos conhecimentos jurídicos e embalado pelo vinho de pacote , faz profissão de fé sobre a noticia.
      6 - Sendo normalmente bocas de piano frequentadores da mitra não tem coragem de criar um perfil verdadeiro no Facebook , pelo que normalmente optam por pseudónimos supostamente muito elaborados mas que na prática apenas revelam alguma limitação intelectual.
      7 - Citam o "Auto da barca do galinheiro" como se fosse o 11º mandamento.
      8 - Quando ouvem bocas do género "com 23% de desconto até eu casava com a filha do DSO" , começam a citar casos em vias de arquivamento apesar de jurarem pela alma do rei do Elefante Branco que o caso dos "voucheurs" já está morto e enterrado.
      9 - Rematam com o "não ganham nada há 16 anos" quando os factos começam a empurrar o gelado pela testa a dentro com tanta força que até faz ferida.

      Normalmente este género de "duendes" acéfalos do Luis Bernardo são fáceis de detectar porque implodem quando alguém remata um comentário com a frase "foi o Gomes da Silva que afirmou !..." .

      Eliminar
    13. Chakras, começas a repetir-te: essa do grunhido já a tinhas manifestado. O teu intelecto esgota-se numa semana e não é uma opinião, é um facto!

      Eliminar
    14. Chakras, a solução para ti custa 0,50€, é o preço de uma lâmina de barbear. E não te esqueças de fazer os golpes no sentido longitudinal. A humanidade agradece!

      Eliminar
    15. Epah, 13 grandiosas respostas a um simples comentário meu, de cidadãos com elevada estatura moral e argumentação tão grandiosa que fiquei ofuscado.

      Grato pela vossa atenção, fico satisfeito em ter contribuído para a vossa felicidade.

      O unico comentário que vou responder directamente é a do Balakov, para lhe dizer que André Geraldes na altura em que foi constituído arguido no caso Cashball era Team Manager do Sporting.

      Se este não é um cargo de direcção pois então terei mentido inadvertidamente.

      Quanto à questão da estupidez pode adjectivar à vontade, se isso o faz sentir bem pois é continuar.

      Eliminar
    16. Qual é o que no CashBall não entendem?

      "CashBall - Rede De Crime Organizado.
      Fonte: CM, i & SIC

      Uma rede de crime altamente organizada. Quem o diz é o MP que nos mandatos de detenção admite mesmo que os 4 arguidos, André Geraldes, Gonçalo Rodrigues, João Gonçalves e Paulo Silva, possam ficar em prisão preventiva.
      Fala em perigo de perturbação de inquérito e de destruição de provas, assim como de continuação da atividade criminosa.

      Contas bancárias do Sporting vão ser passadas a pente fino por causa de alegado saco azul para 'luvas' a árbitros de andebol e a jogadores de futebol. Geraldes não pode falar com Bruno de Carvalho.
      Quando entraram nas instalações do Sporting Clube de Portugal no Estádio José de Alvalade, em Lisboa, os inspetores da PJ do Porto queriam, acima de tudo, evitar a destruição de prova essencial para compreender o suposto esquema de corrupção alegadamente chefiado por André Geraldes. Furiosos com as notícias e entrevista do empresário e denunciante Paulo Silva ao Correio da Manhã, os inspetores nortenhos sabiam que o efeito surpresa já tinha desaparecido. Mas as buscas judiciais são autênticas caixinhas de surpresas.

      Estes indícios sobre a existência de um saco azul no Sporting vão levar inevitavelmente à abertura de uma nova linha de investigação que terá mais dirigentes do clube na mira. Os investigadores não acreditam que um funcionário como André Geraldes (que nem sequer faz parte dos órgãos sociais do clube nem da SAD, mas sim de “team manager” do futebol desde a saída de Octávio Machado, depois de ter sido responsável pelo Gabinete de Apoio aos Atletas e Modalidades) fosse capaz de implementar este alegado esquema sem o conhecimento de outros dirigentes do Sporting. Nesse sentido, o DIAP e a PJ do Porto suspeitam que mais dirigentes do Sporting poderão estar envolvidos no caso.

      Aliás, os investigadores estão convencidos que os referidos 63 mil euros pertenciam efetivamente ao Sporting, até porque os fundos foram encontrados no Estádio José Alvalade e no espaço de trabalho de um alto funcionário do futebol profissional. Se os mesmos fundos tivessem sido encontrados, por exemplo, em casa de André Geraldes, a questão seria diferente.

      Por isso mesmo, a PJ do Porto terá de perceber a origem de tais fundos e se, efetivamente, os mesmos têm origem em contas bancárias do SCP. Para despistar totalmente a matéria, as contas de André Geraldes, de Gonçalo Rodrigues e do clube deverão ser passadas a pente fino pelos investigadores. O objetivo será reconstruir o circuito financeiro que teve como consequência os referidos 63 mil euros.
      Daí André Geraldes e Gonçalo Rodrigues terem sido proibidos de contactar com todos os dirigentes do Sporting e da SAD — grupo no qual se inclui o presidente Bruno de Carvalho. Aliás, quer o DIAP do Porto, quer a juíza de instrução criminal titular dos autos, fazem questão de referir-se a André Geraldes como o braço direito do presidente do Sporting."

      Eliminar
    17. Troca de mensagens entre João Gonçalves e Paulo Silva a partir de 27/8/17 com vista ao jogo com o Feirense, acertam um esquema para subornar João Aurélio do Guimarães.

      As mensagens foram validadas pela juiza de instrução. O telefone foi entregue voluntariamente pelo suspeito e as conversas foram autenticadas.

      15/8 - JG: Tudo certo? Falaste?
      16/8 - JG: O gajo está mesmo connosco? Não podemos falhar, é muito importante.
      18/8 - JG: Nâo podemos falhar é muito importante.
      19/8 - PS – Vai correr bem.
      Depois do jogo
      - JG – Correu bem. O Aureas portou-se bem. Amanhã combinamos a entrega.
      20/8 - PS – Combinado amanhã perto do Afonso (estádio Afonso Henriques)
      JG – OK.
      21/8 JG – Correu tudo bem?
      PS - Sim.
      JG - O chefe (André Geraldes) gostou.
      PS – Ok.

      Áudio entre Gonçaldo Rodrigues funcionário do Sporting, braço direito de Geraldes, e Paulo Silva:
      “Eu sei, estou a brincar consigo. Mas ouça lá uma coisa, você não faça isto à revelia do João Gonçalves, atenção, porque o André tem uma relação muito boa com o João e tudo isso que é jogadores e entradas aqui, tem que passar pelo João. Por isso veja lá, mesmo para não estar a arranjar problemas para si, não faça isso à revelia dele”.

      Troca de mensagens entre JG e PS a partir de 27/8/17 com vista ao jogo como Feirense com o Sporting ganhou 3-2.

      JG. Vamos atacar o Feirense, pensa num gajo. As regras são as mesmas, só em caso de vitória e o gajo tem de estar mesmo connosco. Os valores depois falamos, ainda não tenho dados concretos.
      PS. Estive a ver aqui na net e pensei no central brasuca Bruno Nascimento. Que dizes?
      JG. Pode ser uma boa opção. Logo já falamos melhor, tenho de falar com o chefe.
      PS. Aguardo então. Até logo.
      JG- Podes avançar. Jà sabes que só recebe se o resultado for a vitória, 4 (mil euros) mais os teus 500.
      PS - OK. Mas eu ganho uma merda nisto e eles continuam a ir com os putos à missa. Se um dia isto dá raia, eu estou fodido e desamparado. Faço isto contrariado, mas para combater o poder instalado tem de ser assim.
      JG - Eh pá, não queres fazer não faças, eles logo arranjam outro. Na 1ª jornada não fizeste nada e eles controlaram o Lenho (do Aves). Portanto, se quiseres assim, tudo bem. Senão é só dizeres.
      PS - Sabes que estou sem trabalho, preciso de comer. O Gonçalo tinha-me dito que me arranjaria alguma coisa junto de parceiros do Sporting e até agora nada.
      JG- Junto de parceiros do Sporting? Isso é que não, não pode haver nenhum ligação tua a eles. Vou falar com eles e logo se vai arranjar alguma coisa, agora junto deles é que não. Nem o chefe quer de certeza, tu para eles não existes.

      JG - Estás a pensar falar com o brasuca quando?
      PS - Nâo sei, tenho de ver. Mas o jogo é só dia 8 (setembro) temos muito tempo.

      1/9 – JG – Quando vais falar com o brasuca? Já tens o contacto?
      PS. – Vou lá 2ª feira. Tenho o número dele, vou marcar com ele. O jogo é 6ª não é?
      JG - Acho que sim. Mas atenção muito cuidado. Se tudo correr bem, temos um prémio chorudo no fim da época.
      PS - Estou farto de promessas. Vamos indo, o final da época é só em Junho. Caga para isso.
      4/9 – PS. Vou falando com ele durante a semana até ao dia D.
      JG – Não fales. Fala só no dia antes, para evitar armadilhas. Lembra-te do Freire (do Chaves) corrompido na época anterior (2016/17) que se debroncou todo. É preciso muito cuidado.
      7/9 – JG - Falaste com o gajo?
      PS – Falei sim e está tudo como o previsto. Agora certezas só no decorrer do game.
      JG – Pois, mas ele tem de estar a 100%. Não interessa menos. Ou está ou não está, pois isto não está a correr como devia.
      PS – Olha eu faço o melhor que sei e posso. Se está a correr mal, eles que avancem com o gajo que fez o Lenho, que não conheço nem me interessa conhecer. Fds, querem omeletes quase sem ovos?
      JG – Sabes as regras. Só tens de dizer se está feito ou senão dá para fazer, nada mais.
      PS – É mesmo amor à camisola, fazer uma coisa destas por 350 euros e tu ganhas 150 é de loucos.

      Eliminar
    18. Chakras, continuas a surpeender-me, sabes contar até treze...

      Eliminar
    19. Não, Chakra...não és importante, não te tomes como tal. És apenas um ser abjecto que pelas alarvidades que disse, gerou comentários, nada mais que isso. E podes ter o discurso cheio de "falinhas mansas", que não deixas de ser o que és. O que pensas e dizes é que te define.

      Eliminar
  2. Eu sempre disse que a maioria dos Benfiquistas ,são intelectualmente atrasados, e este chakra é um deles.

    ResponderEliminar
  3. O assunto só morreu porque a CS quis. Podemos ver isto sob um prisma: afinal, é o Sporting que dá mais audiências, não o Benfica. O Varandas que aproveite isto e, como o Benfica o fez, exija uma renegociação do contrato com a NOS, bem como com todos os patrociinadores. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Ana, és tão inocente!
      PS: já te expulsaram da Tasca devido às tuas afinidades brunófilas?

      Eliminar
  4. Guimarães é uma cidade portuguesa situada no Distrito de Braga, região do Norte e sub-região do Ave e ainda à antiga província do Minho, com uma população de 54 097 habitantes, repartidos por uma malha urbana de 23,5 km², em 20 freguesias e com uma densidade populacional de 2223,9 hab./km².
    Guimarães é muitas vezes designada como "Cidade Berço", devido ao facto aí ter sido estabelecido o centro administrativo do Condado Portucalense por D. Henrique e por seu filho D. Afonso Henriques poder ter nascido nesta cidade e fundamentalmente pela importância histórica que a Batalha de São Mamede, travada na periferia da cidade em 24 de junho de 1128, teve para a formação da nacionalidade. Contudo, as necessidades da Reconquista e de protecção de territórios a sul levou esse mesmo centro para Coimbra em 1129.
    É uma cidade histórica, com um papel crucial na formação de Portugal, e que conta já com mais de um milénio desde a sua formação, altura em que era designada como Vimaranes. Podendo este topónimo ter tido origem em Vímara Peres, nos meados do século IX, quando fez deste local o seu principal centro governativo do condado Portucalense que tinha conquistado para o Reino das Astúrias e onde morreu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ...e perto de Guimarães fica Moreira de Cónegos...

      Eliminar
    2. Isso ao lado da "Bracara Augusta" é nada! Os "espanhóis" nunca aprendem...

      Eliminar
  5. Eu até arrisco dizer que o jogo do empurra começou com a não recondução da Joana Marques Vidal no cargo de PGR. Ela agitou tantos ninhos de vespas e deixou tantos "homens de bem" com os ferrões à mostra, que agora há que fechar os olhos, tapar os ouvidos e empurrar com a barriga a verdade sobre este mundo vil que é o nosso Portugal dos pequeninos. Para tal, nada melhor que ter, num país com 10 milhões de habitantes, 6 milhões de mentecaptos, salvo raríssimas exceções! Mentecaptos que não conseguem entender as consequências desastrosas que uma condenação, mais do que merecida, da SAD do Benfica teriam para o clube. A suspensão de actividade da SAD, nem que fosse apenas por seis meses, significava a queda de todos os contratos de patrocínio e dos jogadores, pois a SAD não poderia exercer a actividade para o qual esses contratos foram criados! Estes lampiões BURROS, nem uma coisa tão simples como está conseguem entender e insistem em manter este GANG à frente do clube!
    Não vão a julgamento no caso E-Toupeira por causa das consequências e não porque o ministério público acusou erradamente a SAD em vez de um seu administrador. Havendo apenas um nome, arranjava-se maneira de livrar a SAD, mas assim era impossível! Temos agora de aceitar o ridículo de que um alto funcionário da Benfica SAD obtinha ilicitamente informações em segredo de justiça para leitura de casa de banho!
    Depois de um tempo em finalmente parecia que a justiça em Portugal começava a quebrar os esquemas que entravam, voltamos ao mesmo...!

    SL.

    ResponderEliminar
  6. Portugal está perdido. Não vale a pena continuar a votar porque nenhum partido merece confiança. É essa a mensagem que o público recebe ao constatar que entre tantos deputados eleitos não há um único que levante a sua voz para protestar contra tantos favorecimentos ao Toupeirense.
    Maldita Carbonária!!

    ResponderEliminar
  7. Autocarros atacados?..a adeptos do Porto, Guimarães, processos contra claques SLB a criar cogumelos na gaveta do IPDJ, MORTES, hotéis, ETC...

    METEM NOJO!!! Adeptos desses?.. façam o favor e FALEÇAM!!!

    ResponderEliminar
  8. Se substituirmos no CHACRA o estudo por corrupção no futebol...
    temos a definição da estrutura vermelha!
    Estão em tudo!

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Chacr

    Chacra indigo uma puta!

    ResponderEliminar
  9. Do you want to convert cryptocurrency into real money, then bitcoin exchanger is dream website for this purpose, you can make your transaction here easily with full confidence.

    ResponderEliminar