" Mister do Café: Os 7 pecados de 2016/2017

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Os 7 pecados de 2016/2017


1º PECADO: A SOBERBA DOS SPORTINGUISTAS


"O que hoje é verdade, amanhã é mentira"


A mítica frase de Pimenta Machado, histórico presidente do Vitória de Guimarães, esta mais actual do que nunca e é bem empregue para descrever a época do Sporting. Os leões começaram o campeonato com 4 vitórias consecutivas, jogando bom futebol e vencendo categoricamente o primeiro clássico da época. 

Nessa altura, quer os críticos quer os Sportinguistas aplaudiam as contratações e o futebol da equipa. Ao 5º jogo da época, o Sporting deslocou-se a Madrid e fez uma exibição brilhante frente ao melhor clube do Mundo e actual campeão Europeu. Quem, como eu, viu ao vivo esta exibição, ficou convencido que a época só poderia ser sorridente. Infelizmente as coisas não estão a correr conforme o esperado.

"O melhor plantel da história do Sporting!"


Bem ou mal, foi este o epíteto que foi colocado por alguns paineleiros à equipa do Sporting. Recordo-me de no final do jogo frente ao Porto, ver os Sportinguistas completamente convencidos que de o Sporting seria campeão esta época. Comentei com alguns amigos que esta atitude não era correcta e que nos poderia custar caro no futuro. Mas não foram só os adeptos a pensar isto. A soberba atingiu também a estrutura do Sporting, com declarações muito más do Presidente, dirigentes e do especialmente do treinador. Quem não se lembra da celebre frase "A diferença está no treinador". 

2º PECADO: NÃO CONTRATAÇÃO DE 2 LATERAIS TITULARES


"Os reforços não prestam para nada"


É a frase do momento! Mas vejamos: O Sporting contratou 12 jogadores: Beto, Douglas, Petrovic, Meli, Elias, Campbell, Markovic, Alan Ruiz, Bas Dost, André, Spalvis e Castaignos. 

Tenho visto muita gente a dizer que dos reforços apenas o Bas Dost é titular, pelo que os restantes reforços "não prestam para nada". Bem, essa parece-me uma falsa questão e que não tem sentido absolutamente nenhum. É que se olharmos para os 11 jogadores mais utilizados pelo Benfica, apenas há um reforço (Cervi). Isso quer dizer que Zivkovic, Carrillo ou Horta são maus jogadores? Vejamos a concorrência que os "reforços tiveram.

Seria fácil para Beto tirar o lugar a Patrício?
Seria fácil para Douglas tirar o lugar a Semedo, Coates e até a Paulo Oliveira?
Seria fácil para Meli, Petrovic e Elias tiraram o lugar a Adrien e William?
Seria fácil para Alan Ruiz tirar o lugar a Bryan Ruiz e Bruno César?
Seria fácil para Spalvis, André e Castaignos sentarem Bas Dost?
Seria fácil para Markovic e Campbell sentar Gelson Martins? 

Beto, Elias, Campbell, Markovic, Alan Ruiz e Bas Dost chegaram com um histórico que deixava poucas dúvidas em relação à sua qualidade. Estamos a falar de internacionais pelos seus países com passagens por grande clubes. É muito injusto considerar estes jogadores como más contratações à partida. Deste lote, parece-me que o Markovic é o único que não fez absolutamente nada no Sporting. Os restantes tem ajudado a equipa dentro das suas capacidades. Beto tem estado seguro quando é chamado. Elias tem melhorado em relação aos jogos de início de época. Campbell e Alan Ruiz têm sido bastante utilizados e também têm sido úteis à equipa. São respectivamente os 12º e 13º jogadores com mais minutos. Sobre Bas Dost nem é preciso falar.

É injusto dizer que Meli e Petrovic são maus jogadores, uma vez que nunca jogam. Mas se não contam para o treinador, só podem ser considerados como más contratações. Sobre André e Castaignos não quero tecer considerações finais, até porque considero que esta posição merece ter alguma continuidade no 11 inicial, para se aferir das capacidades dos jogadores. Apesar disso, não têm impressionado.

Posto isto, parece-me que não se trata de uma questão da qualidade dos reforços, mas sim das posições que não foram reforçadas. Obviamente estou a falar das laterais. Aqui sim, parece-me ter sido o grande erro do mercado. Nos jogos em Chaves jogamos com as terceiras opções nas laterais: Esgaio e Bruno César. 

Mais do que "os reforços não prestam para nada", parece-me que é mais "não colmatamos posições chave como as laterais.

3º PECADO: DEFESA DOS HOMENS DO APITO QUE SÓ NOS PREJUDICAM


"Voto de confiança no apito"


O Sporting foi desde o primeiro momento um dos clubes que mais solidário se mostrou com o novo Conselho de Arbitragem da FPF, presidido por José Fontelas Gomes. O Sporting "comeu e calou" quando foi prejudicado em diversos jogos e só recentemente decidiu "reclamar". A resposta do Conselho de arbitragem foi dada numa "reunião da treta" onde o Sporting foi gozado.

Dos 7 desaires na Liga, só a derrota com o Rio Ave e o empate em Chaves é que não tiveram dedo do apito em claro prejuízo para o Sporting.

- Guimarães (dois golos sofridos de forma irregular e uma expulsão por agressão a Markovic);
- Tondela (penálti por assinalar a favor do Sporting);
- Nacional (penálti por assinalar a favor do Sporting);
- Benfica (dois penáltis por assinalar a favor do Sporting sendo que o 1ºgolo do Benfica surge na sequência do primeiro penálti que ficou por assinalar);
- Braga (três penáltis por marcar contra o Braga e uma expulsão por agressão a Gelson).

Isto para não falar na eliminação da Taça da Liga da forma como todos sabemos. Apesar de todos estas "apitadelas", a direcção do Sporting continuou a dar toda a tranquilidade aos homens do apito. Nestes 6 jogos é possível fazer umas contas simples e perceber onde é que o Sporting estaria classificado se não fossem os artistas do apito. 

4º PECADO: EQUIPA COMPLETAMENTE DESMOTIVADA


"A culpa é do bruxo"


Obviamente, todos estes desaires com influência da arbitragem desgastam a equipa que começa a duvidar das suas capacidades. Os jogadores entram num espiral negativa que toda a estrutura tem tido enorme dificuldade em conter. A saída de Evandro Mota da estrutura foi noticiada no início da época. O consultor motivacional saiu por questões pessoais e teve de regressar ao Brasil. Muito se falou do seu elevado vencimento. O que é certo é que o clube considerou que não seria necessário encontrar alguém com as suas competências.

O que os adeptos estão a ver é uma equipa completamente destruída em termos mentais e com baixo nível de concentração e de confiança.  


5º PECADO: GESTÃO PLANTEL EM SEMANA EUROPEIA

"Um Sporting a 90%"




A forma como Jorge Jesus montou as equipas nas semanas com compromisso europeu foi muito má, especialmente se olharmos para o que foi feito em Vila do Conde e em Varsóvia. Esta declaração dos 90% de foco antes do jogo com o Légia foi um enorme erro, mesmo considerando que o jogo seguinte foi com o Benfica.

6º PECADO: ESTRUTURA DO FUTEBOL

"A estrutura"


As contratações de Manuel Fernandes e Octávio Machado não acrescentam nada ao Sporting. Já aqui falei nisso e não tenho grandes dúvidas de que é preciso encontrar uma equipa competente para o departamento de futebol. Neste momento fala-se no nome de André Geraldes para o cargo de director desportivo. Os relatos que tenho são muito positivos em relação a ele, mas parece-me que é necessário algo mais. Neste sentido, uma gestão bicefala do futebol com André Geraldes e outra pessoas com passado no Sporting e no futebol e que possa dar a cara pela equipa pode ser o ideal. No fundo, um pouco na linha do que é feito no Benfica por Lourenço Coelho / Rui Costa. 


7º PECADO: COMBATE AO ESTADO LAMPIÂNICO


" A máquina de propaganda benfiquista"


É evidente que a partir do momento em que Jorge Jesus se transferiu do Benfica para o Sporting, o "mundo" comunicacional nacional mudou drasticamente. A entrada à força de "paineleiros" encarnados nas televisões, a entrada da CMTV em todos os operadores, o aparecimento de programas de debate futebolístico de base diária, entre muitas outras situações, alteraram por completo a importância dos gabinetes de comunicação dos clubes e a forma como passam as suas mensagens. 

Se repararem, os programas desportivos são praticamente todos dedicados na integra ao Sporting. Para reflexão ficam os 5 minutos finais dedicados a discutir a semana do Porto. 

Parece-me que o Sporting ainda não conseguiu encontrar armas para combater um verdadeiro exército do estado lampiânico. A tarefa não se afigura fácil, mas o clube tem de fazer algo neste sentido.

O futuro é Sporting Sempre!


Todos os Sportinguistas têm a sua quota-parte de responsabilidade na má época do Sporting. Uns mais, outros menos mas todos temos de assumi-las e estarmos ao lado da nossa equipa neste momento difícil. Acredito na direcção do clube, no treinador e nos atletas para darmos a volta a este momento complicado. 

Não entro numa de pedir cabeças. Acredito plenamente que Jorge Jesus é um enorme treinador e que ele melhor do que ninguém saberá liderar a equipa neste momento difícil. Quanto à direcção as eleições estão aí à porta e os sócios decidirão em consciência. 

Neste momento não podemos atirar a toalha ao chão. Faltam 17 jogos até ao final da época e a Liga está a meio. Tudo é possível, pelo que temos de ir pensando jogo a jogo. No Sábado visitamos os Barreiros e temos de dar tudo de nós para trazermos os 3 pontos. 

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

26 comentários:

  1. Fiquei incrédulo ao ler o 2º pecado. Comete o erro de questionar se algum desses reforços retirava o lugar a XXXXX. A questão não é retirar o lugar, é mesmo der alternativa mantendo a qualidade de jogo, algo que não aconteceu com a maior parte deles excetuando o Bas Dost, o Bruno César e o Beto.
    Por exemplo, todos aqueles falhanços quase de baliza aberta do André são inaceitáveis e revelam bem a falta de qualidade do jogador. O Petrovic jogou o suficiente para se perceber que é um jogador banal e não serve ao Sporting. O Elias coitado, não nasceu para o Sporting. E dizer que o Meli não sabemos porque não jogou é desviar a conversa para onde não tem interesse, já que o ideal era que se foi contratado era para jogar - porque tal não aconteceu? Quem recebeu as comissões do Meli?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respeito a sua opinião. Espero que respeite a minha.

      Eu não gosto de fazer considerações definitivas em relação a jogadores, ainda para mais quando jogam pouco. No primeiro meia época de Sporting o Acosta marcou 3 golos, precisamente os mesmos números do André. Daí para cá tenho sempre outra forma de olhar para os avançados.

      Quem recebeu a comissão do empréstimo do Meli foi o empresário Fernando Hidalgo no valor de 75 mil euros, conforme foi divulgado pelo Sporting.

      O Petrovic não mostrou nada de especial, mas nunca teve a oportunidade de jogar com os melhores.

      Eliminar
    2. Luis Duarte, concordo contigo!

      Metem-se 2 jogadores desta lista no 11 normalmente titular e a equipa desaparece! Se um dos jogadores que saiu for o Adrien o nível passa aos distritais...

      Fazer esta merda de contratações que o Jesus fez, a ganhar 7M€ ao ano, eu fazia-as por 4M€... O Sporting sempre poupava 3M€! :)

      Eliminar
    3. O problema a meu ver não está na fraca qualidade dos reforços, está numa total ausência de uma estratégia para o futebol. Qual a necessidade de trazer Douglas para 2ª linha e emprestarmos Tobias? Qual a necessidade de trazer Petrovic e emprestar Palhinha? Porque não tem Matheus as mesmas oportunidades que tem Markovic? Qual a necessidade de trazer Elias para uma posição que á partida se sabia que ele já não tinha pedalada para a ocupar? Entretanto enquanto desperdiçavamos recursos nestas aquisições não investimos onde necessário, as laterais e num segundo avançado.

      Eliminar
    4. "Respeito a sua opinião. Espero que respeite a minha." ... não percebi sinceramente porque a tua resposta começa desta forma. Não é uma questão de falta de respeito. É uma questão de opinião diferente. Mas adiante.

      Eu tenho sempre muita dificuldade em estabelecer paralelos com situações do passado pois as condições mudam muito e as características são diferentes. Fica normalmente a lição. De qualquer forma, podemos estabelecer o paralelo entre o Bas Dost e o André. O Sporting perdeu o Slimani e o Teo, que eram os marcadores de serviço sobretudo nas últimas 10 jornadas. Para lutar pelo título precisávamos de repôr não só 2 bons avançados, como preferencialmente arranjar ainda um bom terceiro. Infelizmente só o Bas Dost resultou e penso que o preço e historial recente de cada revela bem o potencial de cada um.

      Eliminar
    5. Finalmente alguém que pensa como eu... bravo Luis Duarte (agora resta saber até que ponto não marcam golos porque não sabem.. ou porque no mínimo estão-se a cagar.. inclino-ne pas duas)

      Depois o Porto tem algum director motivacional???

      Talvez uma enxada na mão para cavar no Alentejo e com o ordenado mínimo, aí sim seria causa para falta de motivação... Agora ganhar mais de 100 mil mês (ou perto disso) e jogar num grande de Portugal não dá pica nenhuma??

      Falta é ESTOFO... mas se alguma estrutura é necessária para dar motivação, então o método superdragoes vêm-me à cabeça "ou das 300% ou partimos-te uma perna ou violamos-te a mulher"... e é ve-los a correr desalmadamente... pois que por vezes muito dos artistas, há de tudo ok até amor ao clube, são mercenários profissionais... que a maior motivação que têm é estarem-se a cagar po clube para tudo e para todos.

      Não creio e espero que tal coisa não seja generalizada no Sporting... MAS UM PECADO ESPECIFICO NÃO MENCIONADO, é a gabarolice do Jasus, a derrota com o Rio Ave já na altura foi simptomatica... agora a derrota em chaves foi simptomatica do puxão de orelhas... os próprios jogadores se sabem ver futebol aprecebem-se que DOMINARAM OS JOGOS TODOS, PORTANTO OS ESQUEMAS TÁCTICOS SÃO SUPERIORES, o que lhes devia era de dar uma pica enorme, e não tanta ansiedade, falta de determinação, apatia, falta de garra e motivação

      Simplesmente não se compreende tal estados animicos... SE CALHAR OS JOGADORES ESTAO É ENVENENADOS DE CONSUMIREM TANTA JORNALIXEIRADA, e aí você Mister seria o ideal para chefiar um departamento de motivação ou melhor de desintoxicação (eu por exemplo não posso, pois eu corria a pontapé alguém que apanhasse com uma asquerosidade debaixo do braço por exemplo... sou muito pouco profilático)

      Eliminar
    6. MC...

      A equipa oscila bastante com variações de Jogadores porque o esquema táctico do Jasus de tiki-taka requer grande entrosamento, grande disciplina, bastante PACIENCIA, e uma frieza e eficácia de execução que têm de ser bem acima da média.(basta ver com olhos de ver jogos do Barcelona para perceber que não é nada fácil... com eles às vezes parece fácil mas não é... só eles e as equipas do Guardiola e agora Jasus que tenta juntar-se a um grupo de elite muitíssimo restricto, é que têm esquemas tácticos tão elaborados- não é ninguém joga em Madrid como o Sporting jogou, Jasus não disse a verdade, o Barcelona joga sempre, e na última vez que o fez com mais acerto espetou 4 secas ao Real)

      Por isso não é qualquer um jogador que entra e pega de estaca... demais até para os mais antigos às vezes nota-se pouco à vontade nas movimentações (comtemporizam demasiado)... por isso é NATURAL que muitos jogadores achem que aqueles esquemas tácticos os estão a prejudicar, quando devia ser exactamente ao contrário, dar uma motivação em dose tripla.

      Agora nada justifica deixarem cair a toalha, e muito menos rebelarem-se. O que denota falta de estofo no mínimo... traição no máximo...

      Eliminar
  2. Que relatos positivos sobre o André Geraldes são esses? É que experiência no mundo do futebol não pode ser... Tenho mesmo curiosidade porque a única coisa que conheço é uma relação para lá de promíscua com um certo grupo organizado de adeptos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conseguir juntar todas as claques na curva Sul é um feito que muitos tentaram mas no final do dia só o André Geraldes é que conseguiu. Esta união entre as claques foi um passo muito importante no apoio à equipa.

      Entretanto passou para o gabinete de apoio aos atletas e segundo os relatos o gabinete funciona muito bem e dá um grande apoio aos atletas e famílias. Daí que até tenho sido aumentado o seu âmbito ajudando também atletas de outras modalidades.

      Essa da "relação promiscua" é nova. Não consta que tenha algum dia feito parte de qualquer claque.

      Eliminar
    2. Não reconheço ao André Geraldes qualquer competência para ser director desportivo ou algo parecido.
      Penso que o resto do mundo, talvez com excepção dumas 10 pessoas, também não!

      Eliminar
    3. Mister, com todo o respeito mas eu quero lá saber se o Gabinete de Apoio funciona ou deixa de funcionar bem. Se calhar, nem devia existir. São merdices a mais, para quem já tem a papa toda feita. Se querem ligar à família, usem o Skipe.
      Quem é o André Geraldes para assumir o nosso futebol?
      Isto não é um clube de amigos....

      Miguel

      Eliminar
  3. nao sendo so scp gosto bastante deste blog e dos artigos, mas dizer que venceram categoricamente o primeiro classico da epoca e´pra rir ou enganar vos a vós proprios... foi ganham 'a la lampiao' digam antes assim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basta dar uma vista de olhos às estatísticas: http://goalpoint.pt/blog/competicoes/liga-nos/sportingcp/sporting-cp-fc-porto-liga-nos-201617-2_34322#1465571672809-6f7d6717-7b04

      Para completar pode dar uma vista de olhos no tribunal de ojogo onde é unânime que os golos do Sporting são limpos: http://foradejogo08.blogspot.pt/2016/08/sporting-fc-porto-golos-regulares.html#more

      Eliminar
    2. Toda a critica, incluindo a portista, disse que o Sporting foi superior e um justo vencedor.
      Nenhuma, repito, nenhuma, das analises de ex árbitros diz que algum golo do Sporting É IRREGULAR. A esmagadora maioria diz que são ambos legais.
      Dizer que o Porto perdeu com o Sporting por causa do árbitro tem exactamente o mesmo calibre do que dizer que o Benfica não ganhou ao Sporting por causa do árbitro!

      Eliminar
    3. Que engracado... A critica (e as instituicoes) tambem tem sido esclarecedora ao dizer que nao houve penalti nos lances do Benfica - Sporting - http://foradejogo08.blogspot.be/2016/12/benfica-sporting-marco-ferreira-pede.html

      Eliminar
    4. Malaquias,
      Para mim são ambos penaltis e até o Toni achou o mesmo. O Rui Santos achou o mesmo. O Rudolfo achou o mesmo. O Joaquim Rita achou o mesmo. Epá, até o Alves, na altura acho que eram penaltis... O lance do Semedo é igual ao que a CA (os corruptos da arbitragem) disse que era penalti no Chaves-Porto. A CA só fala da bola no braço esquerdo do Pizzi e esquece que ele ajeita a bola com a mão direita.
      O Marco Ferreira é alimentado pelo Benfica... Abre os olhos!

      Eliminar
    5. Se vistes o jogo pode-se dizer que só deste luta nos primeiros 20 minutos (altura em que marcas-te o golo) , o resultado no primeiro clássico ter ficado só 2-1 é uma aberração, oportunidades flagrantes não faltaram... a cruz que o Sporting carrega já estava a ser posta nas costas (a saída do Slimani logo a seguir ditou a sorte).

      É caricato porque o Sporting teve mais de 2 ocasiões para selar o encontro... 3-1 seria aceitável, mas 4-1 é que espalhava as reais diferenças... e é caricato e aberrante, o que fala volumes sobre eficácia, o Porto podia ter empatado o jogo num contra-ataque perto do fim do jogo (nada justo mas muito poucos jogos do Sporting esta época o foram)

      Eliminar
    6. MC

      Toda a critica muito incluida a espanhola disse que o Sporting foi superior ao Real em Madrid (coisa pouca, só a casa do Campeão da Europa e do Mundo em titulo)... mas a malapata, a tremideira, aliada à ineficácia dum lado e à super eficácia habitual do outro (Real) , finalmente mostrou a sua cabeça horrível. (a partir daí deu-se uma depressão... agravada pelas gabarolices do Jasus, mas que mostrou que é realmente um mestre da táctica. )

      Eliminar
    7. O Jesus montou muito bem a equipa em Madrid, é verdade! Mas também foi ele que a desmontou com substituições mal feitas - eu até seria mais contundente e diria que foram ridículas! Tudo o de bom que aconteceu em Madrid teve o dedo do Jesus mas tudo o de mau também teve. E o que teve de mau continuou depois do jogo com aquelas declarações inaceitáveis!

      O Jesus, não fosse o colinho que há no Vergonhoso tinha ganho, no máximo, 1 campeonato e 2 TL. E, do meu ponto de vista, nem tinha ganho nenhum dos campeonatos que ganhou. Tinha ganho o campeonato do golo do Maicon em fora de jogo que, aí sim, foi gamado em Coimbra, no jogo anterior, e nesse jogo da Luz!

      Eliminar
  4. Mister,

    O Spalvis pareceu uma boa contratação na altura, especialmente tendo em conta o valor pago. Ninguém critica essa contratação hoje porque o homem se lesionou e porque, se não resultar, terá sempre mercado para ser vendido.

    Na altura muita gente foi contra a contratação do Petrovic, do André e do Elias. Eu conheço mais sportinguistas que foram contra do que a favor da vinda destes 3 pinos!

    Meli e Alain Ruiz eram desconhecidos para a maioria dos adeptos.
    Pela net viam-se coisas interessantes dos jogadores pelo que criaram alguma expectativa. O Meli vindo emprestado parecia óptimo. Já o Alain, que se falava em 5M€ mais 1Me de comissão - o mesmo que o Cervi! - parecia puxado mas se achavam bem... força nisso!

    Douglas veio para o lugar do vendido Naldo. Jogadores de calibre semelhante sendo o Douglas bem mais barato. Muito aceitável em termos de negócio. Pode-se é questionar se um 4º central não podia ser alguém vindo da formação.

    Campbell e Markovic vieram emprestados e levantaram logo duvidas porque nos ultimos 2 anos não fizeram nada de relevante. O Campbell ainda joga pela selecção e vai fazendo umas coisas por ali mas no caso do Markovic foram 2 anos de zero absoluto. Questionou-se logo se não iriam tapar o lugar a um Matheus ou a um Iuri. Pois é evidente que taparam! E sem ganho nenhum com isso.

    Portanto, não é verdade que as aquisições tenham feito os adeptos dar saltos de alegrias. Tirando o Spalvis, até por ser o 1º, o Dost e o Beto, que todos aprovaram, as aquisições ou foram questionadas ou mereceram muitas duvidas. E quando se soube que o custo total do Alain tinham sido 8M€ mais o apêndice do irmão, mais se questionaram em relação a este jogador.

    No resto, no geral, concordo consigo em quase tudo.
    Não acho que o André Geraldes tenha feito nada que indique que pode ser um director desportivo, nem bom, nem mau. E do Manuel Fernandes sempre tive muito boa impressão em termos de ter olho para escolher jogadores. Acho até estranho que desde que está nessas funções não tenha tido um papel mais activo.


    ResponderEliminar
  5. Respeito a opinião mas discordo de 80% do post...

    É um facto que neste momento temos que estar unidos e saber defender o nosso grande Sporting, mas é certo que a crítica só nos faz evoluir e temos que aprender com os erros, neste momento em fase de reflexão tudo o que foi mal feito tem que ser identificado e se n for possível corrigir pelo menos sabemos o que não devemos voltar a fazer...

    - As contratações foram péssimas para alem de Dost e Beto, ninguém lhes exige que tire o lugar aos habituais titulares mas no minimo que sejam uma opção viável e nem isso são...

    - Não apostamos em nenhum elemento da formação, o que se passa com matheus???

    - Temos um treinador com um discurso que saiu direitinho pela culatra, e o momento crucial foi em madrid por coincidência a equipa caiu a pique a partir desse jogo ... em carnide existe um treinador que na minha opinião para alem de bronco é um "santo" disfarçado, é falso ponto, mas que consegue manter a sua equipa com indices motivacionais elevados basta ver o que se passou na época passada ...

    - Por fim o presidente o nosso bruno, apoio desde que se candidatou a primeira vez á presidência e vou continuar a apoia-lo pelo que fez de bom neste clube que já não se via há anos, mas ao mesmo tempo esquece que já nao é um adepto normal, a sua postura e posição tem que mudar, enquanto existir o estado lampianico bruno de carvalho até se for ao wc e nao puxar a agua vai ser gozado e alvo de noticia, logo a unica forma de evitar esta exposição que ao mesmo tempo expõe o clube treinador e jogadores bruno de carvalho tem que trabalhar no silêncio e na sombra e intervir apenas nos momentos necessários ... ainda hj estou a bater palmas ao brilhante discurso que colocou ontem no facebook ...

    ResponderEliminar
  6. Creio que falta ai um ponto ou sub-ponto que tem a ver com o efeito da a ambição (legitima) não satisfeita que alguns jogadores tinham em sair do Sporting depois do europeu e que me parece ser notória nos casos do William e Adrien. Não gostando muito de falar sem ter a certeza e fazer conjecturas, é fácil de perceber pela denuncia do Presidente do Lyon que são dois jogadores que estão sujeitos à influência indirecta e disfarçada (se não mesmo directa) do Jorge Mendes. E também não é difícil concluir que o Jorge Mendes não morrerá de amores pelo BdC pois sempre é menos um clube através do qual não lucra com transferências de jogadores e seguramente que preferia que o Presidente do Sporting fosse alguém que lhe permitisse usar o clube para as suas operações, à semelhança do que se passa com os outros dois grandes.

    Onde é que o William e o Adrien encaixam nesta teoria? É por eles que passa praticamente todo o futebol do Sporting e caso não estejam física e mentalmente comprometidos a 100% com o clube e de alguma forma afectados por não terem visto satisfeita a pretensão de saírem, é normal que isso se reflicta no rendimento do futebol praticado pela equipa com os resultados que estão à vista, atingindo o treinador e até mesmo o Presidente.

    À partida pode parecer uma teoria da conspiração mas a verdade é que é não é impossível de acontecer até porque já se percebeu que o Jorge Mendes não é afectado por sentimentos de ética quando se trata de usar e explorar certos expedientes para poder levar avante os int€r€ss€s dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo, em relação às suas afirmações apenas posso aceitar melhor a sua opinião em relação ao William, pois visto bem, esta época têm ficado muito abaixo do que já vimos fazer, principalmente desde que os amigos lhe especificaram o carro. Já em relação ao Adrien não concordo plenamente consigo. Se reparar-mos bem se o Adrien não jogar a equipa reduz a qualidade em mais de 80%. O meio como desaparece completamente, tanto a atacar como a defender. E é bom não esquecer que ele não têm jogado completamente a 100% devido às lesões que tem sofrido. Eu sei que não há insubstituíveis mas que é muito difícil substituir o Adrien é.

      Eliminar
    2. no caso que falas, acho sinceramente que depois de terem sido CAMPEÕES DA EUROPA, os jogadores sentiram que seria a altura ideal para outros voos...

      Não me lixem, pá! Mas qual é o jogador (por muito amor ao sporting que tivesse) não preferia ir jogar para uma inglaterra ou espanha a ter de levar semanalmente com tondelas e os bois pretos desta vida...?

      Eliminar
  7. Nesta fase de 'caça às bruxas' (muito 'a la sporting' - fónix...!!! Quantos anos são precisos passar mais, até todos percebermos que o caminho já mudou... Não tentem voltar lá...!!!)

    Finalmente um post à SPORTING, COMME D'HABITUDE por aqui..., num blogue sereno mas assertivo... Como tem de ser...!!! Está lá tudo...

    Eu não diria melhor... :)))

    p.s. só uma pequena adenda, à qual dei uma certa relevância, e creio poder enquadrar-se em vários dos pontos assinalados..., com especial relevância, desde logo, para o 3º, que foi a "certeza" e/ou "obrigação" do discurso pós-europa que "as outras três competições SÃO 'obrigatoriamente' para ganhar"... Isto em vésperas de jogos decisivos... tá visto que só potenciou este resultado... (a começar pela "Taça Lulu" (a mensagem foi dada, logo, ali... em cima do acontecimento...)

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar