terça-feira, 9 de outubro de 2018

A primeira passagem de José Peseiro pelo Sporting


José Peseiro chegou ao Sporting no defeso de 2004/2005, numa época que terminou com um 3º lugar no campeonato e que fechou com uma derrota em casa na última jornada, numa partida cuja vitória garantiria o 2º lugar e o acesso directo à Champions League. A tal época do "quase" com uma final da Taça Uefa perdida em casa. 

Histórico


Se olharmos para todos os campeonatos disputados com 18 equipas desde que as vitórias valem 3 pontos, temos o seguinte panorama.

Como podem verificar, nestas 16 épocas o registo pontual de José Peseiro é apenas e só o 14º melhor. Em termos pontuais o Sporting só fez pior do que os 61 pontos de 2004/2005 em 2002/2003 - 59 pontos e em 1997/1998 - 56 pontos. 

Em termos ofensivos o registo é mediano. Peseiro consegue o 6º melhor ataque, mas em termos defensivos a estatística é avassaladora. José Peseiro conseguiu ter a 14ª pior defesa da história do Sporting em campeonatos com 18 equipas e com as vitórias a valerem 3 pontos. 

A época seguinte


Para a época 2005/2006, José Peseiro decidiu dispensar os capitães Pedro Barbosa e Rui Jorge. A época começou com a qualificação para Champions League numa eliminatória perdida com a Udinese. Duas derrotas com os italianos. O Sporting passou então para a Taça Uefa onde enfrentou o Halmstad. Depois de uma vitória por 2-1 na Suécia, os comandados de José Peseiro perderam em casa por 3-2 e foram eliminados da competição. No campeonato, 3 derrotas em 7 partidas ditaram o despedimento de José Peseiro após a 7ª jornada. Precisamente a jornada em que nos encontramos. 

Para fechar


Para além dos dados estatísticos, depois desta primeira passagem pelo Sporting, José Peseiro deixou em grande parte dos Sportinguistas três ideias fundamentais:
1) um treinador com "pé frio";
2) equipa a jogar bom futebol;
3) um treinador sem mão no balneário.

Não digo que concordo com estas três ideias, mas uma coisa é certa. José Peseiro tudo tem feito para destruir estes preconceitos. De "pé frio" passou a ganhar jogos nos descontos. De não ter mão no balneário passou a mostrar pulso de ferro, basta olharmos para os casos de Matheus Pereira, João Palhinha, Francisco Geraldes, Wendel e Nani. E para fechar, resolveu contrariar a única ideia positiva formada pelos Sportingusitas. O tal mito que as equipas de José Peseiro jogavam um "bom futebol" está morto e enterrado perante aquilo que o Sporting tem feito esta época.

Em traços gerais foi assim a primeira passagem de Peseiro pelo Sporting. Infelizmente, quando se escrever sobre a segunda passagem de Peseiro no Sporting, a realidade não será muito diferente da primeira vez. Só espero é que esse balanço possa ser feito o mais rapidamente possível.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

17 comentários:

  1. concordo a 100% com esta análise. tenho 28 anos, mas a lembrança do peseiro naquela altura sempre foi essa.. das alturas que me lembro em que o sporting melhor futebol praticou, marcando muitos golos, mas sofrendo sempre muitos golos também. lembro-me depois de ganharmos um grande jogo, termos perdido 4-1 contra o paços de ferreira na jornada seguinte. o peseiro é isto e sempre foi isto. inconstante. a derrota 4-2 com o Portimonense é "identica" aquela derrota de 4-1 com o paços ha uns anos atrás. mais do mesmo. mas este ano nem bom futebol praticamos. ver o gelson dala a brilhar no rio ave e ver o castanhos e o diabi na equipa é de causar uma azia imensa.
    espero que esta direção assuma a responsabilidade e tome uma posição consciente de que com este treinador nunca vamos ganhar nada e não podemos correr o risco de ficar em 3º fora da champions de novo. quanto mais cedo vier um novo treinador (L. jardim por ex) com futuro e qualidade acima da média, melhor. o peseiro não vai durar muito mais tempo. antes trocar de treinador agora do que no natal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De uma coisa você pode ter a certeza, se o peZero continuar NÃO vamos conseguir sequer o terceiro lugar.

      Eliminar
  2. Vocês são uns ingratos. A Konami mudou o nome do seu clássico de Futebol de ISS para PES por alma de quem? Do Mou? Do Pep?

    FOI POR CAUSA DO PES0 caraças!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem observado!
      Se a máquina de propaganda do Mendes consegue transformar as poias do Seixal em pérolas, também há-de conseguir promover o peZero.

      Eliminar
    2. Se houvesse visão estratégica não andavam a ganhar milhões à nossa custa e nós a vê-los passar vai para 17 anos.

      Exigir à Konami o (re)lançamento do jogo "PES0, A origem" (José Peseiro na capa, com o fato do Sporting, expressão cómico-trágica e postura de forcado a dar o peito na pega de caras ou enquanto acompanha uma jogada da sua equipa que se vai perder na linha de fundo junto à bandeirola de canto).

      Cobrar royalties por cada jogo vendido, nem precisamos de nos chatear com o dinheiro dos mercenários rescisores, ao "pé" (lá está, o som do dinheiro) desta autêntica mina de ouro são "peaners"...

      Eliminar
  3. Pois é Mister, não conheço outro treinador português que consiga tantas abébias como este senhor! Em 2004/2005, com a bela equipa de futebol que tinha no Sporting,o mínimo seria ganhar o campeonato com 10 pontos de avanço. De lembrar que o trinco do Benfica era o Robocop!!
    O resto da carreira é uma época por clube, ou sai a meio e recebe a indemnização. Mais vale cair em graça do que ser engraçado, ou ter como empresário um dos maiores entrujas dos futebol mundial...
    Mas o problema não será o José Peseiro, o homem apenas faz pela vida! O problema são os otários que tomaram de novo conta do clube e vão tornar a rotular o grande Sporting Clube de Portugal de clube dos OTÁRIOS.
    Três entrevista aos três jornais desportivos! O que passou se!!?? Ainda vamos ter de assistir à perdão do maior entruja que presidiu o Sporting!!?? Enfim...
    O maior otário de todos foi o BdC que conseguiu fazer um trabalho que envergonha toda esta gente mas se deixa comer por eles, apenas porque não consegue controlar o seu ego.
    Como dizia o outro, é a vida...
    SL.

    ResponderEliminar
  4. Mas os sportinguistas não conseguem entender que o mal não está no treinador nem nos jogadores?
    O mal está mesmo no clube, onde se incluem certo tipo de associados com posturas e vícios difíceis de contrariar, associados que vão desde banqueiros a bloggers passando por comentadores e pelo simples adepto anónimo.

    ResponderEliminar
  5. Essa idea do futebol bonito da equipa do Peseiro em 2004 é um mito. O termo de comparação é que era muito mau, o benfica do trapattoni e o porto dos 4 treinadores na mesma época

    ResponderEliminar
  6. Faltam os campeonatos de 2007/2008 a 2013/2014, onde se incluem anos terríveis do Paulo Sérgio e Godinho Lopes. Por algum motivo ou simplesmente por engano?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponho que por esses campeonatos terem 16 equipas. É sublinhado no artigo que a análise incide nos campeonatos com vitórias a valerem três pontos e com 18 equipas.

      Eliminar
    2. Ah, ok... Pode ser isso, sim. Já nem sequer me lembrava que não há muito tempo o campeonato tinha apenas 16 equipas...

      Obrigado!

      Eliminar
  7. Mister, de acordo com o que escreveu sobre o Peseiro. No entanto e sem querer estar a ilibar o Peseiro da nulidade que é, há de salietar dois factos: apesar de todo o "pé-frio" e falta de jeito, perdemos o campeonato com o golo em falta de Luisão (Colina afirmou isso!) que o corrupto do paraty não viu e perdemos em casa na última jornada, com o Nacional, numa roubalheira monumental com o intuito de levar o Porto à champions!
    P.S.: Ao camelo do Rudolfo Dias que aparece aqui a comentar (são os problemas da democracia, qualquer um comenta onde quer) o problema do Sporting actual é o Peseiro (se quiserem levem-no para render o Vitória, mas ele é tão mau que acho que nem com padres se safava) e uma direcção ilegítima. Quanto ao resto todos sabemos de onde vem o problema, de uma organização criminosa que tem o futebol português minado há anos.

    ResponderEliminar
  8. E Sousa Cintra no SCP?

    vendeu Figo por um preço ridículo
    despediu Mourinho, Bobby Robson (quando estava no comando do campeonato) e Manuel Fernandes

    agora fez cair um presidente
    escolheram a data das eleições condicionando as escolhas do próximo presidente para o resto da época
    fazer cair presidente impediu a emissão de obrigações 30M€
    contratou um treinador que nunca mostrou créditos no SCP, Braga e FCP
    dispensou jogadores promissores

    ----------

    títulos europeus do SCP por presidentes:

    João Rocha 12
    Bruno de Carvalho 7
    Sousa Cintra 6
    Jorge Gonçalves 1
    Viana Rebelo 1
    Roquette 1
    Bettencourt 1
    Godinho Lopes 0

    última época 2017/18 do destituído: 18 títulos conquistados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pontos positivos: contratação de balakov, iordanov, cherbakov, juskowiak

      Eliminar
  9. Então o Mister perdeu o pio desde terça feira?
    Preocupado com a Google e os tribunais americanos?
    É só rir...

    ResponderEliminar