" Mister do Café: Golpada no Parlamento

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Golpada no Parlamento


Não gosto de falar de política neste espaço, mas perante a golpada preparada por alguns deputados do PSD para retirar os poucos poderes que restam à Liga de Clubes passando-os para a FPF, não posso deixar de escrever sobre o assunto.

Como habitualmente começo pelo início para que toda a gente perceba o que está aqui em causa.


A Defesa da transparência e da integridade nas competições desportivas 


A 21 de Abril deste ano o PSD apresentou uma projecto de lei que visava "a defesa da transparência e da integridade nas competições desportivas". Essa proposta foi da autoria de 11 deputados dos laranjas: Luís Montenegro, Luís Marques Guedes, Emídio Guerreiro, Sérgio Azevedo, Pedro Pimpão, Susana Lamas, Joel Sá, Carlos Silva, Firmino Pereira, Álvaro Batista e  Bruno Coimbra.

O projecto de lei pode ser consultado (aqui), mas faço um pequeno resumo:

1) Obrigação legal de comunicação à federação respectiva e ao Instituto do Desporto, no início de cada época desportiva, de uma relação completa dos titulares, individuais ou colectivos, de participações qualificadas no capital social de cada sociedade desportiva;

2) FPF e Liga deviam promover formação e programas na luta contra a corrupção e viciação de resultados; 

3) Relatórios dos árbitros deveriam ser públicos assim como as classificações e os critérios de avaliação aos mesmos agentes; 

4) Pequena alteração relativas às apostas ilegais.

Resumidamente, o projecto de lei apontava para alterar estas quatro questões. Nenhum partido ou instituição desportiva se opôs a estas alterações legislativas.  

A golpada


Como podem verificar no print seguinte, o processo tem seguido a sua tramitação normal e tudo parecia estar dentro da normalidade.

Link (aqui)
Eis que chegamos ao dia de ontem e o golpe planeado ao pormenor teve a sua face visível. Com a passagem do projecto de lei para a Comissão da Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, estes deputados decidiram introduzir algum "picante" ao projecto de lei. Vejamos:

Comunicado da Liga (aqui)
Como podem verificar no comunicado de reacção da Liga de Clubes, o PSD decidiu introduzir uma alteração no artigo 24º para que "a elaboração e a aprovação dos regulamentos de arbitragem e disciplina das competições desportivas profissionais competem à direcção da Federação desportiva na qual a Liga profissional se insere"

Ora, desde logo estamos a falar de uma alteração legislativa que visa apenas o futebol, uma vez que as únicas competições desportivas com estatuto profissional em Portugal são a I e II Liga de Futebol. Todas as outras competições têm estatuto amador ou semi-profissional. 

Importa salientar também que o CDS-PP também deu a sua concordância a esta proposta.

As implicações desta alteração


É preciso que as pessoas percebam que com esta alteração a Liga de Clube ficava apenas com o poder de organizar as competições. Tudo o resto estaria na FPF. Recordo que com a alteração no Regime Jurídico das Federações Desportivas, a Liga de clubes já perdeu no passado o controlo da disciplina e da arbitragem. 

Com esta alteração a Liga deixaria de ter qualquer importância. Os clubes deixariam de ter qualquer poder no futebol, uma vez que estaria tudo na esfera da FPF, cujos decisores são as Associações de Futebol de todo o país. Não tenho dúvidas que fica mais barato controlar apenas as associações... 

Os pregos no caixão da golpada


Estava tudo bem montado para que a alteração legislativa fosse aprovada pelos pingos da chuva e numa altura em que metade do país está de férias. Felizmente, a Liga de Clubes estava atenta e denunciou de imediato a situação. Não tenho dúvida que se não o fizesse a proposta seria amanhã aprovada e a Liga ficaria completamente esvaziada de poder. 

O PS anunciou logo que votaria contra e colocou um primeiro prego no caixão.

Link notícia (aqui)
Depois do Partido Socialista foi a vez de a própria Federação se pronunciar contra a alteração:


Consumado o falhanço na golpada após as declarações públicas da Liga, FPF e do Partido Socialista os onze artistas resolveram meter a viola no saco.
Link (aqui)
Este é um claro exemplo da promiscuidade e de interesses obscuros entre a política e futebol. Neste caso fica claro para todos que por trás do laranja do PSD estava um encarnado vivo que tudo tem feito para retirar poder à Liga. 

O Sr. Álvaro Batista



Não vou falar sobre os inúmeros benfiquistas presentes neste 11 de artistas que gostam de repastos no Estádio da Luz com Luís Filipe Vieira, nem mesmo no facto de um deles ser vice-presidente da Associação de Benfiquistas no parlamento. Quero apenas falar de um outro benfiquista que não é conhecido do grande público e que merece claro destaque:

Apresento o Sr. Álvaro Batista. Para quem não conhece, este senhor acumula o cargo de deputado com o de vice-presidente da secção não profissional do Conselho de Disciplina da FPF. 

Composição CD (secção não profissional)
E deixo também a informação na sua página no site do Parlamento.


Este senhor é precisamente o líder da secção do conselho de disciplina que deu o dito por não dito no vergonhoso caso de Bruno Coelho, onde os emails divulgados e a documentação publica da FPF provam que estamos perante um caso muito grave de atropelamento dos regulamentos para que o Benfica não perdesse a Supertaça de Futsal. Tudo sobre esse caso (aqui).

E assim segue o desporto e a política em Portugal, onde temos um elemento que faz parte de uma federação desportiva a propor alterações legislativas no parlamento que afectam claramente a federação à qual pertence. Incompatibilidade? Nahhh 

Se temos delegados da Liga que trabalham para clubes e agentes de jogadores (aqui) ou fazem parte de órgãos sociais de Associações de futebol (aqui) e ninguém diz nada, porque raio é que alguém diria algo sobre este artista? Siga para bingo...

PS: Apesar de não terem conseguido concluir o objectivo final, todos estes senhores merecem ser recompensados pelo esforço e dedicação aplicados. Se não der para oferecer uns bilhetes para uns jogos, pelo menos ofereçam uns vouchers de refeição...

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

19 comentários:

  1. os vigaristas sao sempre os mesmos acomulam cargos atras de cargos , o meu portugal esta podre e nao vejo jeito de se conseguir limpar tanto lixo que produzem conforme a vontade do clube do vigarismo e que misturam o interesse benfica com a vida dos portugueses , o polvo eh muito maior e complicado do que parece ser

    ResponderEliminar
  2. Concordo.

    Chamava apenas à atenção para alguns aspectos que considero importantes: apesar de ser subscrito por 11 deputados, é impossível não apontar desde logo o dedo a todo o grupo parlamentar do PSD. Primeiro, porque a iniciativa legislativa (para mais um assunto com este impacto) é concertada entre todo o grupo parlamentar, podendo existir excepcionalmente liberdade de voto. Segundo, porque se não fosse verdade o que disse antes, teria de haver demarcação por parte do PSD, com eventual poder disciplinar sobre os deputados. Terceiro, porque não há como não ligar isto à fantochada que aconteceu no outro dia de alguns deputados (Duarte Pacheco, talvez o mais entusiasta) batiam palmas a um presidente - LFV - que, no mínimo, assumia que o que estava nos emails era verdade.

    Esta promiscuidade entre futebol e política, onde, verdade seja dita, o Bloco de Esquerda é o único partido que não se apresentou nestes eventos, é dos principais problemas do nosso futebol.

    SL

    ResponderEliminar
  3. Um deles na foto é meu familiar!.. É Lampião assumido até diria doente. Também esteve no Almoço dos colombianos na luz.
    Com esse que eu conheço bem na foto, diria que a barraca esta armada.

    ResponderEliminar
  4. Nunca parem de fazer o excelente trabalho que estão a fazer em prol do Sporting e para exterminar com o polvo encarnado. Obrigado Mister do Café. Jamais nos calarão. Contra tudo e contra todos. Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  5. Boa Tarde, para quem não se lembra de quem é alvaro batista, relembro q era membro do CJ da FPF em 2008, pq o polvo lampionico não é de agora sempre existiu só que agora ficou mais feio, este alvaro batista foi o mesmo que tentou afastar o Juiz António Gonçalves Pereira da presidência do CJ da FPF para nos entalar no processo apito final, faça o favor de ler esta uma noticia da época para ver se se lembra quem é esta e outras putas velhas que só vivem para nos prejudicar ERA assim em 2008:" O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol valida as decisões da Comissão Disciplinar da Liga de despromover o Boavista e de suspender Pinto da Costa por dois anos. O órgão anunciou de madrugada a recusa dos recursos apresentados no âmbito dos castigos do "Apito Final", confirmando as penas de primeira instância. O veredicto foi tomado de madrugada por apenas 5 dos 7 conselheiros do CJ e sem a presença do presidente e do vice-presidente, que abandonaram a reunião mais cedo.
    O presidente do CJ, António Gonçalves Pereira, está agora a ser alvo de um processo disciplinar, sendo suspenso preventivamente em função disso.
    Foi por volta das duas horas da madrugada que Álvaro Batista, o porta-voz das decisões do CJ, anunciou à comunicação social a recusa dos recursos apresentados por Boavista, João Loureiro, ex-presidente axadrezado, Pinto da Costa, presidente do FC Porto, e Augusto Duarte, árbitro. Apenas o recurso do antigo árbitro Jacinto Paixão foi aceite «parcialmente» com a pena de suspensão de quatro anos reduzida.
    A reunião do CJ, que começou a meio da tarde de sexta-feira, foi demorada e polémica. O encontro acabou sem o presidente da estrutura e Álvaro Batista explica que a sua saída antes da tomada de decisão teve a ver com João Carrajola Abreu, relator do inquérito relativo ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora, pelo qual Pinto da Costa esteve indiciado de corrupção, mas que acabou por ser arquivado.
    O FC Porto solicitava o afastamento de João Carrajola Abreu na avaliação do recurso de Pinto da Costa e Gonçalves Pereira terá indicado àquele elemento que estava impedido de participar nas deliberações. Mas os restantes elementos do CJ consideraram esta circunstância «ilegal», explica Álvaro Batista, acrescentando que o presidente do CJ recusou «discutir ou revogar a decisão». Este facto motivou «a instauração de um processo disciplinar» a Gonçalves Pereira, revela o mesmo porta-voz, notando que esse procedimento leva à sua «suspensão preventiva imediata».
    Após aquela medida disciplinar, Gonçalves Pereira deu «por encerrada a sessão e abandonou a sala», repara Álvaro Batista, notando que os restantes membros «decidiram continuar a reunião por considerarem nula a decisão de encerramento de trabalhos, por se destinar a impedir a tomada de deliberação».
    Agora levantam-se dúvidas se o veredicto dos cinco conselheiros é válido. José Manuel Meirim, especialista em Direito do Desporto, já considerou na Rádio Antena 1 que a decisão é legítima, constatando que, por causa da abertura do processo disciplinar, Gonçalves Pereira «fica impedido de presidir e de estar na reunião». Perante a sua ausência, e a do seu "vice", «são substituídos» pelos restantes elementos do CJ, entende Meirim."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem me parecia que conhecia o nome desse artista de qualquer lado. A lampionar desde 2008...

      Eliminar
  6. A vigarice não pára. A trafulhice continua. Falta um mês para a bola rolar, e tudo, tudo, está cada vez pior!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas está a vir à tona e é mais uma acha na fogueira dos mails.

      Eliminar
  7. E o Meirim também metido na manhosice, depois viu-se que o Tribunal Administrativo mandou o parecer de outro aldrabão como o Freitas do Amaral às malvas juntamente com a opinião do Meirim. E foi tudo de vela. Uma pouca vergonha. Mas o país é isto, cheio de incompetentes, aldrabões com poder e que o usam para beneficiar-se e perjudicar os que fazem algo que não os beneficie a eles.

    ResponderEliminar
  8. Desculpem intrometer-me. Chamo-me Jose Lima, tenho 77 anos e sou Portista desde sempre. Coloco uma crónica semanal no Místicaazulebranca, blogue que aconselho a visitar.
    Lembro-me precisamente desse episódio (melhor dessa patifaria) praticada pelos tais 5 cavalheiros que reiniciaram uma reunião que tinha sido encerrada pela única pessoa que tinha autoridade para o fazer, o presidente Juíz António Gonçalves Pereira.
    Meirim e um pobre triste que se diz "especialista" em Direito Administrativo, Freitas do Amaral, defendeu a troco de muito dinheiro a reabertura da reunião/encerrada e a palhaçada a que se prestaram aqueles cinco.
    Desde que vejo futebol, Sporting e FC do Porto foram sempre prejudicados em favor do clube da treta, clube completamente falido, sem nenhuma hipótese de reporem 500 milhões de euros de Passivo da SAD e mais outro tanto do seu presidente.
    Obrigado Mister do Café.
    Saudações desportivas.

    ResponderEliminar
  9. Malditos dos lagartos que só sabem reclamar. Ah e deturpar as coisas também.

    Entretanto se não estão atentos o regabofe ainda seria maior!
    A vergonha ao que isto chegou e o poder que estes escrotos obtiveram! Responsabilidade é ZERO, apenas para servir os seus interesses!

    ResponderEliminar
  10. É o princípio do fim... Em agosto vem mais e melhor.

    Aguardemos.

    ResponderEliminar
  11. Porque será k os sub secretários do Governo estão a ser investigados e foram constituidos arguidos por terem aceitado uma viajem a França para ver a seleção nacional e estes politiqueiros de merda não são investigados por aceitarem viagens para verem os jogos do Carnide no estranjeiro, bilhetes para a tribuna e jantares no rest. Da ETAR de Carnide k tambêm servia os jantares dos Voucher. Será mesmo Verdade k o CADASTRADO DA JUSTIÇA PORTUGUESA É MESMO O 1º MINISTRO E K O ANTÓNIO COSTA E O MÁRIO CENTENO SÃO MESMO CAPACHOS DO LADRÃO DO CAMIÃO E DO BPN POIS TAMBÊM ACEITAM CONVITES DELE E PASSAM QUASE TANTO TEMPO NA TRIBUNA DA ETAR K A TRABALHAR PARA OS PORTUGUESES K OS ELEGERAM? ISTO SIM DEVIA TAMBÊM DE SER INVESTIGADO PELO MP E PELA PJ.

    ResponderEliminar
  12. Força Mister,

    Os Sportinguistas agradecem.

    SL

    ResponderEliminar
  13. Será impressão minha ou estas manobras (escrevo no plural porque não é de crer que só tenham preparado esta) são uma mais artimanha para permitir contornar eventuais 'obstáculos de percurso' criados pela introdução do video-arbitro?

    ResponderEliminar
  14. Andavam por ai alguns incautos a pedir para o governo intervir no futebol, aqui fica o exemplo de que isso não é boa ideia.

    Ladrões e corruptos ja existem no mundo do futebol não são precisos vir mais da politica.

    Deixar o governo regular o futebol é o mesmo que ter lobos como cães de pastoreio.

    ResponderEliminar
  15. Vermes destes, são os deputados da Nação.

    ResponderEliminar
  16. E na assembleia da républica não há deputados do psd e doutros partidos que não são vermelhos? Porque é que deixam esta corja manipular tudo a seu bel prazer?

    ResponderEliminar