" Mister do Café: Obrigações para que te quero...

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Obrigações para que te quero...


No passado dia 7 de Março o Jornal de Negócios deu o pontapé de saída na campanha de propaganda à gestão financeira da Benfica SAD. Na altura, Rui Barroso (jornalista) e André Verissímo (sub-director) decidiram ocultar a principal conclusão dos Relatórios e contas semestrais para passarem uma verdade alternativa sobre as contas do clube do qual são adeptos: O Benfica. Na altura fiz um post sobre este assunto que pode ser lido (aqui)

Passados 3 dias, foi a vez de Rui Costa dar uma entrevista de 7 páginas ao mesmo jornal. Obviamente esta é mais uma das muitas coincidências que aqui trago, até porque se existem jornais onde Rui Costa deve exprimir os seus conhecimentos são os jornais de caracter económico. Nisto o Jornal de Negócios foi visionário, mas não me admira que a The Economist ou o Wall Street Journal sigam o filão. 

Pelo meio, o jornal Record também ajudou na campanha de propaganda, mas esse assunto fica para um futuro post. Para já 

O "pio" do Montepio...



Como podem verificar no print anterior, o Montepio é um dos principais parceiros do Benfica nesta aventura. Curiosamente, o Montepio esteve desde bem cedo muito activo na propaganda a este produto. 

Link da notícia (aqui)
A notícia refere: A SAD “lançou uma oferta pública de subscrição de obrigações, destinada ao público em geral, denominada ‘Benfica SAD 2016-2019′”, diz o banco liderado por Félix Morgado — no título de entrada é “Benfica SAD 2017-2020”. “A oferta pública de subscrição decorre entre 27 de março e 5 de abril de 2017 com um montante máximo de até dez milhões de euros“, acrescenta no site, na secção de Modalidade Mutualistas de Poupança.

Curiosamente, o Montepio lançou a "campanha" no seu site após a vitória do Benfica frente ao Belenenses. Tudo estava bem encaminhado só que o empate em Paços de Ferreira fez soar o alarme da máquina de propaganda. Vai daí, adiaram período de subscrição que inicialmente estava fixado entre 27 de Março e 5 de Abril. Este "travar a fundo" foi tão grande que até congelou a renovação de Rui Vitória. 

Para fechar este capítulo, fica só a informação de que mais uma vez o Haitong será parceiro do Benfica. José Maria Ricciardi - o tal que dizem mandar no Sporting - saiu do banco no início deste ano, mas isso não abalou a confiança do Benfica, que gostou do trabalho desta instituição nas obrigações do ano passado.


O Efeito "Bola de Neve"



PRIMEIRA FASE: 
O primeiro empréstimo obrigacionista foi lançado em 2004 no valor de 15 Milhões de Euros. Daí para cá, o Benfica tem lançado sucessivos empréstimos obrigacionistas que mais não servem do que para liquidar o empréstimo anterior e pagar os respectivos juros aos investidores. Estes 15 Milhões de Euros pedidos em 2004 já vão nos 50 Milhões de Euros.

SEGUNDA FASE:
O ano passado o Benfica lançou uma nova série de obrigações no valor de 45 Milhões de Euros

TERCEIRA FASE
Com a emissão de mais 50 Milhões em Obrigações, o Benfica fica com um valor absolutamente estratosférico neste tipo de financiamento. Estamos a falar de 145 Milhões de Euros com data de vencimento ao longo dos próximos 3 anos.

Datas de vencimento:

- 45 Milhões em Junho de 2018 
- 50 Milhões em Abril de 2019
- 50 Milhões em Abril de 2020

Todos os anos será preciso uma verdadeira "pipa de massa" para liquidar estas obrigações. Ou então fazem mais uns empréstimos obrigacionistas para aumentar a bola de neve...


Mais uma vez o empréstimo obrigacionista será um sucesso e a procura excederá a oferta. Veremos se daqui a 3 anos continuarão todos a bater palmas...

O que vale é que "ainda sobre dinheiro"...



Vou colocar aqui em texto para a posteridade:

"Não vamos aplicar estes valores [400 milhões de euros] em jogadores. Vamos abater o passivo e qualquer adepto pode gritar bem alto: o Benfica é nosso! O passivo exigível do Benfica não chega aos 400 milhões de euros. Vamos pagar todas as obrigações e ainda sobra dinheiro"

Isto numa altura em que o contrato com a NOS já entrou em vigor. Caso para dizer: "Carrega Vieira"!

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

22 comentários:

  1. Mas de acordo com a propaganda carnidense, a divida não importa porque o importante é olhar para os activos...
    Fico contente pelo buraco que o carnide anda a cavar.... quanto mais fundo melhor. E por falar nisso, o porto esta epoca se não arranjar dinheiro vai ficar fora das provas da UEFA...

    ResponderEliminar
  2. E mais engraçado é estado lampionico passa a vida no discurso ... "ai e tal o sporting tem um passivo de x + VMOCS" ... e qd referem a situação financeira interna só falam em passivo ... vá-se la saber pq raio se esquecem dos empréstimos obrigacionistas ...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Sr. João Correia,

      Nos R&C da SLB SAD os EO's (Empréstimos Obrigacionistas) estão inscritos no passivo. O passivo corresponde à soma dos EO's mais Empréstimos Bancários mais divida em papel comercial e a divida a outras instituições que não financeiras, isto é não incidem juros.
      Não faz qualquer sentido comparar com situação da constituição de VMOC's.
      Cumprimentos,
      Santos

      Eliminar
  3. Sempre que precisam de mais um encaixe de 50M, lançam mais uma "fase", para além de irem aumentando os valores envolvidos.
    No nosso caso penso que só temos um de 30M que vence em Maio de 2018 e tem taxa de juro líquida de 4,5%. Não querendo ser advogado do diabo, mas desconfio que no próximo ano teremos um novo empréstimo obrigacionista provavelmente no valor de 50M... a ver vamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mal é estas cenas começarem... :(

      Eliminar
    2. Luis esse é tb um receio que tenho. Era importante em 2018 o Sporting liquidar esse empréstimo obrigacionista em vez se ir aumentando a bola de neve como faz o Benfica.

      Eliminar
  4. A inveja é tramada! A insídia vem logo a seguir.

    O DSO já veio explicar na entrevista que deu ontem a razão pela qual mudaram de ideias. O dinheiro da NOS não será para abater passivo até porque não é necessário já que o Benfica gere tanto dinheiro nas sua actividade que não necessita dele. Só no 1º semestre gerou quase 50M de cash flow sem vendas de jogadores.

    Ao contrário do Sporting - deviam era falar nisso já que vocês são sportinguistas - que já antecipou 30M + 4,75M de um contrato com a NOS que começa apenas a 1 de Julho de 2018. Quase 10% do total.
    A minha previsão é que tenham mesmo de antecipar mais umas dezenas de milhões da NOS, infelizmente para vocês isto não são mendilhões, até julho de 2017.

    Por isso, no Benfica não há "snowball effect", é mentira!!, porque o passivo remunerado tem vindo a diminuir. Foram amortizados mais de 2M/mês no 1º semestre.
    Os juros irão baixar porque os empréstimos obrigacionistas (4%) são para amortizar empréstimos bancários mais caros (6,5%).

    O Benfica, ao contrário do Sporting, consegue colocar obrigações no mercado privado porque tem crédito junto dos investidores. Esta é a melhor medida da sua credibilidade creditícia. Algo que o Sporting não se pode gabar pois teve de se entregar nas mãos dos bancos para não fechar as portas. Tendo de engolir uma pílula muito amarga, o famoso "acordo quadro" que os limita nos próximos 5-10 anos na sua capacidade de investimento.
    E isso que causa inveja e origina a criação de posts mentirosos e manipuladores como este.

    Agora não te esqueças de censurar o texto. Eu sei que as verdades não são simpáticas para com o Sporting.
    É lidar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo...temos muita inveja de serem o segundo clube com mais dívida da Europa do futebol.De resto ao Record a interpretação acerca dos 400 milhões da NOS é que há uma mudança de estratégia....o Orelhas quer continuar a investir nos Kits e nos Vouchers !...

      Eliminar
    2. Já agora ó teórico carnidense se afinal o teu clube gere tantas receitas é por vaidade que pede empréstimos obrigacionistas ?.É mesmo só lidar com cornettos na tua testa.

      Eliminar
    3. Se o benfica gera tanto dinheiro de cash-flow, se tem o dinheiro da NOS paradinho, e se ainda assim vai ao mercado buscar mais 50M aonde pára todo esse dinheiro?
      Com tanto dinheiro em caixa e continuam a ter um passivo brutal é porque só não pagam porque não querem. Isso é a definição de CALOTEIRO...

      Eliminar
    4. Este investidor não parece concordar contigo:

      http://observador.pt/2017/04/05/obrigacoes-benfica-sad-2017-2020-fique-longe-deste-jogo-que-nao-pode-ganhar/

      Eliminar
  5. Não vá o sapateiro além da chinela.
    O Mister é um sapateiro que de finanças dos clubes deve perceber ainda menos que eu.
    Para sua informação, foi assumido pela direção do Benfica que este empréstimo obrigacionista servirá para liquidar parte da dívida bancária existente, e que não é assim tão pequena. Trata-se apenas de trocar dívida por dívida mas com juros mais baixos. O Benfica paga nos empréstimos bancários juros À volta de 7%. Neste empréstimo obrigacionistas, pagará cerca de 4%. Poupa 3% em juros, o que num montante elevado é muito dinheiro.
    O resto é apenas fumaça lançada pelo Mister para desviar as atenções do sucesso desportivo e financeiro do seu clube.
    Não precisa de agradecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dás uns toques de cabeça muito bons!

      Ja pensaste em trocar os cornettos por uma bola?

      Aposto que ha um lugar para ti no Xeixal!

      Eliminar
  6. o venfique tem as instituições todas na mão, por isso eles continuam a assobiar para o ar, está tudo garantido....vão pagar tanto como o LFV pagou ao BES.

    o venfiquismo está agarrado até ao tutano na nossa sociedade...

    um exemplo bem recente que tive conhecimento do que o EL faz ...na escola do meu filho a professora quando o venfique ganha não há tpc´s para ninguem....

    tudo dito!

    ResponderEliminar
  7. Como é que um clube que diz que factura entre 230M€ e 250M€, diz que tem um plantel no futebol de 60M€, precisa destas cenas para viver? Isso é que deviam explicar...

    ResponderEliminar
  8. A maneira como Khadafi gere o Venfique é um problema dele e dos venfiquistas! Quanto mais deverem melhor! Quando arrebentarem não choro! Parece-me contraproducente estar avisá-los! Eles gostam disto, como gostavam do Vale e Azevedo e afins!! Que sigam o caminho do Glasgow Rangers!

    ResponderEliminar
  9. Excelente trabalho Mister! Esta é a verdadeira situação da "fantástica" situação do Benfica, como aparece em todo o lado na comunicação social.

    ResponderEliminar
  10. Por falar em contabilidade virtual, fica aqui mais uma ideia para um post Mister:

    http://www.abola.pt/nnh/destaque.aspx?id=664752&zona=1&t=1339

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E a notícia do dia (incluindo video do Porto Canal)

      http://observador.pt/2017/04/05/os-comentadores-do-benfica-seguem-mesmo-um-guiao/

      Eliminar
  11. Um Clube falido e um País miseravel...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se me permite a correcçao:
      Um clube falido e uma população miserável em todos os aspectos!

      O país (território) é bonito e recomenda-se. Como dizia alguém:
      "Portugal é um pais lindo, é pena é estar cheio de portugueses!"

      Eliminar
  12. Sr. Mestre,
    Gostaria de remeter-lhe uma questão, imagine que o senhor tem um Cartão de crédito com 1.000€ de utilização onde incidem 10% de juros e o senhor só irá conseguir amortizar essa divida no espaço de 36 meses. O seu gestor de conta sugere-lhe a substituição dessa forma de financiamento por um crédito pessoal onde incidem juros de 5% com a duração do mesmo de 36 meses. Qual seria a sua resposta a essa sugestão?
    Agora imagine que o cartão de crédito compara a divida que a BENFICA SAD detém em papel comercial e o crédito pessoal é o Empréstimo Obrigacionista, não será um excelente acto de gestão optar pela substituição do tipo financiamento com o claro benefício no custo do mesmo (Juros). Tendo a evidente noção que operação corrente não gera lucro suficiente para liquidação/amortização imediata dessa divida?
    Como ponto de honra, gostaria de afirmar que não me revejo na política que originou o elevado passivo da BENFICA SAD. No entanto a partir do momento que este existe, deixo a questão ao S.Mestre, de que forma mais eficaz conseguiria amortizar essa divida. Porque a lógica de aumento de passivo, essa já foi contraída no último R&C. Pois o passivo da BENFICA SAD baixou cerca de 13milhões de 01JUL17 a 31DEZ17.
    Cumprimentos,
    Santos

    ResponderEliminar