" Mister do Café: O regresso de Mr.Burns

segunda-feira, 20 de março de 2017

O regresso de Mr.Burns


A máquina de propaganda está mais activa do que nunca e todos os propagandistas são poucos para passar a mensagem nesta fase decisiva da época. Luís Bernardo, director de comunicação do Benfica saiu do Sporting para o rival no final da época passada, mas do que tenho visto, a sua performance não está a convencer os benfiquistas, tal como não convenceu os Sportinguistas no período em que esteve ao serviço do clube.

A voz de Luís Bernardo


Olhamos para Nuno Saraiva e Francisco J. Marques, directores de comunicação de Sporting e Porto e percebemos que são bastante activos na defesa das instituições que representam. Este é o padrão para a comunicação de clubes em Portugal. O mesmo acontecia com João Malheiro e João Gabriel, antecessores de Luís Bernardo no Benfica.

De Luís Bernardo, só me recordo de ter ouvido a voz no famoso episódio da escolha do melhor ângulo para face para José Sócrates. Com a "face oculta" talvez seja a melhor opção...


Bem sei que a máquina de propaganda tem interpretes em todas as televisões, rádios, jornais, internet, etc. Todos com ligação directa à comunicação do Benfica, como tem vindo a ser desmontado pelo "Polvo Leaks" e em algumas fotografias desses encontros. Mas mesmo assim, isso nunca impediu João Gabriel de vir a terreiro defender o seu clube.

Um "profissional" a part-time


João Gabriel saiu do Benfica no final da época passada, nunca se percebendo muito bem o porquê dessa decisão. Segundo consta, foi trabalhar para o Dubai não se sabe bem para que empresa ou ramo empresarial. De facto, no Dubai acontecem coisas estranhas, como aquele prémio para melhor academia do Mundo que só teve uma edição.

Provavelmente as coisas não estão a correr bem a João Gabriel neste "exílio" no Dubai. É que o homem já teve de encontrar dois part-time.

Link da notícia (Aqui)

Mas mais interessante do que esse ingresso no jornal Marca, o que dizer do "regresso" à Luz?


Curiosamente, estamos a falar de uma campanha eleitoral onde Luís Filipe Vieira foi candidato único. Por falar nas eleições do Benfica, o Sr. André Ventura, um dos propagandistas de serviço, foi o coordenador do movimento de recandidatura de Vieira. Será que foi o Hugo Gil o responsável pelo site?


Regressando ao tema. Justifica-se a contratação de um director de comunicação nestas condições? Assim de cabeça só me recordo de um jantar de enceramento de campanha e pouco mais. Nas aparições publicas, entrevistas e declarações apareceu sempre como Presidente do Benfica e nunca como candidato.

O mês de Março


Curiosamente, a actividade de João Gabriel no twitter tem aumentado muito nos últimos 15 dias. Pelo menos, é o que dá a sugerir o jornal Record. Nestes 15 dias foram feitas 6 notícias pelo jornal com recurso a tweets deste senhor. E o mais engraçado é que João Gabriel usa o twitter praticamente todos os dias. De Julho a Fevereiro o jornal record apenas deu destaque a dois tweets e nos últimos 15 dias já vai em 6 notícias. Curioso, não é?

Vejamos:







Eu gostava de perceber o seguinte: qual é a relevância jornalística que tem um tweet feito por alguém que neste momento não faz parte do mundo do futebol? Se João Malheiro ou Leonor Pinhão criarem uma conta de twitter para "mandarem umas postas de pescada", também terão direito a notícias de jornal?

Dúvidas e dívidas...


Continuamos todos sem perceber o motivo pelo qual João Gabriel saiu do Benfica. Especulando um pouco, a sua saída até pode estar ligada ao facto de Luís Bernardo ter sido "arrumado" pelo Sporting. A busca por informação privilegiada tem por vezes episódios de contratação de funcionários de competidores directos. Até que ponto a saída de João Gabriel não foi encenada para a contratação de Luís Bernardo? É legítimo pensarmos nisto quando vemos João Gabriel fazer um part-time na comunicação da candidatura de Luís Filipe Vieira.

Em termos pessoais, Luís Bernardo terá interesse em ficar na sombra, enquanto o seu antecessor assume as despesas dos ataques? Será incompetência? E como podemos caracterizar a postura de João Gabriel ao "minar" o trabalho do seu sucessor? E por que será que o Record é o único meio de comunicação social em Portugal a dar destaque aos tweets de João Gabriel? Será que existe uma ligação "afarinhada"?

Nuno Farinha e João Gabriel na Gala do Benfica em Fevereiro de 2016

E é no meio de todas estas curiosidades de coincidências que o polvo se vai movimentado.


Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

5 comentários:

  1. João Gabriel é o representante da Marca no Dubai, o maior jornal desportivo espanhol. Um emprego de prestígio que lhe dá um estatuto que nenhum jornalista em Portugal tem. É lidar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ser delegado da Marca é um cargo de prestigio? LOL

      http://www.sabado.pt/ultima-hora/detalhe/marca-assina-com-joao-gabriel

      Eliminar
  2. E porque que e que o record e o João Gabriel não falam do jogo da mala ? Qual é a justificação para uma equipa que já sabe que não desce de divisão fazer o anti jogo que fez ? ....agora sabemos quando eles levantavam suspeitas sobre o jogo da mala...era uma forma de em apurar o que eles próprios faziam e estão a fazer de momento ....e quanto aos comentários dos benfas em relação ao tempo que o árbitro deu ao porto ...leiam os comentários dos benfiquistas após o jogo benfas - setubal ...

    ResponderEliminar
  3. Imaginem quem vai jogar com os lampiões na ultima jornada vai ser o Petit /Moreirense!!!! Porque o Inácio não deve ter aceite o jogo da mala, então vai para lá o Lampião Petit. Judiciaria investiguem as contas de alguns do V.Setúbal de ontem e no final estejam atentos ao Moreirense, pode ser que assim os corruptos do futebol acabem na prisão.

    ResponderEliminar