" Mister do Café: Jogo Limpo à moda da BenficaTV

sexta-feira, 31 de março de 2017

Jogo Limpo à moda da BenficaTV


Ontem, o blog "Tu Vais Vencer" publicou um post onde fala sobre dois dos três elementos recentemente nomeados para a comissão arbitral. Nesse post, podem encontrar alguns prints que demonstram cabalmente o nível de benfiquismo destes senhores, com especial foco em João Pinheiro (link do post aqui - cliquem).

A situação de Lúcio Correia parece-me absolutamente normal. Todos temos direito a ter um clube. Agora, quem tem ambições em ter algum cargo de relevância no desporto deve saber comportar-se à altura do que é exigido antes, durante e depois do exercício dessas funções. Coisa que obviamente não acontece com João Pinheiro.

Estamos a falar de um órgão que serve pare redimir conflitos entre jogadores e clubes. Quem não se lembra, por exemplo, do caso Bruma onde o Sporting poderia ter perdido milhões de euros no caso de uma decisão contrária.

Os benfiquistas Lúcio Correia e João Pinheiro com destaque 

A Liga e o Sindicato dos jogadores são as duas instituições que nomeiam os titulares deste órgão.

Introducing João Pinheiro



Foi desta forma que João Pinheiro foi apresentado no programa "Jogo Limpo" da Benfica TV no passado dia 17 de Março. Desde logo, ficamos a saber que o senhor é um "amigo" "grande benfiquista", "ilustre advogado" e "autarca da freguesia do Estádio da Luz". Isto promete... 

"Emblema na lapela"



João Pinheiro apresentou-se no programa de emblema de prata na lapela e fez questão de referir que leva já 38 anos de sócio. Mas o mais interessante é mesmo a parte do: "E acima de tudo assumindo a minha condição de Benfiquista". Saliento a parte do "acima de tudo". Está mais do que visto que está com grau de isenção e idoneidade no "ponto" perfeito para decidir questões da importância das que passam pelas mãos da Comissão Arbitral.

"Que maravilha"



Todos orgulhosos de uma vitória conseguida através de um golo marcado com a mão. Talvez seja por isso que estes senhores não querem ver implementado o vídeo-árbitro. O que interessa é ganhar, seja a que custo for. É esta a filosofia destes senhores.


"Fidelidades remuneratórias que vinculam"



Faço um pequeno aparte para as idiosincrasias de Fernando Seara, um verdadeiro homem das sombras. 

Link da notícia (aqui) 
De facto, há por ai muita gente sentida pelo desaparecimento das "fidelidades remuneratórias que vinculam" a estações de âmbito nacional. Para quem tem ambições "políticas" passar da TVI para a Benfica TV é como passar do Coliseu de Lisboa para um palco mal amanhado numa qualquer festa de freguesia.

"Os meninos" do Pinheiro



Gonçalo Guedes e João Nunes são jogadores "acompanhados" por João Pinheiro. Curiosamente, estes jogadores eram agenciados por Paulo Rodrigues da Super Stadium. 


Só que o Benfica arranjou maneira de mudar "arrumar" com o empresário Paulo Gonçalves da gestão de carreira destes dois atletas. 

Os jogadores ficaram então "entregues" ao "nosso amigo" João Pinheiro que é uma espécie de baby-sitter de Jorge Mendes e do Benfica. Basta vermos as declarações públicas que já prestou na defesa do "bebé Guedes". 


E é este senhor que se propõe a arbitrar conflitos entre clubes e atletas

A resposta de João Pinheiro




"Porque acima de tudo entendo que deve ser preservada a imagem de qualquer órgão de que faça parte, apresento ao SJPF e à Liga de clubes imediata disponibilidade para renunciar ao cargo que assumi, caso qualquer uma das instituições considere que a controvérsia gerada com a minha designação e tomada de posse afete o funcionamento da CA", justificou João Pinheiro, em declarações ao jornal Record. Curiosamente, todos os jornais falam num comunicado divulgado pelo SJPF. Só que nem no site do sindicato nem no facebook oficial se encontra qualquer tipo de comunicado sobre o sucedido. 

"Talvez se resolva"



Depois de todo este histórico, João Pinheiro ainda tem a lata de colocar o lugar à disposição, julgando-se com condições para cumprir a sua função, de acordo com os requisitos para um cargo deste género.

A incapacidade demonstrada em compreender que não tem nenhumas condições para continuar no cargo é sintomática do estado de impunidade que se vive no futebol português. Mas pior do que isso é a forma como esta a ser montado o esquema para que o assunto passe entre os "pingos da chuva". Eu pergunto: Como é possível que a Liga e o Sindicato não se tenham demarcado de imediato deste senhor, demitindo-o do cargo?

Mas ainda há uma pergunta mais interessante que ninguém quer fazer. Obviamente, quando efectuaram a escolha deste sujeito,  a Liga e o sindicato dos jogadores tinham plena consciência do seu histórico pessoal e profissional. E é isto que também tem de estar em causa. Como é possível que Pedro Proença e Joaquim Evangelista tenham dado o aval à escolha deste senhor? Como podem os adeptos de futebol e os futebolistas confiarem nestes senhores para o que quer que seja? 

Bem, durante os próximos dias pode ser que a coisa se resolva, como se resolveu o problema do bilhetinho para ir ver o Benfica a Paços de Ferreira. 

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

16 comentários:

  1. Isto é do mais escandaloso que pode existir. Mas já viram que é a estratégia do rival?
    De onde saíram o Braz, o Guerra, o Ventura, onde comenta o Rola, enfim....todos vêm do mesmo sitio. Que grande jogada foi esta BTV que é mais do que um canal de TV...é um escola de recrutamento do estado lampiãnico!!
    O que mais me espanta é que nestas instâncias nada é por concurso ou eleições. É tudo por convite. Quem colocou ou quem convidou esse tal João Pinheiro mesmo sabendo que até era comentador da BTV? Isto também importa esclarecer pois quem sabe que ele não demonstra ser imparcial sabe ao que vai!! Ora bem: o convite foi a preceito e a pessoa escolhida a dedo!
    É isto que temos que erradicar deste futebol! As congeminações, as combinações. os jogos de interesses, os convites, o empossamento, enfim......tudo é cozinhado ao mais alto nível e nem investigações lá chegam!
    Há anos que andamos nisto e é hora de dizer chega pois isto tem que ter um fim!
    Ter os olhos bem abertos não chega! É preciso denunciar tudo isto e saber quem são as pessoas, o que fazem, quando são empossados e por quem torcem.
    Como é possível que pessoas que se vestem com as camisolas dos clubes, colocam mantas e vestidos dos seus clubes depois sejam idóneas na hora de julgar?
    Este é o jogo LIMPO deste senhor? Que grande Lata!!
    Na FPF é só gente escolhida a dedo mas nós não tínhamos nada que apoiar esse F Gomes nem Proenças. Ou fazemos nós a nossa aliança(no bom sentido) ou denunciamos que estas pessoas não são boas para a idoneidade deste espectáculo!
    E como dizia o outro.....A merda não muda, o que muda é a cor!!

    ResponderEliminar
  2. Num país onde o nacional-lampionismo é ponto assente já nada me espanta. Este badameco, se fosse lúcido e honesto, nunca teria aceitado o cargo. A militância também passa por nós e a pressão feita na sua miserável página levou ao desfecho previsível. A bem ou a mal. É pé para a frente e cabeçada se for necessário.

    Juntos somos mais fortes! Abaixo com a corja galinácea!!

    ResponderEliminar
  3. "Como é possível que Pedro Proença e Joaquim Evangelista tenham dado o aval à escolha deste senhor?"

    O Proença admira-me um bocado, apesar de tudo. Já o Evangelista não tenho dúvidas que fez o possível por escolher um tipo bem lacaio do seu clube do coração. Basta ver que está sempre pronto a denegrir o Sporting, mas quando se trata do carnide, ele "nem sabe do que se passa". E ainda lhe doí a encabadela do processo Bruma, que por vontade dele tinha saído lesando o Sporting em vários milhões de euros. O Evangelista é um tentáculo do Polvo vermelho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada acontece por acaso. Tudo está bem orientado e o revés de por o lugar à disposição irá resolver-se doutra forma. O lamentável é que é cada vez mais notório a extensão dos tentáculos. Se pensam que o Pedro Proença é isento... desta vez ficou bem visível o que serve levar com dois murros no trombil.

      Eliminar
  4. Excelente trabalho, mais uma vez.
    Esta situação é preocupante, no mínimo...Eu que sou sportinguista acho que se tivesse num orgão desses, no mínimo teria de ter uma equipa equilibrada com os outros emblemas representados, porque é praticamente impossível não termos uma opinião enviesada quando se trata de lidar com os assuntos que nos são queridos.

    Um desafio que deixo ao Mister do Café, se fosse possível apresentar um organigrama com as pessoas responsáveis destas estruturas. Toda a FPF, Liga etc.

    Porque estes exemplos soltos, apesar de serem preocupantes não dão a clara noção da realidade. Lembro-me que aqui à uns tempos o Jornal do Sporting tinha feito um artigo deste género, que era qualquer coisa, como quem manda no Futebol. Na altura fiquei surpreso pela quantidade de pessoas afetas ao clube da luz (ainda estávamos na era do Porto), hoje em dia percebe-se claramente que a estratégia dá frutos.

    E o que chateia mais nisto tudo é que isto é simplesmente para o bem do futebol nacional, e que teria muito mais a ganhar com o saneamento destas estruturas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A melhor maneira de garantir isenção e equidistância é ter elementos de todas as sensibilidades, e esses elementos terem o necessário caracter para pedir escusa em casos que envolvam interesses pessoais.
      Não é difícil nem é preciso inventar nada. Isto já está previsto em inúmeras profissões.

      Eliminar
    2. Concordo plenamente, mas o facto é que não existe qualquer interesse em garantir essa isenção de tratamento.

      Olha um exemplo de uma pessoa com princípios:
      Proximidade com André Ventura motivou saída de Jorge Bacelar Gouveia do Sporting Ex-presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting descreve "tom pidesco" com que a sua lealdade foi questionada por alguns leões.

      Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/desporto/futebol/detalhe/proximidade-com-andre-ventura-motivou-saida-de-jorge-bacelar-gouveia-do-sporting?ref=desporto_MaisVistas

      Eu até percebo que seja normal com tantos benfiquistas haver maioria de pessoas afetas aos encarnados nas instituições, diria que é estatisticamente normal.

      Contudo, em orgãos que se querem mostrar isentos, tem de haver a preocupação de para além de serem isentos (LOL), mostrarem que o são. Como se diz, à mulher de César, não basta ser, é preciso parecer...

      E como cereja no topo do bolo, vemos um claro tratamento desigual para com o Sporting, e até admito que os outros clubes também se queixem. Contudo dá a sensação que muitas vezes os motivos de queixa são exagerados para dar essa mesma sensação. Porque quando se começa a colocar os factos em cima da mesa é que se vê o quão enviesado está o sistema.

      Eliminar
  5. Mais um mero dolo sem intenção.
    Coisa pouca, afinal de contas um mau ajuizamento "só" provoca um dano irremediável para o clube.

    Tudo normal, pois então!

    ResponderEliminar
  6. Dois lampiões nomearam outros dois.E assim se reproduzem nas estruturas decisórias do futebol português....

    ResponderEliminar
  7. Estes são os senhores que dão os castigos ao irreverente, mal educado, e impróprio para consumo Bruno de Carvalho. Tinha grande razão Luis Filipe Vieira quando há muitos anos dizia que mais valia investir em pessoas ligadas ao mundo do Futebol do que em pontas de lança. Esses são semanalmente postos a jogar na BTV,na CMTV, na TVI, na SIC, na Bola, no Record, na Liga, nos orgãos que decidem em toda a linha os pontapés da bola cá do burgo.

    ResponderEliminar
  8. Deixo o desafio a este blogue que se faça um organigrama do esquema mafioso das várias influências do polvo à moda da Avó Luz....

    ResponderEliminar
  9. Num programa chamado JOGO LIMPO o "futuro juiz Pinheiro da Liga" gaba-se de ter festejado (os 15 anos) num jogo em que um GOLO COM A MÃO deu a vitória ao SPORT LADRÕES E BANDIDOS... Tudo normal, no pasa nada...

    ResponderEliminar
  10. “Porque, acima de tudo, entendo que deve ser preservada a imagem de qualquer órgão de que faça parte, apresento ao SJPF e à Liga de clubes imediata disponibilidade para renunciar ao cargo que assumi, caso qualquer uma das instituições considere que a controvérsia gerada com a minha designação e tomada de posse afete o funcionamento da CA”

    Este sujeito entendia que reunia condições para o cargo. Inacreditável a falta de vergonha na cara....

    ResponderEliminar
  11. Só para dar nota que este senhor foi em tempos opositor de LFV, apoiando a candidatura de Rui Rangel.Portanto mais uma comprinha de LFV

    ResponderEliminar
  12. Antes de mais quero transmitir os meus parabéns pelo trabalho desenvolvido pelo vosso site blogspot e aproveitar para sugerir um trabalho de fundo analisando todos membros das instâncias que gerem o futebol desde a federação à liga e suas ramificações como sejam a comissão árbitros, conselho disciplina, etc.

    ResponderEliminar