" Mister do Café: Liga "pede" suspensão para Bruno de Carvalho e Octávio Machado após queixa do Benfica

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Liga "pede" suspensão para Bruno de Carvalho e Octávio Machado após queixa do Benfica



"A Comissão de Instrutores (CI) da Liga considera que Bruno de Carvalho e Octávio Machado cometeram quatro infrações cada um que podem resultar numa pena que pode ir até um ano de suspensão. Estas são as conclusões da acusação deduzida contra os dois dirigentes do Sporting por declarações proferidas durante vários momentos da temporada passada e que agora foram remetidas ao Conselho de Disciplina (CD) da FPF. Será este órgão a decidir se há ou não razão para castigo.

De acordo com a CI, que atuou após participação do Benfica, Bruno de Carvalho cometeu três infrações de lesão da honra e reputação de Vítor Pereira, antigo presidente do Conselho de Arbitragem, e uma da lesão da honra de reputação do árbitro Luís Ferreira. Quanto a Octávio Machado, é acusado de quatro ofensas da honra e reputação de Vítor Pereira.

Em causa estão declarações prestadas em conferências de imprensa ou entrevistas à Comunicação Social, bem como publicações no Facebook, entre novembro e maio, mês em que terminou o campeonato do ano passado.

Estas infrações são puníveis ao abrigo do artigo 136 do Regulamento Disciplinar (RD) da Liga, que prevê suspensão de um mês a um ano aos dirigentes que as cometam. Como estão todas no mesmo processo, deverão ser julgadas apenas como um caso.

No mesmo âmbito, a CI acusa a Sporting SAD de infração disciplinar de "inobservância de outros deveres", que, segundo o artigo 127 do RD, é punível com multa que pode ir até aos 5 mil euros.
Ambos os clubes já foram notificados do acórdão, bem como o Conselho de Disciplina da FPF. Agora, alguns elementos deste órgão irão fazer uma audiência disciplinar com os dois arguidos (uma espécie de julgamento), já marcada para o dia 1 de março, antes de decidir se aceita a ‘proposta’ da Comissão de Instrutores.

Autor: Sérgio Krithinas"


Notícia publicada hoje no jornal Record


Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

17 comentários:

  1. O árbitro Marco Ferreira fez o ano passado esta afirmação: «Vítor Pereira ligava-me para favorecer o Benfica». Então o que dizem as autoridades do futebol sobre isto? Nada...Isto não é grave? Não deveria suscitar uma investigação?

    O timing deste comunicado não é inocente (como de costume aliás isto é tudo calculado ao milímetro). Não é o facto de se ganhar um jogo ao Dortmund que as coisas mudam de figura e o passado passa a ser diferente.

    A Liga (ou a FPF) que tenha mas é cuidado porque o caso dos vouchers continua a ser investigado pelo Ministério Público e não foi arquivado, ao contrário do que propagandeiam por aí. E se um dia o MP chegar à conclusão que houve infração a Liga ficará em muitos maus lençóis, com a sua reputação a ir pelo cano abaixo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A FPF já em tempos perdeu o estatuto de utilidade pública: (http://www.rtp.pt/noticias/futebol-nacional/fpf-perde-estatuto-confirmou-laurentino-dias_d336011)

      Na minha opinião ou muito me engano ou se o MP tiver uma opinião diferente da FPF no caso vouchers a FPF pode correr o risco de voltar a perder o estatuto.

      Eliminar
    2. Isso é mentira. O próprio árbitro negou essas afirmações.

      Eliminar
    3. Anónimo 16 de fevereiro de 2017 às 13:31, o passado não se apaga com uma borracha, mesmo que tivessem ganho 10-0 ao dortmund:

      http://www.record.pt/futebol/arbitragem/detalhe/marco-ferreira-vitor-pereira-ligava-me-para-favorecer-o-benfica.html

      Eliminar
    4. Sou o mesmo anónimo.
      A própria notícia nega que MF tivesse dito o VP lhe telefonava para beneficiar o Benfica. É mentira!

      MF já disse mais do que uma vez, publicamente, que nunca afirmou que VP lhe telefonava para favorecer o Benfica. Os aldrabões têm por hábito colocar palavras na boca de pessoas que nunca as proferiram.

      Eliminar
    5. https://cdn-emb1.streamable.com/video/mp4/26zio.mp4?token=1488579884_248b11bf81ebc1a3a307a16155b683724ef17192

      Eliminar
  2. Mudando um bocado o assunto, mas estando relacionado. Qual é o papel efetivo da Liga? (só organizar a competição?

    " A Liga Portuguesa de Futebol Profissional exerce as competências como órgão autónomo da Federação Portuguesa de Futebol, no quadro da Lei de Bases do Sistema Desportivo.

    A LPFP promove e defende os interesses comuns dos seus membros e a gestão dos assuntos inerentes à organização e prática do futebol profissional e as suas competições.

    A LPFP organiza e regulamenta as competições profissionais que se disputem no âmbito da FPF.

    Compete à LPFP a exploração comercial das competições por si organizadas, de acordo com a delegação dos clubes e sociedades desportivas aos quais serão distribuídos os respetivos resultados, sem prejuízo da liberdade de contratação dos mesmos, nas matérias que só a eles digam individualmente respeito."

    http://www.ligaportugal.pt/pt/paginas/menu/o-que-e-a-liga/

    De onde é que recebem receitas? é tudo proveniente dos clubes?

    "Novo orçamento prevê 43 milhões de euros de receitas para a temporada de 2016/17.

    As contas da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para a próxima época e o plano de atividades foram aprovados por unanimidade dos 57 delegados presentes, esta quarta-feira, em reunião da AG da FPF, realizada na Cidade do Futebol."

    http://www.ojogo.pt/futebol/noticias/interior/orcamento-da-fpf-cresce-25-por-cento-5257217.html

    "Os clubes da I e II Liga aprovaram ontem as contas de 2014/15 e o orçamento para 2015/16 da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), que aponta para um resultado operacional do exercício de 1,5 milhões de euros."

    http://www.dnoticias.pt/impressa/hemeroteca/diario-de-noticias/563607-clubes-aprovam-contas-e-orcamento-da-lpfp-CJDN563607

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "A verba que os responsáveis financeiros da totalidade dos clubes da Liga projectam gastar, na temporada que agora começa, ascende a cerca de 260 milhões de euros. Ao FC Porto pertence a parte de leão, ou antes, de dragão. São 100 milhões de euros, o mais alto orçamento para uma época do futebol profissional dos portistas. O Benfica vem depois, com 70 milhões. Praticamente com metade das águias, no terceiro lugar, surge o Sporting, este claramente em contenção."
      Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/desporto/detalhe/orcamentos-uma-liga-desigual


      Excluindo os três grandes das contas, temos em média um orçamento de quase 6 Milhões por clube.

      Faz me confusão, se o objectivo da liga é promover o futebol Português


      " futebol Português deve ser economicamente autossustentável e a gestão de todos os seus clubes deverá ser profissional;"


      Como é que os direitos desportivos são negociados em separado. Pode-se dizer que não é justo que, quem tem metade das assistências (3 grandes) recebam menos que os outros. Até estou de acordo, em parte, mas que se arranje um modelo de negócio de forma a potenciar o futebol Nacional e não os 3 grandes. Bem agora os direitos foram negociados por 10 anos (se bem que não sei como ficou isso relativamente à validade desse contrato).


      Não tenho qualquer dúvida que no longo prazo o futebol nacional ficava a ganhar e podia ser que alguma da vassalagem dos clubes pequenos que têm de o fazer deixasse de ser tão recorrente.

      Isto para dizer, 1 Milhão para organizarem três competições, porque de resto não sei muito bem o que andam lá a fazer.
      Defender o interesse dos clubes? não me parece, talvez defender os interesses de determinados clubes.

      Eliminar
    2. Pedro, esses números são de 2012. Estamos em 2017!!!

      Eliminar
    3. Obrigado, é o que dá pesquisar em 10 min e é sempre bom colocar as fontes ;)

      Ainda fui pesquisar a ver se havia alguma coisa deste género mais actual. De qualquer forma, julgo que os dados atuais ainda serão mais desiguais, a nível dos orçamentos.
      Claro que a questão da assistências também têm alguma coisa que se dia, pois os adeptos dos três grandes, quando vão fora são entram para as assistências dos outros clubes e a reciprocidade não tem o mesmo peso.

      Mas acaba por ser triste que poucos se preocupem com o futebol nacional apenas com o seu umbigo

      Eliminar
  3. http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-02-16-Ministerio-Publico-portugues-acusa-vice-presidente-de-Angola-de-corrupcao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Ministério Público português acusa vice-presidente de Angola de corrupção. O Ministério Público português concluiu a acusação da Operação Fizz. Manuel Vicente, vice-presidente de Angola, é acusado de corromper o antigo procurador Orlando Figueira para que este arquivasse um processo em que estava a ser investigado em Portugal. Segundo uma nota do MP enviada às redações, Manuel Vicente (à data presidente da Sonangol), Paulo Blanco e e Armindo Pires, "em conjugação de esforços", terão pago a Orlando Figueira "que, na altura, trabalhava no DCIAP", cerca de 760 mil euros e outras vantagens, "designadamente colocação profissional numa instituição bancária". Em troca, o ex-procurador da República "proferiu, em dois inquéritos, despachos que favoreceram o presidente da empresa angolana". Estes dois processos, em que Manuel Vicente era investigado por branqueamento de capitais, "foram arquivados pelo referido magistrado"." (Expresso)

      E no nosso "futebolzinho" não há nada disto?

      Eliminar
    2. Haver há. Mas voltando a um famoso quadro sobre dividas ao BES seria interessante saber se as autoridades não acham estranho a divida de pelo menos uma empresa chamada Obriverca. Mais de 300 milhões de divida de uma empresa que floresceu durante os anos 90 e 2000 a fazer urbanizações nos arredores de Lisboa onde facturou muitos e muitos milhões de Euros subtraindo apenas aqueles que faziam parte das ofertas (estilo vouchers) de facilitismo dos vários serviços necessários, nomeadamente os autárquicos. Houve muita boa gente que recebeu fracções como luvas, inclusive alguns que depois de vendidos davam para adquirir belas vistas sobre campos de golfe. Por isso, quando estamos à espera que a justiça trate do processo "Vouchers" haveria muito mais para investigar e que daria certamente umas belas resmas de papel... Certo, certo é de termos de arcar todos com pelo menos 300 milhões do BES, enquanto um cavalheiro que vendeu lotes para construção a terceiros e recebeu a massa os fez desaparecer. E para a comunicação social fica como um rei da gestão.

      Eliminar
    3. O que me revolta nisto, nem é a CS que sabemos que dentro do seu código deontológico tem a sua agenda própria, é haver muita gente feliz da vida com esta situação e que se está borrifando enquanto o clube ganhar.

      Todas as situações menos claras no Sporting, também quero que sejam investigadas e clarificadas. Claro que também sei perceber a quantidade de entulho que metem a rodar na CS para entreter a populaça enquanto esses casos mais graves e outros vão passando.

      Enfim é o que temos.

      Eliminar
    4. Anónimo, essa pessoa que vendeu lotes para construção, alguns sem licença de construção, estás a falar no Cintra, não é? Eu sei do que falo!

      Eliminar
    5. Anónimo o Cintra pode ter vendido lotes sem licença de construção mas não consta da lista dos devedores do BES, logo não me sinto prejudicado por isso. Agora, outros que devem muitos e muitos milhões e que a conta vai e está a cair em cima dos cidadãos isso sim já me diz respeito e tenho de pagar por negócios em que não estou envolvido.

      Eliminar