quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Estado Lampiânico - VMOC´S, Concorrência desleal, perdão bancário, beneficios do Estado e outras lampionices...




Nos últimos tempos, o Estado Lampiânico anda completamente atrofiado e tem lançado vários soudbytes, ou meras lampionices como gosto de designar, para atacar o Sporting. Estas lampionices visam atirar poeira para a gestão do Sporting, enquanto tentam tapar as notícias que vão saído sobre a terrível gestão financeira de Luís Filipe Vieira, quer no Benfica quer nas suas empresas. Vejamos:

"Ahh e a tal é concorrência desleal "


Tomei a liberdade de consultar o site da autoridade da concorrência sobre a real definição de concorrência desleal e verifiquei o seguinte:

"Constituem concorrência desleal os atos de concorrência contrários às normas e usos honestos de qualquer ramo de atividade económica, com o objetivo essencial de desviar clientela. A título exemplificativo, constituem atos de concorrência desleal a criação de confusão com a empresa, bens ou serviços de concorrentes e as falsas afirmações visando desacreditar concorrentes, entre outros. As regras em matéria de concorrência desleal encontram-se previstas nos artigos 317.º e 318.º do Código da Propriedade Industrial.</p> <p>Os atos de concorrência desleal violam normas de lealdade, honestidade e bons usos comerciais, tratando-se assim de comportamentos eticamente reprováveis, suscetíveis de prejudicar as legítimas expectativas dos agentes económicos atuantes no mercado. Os efeitos negativos dos atos de concorrência desleal projetam-se em primeira linha sobre a atividade dos agentes económicos, podendo atingir reflexamente o mercado."

Nesta definição da autoridade para a concorrência saliento a exemplificação utilizada: "falsas afirmações visando desacreditar concorrentes, entre outros". Ora, isto é precisamente o que o Estado Lampiânico anda a fazer, senão vejamos:


Direitos televisivos:

Eu pergunto: O que Rui Gomes da Silva, vice presidente do Benfica disse sobre os direitos televisivos não tinha como objectivo "desacreditar os concorrentes diretos" do Benfica? A resposta é clara!!!

Não deixa de ser engraçado que a "galinha dos ovos de ouro" tenha pensado que com o acordo com a NOS tinha secado por completo o mercado. Afinal, enganaram-se... 


VMOC



Existem dezenas de exemplos onde os representantes oficiais e oficiosos do Benfica tentam desacreditar o Sporting e os seus representantes e curiosamente todos repetem as mesmas ideias. Gosto especialmente de os ver a ler directamente da cartilha do Estado Lampiânico. Então quando vejo o Diamantino a falar de Finanças... só dá mesmo é para rir do desespero destes "artistas".

Mas vamos lá falar de VMOC.

Começo por explicar o que são as VMOC para que mesmo os leitores menos identificados com economia e finanças possam entender do que se trata. Vejamos:

A sigla VMOC significa "Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis". Na pratica as VMOC são obrigações que rendem um determinado juro anual e que no final do prazo podem ser convertidas em capital caso a entidade não as liquide aos investidores. Vamos lá então perceber de que VMOC´S estamos a falar.


VMOCS 55 Milhões (2011-2016)


Em 2011 os bancos Millenium BCP e Banco Espirito Santo subscreveram "Tal como previsto nas condições da Oferta, no âmbito da garantia de colocação assumida pelo Banco Comercial Português, S.A. e pelo Banco Espírito Santo, S.A. (conjuntamente os “Bancos”) os 54.833.905 VMOC sobrantes, após a satisfação das ordens de subscrição e dos pedidos de subscrição em rateio, foram subscritos pelos Bancos - o Banco Comercial Português, S.A. subscreveu 27.416.953 VMOC e o Banco Espírito Santo, S.A. subscreveu 27.416.952 VMOC."


Vejamos, conforme excerto do anuncio dos resultados da oferta e do rateio cujo link está em cima chegamos à seguinte conclusão.

- BCP subscreveu 27.416.953,00 € VMOC
- BES subscreveu 27.416.952,00 € VMOC
- Outras entidades subscreveram 166.095,00 € VMOC

Resumindo, no dia 16 de Janeiro de 2016 o Sporting teria que liquidar estes montantes ao BCP, BES e outras entidades. Isto foi o que José Eduardo Bettencourt acordou em 2011.

Com esta nota introdutória será mais fácil perceber as lampionices. Vamos a elas:

"Ah e tal as VMOC que agora se vencem nem pagavam juros"


MENTIRA! Aqui está o Estado Lampiânico mais uma vez a prestar "falsas afirmações visando desacreditar concorrentes".

"emissão de VMOC, escriturais e nominativos, no montante de 55 milhões de euros, de valor nominal de 1 euro cada, com prazo máximo de 5 anos, com preço de subscrição de 1 euro, com taxa de juro nominal anual bruta de 3%, obrigatoriamente convertíveis em acções da Sporting SAD a um preço de conversão de 1 euro, a efectuar através de subscrição pública reservada aos accionistas da Sporting SAD e demais investidores detentores de direitos de subscrição. O presente prospecto foi objecto de aprovação por parte da CMVM e encontra-se disponível sob a forma electrónica em www.cmvm.pt e www.sporting.pt."

Excerto do prospecto (Pag .2) com respectivo link (aqui)

 

"Ah e tal o Estado está a ajudar o Sporting"

 

MENTIRA! Aqui está o Estado Lampiânico mais uma vez a prestar "falsas afirmações visando desacreditar concorrentes".

Como é do conhecimento geral, o Sporting negociou com os seus principais parceiros financeiros BCP e BES a tão propalada "reestruturação financeira". E não me enganei, foi mesmo com o BES, ou seja antes do banco ser intervencionado. Nesse extenso plano apresentado em AG do clube e da SAD ficaram definidos os termos da reestruturação financeira do Sporting, sendo as VMOC um tema previsto nesse documento.

As operações são efectuadas nos timings certos e dentro da legalidade. Por isso o assunto só poderia ficar resolvido no vencimento das VMOC ou seja, antes de dia 16 de Janeiro de 2016. Os 55 Milhões de VMOC vencem no dia 16 de Janeiro de 2016, logo, nos dias anteriores foi convocada uma AG de detentores de VMOC que deliberou a renovação por 10 anos, conforme proposta do Sporting.
E aqui vem a polémica de que o Estado ajuda o Sporting, uma vez que controla o NOVO BANCO. Vamos lá explicar.

Nesta fase o Novo Banco poderia tomar 3 opções:

1 - Desrespeitar o acordo de reestruturação financeira que assinou com o Sporting e encontrar investidor para os cerca de 27,5 Milhões de Euros em VMOC. Isto faria com que o Sporting entrasse em processos jurídicos com o Novo Banco por desrespeito contratual do plano de reestruturação financeira. Os Sportinguistas não iram achar nenhuma piada à brincadeira e iriam começar uma campanha contra o banco e não tenho dúvidas que o banco perderia muitos clientes.

2 - Desrespeitar o acordo de reestruturação financeira que assinou com o Sporting e converter as obrigações em acções e tornar-se accionista da Sporting SAD. Não vejo qual é o interesse que poderia ter o Novo Banco em ficar accionista da Sporting SAD. De qualquer forma o Sporting processaria o Novo Banco por desrespeito ao acordo de reestruturação financeira.

Em qualquer destas duas opções o banco ficaria com uma guerra contra o Sporting o que numa fase onde o Estado quer vender o banco tornaria ainda mais dificil o negócio.

3 - Cumprir o que está contratualizado, que foi o que fez e muito bem. Parece-me que a decisão é tão fácil de tomar que não deixa dúvidas a ninguém. Ou adiava o pagamento por 10 anos ou então o banco ficava acionista da SAD e não via "bola" como diz o JJ.





"Ah e tal se não fosse o Estado o Sporting  já nem tinha maioria do capital da SAD"


MENTIRA!!! Mais uma vez o Estado Lampiânico a prestar "falsas afirmações visando desacreditar concorrentes".

O Sporting tem neste momento cerca de 63 % da SAD, cujo capital é de 67 Milhões. Com uma eventual conversão dos cerca de 27,5 Milhões de obrigações em capital detidas pelo Novo Banco o Sporting ficaria com cerca de 45% do capital da SAD. O que o Estado Lampiânico se esquece é que está aprovado para este ano um aumento de capital no valor de 18 Milhões. Em caso de necessidade o Sporting poderia sempre "adquirir" o montante necessário desses 18 Milhões para ter a maioria do capital da SAD. E ainda há mais soluções desde logo uma oferta pública de aquisição para os pequenos investidos. Não chega? Querem mais outra solução? Negociar com um dos parceiros do Sporting aquisição do capital necessário para o clube não perder a maioria do capital. Esclarecidos?

"Ah e tal vocês vão renovar as VMOC e nem juros pagam"

 

MENTIRA! Aqui está o Estado Lampiânico mais uma vez a prestar "falsas afirmações visando desacreditar concorrentes".

"Alterar as condições de pagamento de juros passando os VMOC a atribuir o direito ao recebimento de juros condicionados à taxa anual nominal bruta e fixa de 4% (quatro por cento)."




"Ah e tal mas o Sporting só paga juros quando distribui dividendos e isso nunca acontece"

MENTIRA! Aqui está o Estado Lampiânico mais uma vez a prestar "falsas afirmações visando desacreditar concorrentes".


"c) Em cada ano, apenas haverá lugar ao pagamento integral dos respetivos juros no caso de o valor total dos juros a pagar não exceder o valor dos lucros da Sporting SAD verificados no exercício económico findo anterior à respetiva data de pagamento dos juros e que, nos termos dos artigos 32.º e 33.º do Código das Sociedades Comerciais, podem ser distribuídos aos acionistas.

d) Caso os lucros distribuíveis não sejam suficientes para satisfazer o pagamento integral do respetivo montante dos juros anuais globais devido, o mesmo deverá ser reduzido ao valor dos lucros distribuíveis verificados, caso existam."

Aqui o Estado Lampiânico "confunde" lucros distribuíveis com lucros distribuídos. "Oh, Oh Sousa Martins. Isso é confundir a beira da estrada com a estrada da beira".

Como as próprias palavras indicam, lucros distibuivéis são os lucros gerados que são passíveis de distribuição, enquanto lucros distribuidos são lucros que foram efectivamente distribuídos. Para que conste, nunca uma SAD em Portugal distribuiu dividendos pelos seus accionistas. Importa salientar que desde que Bruno de Carvalho chegou ao Sporting, a SAD tem apresentado sempre lucro nos seus exercícios anuais. O ano passado foram cerca de 20 Milhões em lucro.

Página 5 proposta aprovada em AG

Agora vou eu lançar uns factos indesmentíveis:

O ESTADO É ACIONISTA DO BENFICA


Relatório e contas anual - Benfica 2014/2015

"Oh, oh, Sousa Martins, sejamos sérios! E os lesados do BES e do BANIF?"

São quase 8% do capital...


BENFICA DEVE 200 MILHÕES AO NOVO BANCO+BCP



Relatório e contas anual - Benfica 2014/2015


A verdadeira concorrência desleal:

 

Naming infraestruturas dos rivais

 


O banco público, Caixa Geral de Depósitos comprou o "naming" do centro de estágio do Benfica e do Pavilhão do Porto. No Sporting não dá o nome à Academia nem há planos para dar ao Pavilhão. Curisoso não é? Querem mais!?


 

Centros de Estágio de Porto e Benfica com apoios públicos em força


Deixo a transcrição da notícia: 


"Alegados favores das autarquias ao clube da terra já são tema banal, mas há outra controvérsia quando é a câmara vizinha a fazê-lo: Gaia gastou 16 milhões no centro de treinos de que recebe 500 euros de renda do FC Porto e o Seixal é acusado de ter facilitado a construção do centro de estágio do Benfica sem salvaguardar contrapartidas

Histórias do favorecimento dos clubes da terra por parte da respetiva autarquia já são habituais na troca de galhardetes entre adeptos rivais. Mas há também as câmaras que se esforçam antes por bem receber emblemas vizinhos - e de impacte nacional: foi o que fizeram Gaia e Seixal, ao albergarem nos seus concelhos os centros de estágio de FC Porto e Benfica, respetivamente. A norte, os dragões pagam 500 euros mensais de renda por uma infraestrutura que custou 16 milhões de euros aos cofres públicos. E a sul, segundo rezam as crónicas, as esperadas contrapartidas benfiquistas pela construção do Caixa Futebol Campus não foram salvaguardadas pelo município.
Afinal, além da notoriedade, o que ganham as duas câmaras por receber nos seus concelhos águias e dragões? Não se sabe. Os dois municípios não responderam às questões feitas pelo DN. E em ambos os casos as vozes da oposição falam de acordos pouco vantajosos para a autarquia.
Em Gaia, a autarquia gastou 16 milhões de euros a erguer o centro, sem qualquer participação do clube. O FC Porto paga, desde 2002, uma mensalidade de 500 euros pelo complexo de mais de 80 mil metros quadrados, que o antigo presidente da FIFA, João Havelange, considerou como "um dos melhores do mundo, senão o melhor". Para que os portistas conseguissem ressarcir todo o investimento da autarquia tinham de estar no centro de treinos durante... 2666 anos, mas o contrato é apenas de 50 anos (ou seja, 300 mil euros de renda, no total)."

 (link da notícia do DN)



(link da notícia)



Luís Filipe Vieira o "Rei Midas"






EPUL - Entidade Pública de Utilidade Lampiânica





(link da notícia)

A ligação do BES ao Benfica e a Luís Filipe Vieira








Com que então o "grande líder" entre as suas empresas e o Benfica (passe o pleonasmo), tem cerca de 672 Milhões de Euros em créditos vencidos. Na lista está também o amigo Eduardo Nunes Rodrigues, administrador da Obriverca. (Carrega Vieira) 

(link da notícia)




(link da notícia)

Vieira o "self made man"



Transcrição dos pricipais pontos de interesse da notícia:

"Director municipal de planeamento trabalhou com o projectista dos antigos terrenos da Petrogal e em projectos de Vieira no Algarve.
Quando o pedido de informação prévia elaborado por Vaz Pires deu entrada na câmara, em Junho de 2005, os terrenos ainda pertenciam à Petrogal. O seu cliente, porém, era Luís Filipe Vieira: mas o pedido tenha sido assinado por um antigo presidente da EPUL, José Manuel de Sousa, na qualidade de administrador da empresa do Grupo Espírito Santo que gere a Fimes Oriente - um fundo de investimento imobiliário ligado ao presidente do Benfica.
(…)
Nos termos da escritura, a Inland pagou à Petrogal 10,2 milhões de euros pela totalidade da propriedade, destinando-a a revenda. Logo a seguir, no mesmo dia, vendeu-a à Filmes Oriente por 12,1 milhões. Embora se tenha tratado de uma operação efectuada no seio do mesmo grupo e habitual entre promotores e fundos, por motivos de natureza fiscal, a operação proporcionou à Inland um ganho imediato de 1,9 milhões.
O grande negócio parece ter sido, todavia, a compra à Petrogal. Na altura estava quase garantida a viabilização de 84.527 m2 de construção (81.283 para habitação e 3243 para comércio), por via da qual os encargos com o terreno ficaram a Vieira por apenas 118 euros o m2 de construção. Basta dizer que já este mês o Estado pôs à venda por 15 milhões de euros, na zona do Palácio da Ajuda, um terreno em que não é possível construir mais de 12.720 m2 (1180 euros por m2)
(…)
O director municipal nega que as alterações ao PDM tenham algo que ver com interesses de Vieira, mas confirma que trabalhou para ele no Algarve e que mantém estreitas relações com o arq.º José Vaz Pires, que define como o seu "melhor amigo", com o qual assinou muitos projectos em co-autoria, sendo co-proprietário, com ele e um colega, da vivenda do Restelo onde funciona o seu atelier."

(link da notícia)

NOTA FINAL:


O Sporting de Bruno de Carvalho tem lutado muito por conseguir retirar o Sporting da falência e os resultados tem sido extraordinários. Com ele ao leme só temos tido lucro nas nossas contas. Muitos sacrificios tem sido feitos na gestão do clube. O corte brutal que foi preciso fazer para reerguer o clube é bem demonstrativo das dificuldades. Hoje, parece que já ninguém se lembra disso. Em 2013/2014 vínhamos de um 7º lugar e tínhamos umas cascas de amendoim para ir ao mercado. Mesmo assim com jogadores a preço de saldo como Magrão, Piris, Maurício, Jefferson, Montero ou Slimani fizemos uma grande época. Uns deram certo outros não. São os riscoS de quem não tem muito para investir.

Recordo-me de ouvir o Presidente dizer que estávamos a reestruturar para depois liderar. A lógica para ele era simples. Quem se adapta-se primeiro às circunstancias e dificuldades teria melhores condições para liderar o futebol em Portugal nos próximos anos. E teve razão. Os rivais começaram-se a aperceber tarde e a más horas, por isso aparece esta campanha de vitimização do Estado Lampiânico. Agora já vem tarde amigos...

Muito se fala nos milhões gastos pelo Sporting em contratações e no JJ. Para que fique clara a comparação. Em relação ao Benfica, meo Pizzi e meio Raul Gimenez chegam para pagar todas as contratações do Sporting esta época, os ordenados do JJ e ainda sobra dinheiro. Em relação ao Porto basta dizer: Imbula.

Os desafios para o Sporting são muitos e ainda há muita conta por pagar, mas com esta gente à frente do clube o futuro só pode ser risonho. Enquanto isso outros clubes continuam a assobiar para o lado, e ainda bem.

Fico-me por aqui, mas não posso fechar sem antes fazer a devida homenagem ao mito: Jabba The Hut


"Oh, oh Sousa Martins sejamos sérios! Há um estudo do Dr. Jorge de Sá que demonstra que o Benfica tem 14 milhões de adeptos" - Vai-se a ver e o próprio diz que não há estudo nenhum

"Oh, oh Sousa Martins sejamos sérios! Jorge Jesus está cheio de medo do Porto. Eu conheço-o e sei que ele tem medo do Porto" - Vai-se a ver e Jesus dá um banho de bola ao Porto.

"Oh, oh Sousa Martins sejamos sérios! Isto é um escândalo!O Sporting é beneficiado pelo Estado. Vai-se a ver e o Estado perdoa dívidas a Luís Filipe Vieira e para além de ser acionista do Benfica ainda lhe dá milhões em benesses como no caso da EPUL e do centro de estágio. Já para não ir buscar uma Manuela Ferreira Leite...

"Oh, oh Sousa Martins sejamos sérios! O Sporting é sistematicamente beneficiado pelas arbitragens" - Vai-se a ver e o Sporting é o mais prejudicado. (imagem)

Deixo aos leitores o desafio de continuarem este "jogo" na barra de comentários. O que não faltam são citações da besta fáceis de "deslampializar".

Mais uma vez agradeço a todos o apoio. Peço que ajudem o Blog a crescer e façam like no Facebook e no twiter. Está tudo no canto superior direito.

47 comentários:

  1. Excelente!

    Aponto ainda outro exemplo de concorrência desleal:

    Oferecer a cada um dos árbitros, delegados e observadores, em todos os jogos em casa da equipa A e equipa B, 4 vouchers para jantares de luxo sem limite de consumo.

    SL

    ResponderEliminar
  2. Trabalho descomunal muitos parabéns e um muito obrigado!

    Agora é só o Zé Pina dar cá um salto ... tem pano para mangas.

    SL,

    ResponderEliminar
  3. excelente artigo Mister. Do outro lado é só ruído.

    ResponderEliminar
  4. O Zé Pina tinha aqui material suficiente para cilindrar o Pedro Guerra/Fernando Santos.
    Teria é de argumentar com o megafone, porque a personagem em causa usa as técnicas que aprendeu quando esteve pela politica, de estar constantemente a interromper repetindo em lopp frases como "seja sério".

    ResponderEliminar
  5. Pela definição de concorrência desleal deles, então o Benfica e Porto gastarem muito mais dinheiro com contratações do que o Sporting é concorrência desleal. :)

    ResponderEliminar
  6. Parabéns, Grande trabalho muito bom mesmo

    ResponderEliminar
  7. Parabéns, Grande trabalho muito bom mesmo

    ResponderEliminar
  8. Bom post, bom resumo.

    Isto quanto mais claras ficam as coisas mais piada tem vê-los a gemer...
    Era os campeonatos serem decididos dentro de campo e este ano nem na luta pelo titulo estavam.
    assim ainda podem ter a "sorte" de ser campeões.

    Só uma ressalva que me faz estar um bocado apreensivo ao excelente trabalho feito pela direção. Este ano, a avaliar pela evolução dos custos com pessoal estamos muito perto dos lampiões (http://oartistadodia.blogspot.pt/2015/12/evolucao-dos-custos-com-pessoal.html [da autoria do MdC]).

    Se pensar que só o JJ são os 6Milhões está explicado este aumento e até já pensei no cenário. É campeão e a seguir algum tubarão vem buscar o gajo por 12M.

    Somos campeões e ainda temos um "lucro" de 6M. Isto é que era.

    Mas acho importante acompanhar esta rubrica porque se é verdade que esta direção fez um trabalho extraordinário em tornar o Sporting Viável na senda das vitórias, temos de ter consciência que ainda temos um longo caminho e temos menos recursos que tanto o Porto e Benfica, pelo menos nesta fase.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O aumento na rubrica de custos com pessoal é previsivel por vários motivos. Renovação contratos e respectivo aumento salarial de alguns jogadores; contratação de jogadores experientes, logo ganham mais; contratação de JJ. Incapacidade de "arrumar" com excedentários como Labyad e Viola que ganhama balurdios.

      De qualquer forma e pelas minhas contas está mais ou menos controlado o resultado do exercício anual. O acréscimo dos valores da publicidade e da camisola foram importantes para compensar o rombo de não termos ido à Champions.

      E é de salientar as receitas de bilheteira. Contudo aviso já que é possível o Sporting acabar o 2º trimestre no vermelho, mas isso pouco importa porque o que conta são as contas anuais no final do exercício económico em 31.06.2016

      Eliminar
    2. Mister, vamos passar bem pelo vermelho. Mas acredito que fechamos a época positivos o que em ano sem Champions e incrível.

      Eliminar
    3. Mister, vamos passar bem pelo vermelho. Mas acredito que fechamos a época positivos o que em ano sem Champions e incrível.

      Eliminar
  9. CLAP CLAP CLAP CLAP! Parab=ens e obrigado!

    ResponderEliminar
  10. Belo trabalho . saudações LEONINAS

    ResponderEliminar
  11. Parabens bom artigo, apenas uma correcção quase no fim

    "ainda lhe dá milhões em beneces", escreve-se benesses ;-)

    ResponderEliminar
  12. Mister, excelente. Temos que lutar com eles com as armas que possuímos. Um abraço.

    ResponderEliminar
  13. estás a subir muito o nível... que análise brutal... muito bom!

    ResponderEliminar
  14. Excelente trabalho!
    Na total ausência de comunicação social, o contraditório à maquina de propaganda lampionica tem que passar muito por estas iniciativas!
    Verdadeiro serviço público ao Sporting.
    SL
    Lanterna Verde

    ResponderEliminar
  15. mas que ganda posta Mister do café. Nunca sequer me tinha ocorrido essa situação do naming dos centros de estágio, enquanto que as outras coisas já tinha ouvido falar umas mais outras menos

    abraço

    ResponderEliminar
  16. Excelente trabalho mister! Vou passar a seguir o blog :)

    ResponderEliminar
  17. Muito bom trabalho! UM GRANDE ABRAÇO! FORÇA!

    ResponderEliminar
  18. Extraordinário trabalho de desmontar as MENTIRAS reiteradas e repetidas à náusea pela lampionagem. Este trabalho até pode servir de GUIA, quem tiver dúvidas e queira ser esclarecido pode consultar este post, os que não querem pode continuar a enviar nuvens de fumo. AA SL

    ResponderEliminar
  19. Mister, grande post e excelente trabalho. Nunca é demais realçar.
    SL

    ResponderEliminar
  20. Grande trabalho Mister!
    Mais uma vez tiro-lhe o chapéu! Isto sim é jornalismo!

    ResponderEliminar
  21. Estas verdades é que deveriam ser colocadas todos os dias nos jornais.

    ResponderEliminar
  22. muito bom mister a demonstrar a concertação que existe do estado lampionico em denegrirem tudo relacionado com sporting olho bem aberto como diz jesus SPORTINGUISTAS! mister continue este trabalho excelente divulgando esta palhaçada

    ResponderEliminar
  23. Não conhecia este blog, mas tenho de referir que me surpreendeu muito positivamente. Muitas parabéns e força. Saudações Leoninas.

    ResponderEliminar
  24. Tiro o meu chapéu ao frusciante... :-)

    ResponderEliminar
  25. Cada vez melhor! Continua...
    Abraço e SL

    ResponderEliminar
  26. Já venho atasado mas, não queria dixar de o parabenizar por este trabalho. Só gostava que o Pina e, os outros, o utilizem. Bem haja. SL

    ResponderEliminar
  27. Que análise brutal! Isto tem de chegar ás maos dos comentadores do Sporting para terem esta arma contra o EL!

    ResponderEliminar
  28. Brutal a explicação. Pena é que os nossos sportinguistas que tem asento nos programas não vejam isto. O estado da lampionagem faz o trabalho de casa, infelizmente os nossos não. Se o fizessem, acabariam com as falácias dos lados de Carnide.

    ResponderEliminar
  29. Não conhecia o Blog.Parabens pelo excelente trabalho de investigação.

    ResponderEliminar
  30. AD (258,9M€)


    Sporting Património e Marketing, SA (165,9M€)


    Sporting SGPS (152,7M€)

    A maior parte do Passivo das empresas do Sporting, a 30 de Junho de 2013, encontrava-se na:

    ResponderEliminar
  31. Câmara de Lisboa foi mais generosa com o Sporting

    Segundo o Expresso, os "leões" estão em "vantagem" na questão da isenção de taxas urbanísticas.

    ResponderEliminar
  32. Câmara de Lisboa vai ter que pagar ao Sporting 18 milhões de euros, parte dos quais em imóveis para recuperação, segundo o protocolo a assinar com o clube que será analisado quarta-feira em reunião do executivo.

    ResponderEliminar
  33. TENS DE SER SERIO O PA ! ENTÃO PARA SERES SERIO TENS DE POR AQUI OS CALOTES DA EMPRESAS DO TEU PRESIDENTE DE CONTRARIO ES MAIS DO MESMO .UM BATOTEIRO ..

    ResponderEliminar
  34. ESTAS DIVIDAS VAI SER PAGA PELOS TEUS FILHOS E PELO POVO ,TEMPO..
    AS VMOCS VAI DAQUI A UNS ANOS? QUANDO ..
    SER AS BOMBAS ATOMICAS QUE OS OUTROS VÃO TER DE PAGAR
    Mais a cmvn sabe disto ,NÃO ACREDITO.. faz essa pergunta

    ResponderEliminar
  35. depois de venderem o NOVO BANCO quem fica com os MILHÕES das vmocs ...
    DAQUI A DEZ ANOS QUEM VAI PAGAR OS 180 MILHÕES mais juros DO CALOTE DO SPORTING , FORA O QUE ESTA ESCONDIDO NA SAD...

    ABRANTES MENDES
    "O Sporting acabou por ser favorecido"

    ResponderEliminar
  36. Por outro lado temos o Sporting, que tem o triplo das responsabilidades no BES (cerca de 200M€), não tem andado a pagar o serviço da dívida, entrou em incumprimento por várias vezes, tem pago juros muito mais baixos do que o Benfica, e ao que parece se calhar está tudo bem e não é obrigado a fazer grandes vendas de jogadores.

    ResponderEliminar
  37. Desde essa data a Sporting SAD acumulou quase 100M€ de prejuízos e por isso é natural que as responsabilidades totais do BES no Sporting possam chegar aos 200M€! (Cerca de 2/3 do total do financiamento actual – 303M€ em Dezembro de 2013

    ResponderEliminar
  38. Não é um caso tão grave o do BES com o BPN. São situações distintas. A dimensão das 2 instituições não é comparável.
    Existiram situações graves em ambos os casos que deveriam dar cadeia... mas neste país da treta ninguém vai preso.

    ResponderEliminar
  39. Com o mal do Sporting posso eu bem, e é-me completamente indiferente se eles desaparecem, descem de divisão ou são comprados por uma multinacional de lojas dos "trezentos"
    Mas que algum batraqui verde um longo dia vai chiar que nem ratos .. AI VAI VAI ..

    ResponderEliminar
  40. Não como gelados com a testa11 de fevereiro de 2016 às 20:27

    "Alterar as condições de pagamento de juros passando os VMOC a atribuir o direito ao recebimento de juros condicionados à taxa anual nominal bruta e fixa de 4% (quatro por cento)."

    Página 5 proposta aprovada em AG


    Convem dizer tudo oh Mestre. Dizer metade não te fica bem. Contudo compreendo que sejas sportinguista e queiras encobrir esta pouca vergonha.

    Vou colocar os restantes pontos, sendo que o primeiro já tu e bem referiste:
    1- Alterar as condições de pagamento de juros passando os VMOC a atribuir o direito ao recebimento de juros condicionados à taxa anual nominal bruta e fixa de 4% (quatro por cento).
    2- Em cada ano, apenas haverá lugar ao pagamento integral dos respetivos juros no caso de o valor total dos juros a pagar não exceder o valor dos lucros da Sporting SAD verificados no exercício económico findo anterior à respetiva data de pagamento dos juros e que, nos termos dos artigos 32.º e 33.º do Código das Sociedades Comerciais, podem ser distribuídos aos acionistas.

    3- Caso os lucros distribuíveis não sejam suficientes para satisfazer o pagamento integral do respetivo montante dos juros anuais globais devido, o mesmo deverá ser reduzido ao valor dos lucros distribuíveis verificados, caso existam.


    O Sporting só pagará juros em casos excepcionais, ou seja o mais provavél é nem se quer pagar.

    E ISTO É SOMENTE EM RELAÇÃO AOS 55MILHOES EMITIDOS EM 2011! Quem escreveu o artigo ou é burro e não sabe que foram emitidos 80M em 2014 ou anda a querer gozar com a malta omitindo informação.

    Gostava de saver Porque não falas da POUCA VERGONHA que é os 80Milhões em VMOCS emitidos em 2014 e que terminam em 2024 ? Tens vergonha de falar sobre esses 80 M ?

    Caso não saibas foram subscritos por um banco intervencionado pelo Estado (BCP) e actualmente que ainda deve dinheiro ao mesmo e por outro que esteve para falir não fosse a resolução que criaram para o salvar !!! e onde milhares de portugueses sofreram com isso.

    Emissão de Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis em acções da Sociedade (“VMOC”), escriturais e nominativos, no montante de Euro 80 milhões, com
    o valor nominal de 1 Euro cada, com prazo de 12 anos, pelo preço de subscrição de 1
    Euro cada, obrigatoriamente convertíveis em ações ordinárias da Sporting SAD a um
    preço de conversão de 1 Euro cada, com taxa de juro anual bruta condicionada de 4%,
    devida quando existam resultados distribuíveis pela Sporting SAD

    REPITO QUANDO EXISTAM RESULTADOS DISTRIBUÍVEIS PELA SPORTING SAD!

    Algo que nunca aconteceu na sua história e que nunca acontecerá até 2024

    http://www.sporting.pt/incscp/pdf/investor_relations/ir_relatoriocontas20132014aprovadoAG1Out14.pdf


    Não comemos gelados com a testa. Vocês não pagam e depois recebem perdões de juros. Inacreditável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O amigo ou é burro ou não sabe ler. Provavelmente até terá os dois problemas.

      No post está bem explicito a diferença entre lucros distribuíveis e lucros distribuídos.

      Em relação aos 80 Milhões de VMOCs emitidas em 2014 não há nada a esconder. O amigo como come gelados com a testa fica confuso. Volte lá à sua toca e verifique que entidades é que subscreveram esta emissão, uma vez que o que diz é MENTIRA!!!!

      Se quiser fazer uma interpelação séria faça-a, agora não se esqueça que não está a falar com lampiões!


      Já agora deixe ficar um comentário em relação as negociatas do seu "chefe"!

      Eliminar
    2. OS lampiões no seu estilo inconfundível...

      Misturam alhos com bugalhos para ver se cola, ou então não percebem mesmo do assunto.

      O que é mais surreal é a indignação deste camarada lampião que se sente injustiçado:

      http://observador.pt/2015/02/12/camara-de-lisboa-perdoa-18-milhoes-de-euros-ao-benfica/

      https://www.publico.pt/economia/noticia/ferreira-leite-despachou-a-favor-do-benfica-148689

      http://www.jn.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1480714

      http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/estado_assume_divida_de_luis_filipe_vieira_ao_bpn.html

      http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/perdao_fiscal_limpa_dividas_do_benfica.html

      Eliminar
  41. VMOC = Valores Imobiliários OBRIGATORIAMENTE Convertiveis

    ResponderEliminar