" Mister do Café: Paulo Paiva dos Santos - Um candidato sui Generis

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Paulo Paiva dos Santos - Um candidato sui Generis


Foi dado oficialmente o pontapé de saída na campanha eleitoral para os órgãos sociais do Sporting nas eleições do próximo mês de Março. O primeiro nome a surgir foi o de Paulo Paiva dos Santos, conhecido por ter sido o fundador da farmacêutica Generis.


O Histórico


Em 2011 foi candidato a vice-presidente na lista de Pedro Baltazar, o tal sujeito que queria acabar com as modalidades "profissionais" do Sporting, deixando o clube apenas com o futebol e o futsal.

Vejamos o que dizia Paulo Paiva dos Santos após as 3 primeiras semanas de mandato de Bruno de Carvalho.


Curiosamente, a foto que o Record escolheu para ilustrar a notícia é interessante. A amizade entre os Paiva dos Santos e José Couceiro é uma constante. Podem ler a notícia (aqui).


(link da notícia)


A "formalização" da candidatura



Um post de Facebook mal amanhado, com erros ortográficos e com um "Respect" que indica tudo menos respeito pelo clube e pelos seus associados, numa noite ontem o Sporting tinha acabado de perder um jogo em casa frente ao Braga, ficando a 8 pontos da liderança do campeonato. 

Confesso que fiquei com curiosidade para saber mais sobre a personagem. Consultei o seu Facebook pessoal, onde encontrei algumas "pérolas".


As primeiras declarações


Para além das declarações no Facebook, Paulo Paiva dos Santos decidiu dar algumas palavras à imprensa, nomeadamente ao Diário de Notícias. 

Paulo Paiva dos Santos é candidato à presidência do Sporting. O empresário explicou ao DN que "é preciso alguém avançar e abrir o debate sobre o estado" do clube, que vai a votos em março de 2017.

"Se vou até ao fim, logo se vê, Sempre servi o Sporting da melhor maneira e isso pode passar por avançar e recuar, mas tenho a certeza que tenho muita gente comigo, que está tão envergonhada e farta de ser gozada como eu estou. Isto é uma vergonha", atirou o fundador e presidente da Farmacêutica Generis.

"O Sporting tem vindo a piorar de ano para ano e não sei se não está pior agora do que há uns anos. Eu não me revejo neste Sporting", disse ao DN, sem atacar o atual presidente: "Eu não sei se a culpa é de Bruno de Carvalho e da sua gestão ou de Jorge Jesus, no caso do futebol, que é a modalidade mais visível, o que sei é que o Sporting anda a ser gozado como instituição e isso não pode jamais acontecer."

Candidato a vice-presidente do clube na lista encabeçada dor Pedro Baltazar nas eleições de 2011, esteve para ser candidato em 2013, mas viu o irmão João Paiva dos Santos avançar. Agora é o primeiro rosto da oposição a Bruno de Carvalho a surgir.

O empresário fez questão de mostrar o cartão de sócio no facebook, este sábado, após o jogo com o Sp. Braga, que os leões perderam (1-0) e anunciar a candidatura: "O timing não tem a ver com resultados, mas sim com a vergonha de ver o Sporting caminhar para um abismo."

"Descandidatou"



Hoje, pela hora do almoço o senhor Paiva dos Santos desistiu das eleições. A candidatura mais rápida da história do Sporting Clube de Portugal. Em menos de 12 hora acabou-se o "sonho". 

Paiva dos Santos que numa entrevista ao DN em 2010, dizia isto sobre si próprio:


De facto, ou "é ou não é".

Um problema de família



Nas eleições de 2013 o mano mais novo dos Paiva Santos apresentou a candidatura à presidência do Sporting a uma semana do prazo final para entrega das listas. Durante essa semana, João Pedro Paiva Santos apresentou vário material de campanha, inclusivamente no estádio de Alvalade. Nunca foi conhecido o projecto nem os membros da lista. O "candidato" acabaria por abdicar da candidatura em favor de José Couceiro, que na época também era "Peyroteo".


Apesar da desistência, João Pedro Paiva dos Santos manteve a intenção de apresentar uma lista para o Conselho Leonino, numa lista onde contavam os nomes de Rui Oliveira e Costa e Vasco Lourenço, só que nem isso conseguiram entregar a tempo aos serviços do clube, ficando a lista de fora do acto eleitoral. Podem ler mais sobre este assunto numa notícia do Expresso (aqui).

De uma semana, para 12 horas. Parece que o prazo de validade dos "Paiva dos Santos" está a encurtar...

Entretanto, João Pedro Paiva dos Santos ressurgiu dos "mortos" para voltar a criticar Bruno de Carvalho. A meio da tarde de hoje teceu estas declarações sobre o Presidente do clube. Já sobre a candidatura e "descandidatura" do mano mais velho, nem uma palavra. 


Vamos recordar umas declarações de 2013:


Não preciso acrescentar mais nada sobre este "senhor".

E o Conselho Fiscal e Disciplinar ?



Um post de Facebook bastou para que este sujeito tivesse uma cobertura mediática absolutamente incrível à custa do Sporting. 


Palavras para quê? Um dos artistas nem sequer consegue entregar uma candidatura a tempo, o outro consegue ser candidato por 12 horas. Deitou-se como candidato e acordou "descandidatado".

A forma como estes artistas usam o nome do Sporting para se promoverem é absolutamente vergonhosa e o conselho fiscal e disciplinar tem de abrir imediatamente um processo disciplinar contra estes "sócios" que não respeitam os estatutos do clube. 

As alíneas a, f e g são bastante claras em relação aos deveres dos sócios, que não estão a ser cumpridos por estes senhores. O Conselho Fiscal e disciplinar tem obrigatoriamente de intervir, sob pena de as eleições no Sporting se tornarem num circo mediático. O Sporting é e continuará a ser um clube democrático, mas não poderá pactuar com este tipo de comportamento por parte dos seus associados, sejam eles quem forem.


Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já.

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

10 comentários:

  1. O Estado Islâmico existente no Sporting com os fundamentalistas do chupismo radical tem andado activo ultimamente. Nem os candidatos-suicida faltam.

    ResponderEliminar
  2. A questão central não são eles promoverem-se à custa do Sporting, a questão central é que a comunicação social portuguesa, 90% controlada pelo estado lampiânico, irá promover todo e qualquer candidato que concorra contra Bruno de Carvalho.

    ResponderEliminar
  3. «O Sporting tem vindo a piorar de ano para ano e não sei se não está pior agora do que há uns anos. Eu não me revejo neste Sporting»

    Traduzindo directamente do roquettês para para português, o que ele está a dizer é que o Sporting dos Beati Possidentes e das pseudo-castas que entendiam ter atribuído por direito natural o privilégio de saquear o Sporting a bel-prazer está em risco e com isso ele... não se "revê"! O que significa que se "revê" antes com:

    - Derrapagens de setenta e tal milhões na construção de um estádio;
    - Quarenta e tal milhões de prejuízo por época dois anos seguidos;
    - Sétimos lugares e consequente não participação nas competições europeias;
    - Afinações eleitorais;
    - Distanciamento cada vez maior para os rivais em termos competitivos e financeiros;
    - Vendas de percentagens de passes de jogadores da formação para pagar salários;
    - Negócios como o do Rojo onde os dirigentes do Sporting impossibilitam contratualmente o próprio clube cujos interesses deviam defender, de ganhar com uma futura transferência;
    - Outras golpadas descritas na auditoria.

    É com isto que este João não-sei-quantas se revê.

    "Está envergonhado e farto de ser gozado"?? Imagine o que não seria sendo ele presidente e começassem a circular por ai fotografias como as que estão a meio do post. Ai é que os sportinguistas iam saber o que era sentir vergonha de um presidente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, esses pontos representam apenas uma pequena parte do que aconteceu no Sporting. É um tema que tenho que tratar aqui no blog. Parece que há muita gente esquecida.

      Eliminar
    2. "Esquecida" é na melhor das hipóteses porque na pior há quem se "reveja" nisso ou então tolerasse bem a troco de qualquer coisa.

      Eliminar
  4. Este pela estabilidade mental que aparenta não se devia limitar a chupar croquetes, desconfio que até os deva ter fumado.

    ResponderEliminar
  5. https://www.facebook.com/1498082433832429/photos/a.1498108357163170.1073741828.1498082433832429/1606159069691431/?type=3&theater

    ResponderEliminar
  6. Ò Mister, desculpa lá, mas este post...o nosso consócio Paiva dos Santos, excitou-se depois de uma derrota e como é gajo das ma$$as, legitimamente pensou que pode ser presidente do Sporting e aparentemente acha que faria melhor que BdC!! Já desistir porque sofreu ameaças facebookianas, é desculpa esfarrapada de quem acordou e pensou melhor a coisa! O Facto de ele pensar que faz melhor que BdC é o suficiente para se candidatar, digo mais, é obrigação de qualquer Sportinguista que considere ter melhores condições do que BdC para ser presidente, apresentar-se a eleições com o seu projecto!!

    ResponderEliminar
  7. O famoso guerrilheiro do croquette Ricardo Agostinho que ultimamente tem andado activo a promover tudo o que se mexa e possa servir como candidatura contra BdC, numa recente açção de campanha veio no habitual estilo javardo que lhe é caracteristico ajudar a projectar um candidato (daqueles que para se tornarem a candidatura pública estão à espera de uma derrota), por sinal com ramificações à roquettagem.

    No acto panfletário com o titulo "O Tempo foi de mestre!" (depois de uma derrota) bolsou algumas preciosidades que passo a citar:

    "...mais que um nome, uma equipa, uma antitese do panorama actual" (1)

    ...queremos voltar a sentir aquele clube como nosso! (2)


    Se calhar podia dizer isto de forma menos indigente. Bem, quer dizer poder até podia só que impaciência indisfarçável (afinal já são 4 anos sem gamela) e a esperança com a possibilidade de voltar a assambarcar são tais que o põem num estado de delírio que o leva a desbocar-se a ponto de usar as expressões que o denunciam e incriminam não apenas a ele mas ao resto da cáfila e que são (literalmente) de caixão à cova para o crédito de qualquer candidatura que dali pudesse sair.

    1 - Por "antitese perfeita do panorama actual" só pode mesmo estar a referir-se ao que se passou entre 2009 e 2013. Maior contraste, antitese (ou lá o raio que ele queira chamar) com o panorama actual, não é possivel do que aquele que o clube viveu nos quatro anos (já para não recuar mais) anteriores à Direcção de BdC.

    2 - "...sentir aquele clube como nosso". Como eu o percebo, aliás assim fica tudo muito mais claro. Acho que escusava era de botar faladura.

    ResponderEliminar

  8. Este gajo é parvo publica uma imagem do cartão de sócio deixando à vista tudo, inclusive os digitos para comprar bilhetes com o nº de sócio dele....

    Mister, devias pelo menos não mostrar esses dados para não seres acusado de nada

    ResponderEliminar