" Mister do Café: O "indelicado" e os incompetentes

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

O "indelicado" e os incompetentes


Durante o dia de ontem o Conselho de Disciplina da FPF divulgou o acórdão do castigo a Rui Costa após os incidentes no túnel de Arouca. O Director desportivo encarnado foi castigado com uma suspensão de 15 dias e uma multa de 765€.

O pontapé de saída



O jogo foi realizado a 9 de Setembro de 2016. Nesse mesmo dia, o Conselho de Disciplina da FPF decidiu instaurar um processo disciplinar a Rui Costa. O processo disciplinar foi remetido para a comissão de instrutores da Liga. 

Dois Meses depois...



A 8 de Novembro de 2016 e dois meses depois do factos terem ocorridos, a comissão de instrutores da Liga lá conseguiu deduzir a acusação com base nas seguintes "provas":

- Cópia do comunicado oficial
- Documentação oficial do jogo
- DVD do túnel de Arouca
- Inquirição das testemunhas, arguido(Rui Costa) e dos advogados  

Volto a repetir, a comissão de instrutores necessitou de dois meses para juntar uns documentos e ouvir os envolvidos.

Um notificação vergonhosa



Dois dias depois, a 11 de Novembro de 2016, o Conselho de Disciplina recebeu a acusação contra Rui Costa vinda da comissão de instrutores da Liga. Nesse mesmo dia, José Manuel Meirim, Presidente do Conselho de Disciplina ordenou a notificação do arguido (Rui Costa) para comparecer no dia 22 de Novembro pelas 10:30 na seda da FPF.

Ora, José Manuel Meirim escolheu precisamente o dia anterior ao jogo do Benfica na Turquia frente ao Besiktas. A competência de José Manuel Meirim e dos seus pares ficou bem patente neste agendamento. Estamos a falar de um jogo Europeu que está marcado desde Setembro.

Obviamente, Rui Costa solicitou o adiamento da audiência por se encontrar inserido na comitiva benfiquista que iria estar na Turquia. O pedido foi aceite e a sessão foi adiada para dia 29 de Novembro pelas 14 Horas.

Adoeceu!?


No dia 29 de Novembro pelas 11 horas (3 horas antes da audiência), o Conselho de Disciplina recebeu um email da Dra. Célia Falé do Dep. Jurídico do Benfica, dando conta do adoecimento durante a noite do Dr. Paulo Gonçalves, que estava no processo com mandatário de Rui Costa. Apesar de ser possível nomear um substituto o Benfica defendeu que "não seria exigível que, neste estado e em reduzido espaço temporal, tivesse possibilidade de substabelecer".



Muito provavelmente o Dr. Paulo Gonçalves teve mais um problema de azia. Já em meados de 2015 aconteceu algo semelhante (link). Pode ser um problema crónico...

Eu pergunto: O departamente jurídico do Benfica é composto apenas por um advogado? A Dra. Célia Falé não estaria apta a substituir o Dr.Paulo Gonçalves? Pois...

De qualquer forma, mais uma moeda, mais uma voltinha no carrossel. A audiência foi novamente adiada para dia 6 de Dezembro de 2016.

O que ficou provado



Chamar palhaço a um dirigente adversário e colocar-se no caminho do árbitro de dedo em riste, para os senhores do conselho de arbitragem é apenas uma conduta desprimorosa e deselegante. Já nada me surpreende vindo dos senhores do "dolo sem intenção" ou das "ofertas de cortesia".

Gosto especialmente das reticências colocadas após o "É uma vergonha". Algo ficou perdido pelo caminho...

A decisão


A 20 de Dezembro de 2016 a FPF anunciou os 15 dias de suspensão e uma multa de 765€ a Rui Costa. A audiência ocorreu no dia 6 de Dezembro e só passados 14 dias é que estes senhores conseguiram tomar uma decisão. O acórdão do processo só foi disponibilizado publicamente no passado dia 27 de Dezembro. Não vou estar aqui a dizer que o castigo é leve ou pesado, até porque não sou jurista. De qualquer forma, posso fazer uma comparação com outros casos.

No inicio desta época, Frederico Varandas, médico do Sporting foi castigado por 30 dias por alegadamente ter dito: "isto é um roubo, é uma vergonha do c..., vocês estão a estragar o jogo", durante o clássico com o Porto. As palavras de Frederico Varandas foram proferidas durante o jogo e a partir do banco de suplentes. O médico foi expulso e o conselho de disciplina castigou-o com 30 dias.


O Sporting recorreu desta decisão para o TAD que reduziu a pena de 1 mês para dois dias. Só que Frederico Varandas já tinha cumprido a pena.

Eu pergunto: Isto é justiça?

Já Rui Costa, no final de um jogo em que o Benfica até ganhou, dirige-se de forma pensada a um dirigente adversário e insulta-o. Não satisfeito, ainda se coloca no caminho do árbitro e aponta-lhe o dedo, dizendo que tinha sido uma arbitragem vergonhosa.

Mais uma pergunta: Perante isto, justifica-se o facto de Frederico Varandas ter apanhado o dobro do castigo de Rui Costa?

Uma justiça ao ralenti 


A comissão de instrutores da Liga precisou de 2 meses para ouvir as pessoas, juntar os documentos do jogo e o DVD com o vídeo do túnel. Repito: 2 MESES!!!

Depois de formada a acusação, o processo seguiu para o Conselho de Disciplina que precisou de cerca de um mês e meio para ouvir Rui Costa depois de dois adiamentos. Foram precisos 101 dias para tomar uma decisão que poderia ser tomada perfeitamente no espaço de uma semana. 

O mesmo conselho de disciplina que castigou Frederico Varandas, Nuno Saraiva e Bruno de Carvalho para posteriormente serem ilibados, depois de cumprirem o castigo como podem verificar aqui (cliquem).

Caso para dizer: Limpinho, limpinho!!!

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já.

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

10 comentários:

  1. Mister, é por causa destas coisas e também para puderem manipular a vontade, que não querem que os relatórios sejam públicos, nem dos delegados nem dos árbitros, pois assim ficam expostos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda esta semana o Presidente do Conselho de Arbitragem falou disso, mas continua tudo na mesma...

      "O princípio da divulgação dos relatórios dos árbitros já foi aprovado pela direção da FPF. O tema está agora em estudo no CA, mas com a participação do conselho de disciplina. É um passo importante que vamos dar"

      http://www.record.xl.pt/futebol/arbitragem/detalhe/fontelas-gomes-abre-a-porta-a-divulgacao-dos-relatorios-dos-arbitros.html

      Eliminar
  2. Claro que o castigo a Rui Costa é injusto.
    Com um recursozeco bem esgalhado pelo departamento jurídico de carnide a coisa fica por um tempo global de suspensâo de 2 minutos (uma espécie de cartão azul)

    ResponderEliminar
  3. Campeonato da mentira... O campeonato Português... E depois não querem que os Sportinguistas fiquem revoltados.

    ResponderEliminar
  4. Faltou dizer aqui quantos jogos do campeonato tem o Vergonhoso nos 14 dias de castigo do Rui Costa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até porque o Rui Costa é o capitão, o melhor jogador e o grande goleador da equipa e sem ele o Benfica é incapaz de ganhar. Há aqui uma total proteção ao Benfica que só assim ganha.

      Eliminar
  5. Atenção, muito trabalho, muita labuta nalguns casos, noutros velocidade abaixo de cruzeiro, dando a ideia a que se gere em função de outros calendários, até parece que os casos envolvendo o Sporting são prioritários, e depois se os mesmos são ou não bem ajuizados, aí fica-se com a desconfiança que existe a necessidade de produzir uma decisão celeremente, que depois a posteriori é corrigida do modo e efeitos que todos nós sabemos.

    ResponderEliminar
  6. "A 20 de Dezembro de 2016 a FPF anunciou os 15 dias de suspensão...."

    Isto até deu jeito ao Rui Costa para marcar as férias.... Natal e Ano Novo.... uma vergonha tudo isto que envolve o mundo do futebol!

    ResponderEliminar
  7. O julgador parece uma donzela a quem lhe deu os calores quando viu que era o Rui Costa quem teria que disciplinar. É um castigo com o selo da subserviência.

    JRamos

    ResponderEliminar