" Mister do Café: Eleições a 4 de Março

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Eleições a 4 de Março


Jaime Marta Soares, Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, anunciou ontem a data das eleições para os órgãos sociais.

A intervenção na integra



A escolha da data


De acordo com os estatutos do clube a "reunião ordinária da Assembleia Geral eleitoral realizar-se-á entre os dias um de Março e trinta de Abril do ano em que deva ter lugar".

Ente os Sportinguistas e na própria comunicação social sempre foi sendo afiançado que o acto eleitoral seria marcado para o mês de Março, até pelo facto de as eleições de 2011 e 2013 terem sido realizadas nesse mês. O próprio Madeira Rodrigues - único candidato anunciado - referiu-se sempre a Março na apresentação da campanha. É certo que a estatutariamente a escolha até poderia ter recaído para o final do mês de Abril, mas ninguém compreenderia tal acto.  

Excluindo à partida o mês de Abril, ficaríamos com 4 hipóteses em Março sendo o Sábado o "dia ideal" para garantir uma grande afluência desejada por todos os Sportinguistas.


Com as eleições a 4 de Março, as listas têm de ser entregues até ao dia 2 de Fevereiro, o que dá uma grande margem para que as mesmas possam ser preparadas e entregues a tempo. Esperemos que este ano nenhum "artista" conspurque o nome do Sporting, fazendo chegar a lista fora do prazo aos serviços do clube, como fez João Pedro Paiva dos Santos em 2013.

No início do mês já tinha dito que as eleições estão a "mexer" muito cedo e que isto é algo que pode ser prejudicial à equipa. Só para terem uma ideia, nas últimas eleições, Bruno de Carvalho apresentou a sua candidatura a 7 de Fevereiro e José Couceiro a 20 de Fevereiro. As eleições foram realizadas a 23 de Março. 

Em Março, o Sporting tem 3 jogos agendados e há ainda a possibilidade de jogar as meias-finais da Taça de Portugal. Se o Sporting e Vitória de Guimarães confirmarem o favoritismo vencendo nos quartos de final, o Sporting terá 2 jogos muito complicados antes das eleições. Primeiro no Estoril para a Liga e depois em Guimarães para a Taça de Portugal.

Quanto mais cedo forem as eleições, melhor será para o Sporting. Os períodos eleitorais são sempre complicados nos clubes grandes e quanto mais cedo a vontade dos sócios for efectivada, melhor. Já em termos estratégicos, não me parece que os actuais órgãos sociais do Sporting tenham grande vantagem com a escolha desta data. Todos sabemos como os resultados desportivos no momento podem influenciar a decisão de alguns sócios. Neste sentido, fazer dois jogos fora de casa em campos complicados como o do Estoril e o do Vitória de Guimarães parece-me "arriscado" por parte dos actuais órgãos sociais.

Parece-me por isso, que os interesses do Sporting foram acautelados. Seria muito mais fácil lançar as eleições para o final do mês, mas isso só prolongaria a campanha eleitoral, o que como já referi não me parece benéfico para o clube.

Para finalizar, um apontamento negativo para Jaime Marta Soares que não esclareceu questões muito importantes para os sócios. Questões como:

- Onde será realizado o acto eleitoral? No Pavilhão João Rocha, no Hall Vip? Onde?

- O voto será electrónico ou em papel? Haverá outros locais onde se possa votar fora de Lisboa? Voto por correspondência?

- O clube vai preparar algum tipo de actividade para chamar os Sportinguistas à sua casa neste dia?

Uma palavra também para os jornalistas presentes que estiveram mais preocupados em fazer perguntas de "treta" do que em colocar questões desta importância.

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já.

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

9 comentários:

  1. Se for permitido o voto por correspondência, o BdC ganha com 98% dos votos seja quem for o candidato adversário!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já está confirmado que será possível votar por correspondência.

      http://misterdocafe.blogspot.pt/2016/12/convocatoria-eleitoral-e-alguns.html

      Eliminar
  2. Ainda aparecerá outra candidatura. O Sporting precisa disso.

    A liderança do Bruno está esgotada e tem vindo a fracassar desportivamente (no futebol) ano após ano e com orçamentos e condições que nunca mais ninguém teve.

    Será só a mim que me faz confusão a remuneração do nosso presidente e treinador ? Juntos ganham mensalmente um valor completamente absurdo para a nossa realidade... e capacidade.

    Pedro Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E precisa de andar a repetir isso pela bloga? Deve ser mais um bot do croquette.

      Eliminar
    2. Também gostava que aparecessem mais candidaturas.

      Se o Sporting tem hoje "condições e orçamentos que mais ninguém teve" deve-se ao trabalho feito por esta direcção na recuperação financeira. O Sporting está a gastar mais mas pode fazê-lo.

      A remuneração do Presidente é ridículo de tão baixa que é. Pode consultar mais sobre isso aqui:

      http://misterdocafe.blogspot.pt/2016/11/as-remuneracoes-dos-administradores-dos.html

      Sim, o JJ ganha bastante mas também põe a equipa a jogar. Na época passada batemos o record de pontos do Sporting num campeonato. Os jogadores sairam valorizados e dois deles foram vendidos por somas astronómicas sendo as maiores vendas de sempre do Sporting (Slimani e João Mário).

      Sobre a liderança de BdC estar esgotada, os sócios terão a palavra a 4 de Março.

      Eliminar
  3. Em 2013 houve voto por correspondencia. Foi assim que votei no estrangeiro.Esse procedimento tem de continuar , so dessa maneira hà verdadeira democracia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai continuar. Já foi confirmado pela Mesa da Assembleia Geral.

      Eliminar
  4. O anónimo Pedro Santos afirma que o futebol tem vindo a "fracassar ano após ano".
    Quero penas recordar ao sr. Pedro Santos de que essa (o fracasso no futebol) tem sido a normalidade desde 2002! Que eu saiba, este presidente só está no Clube desde 2013, e só não fomos campeões a época passada porque os índios de Carnide foram levados vergonhosamente ao colo!

    É nosso outra vez, e têm mais é que lidar!

    Zé Black

    ResponderEliminar