" Mister do Café: Balanço da prestação leonina na Champions

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Balanço da prestação leonina na Champions


Acabou a época para o Sporting nas competições Europeias. Os leões perderam ontem frente ao Légia de Varsóvia e ficaram no último lugar do grupo numa prestação que acabou sem glória. Não me parece que se possa fazer um balanço da prestação do Sporting na competição apenas considerando o jogo de ontem, pelo que vou fazer uma análise mais profunda.

O sorteio


Quando se disputaram as eliminatórias preliminares da Champions, o Sporting estava virtualmente no pote 4 do sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões. Com a eliminação de algumas equipas, de ranking superior ao nosso, conseguimos ficar no pote 3 da sorteio. À partida, todos estavam cientes das dificuldades e da forte possibilidade de encontrarmos 2 colossos na fase de grupos. Foi isso que aconteceu. De um lado, o campeão Europeu, melhor equipa do século para a FIFA e com o plantel com mais jogadores nomeados para o Ballon d´Or. Do outro, os alemães do Dortmund que "só" gastaram 110 Milhões de Euros em contratações no último Verão. Para fechar o grupo, os polacos do Légia com o jogo na Polónia a ser realizado em Dezembro, na pior altura possível.

O Ranking da UEFA


O Sporting tem um grave problema que foi criado quando o clube acabou o campeonato de 2012/2013 no 7º lugar, não se qualificando para as competições europeias. Como a pontuação dessa época é a mínima, o Sporting tem a sua evolução "presa" no Ranking até 2018/2019. Dai ser tão importante uma boa prestação europeia, sendo que a passagem para a Liga Europa seria fundamental para recuperarmos alguns lugares.

Objectivo


Mediante este grupo, o Sporting partia claramente como outsider na luta pela passagem. Só um super-Sporting conseguiria bater o pé a estes gigantes. O objectivo mínimo teria de passar sempre pela qualificação para a Liga Europa, sendo que estava de todo excluída a possibilidade de ficarmos no último lugar do grupo. Era este o meu pensamento à partida e julgo que seria da maioria dos adeptos do Sporting.

Jogo a jogo


1) A fantástica exibição no jogo de Madrid ficará para sempre na minha memória. A forma como entramos no estádio do campeão Europeu e como desenvolvemos o nosso futebol não pode ser apagada. Foi o jogo que deu a conhecer ao mundo jogadores como Rúben Semedo e Gelson Martins.

2) Recebemos o Légia em casa numa altura complicada para os polacos que apresentaram um novo treinador nesse jogo. Na altura estavam no 14º lugar do campeonato e o Sporting não teve problemas em vencer a partida. 

3) No jogo seguinte, recebemos o Dortmund em Alvalade. O Sporting apresentou-se sem Adrien Silva e fez uma primeira parte muito má. Fomos para intervalo a perder por 2-0 e apesar de uma segunda parte cheia de vontade e garra não conseguimos melhor do que marcar um golo. 

4) Na visita a Dortmund o Sporting jogava a continuidade na Champions. Apesar de mais uma vez termos feito um excelente jogo, não aproveitamos as oportunidades e acabamos por perder por 1-0. Nessa jornada, o Légia empatava com o Real Madrid num jogo à porta fechada na Polónia abrindo a possibilidade de o Sporting ainda conseguir passar à próxima fase.

5) Na recepção ao campeão Europeu, mais uma excelente exibição do Sporting, que apesar de começar o jogo a perder, conseguiu empatar a partida com 10 jogadores, após a expulsão injusta de João Pereira. Já nos minutos finais da partida o Real chegou à vitória com um golo de Benzema. Mais uma vez uma exibição positiva, mas sem o resultado pretendido.


O jogo na Polónia


O Sporting entrou na Polónia a precisar apenas de um empate para se qualificar para a Liga Europa e saiu derrotado após uma exibição bastante negativa. O árbitro não assinalou uma grande penalidade evidente a nosso favor, o frio e o estado do relvado prejudicou o jogo da equipa e até a falta de sorte de este jogo ter sido sorteado para a pior fase do calendário, explicam alguma coisa. Tivesse o André marcado um golo numa das duas oportunidades flagrantes que dispôs e estava tudo bem. É assim o futebol. 

Não me quero agarrar a nenhum dos factores enunciados anteriormente, como Jorge Jesus não o fez e muito bem, na minha opinião. O Sporting fez uma primeira parte muito má, com um jogo lento, previsível e com vários jogadores fora das posições onde mais rendem. Bruno César na direito e Gelson no meio foi um claro erro, mas não quero entrar muito em questões técnicas e tácticas.

Não me choca uma derrota em qualquer jogo da Champions, seja contra que equipa for. O que me choca é a forma como o nosso treinador abordou a conferência de imprensa de antevisão e a conferência de imprensa no final do jogo frente ao Real.

No final da partida com o Real Madrid, Jorge Jesus passou a seguinte mensagem:


Bem sei que esta mensagem está bem construída, na medida que o "se" admite a possibilidade de o Sporting não conseguir ficar em terceiro no grupo. Mas Jesus ao "se" junta a convicção de fazer uma grande Liga Europa. Ora, os adeptos quando ouvem o discurso de Jorge Jesus subconscientemente retiram o "se" da equação e passam a sonhar com uma boa prestação na competição. É uma simples frase que gera um conjuntos de expectativas nos adeptos e que foi ampliada por Bruno de Carvalho que disse praticamente a mesma coisa na inauguração da nova Academia Sporting na Grécia. 

Por certo, esta era a convicção dos dois, e também era a minha. 

Mas há outra declaração importante feita na conferencia de antevisão do jogo na Polónia. Na altura Jorge Jesus afiançou: 


Não consigo perceber a necessidade de atribuir percentagens relativamente ao foco. A única percentagem que admito no futebol é o 100%. O 100% de foco, de responsabilidade, de ambição, de esforço, de dedicação e de devoção, para atingir a glória. É isso que os Sportinguistas pedem. Depois, podemos ganhar, empatar ou perder. É assim o futebol. Mas a entrega tem de ser total e de todos.

Declarações como estas, por muito sinceras que sejam, não podem ser ditas em público. Bem sei Bruno de Carvalho e Jorge Jesus são homens genuínos e que dizem o que pensam, mas se calhar está na altura dos aplicar os "lugares comuns" nas declarações. Até porque já sabemos que tudo o que disserem pode e será usado contra eles pela imprensa e adversários.

O Sporting desvalorizou o jogo? E o jogo na Luz?


Sinceramente não consigo perceber. Se por um lado Jorge Jesus falou nos 90% de foco, por outro colocou em campo praticamente o 11 do último jogo do campeonato, substituindo apenas Ruiz pelo Markovic e Paulo Oliveira pelo João Pereira que estava castigado. Talvez tenha sido tentado um compromisso entre todos os objectivos que falhou.

Não me parece que o jogo da Luz ganhe um carácter mais importante pelo facto de o Sporting ter perdido na Polónia. Num derby tudo pode acontecer e independentemente do resultado teremos campeonato até ao fim.

O resto da época


A Taça da Liga tem a sua final marcada para dia 25 de Janeiro, pelo que mediante o plantel que dispomos poderá haver aqui alguma oportunidade para dispensar alguns atletas, até pelo calendário curto que o Sporting terá até ao final da época, onde terá apenas o campeonato e a Taça de Portugal. No campeonato, a equipa terá todo o tempo para preparar convenientemente os seus jogos e pode ainda aproveitar o facto de os rivais estarem na Europa. É importante salientar que a eliminação da Europa aumenta as responsabilidades da equipa no campeonato mas também aumenta as possibilidades de sucesso. 

A Raça que nunca se vergará


Quero deixar uma palavra aos sócios e adeptos do Sporting que estão sempre com a equipa e que hoje se deslocaram em massa a Alvalade para adquirirem bilhetes para o jogo no Estádio da Luz. Os 3000 bilhetes foram poucos para tanta procura, algo que é demonstrativo do raça leonina. 

Segundo li, foram muitos os adeptos que ficaram sem bilhetes e isso gerou alguma contestação nas redes sociais. Neste caso não há muito a fazer. 3000 mil bilhetes são poucos para um jogo tão desejado como este. Destes 3000 mil há que atribuir bilhetes aos patrocinadores, dirigentes, núcleos, Solar do Norte e claques. Não tenho certeza, mas julgo que a própria fundação Sporting tem direito a alguns bilhetes. É normal que não sobre muita coisa para o publico em geral.


Eu também serei um dos muitos milhões que assistirão pela televisão à partida. E não! Não vou dar um cêntimo à Benfica TV! 

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já.

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

14 comentários:

  1. Gostei muito do post, como, aliás, praticamente de tudo o que publica. Mas não me tira a insónia de raiva até às 5 da manhã nem a vontade de mandar umas bocas fortes ao JJ que, para mim, não quis ganhar o jogo. E, assim sendo, para quê conversas da tanga sobre a necessidade de os jogadores terem muita intensidade porque as grandes equipas jogam 2 vezes por semana, boca mandada ao Esgaio e a outros? Foi a entrada deste( e a saída do Markovic, acho eu) que equilibrou a equipa e levou os jogadores às suas posições habituais. Agora, os jogadores que se valorizarão serão os que forem à taça das confederações e o JJ, que tanto gostaria de treinar uma equipa de topo na Champions, bem pode esperar sentado. O que projetou o Mourinho foram as taças que ganhou

    ResponderEliminar
  2. Os jogos estão trocados; primeiro foi o Leggia, depois o Borússia

    ResponderEliminar
  3. O Ranking aí está o problema. É que para o ano, tocam mais dois tubarões no grupo, a no final vamos estar a lamentar na mesma.

    Acho que existe outro factor a considerar: a constituição do plantel. É que se todos os jogadores estivessem aptos a jogar a coisa ainda se tinha composto. Mas o que se verificou de Setembro até agora, é que não temos 2ªs linhas. E isso também pesou. Na CL e consequentemente no campeonato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se formos campeões vamos directos para o Pote 1, tal como aconteceu com o Leicester.

      Eliminar
  4. Sinceramente estou farto de desculpas e mais desculpas, o Sporting é muito melhor que o Légia, bastava ter empatado para continuarmos na Europa, não entendo esta desvalorização que o treinador e mesmo a estrutura do clube faz à liga europa, eu pergunto é ficar em último no grupo, ganhar um jogo em seis, perder com uma equipa que não ganhava um jogo à mais de 10 anos na liga dos campeões que nos dá prestigio e dinheiro? Já chega de tanta humilhação, tanta tristeza...compraram só porcaria, jogadores que não valem nada,,,e ainda gozam com a malta comparando o André ao Liedson??..tenham vergonha na cara já chega de tanta palhaçada!!

    ResponderEliminar
  5. Tenho lido muitos comentarios a respeito da inclusao de P. Oliveira em detrimento de Esgaio; no entanto, em nenhum li que o JJ teve MEDO e decidiu jogar com 3 centrais, achando que assim parava o ataque do Legia... Uma coisa que esta evidente: emprestar Mané, Iuri Medeiros, Podence e Palhinha, entre outros, e gastar milhoes em jogadores cansados como Elias, Marcovic, André, Castaignos, etc. parece-me de muito mau gosto. Por último: o sistema de jogo do nosso SCP, em que TODOS jogam em função de UM (que por sinal é fraco), não nos vai levar a lugar algum! SL.

    ResponderEliminar
  6. A morte tem sempre uma desculpa, como diz o povo. Jesus também, porque assume culpas quando as coisas correm mal. Ao contrário, se correm, ai Jesus ele é o grande responsável e o cérebro de tudo. Não se cure, não, que não é preciso.

    ResponderEliminar
  7. A explicação e o resumo da participação do Sporting na CL está aqui:

    http://tribunaexpresso.pt/sporting/2016-12-08-Jorge-Jesus-vai-nu--e-alguem-tem-de-o-dizer

    Pouco haverá a acrescentar a isto e nada será importante!

    O tempo provará o tiro nos pés que se deu em Junho de 2015!

    ResponderEliminar
  8. Concordo com praticamente tudo que foi escrito aqui. Entretanto o que eu noto no Sporting é que para além do treinador nunca são apontados os culpados de erros individuais e chamar-se a responsabilidade. Das duas uma ou os sportinguistas percebem pouco de bola ou são pouco exigentes. Qual foi o erro em Madrid? Foi visto e revisto para não se voltar a repetir? Qual foi o erro em Lisboa que deita por terra precioso ponto. Quem o responsável por esse erro? Esse exemplo de erros foram exatamente iguais nos dois jogos. Ou seja achou-se normal o erro em Madrid porque jogamos bem e não se corrigiu. Bolas longas no últimos minutos despejadas pra área de um Barcelona são raramente permitidas porque normalmente podem resultar em golo. São pressionadas no ponto de partida. O que faz o SCP? Permite isso duas vezes contra o Madrid, perde os dois jogos ingloriamente e ninguém parece sequer saber porquê. ASSIM VOLTARÁ SEMPRE A ACONTECER. E nos a sermos científicos quando o futebol é um jogo simples e a melhor forma de ganhar é pressionar os adversários sempre em todas as situações como faz o barça colectivamente. Não é Rocket science. Reveal a passividade do Andre que tinha acabado de entrar ao ver que o Sergio Ramos is despatch ad a bola para a nossa area.

    ResponderEliminar
  9. nem estou em mim ainda que isto aconteceu, esta derrota caiu-me mal não estou nada satisfeito, nem posso acreditar que perdemos com esta equipa tão fraca, o jesus teve dinheiro e liberdade total para contratar jogadores, sem desculpas, vou apoiar o treinador até ao fim da época mas se não for campeão que faça as malas

    ResponderEliminar
  10. Correcção MdC: o árbitro não assinalou 2 penaltys contra o Legia e ambos na mesma jogada. Sei que não serve de desculpa mas são crimes do árbitro. Erros graves. Tal como os penaltys não assinalados a favor do Braga contra o Shaktar. Tem tudo a ver com meter Rússia e França à frente de Portugal. Só um cego não vê isso.

    ResponderEliminar
  11. O FCP vinha de 5 jogos sem marcar e lá veio o Xistra dar uma ajuda. Atenção que o SLB tem 2 derrotas seguidas (nação de luto) e vai haver casos no dérby.

    ResponderEliminar