" Mister do Café: O exemplo de Rúben Semedo

quinta-feira, 8 de junho de 2017

O exemplo de Rúben Semedo


O Sporting confirmou à CMVM a transferência a título definitivo de Rúben Semedo para o Villarreal de Espanha por um montante fixo de 14 Milhões de Euros, ficando ainda com direito a 20% de uma transferência futura. 

O negócio



Em primeiro lugar é importante salientar que estamos a falar de 20% de uma futura transferência e não de 20% de uma mais valia. Ou seja, se Rúben Semedo for vendido pelo mesmo montante pelo qual o Villarreal comprou o atleta, o Sporting recebe de imediato 2,8 Milhões de euros adicionais. 

O percurso no Sporting


Rúben Semedo chegou ao Sporting na época de 2009/2010 vindo do Futebol Benfica e desde cedo ficou marcado pelos adeptos leoninos. No seu último ano de júnior (2011/2012), Rúben Semedo escreveu no seu Facebook pessoal: "Todos sabem que sou do Benfica mas por enquanto represento o Sporting… mas só por enquanto”. Estas declarações foram tema de conversa durante bastante tempo entre os adeptos do Sporting. Do que me recordo e da pesquisa que fiz, a direcção de Godinho Lopes não tomou nenhuma medida em relação a esta situação.

Já com Bruno de Carvalho e Leonardo Jardim no clube, Rúben Semedo estreou-se na equipa principal no torneio "Cinco violinos" em Alvalade frente à Fiorentina e não teve problemas em marcar Mário Gomez numa vitória por (3-0) onde marcou um dos golos do Sporting. 


Durante essa época (2013/2014) Rúben Semedo foi o quarto central do plantel e fez apenas um jogo oficial pelo Sporting frente ao Alba na Taça de Portugal. Jogou essencialmente na equipa B (23 jogos/1Golo). Durante essa época esteve envolvido em mais três situações disciplinares.  

Link da notícia (aqui)

Em Novembro de 2013, Semedo foi apanhado a conduzir sem carta e foi castigado pelo clube. Na altura Leonardo Jardim afirmou: "Teve um comportamento incorrecto e vai ser punido dentro do regulamento interno do clube. Vai passar para a equipa B para sentir a importância que tem a equipa A. Ele tem de ser um exemplo para a Academia e tem de perceber que tem até sido mais dos que os outros. Foi aposta minha e da própria estrutura, por isso tem de ser exemplo para os outros jovens. Nas próximas semanas vai trabalhar na equipa B".

Na segunda metade da época desentendeu-se num treino com um companheiro e atirou a camisola para o chão após ter sido expulso num jogo contra o Porto B. Seguiu-se um pedido de desculpas aos Sportinguistas e mais um processo disciplinar. 


Na época seguinte Marco Silva dispensou o atleta e a direcção do Sporting teve uma atitude que segundo o próprio Semedo foi decisiva na sua carreira: O empréstimo ao Reus da III Divisão espanhola. 

Em 2015/2016 Jorge Jesus chega ao Sporting e chama o jogador para fazer a pré-época com a equipa. Se bem se recordam, nessa fase Semedo foi testado a trinco tendo inclusivamente entrado na Supertaça frente ao Benfica. Após esse jogo Semedo foi emprestado ao Vitória de Setúbal para poder jogar com regularidade. No mercado de inverno Rúben Semedo é chamado por Jorge Jesus e entra directamente para a titularidade fazendo os últimos 14 jogos da Liga ao lado de Coates. Esta época foi titular até Fevereiro e fruto de alguns erros foi perdendo espaço para Paulo Oliveira.

O Exemplo


O percurso atribulado que teve no Sporting serve de exemplo ao clube, sócios/adeptos e aos próprios atletas da formação. Como vimos o jogador foi uma enorme dor de cabeça para os dirigentes e treinadores ao longo dos anos que esteve em Alvalade. É preciso salientar que foi graças à persistência de Bruno de Carvalho e Jorge Jesus que o Sporting conseguiu fazer este encaixe financeiro. Para o Presidente do Sporting teria sido muito fácil deixar cair o jogador em 2014, mas optou-se por uma solução alternativa que passou por enviar o jogador para a III divisão espanhola. Algo que o foi decisivo para o seu crescimento, como o próprio jogador reconhece. Jorge Jesus foi o homem que viu nele condições para vingar no Sporting e que o foi buscar ao Reus para fazer a pré-época de 2015/2016 e  que depois do empréstimo de meia época ao Vitória de Setúbal lhe deu a titularidade na segunda metade da época enquanto a equipa lutou taco a taco com o Benfica pela conquista do título.

É preciso que os adeptos percebam que a tarja dirigida ao jogador no último jogo da época em Alvalade não ajuda em nada o atleta e o clube. Com este tipo de ambiente em torno do jogador a próxima época seria complicada para ele. Os níveis de tolerância estavam em baixo e à mínima falha Semedo seria crucificado pelo "tribunal de Alvalade". Tudo isto influencia também os valores do negócio. Se nós não defendermos os nossos quem o irá fazer?

Abomino por completo a "caça ao lampião" que está a ser feita por alguns Sportinguistas nas redes sociais. Os atletas que representam o Sporting devem ser analisados em função do contributo que dão ao clube e nunca em função da cor clubistica. Já tivemos Jordão, João Pinto ou Eurico no nosso plantel e todos foram campeões pelo clube.


Foi bem vendido?


Como sempre, só o tempo dirá. As capacidades físicas de Rúben Semedo são extraordinárias. O problema está mesmo na inteligência com que joga e nos níveis de concentração que imprime ao seu jogo.  E estes dois itens são decisivos na passagem de um jogador de um bom nível para o nível mundial. Se conseguir crescer nesta vertente será certamente um dos melhores centrais do futebol europeu. Em Alvalade não tinha grande margem entre os adeptos, razão pela qual aceito perfeitamente a venda por estes valores. O facto de o Sporting ter direito a 20% de uma transferência futura é também sinal que os dirigentes acreditam que o atleta se ira valorizar em Espanha. Em suma, parece-me um negócio justo face às condicionantes.

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

14 comentários:

  1. Acho o Semedo um dos centrais com mais potencial no futebol europeu: rápido, alto, bom no jogo aéreo e com capacidade para sair a jogar. Dito isto, temo bem que a sua cabeça/falta de ambição não o deixe chegar longe.

    A venda parece-me boa: se o Semedo não vingar no vilarreal, ganhámos 14 milhões com um jogador que não fez carreira; se vingar, certamente poderá ser vendido por mais do que 14 milhões, o que aumentará o valor da venda.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se as coisas lhe correrem bem e sair valorizado o Sporting fará um bom encaixe. Imaginemos que é vendido por 30M. O Sporting recebe mais 6M num negócio desse género.

      Eliminar
  2. Salta convincentemente couceiro, como com João mario e poderia ter sido com gould ou Geraldes. o merito com este ainda não equilibra com outros perdidos e mal contratados. O saldo será? Tem as qualidades que faltam ao coates, os 2 n fazem um, como se viu. Nova revolução o que ficará? A ver vamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o Semedo chegou ao Vitória de Setúbal era de muito longe o melhor central do plantel. Não vejo que mérito teve Couceiro nisso. Não o colocar a jogar é que seria um crime.

      Eliminar
  3. Apesar de sempre saber que o Ruben é Benfiquista, sempre gostei dele, e na minha opinião sempre mostrou níveis entrega e competição que muitos estrangeiros com ordenados mais elevados não mostram. Continuemos a apostar nos Jovens, sejam de que clube forem, desde que sejam profissionais e defendam em campo as cores que representam. Grande Ruben, toda a sorte nesta nova jornada da tua vida. Não sei ao certo se pode representar a Seleção Portuguesa, mas gostava de um dia o ver ao lado do Paulo Oliveira na defesa da nossa Seleção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Semedo tem nacionalidade portuguesa. Faz inclusivamente parte dos Sub-21

      Eliminar
  4. Foi injustamente expulso no jogo contra Boavista, aliás alguns apitadeiros faziam uma perseguição feroz ao Ruben, coisa que não fazem ao Luisão que até tem direito a dar cabeçadas em árbitros.

    ResponderEliminar
  5. Caro Mister, concordo totalmente com o conteúdo deste post, excepto num ponto: não havia necessidade nenhuma de ofender gravemente o Rui Jordão, chamando-lhe benfiquista. Trata-se desde sempre de um grande sportinguista, apesar de ter jogado temporáriamente no Benfica antes de vir para o Sporting. Só para que se saiba, num convívio com antigos colegas do tempo do Benfica ele recusou-se a cantar o hino do Bentrafica apesar de insistirem com ele e para grande desgosto da jornaleiragem presente. Como tal francamente não merece que lhe chamem lampião!

    ResponderEliminar
  6. Mister, não se trata de "caça ao lampião". Trata-se de respeito. Como é obvio a cor clubistíca fica ao critério de cada um. Infelizmente, muitos atletas do Sporting são não-sportinguístas, mas o respeito ao clube não pode falhar nunca!
    Existem atletas com páginas de FB onde não escodem a sua cor clubística. Mais, até de páginas anti Sporting eles "gostam".
    Alguém que trabalhe naquela casa, e anuncie ao mundo "eu sou tetra", está a faltar ao respeito ao clube e a todos os seus sócios e adeptos. E isso, não podemos tolerar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Plenamente de acordo. À mulher de César não basta sê-lo...

      Eliminar
  7. Há que analisar os jogadores pelas actuações, mas não podemos ignorar quem desrespeita o Sporting, e este lampião não fez outra coisa... Achar que uma tarja influenciou o valor é ser demasiado inocente.

    ResponderEliminar
  8. Negócio do século. Para o ano está de volta. É um matulão sem qualquer perceção tática do jogo. Pode-se safar se for colocado a trinco.

    ResponderEliminar
  9. Ser lampiao é quase tão baixo que ser um padreco de paróquia

    ResponderEliminar