sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Último dia de mercado


Aqui ficam as últimas novidades do mercado de transferências relacionadas com o Sporting.

ENTRADAS


Muriel
Record diz que o Sporting enviou um emissário para contratar o jogador. Sousa Cintra está disponível para igualar o salário que o jogador aufere em Sevilha. O ingressar no Sporting não poderá jogar na Liga Europa, uma vez que já jogou na competição pelos espanhóis.

Prijovic
- Record diz que o Sporting ofereceu 4M mais 50% de uma venda futura ao PAOK, mas a proposta é curta para as pretensões dos gregos. 

- Ojogo diz que o Sporting inicialmente ofereceu 3M mais o passe de Misic e num segundo momento ofereceu 4,5M + 50% de uma mais-valia. O PAOK não aceitou a proposta pelo jogador que tem uma cláusula de 10M e os gregos aceitam negociar por 8M. 

- Abola diz que Sporting ofereceu 4M e os gregos querem 8M

Pontas de lança de reserva
O Record diz que Sousa Cintra tem vários pontas de lança de reserva. A saber: Rui Fonte, Gianluca Lapadula, Marcello Trotta, Tonny Sanabria e Enner Valencia. 

- Ojogo acrescenta a esta lista os nomes de Sérgio León, Sansone e Fran Sol.

- Abola acrescenta o nome de Wesley do Club Brugge e de Luiz Phellype do Paços de Ferreira. 

Guilherme Arana
Segundo Abola, existe a possibilidade de contratar o defesa esquerdo por empréstimo ao Sevilla

François Moubandjé
Ojogo diz que o jogador foi oferecido ao Sporting que ainda não deu resposta. 

Lateral esquerdo e extremo no radar. 
Diz o Record que Sousa Cintra poderá fazer alguma negócio de última hora relativamente a estas posições.

SAÍDAS


Castaignos
Record diz que o jogador é desejado no Excelsior que está disponível para suportar metade do vencimento. Abola fala no interesse do Aris da Grécia.

Bruno Paulista
Segundo o Record e Abola, o jogador pode estar a caminho do Dubai

Ryan Gauld
Record fala no interesse do Aberdeen. Abola confirma o interesse do Aberdeen mas diz que o jogador pode acabar no Farense.

Misic
Record diz que existe a possibilidade de sair. 

Mattheus Oliveira
Record diz que o jogador pode ser emprestado ao Santa Clara. Abola diz que o jogador tem uma proposta de Espanha.

Wendel
Abola diz que o jogador está insatisfeito e pretende o regresso ao Brasil

Petrovic
Abola diz que o Leganés está interessado no jogador

Carlos Mané
Abola diz que o jogador vai regressar ao Estugarda por empréstimo. Alemaes ficam com opção de compra no valor de 9M.

Bruno César
Ojogo diz que o AEK pode levar o brasileiro.

Excedentes para colocar
Ojogo diz que Carlos Mané, Petrovic, Gauld, Castaignos, Lumor e Mattheus Oliveira são para colocar.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Indigno


Durante a noite de ontem os Sportinguistas foram brindados com um momento absolutamente indigno por parte de José Maria Ricciardi que decidiu faltou ao debate com Dias Ferreira. 

O momento




Indigno 


Para o dia de ontem estavam marcados dois debates na SportingTV. Um primeiro entre Dias Ferreira e José Maria Ricciardi e um segundo debate entre João Benedito e José Maria Ricciardi. Como podem ver no oráculo da SportingTV do vídeo anterior, o relógio marcava 20:22h. Portanto, às 20:22h o candidato Ricciardi não estava na SportingTV, mas alguns minutos depois já estava nas instalações para debater com João Benedito. 


Como podem verificar no print anterior, o debate entre José Maria Ricciardi e João Benedito foi para o ar às 20:50h.

Ter faltado ao debate com Dias Ferreira mostra um total desrespeito por Dias Ferreira, mas também por todos os Sportinguistas e pela SportingTV. Como disse Dias Ferreira, este senhor julga que é o dono disto tudo. Chamou para a sua lista dois membros do conselho de gestão que prometeram aos sócios não se envolverem nas eleições; tem na sua lista José Eduardo, o homem que recentemente renovou contrato com a comissão de gestão para o fornecimento do catering de Alvalade; e não esquecer que estamos a falar de alguém que sistematicamente tem mentido aos Sportinguistas. 

Espero que os Sportinguistas saibam dar a resposta no momento oportuno. 

Mentiroso!


Como vimos no comunicado lido por Sérgio Sousa, Ricciardi diz que "por motivos de agenda, infelizmente não me será possível participar neste debate com Dias Ferreira. Como é público estou no Algarve para encontros com os sócios. Face à impossibilidade de compatibilizar os dois eventos, de certo compreendem que não posso faltar aos meus compromissos com os sócios Sportinguistas"

Vamos então ver a agenda do tio Ricciardi:

Link (aqui)
Como podem verificar, José Maria Ricciardi esteve no Algarve para uma sessão de esclarecimento na terça-feira (28) e a próxima sessão de esclarecimento é só amanhã. Portanto, é falso que tenha tido um compromisso de campanha durante o dia de ontem. Logo, nada o impediria de estar presente na SportingTV.

Por que será que faltou ao debate?


Obviamente, por estratégia. Se há coisa que José Maria Ricciardi tem mostrado nestas eleições é que é um estratega. Não será por acaso que foi "presidente sombra" durante tantos anos. Reparem por exemplo na forma como se tem comportado nos debates. Um postura muito dura com Frederico Varandas, uma postura muito elogiosa a Fernando Tavares Pereira pelo seu percurso profissional e uma postura paternalista com Pedro Madeira Rodrigues e Rui Rego. Com João Benedito é utilizado o mesmo tom paternalista mas com muitos elogios. Quem viu o debate de ontem deve ter ficado com a ideia que estávamos a assistir um jantar romântico, tamanho era o carinho expresso entre ambos. 

Parece-me que o debate de ontem com João Benedito não foi mais do que um beijo de judas ao antigo guarda-redes leonino. Se a isto juntarmos o famoso almoço depois da final da Taça em que se sentaram à mesa João Benedito, José Maria Ricciardi, Rogério Alves e Jorge Tomé, ficamos aqui com bases para alimentar a teoria que Benedito será uma espécie de testa de ferro de Ricciardi. Juntando a este caldo o forte ataque que tem feito sempre que debate com Frederico Varandas ficamos com a receita completa. 

Há que dar o mérito a Ricciardi que está a usar os trunfos que tem para maximizar a sua votação. Basta ver as redes sociais para perceber que a estratégia para Varandas e Benedito está a dar os seus frutos. Num debate com Dias Ferreira a estratégia tinha de ser obviamente diferente, até porque são dois candidatos com mais alcance num eleitorado com mais anos de sócio. Ricciardi percebeu que o paternalismo ou o ataque a Dias Ferreira não resulta, até porque o advogado anda há muitos anos nestas andanças. Uma vez que não teria grande condição de se destacar contra Dias Ferreira, decide faltar ao debate.  

Os debates para Ricciardi acabaram. Já fez o que tinha a fazer e provavelmente só irá aparecer no último grande debate com todos os candidatos. A informação que tenho é que a SIC Notícias gravou numa tarde uma série de duelos de 10m entre todos os candidatos e José Maria Ricciardi faltou à chamada. 

Posto isto, têm a palavra os Sportinguistas.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Não há almoços grátis


No debate eleitoral do passado domingo entre Frederico Varandas e José Maria Ricciardi surgiu uma polémica relacionada com o comportamento do medico no dia do ataque à Academia. Aqui fica o vídeo:

A polémica



José Maria Ricciardi acusou Frederico Varandas de se ter fechado no gabinete médico referindo que a sua fonte era Rui Patrício. Curiosamente, Frederico Varandas respondeu de imediato referindo que o "Rui Patrício vai desmentir isso". A verdade é que:

Rui Patrício desmente Ricciardi



No dia seguinte lá apareceu o desmentido de Rui Patrício conforme tinha sido prometido por Frederico Varandas em pleno debate. Curiosa a forma como Varandas consegue prometer coisas que dependem de terceiros...

A espuma dos dias


Na espuma dos dias perdem-se alguns factos relevantes que importam recordar. Rui Patrício foi o primeiro jogador a pedir a rescisão unilateral de contrato com o Sporting no dia 1 de Junho. Quatro dias depois, Jaime Marta Soares formalizou a convocatória para a AG de destituição. No dia 18 de Junho, Rui Patrício assina pelo Wolves. Cinco dias antes da AG de destituição. Só passados 51 dias (5 de Julho) é que o jogador decidiu comunicar algo sobre a sua saída do Sporting. Recordo que nem nas habituais conferências de imprensa da FPF esteve presente.

Portanto, esteve 51 dias para dar uma explicação aos Sportinguistas sobre o que aconteceu em Alcochete e sobre a sua saída. Recordo que estamos a falar do jogador com mais anos de casa do plantel, o 2º jogador com mais jogos da história do clube, capitão de equipa e líder do balneário. 51 longos dias. 

Para vir defender o amigo Varandas apenas precisou de meio dia. Uma diferença enorme. E aqui é importante as pessoas perceberem várias coisas. Desde logo, a relevância do assunto. Que relevância tem este pormenor para Rui Patrício? Eu diria que não tem relevância nenhuma, até por comparação com situações recentes. Durante 51 dias o jogador permitiu que se dissesse tudo sobre si e nunca decidiu intervir. Assim como também não abriu a boca para dizer de viva voz o que pensava das célebres tochas no derby com o Benfica. Também não abriu a boca para como líder da equipa dando a cara pelo desaire na Madeira em que teve claras culpas. Permitiu todas estas situações que o ligavam directamente, mas veio a correr defender o amigo Varandas. Onde está a lógica disto?

Não há almoços grátis


Parece-me evidente que Frederico Varandas acedeu ao desafio do José Maria Ricciardi "Vá lá telefonar ao Rui Patrício a ver se ele desmente" e conseguiu esta declaração de Rui Patrício no seu Instagram. Estamos então perante um jogador que está em litígio com o Sporting a vir a terreiro fazer o favor de defender um candidato à Presidência do clube. Curiosamente, o candidato que a imprensa aponta como favorito. Mas isto cabe na cabeça de alguém? 

Portanto, se Frederico Varandas for eleito presidente do Sporting alguém acredita que ira lutar com todas as suas forças contra o homem que lhe fez o favor de o defender publicamente durante as eleições? Haverá almoços grátis ou nessa altura será hora de Rui Patrício cobrar o favor? 

Têm a palavra os Sportinguistas. É isto que querem para o Sporting? 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

Benfica acusado de corrupção no e-Toupeira nos próximos 8 dias


Durante o dia de ontem ficamos a saber que a Benfica SAD foi constituída arguida no processo e-Toupeira. O Ministério Público entende que a estrutura do Benfica beneficiou das informações dos processos em segredo de justiça. 

Na sua edição de hoje o jornal de Notícias avança que a Benfica SAD será acusada de corrupção no prazo de 8 dias. Este prazo de 8 dias prende-se com o facto de o inquérito ter um dos arguido presos preventivamente (José "Toupeira" Silva) o que obriga o MP a acusar formalmente os arguidos no prazo de seis meses. 

O Procurador ainda pode pedir que sejam decretados mais 6 meses para formular a acusação se o caso for muito complexo. De acordo com as informações recolhidas pelo JN este pedido não foi feito "e é pouco provavél que venha a fazê-lo, uma vez que a investigação já reuniu provas consideradas suficientemente sólidas para avançar para julgamento.

A nóticia



Posto isto, nos próximos dias a Benfica SAD deverá ser acusada de diversos crimes entre os quais o de corrupção. O melhor está mesmo a chegar...


Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Benfica SAD é arguida no "E-Toupeira"


A Benfica SAD foi ontem constituída arguida no âmbito do processo e-toupeira, um dos 7 processos que envolvem o clube encarnado. A recordar: branqueamento de capitais de 1,9M com origem na Benfica SAD e na Benfica Estádio; caso dos emails, operação Lex, Mala Ciao, vouchers e jogos para perder. Este processo está a desenrolar-se de forma mais rápida porque desde Março deste ano que José Silva está em prisão preventiva. Uma prisão preventiva que foi entretanto confirmada pelo tribunal da relação de Lisboa a 11 de Julho. 

Arguidos



Num primeiro momento Paulo Gonçalves, Óscar Cruz, Júlio Loureiro, José Silva e José Manuel Ribeiro foram constituídos arguidos. Numa segunda fase, a 11 de Maio o jornal Econónimo noticiou que foram constituídos mais dois arguidos cujas identidades ainda não foram reveladas. Ontem ficamos a saber que a própria Benfica SAD também gozará desse estatuto. Portanto, sete arguidos individuais e uma pessoa colectiva (Benfica SAD). 

Nuno Gaioso e Domingos Soares Oliveira


Estes dois administradores da SAD do Benfica foram ontem ouvidos no MP por "existirem indícios de que o Benfica possa ter beneficiado da informação em segredo de justiça alegadamente recolhida por Paulo Gonçalves através de José Silva"


Os crimes


Estão sob investigação 8 tipos de crime: corrupção ativa, corrupção passiva, violação do segredo de justiça, peculato, falsidade informática, favorecimento pessoal, acesso ilegítimo e burla qualificada. 

A resposta 


Em termos gerais o Benfica tem passado a ideia de que esta constituição de arguido é ilegal e inconstitucional. Os encarnados vão avançar com a "imediata impugnação da constituição como arguida e o competente pedido de incidente de suspeição sobre o Magistrado titular do inquérito". Pratica comum do Benfica nestes casos. A culpa é sempre do malandro do juiz. Por certo o Benfica quererá um juiz cuja idoneidade seja à prova de bala. Talvez alguém na linha de Rui Rangel, senão mesmo o próprio...


Sanções


Dizem os experts que como o caso não envolve agentes desportivos não há na legislação desportiva nada que possa punir a SAD do Benfica por este caso. Trata-se de um assunto que não é abrangido pela esfera desportiva e só será analisado na esfera dos tribunais. Neste sentido o Benfica poderá ser condenado com uma pena que pode ir de uma multa até à dissolução da sociedade.

Branqueamento total


Aqui ficam as capas de hoje dos jornais diários nacionais e que são bem claras quanto ao branqueamento que a imprensa está a levar a cabo neste caso.


Gosto particularmente de ver as medalhas atribuídas pelo jornal Record no dia de hoje.


Vai tudo preso!


Para fechar, gostaria de vincar a minha profunda convicção que neste caso as autoridades já têm tudo o que precisam para obter a condenação do Benfica, Paulo Gonçalves e das restantes toupeiras. Será apenas uma questão de tempo. Se ainda tiverem dúvidas basta lerem os posts seguintes:

- Processo E-Toupeira (aqui)
- As toupeiras encarnadas - José Augusto Silva (aqui)
- As toupeiras encarnadas - Óscar Silva (aqui)
- Benfica foi avisado de todas as buscas (aqui)
- As Toupeiras encarnadas - Júlio Loureiro (aqui)
- PJ travou a contratação do sobrinho da toupeira (aqui)
- Mais dois arguidos no caso das toupeiras (aqui)
- A investigação do processo e-toupeira (aqui)

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

O braço armado de Frederico Varandas


Ao final do dia de ontem surgiu nas redes sociais uma gravação de Pedro Luciano Silveira, candidato ao conselho directivo do Sporting nas listas de Frederico Varandas, onde será responsável pelo pelouro dos sócios. 

Apresentação 


No site de candidatura de Frederico Varandas é esta a apresentação do senhor. 

Link (aqui)
O que não é dito nesta apresentação é a sua forte ligação com a claque Juventude Leonina onde tem a alcunha de "Barbini". Curiosamente, também não é referido que também faz parte dos famosos "casuals".

Vejamos agora o que o senhor candidato anda a dizer em privado. 

A gravação



Algumas notas:

1 - Segundo o próprio, foi o "Jusko" que lhe pediu um audio. Este "Jusko" é um outro elemento conhecido da Juventude Leonina que faz parte da grupeta de casuals que acompanha o candidato "Barbini". 

2 - No final do vídeo é referido que este audio foi retirado de um grupo de whatsaap onde presumivelmente estão vários elementos ligados à Juventude Leonina. 

3 - Vejamos algumas das frases principais 

"Eu, fosse quem fosse de vocês, estaria com toda a certeza ao vosso lado, fosse quem fosse o caralho do candidato. Até que vocês tivessem na lista do Ricciardi eu ia com vocês, percebes? 

Pedro "Barbini" Silveira começa por apelar à lealdade dos membros do grupo, argumentando que o que é importante é que alguém consiga chegar ao poder. Nesse sentido nem que tivesse que apoiar o Ricciardi. O importante é alguém do grupo chegar ao poder. Neste caso, ele. 

"Se um de vocês me dissesse aquilo que eu já vos disse a vocês, que é: caralho, o que é que ainda não perceberam que eu tenho voto na matéria, que ninguém me vai descartar e que quando a gente chegar lá acima vou ser um gajo do conselho directivo, braço direito do Varandas. O que é que ainda não perceberam? É preciso fazer-vos um caralho de um desenho? O que é que vocês não entendem? Que o homem me ouve a toda a hora. Que o homem quer que eu esteja sempre ao lado dele, que o homem me quer dentro do Sporting para comandar o Sporting. O que é que não percebem? Não percebem, vão ter que entender! 

Sim "Barbini" julgo que os Sportinguistas já perceberam...

"A mim ninguém me descarta, caralho. No dia em que ele me descartar é o dia em que ele cai, é o dia que ele leva no focinho. Ele como leva qualquer um. Perceberam isto ou não? Vocês, a mim fazem-me confusão. Vão apoiar o caralho. Apoiem o Benedito, que é paneleiro. Apoiem o Ricciardi. Apoiem o Madeira Rodrigues. Apoiem o caralho que vos foda a todos." 

Com que então este sujeito julga-se com poderes para dar no "focinho" a presidentes e fazê-los cair. Muito curioso ver esta afirmação vinda de um sujeito que faz parte dos casuals da Juventude Leonina. Precisamente a claque que com o ataque à Academia fez cair os órgãos sociais do Sporting. Como diz o próprio: "Isto é engraçado como o caralho". 


Amigos 


O vídeo foi colocado por um Tiago André (aqui) na sua página pessoal de Facebook pelas 19:30 de ontem. De imediato saíram vários amigos em defesa de "Barbini" que acabam por confirmar a existências destas "conversas pessoais". Deixo dois exemplos de personagens famosas. 

O primeiro foi Pedro Marques, conhecido vocalista dos Supporting. 


De seguida foi a vez de Nuno Manaia Costa, presidente da AAS (associação de adeptos Sportinguistas) fazer a defesa do amigo. 


Curiosamente, estes dois senhores figuravam na célebre lista dos "Sportingados". 

O outro 


Mas não é só o "Barbini" que compõe a guarda pretoriana de Frederico Varandas. Há um outro artista que dá muito nas vistas. Um tal de Diogo Amaral, que como não podia deixar de ser, saiu em defesa do amigo.

Aqui fica uma foto de Varandas, Pedro "Barbini" Silveira e Diogo Amaral durante uma acção de campanha no núcleo Sportinguistas de Tires.

Foto de campanha de Frederico Varandas
Aqui fica mais uma imagem retirada do Facebook de Diogo Amaral que mostra a ligação à candidatura de Varandas.


Curiosamente, no jogo de apresentação aos sócios e em plena campanha eleitoral, foi este artista espaçoso que ocupou a posição de capo na curva sul. Coincidências...

Olhem quem são eles


Vamos agora à habitual pergunta para queijinho: Quem foram os organizadores da manifestação contra Bruno de Carvalho junto ao multidesportivo? A resposta no vídeo seguinte:


As imagens são inequívocas e mostram Diogo Amaral e Pedro "Barbini" Silveira a colocarem a tarja em Alvalade. Curiosamente, nas imagens também é possível verificar que um dos contestatários é o vocalista dos Supporting, Pedro Marques. Querem mais coincidências? No meio do vídeo há um sujeito de t-shirt branca que é o famoso Jusko, o menino que pediu ao "Barbini" para fazer o audio para o grupinho. Coincidências...

Para fechar


Infelizmente o Sporting é isto e dificilmente deixará de o ser. É sintomático que depois do ataque da Juve Leo à Academia do Sporting - que levou o clube para um profunda crise - Frederico Varandas escolha para seu responsável pelos sócios precisamente um homem com uma profunda ligação com a claque. É também muito curioso que a CG se tenha apressado a fazer as pazes com as claques retomando os privilégios retirados na fase final do mandato de Bruno de Carvalho.

Um homem que tem a coragem de dizer a outros elementos da mesma grupeta que "No dia em que ele (Varandas) me descartar é o dia em que ele cai, é o dia que ele leva no focinho. Ele como leva qualquer um." estará disponível a ir até onde na defesa dos interesses da sua "grupeta"? O cheirinho a comportamentos à moda de Paulo Pereira Cristóvão já estava no ar. Agora, o cheiro tornou-se nauseabundo. Têm a palavra os Sportinguistas. Se é isto que querem para o Sporting, votem na lista D.

PS1: Fico com muita curiosidade para perceber qual será o primeiro candidato a pegar nesta pouca vergonha.

PS2: Fico a aguardar serenamente que a CMTV, sempre tão apta a divulgar audios faça o mesmo em relação a este assunto.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Chineses de "olhos em bico" com Ricciardi


O Jornal de Negócios publica hoje uma extensa matéria relativa ao percurso de José Maria Ricciardi pelo Haitong Bank. Não é necessário acrescentar grande coisa a esta matéria. Se quiserem este tipo de gestão à moda da alta finança já sabem em quem votar.

(abram imagens num novo separador para verem as imagens com melhor resolução)






Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Sondagens há muitas...


O Jornal Abola apresenta hoje a primeira sondagem relativa ao acto eleitoral leonino. Aqui ficam os resultados.





Sondagens há muitas...


Cada leitor tirará as suas conclusões em relação a esta sondagem, mas convém não esquecerem que sondagens há muitas. Vamos recordar as sondagens das eleições de 2013 e 2017. 




Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Quanto querem auferir os candidatos à presidência do Sporting?


Na passada segunda-feira José Maria Ricciardi esteve na CMTV para um debate com Fernando Tavares Pereira. Um debate que acabou por se tornar numa entrevista, uma vez que o empresário anunciou que não fará debates a dois. Nesta entrevista há uma passagem que quero salientar e que me parece muito interessante para análise dos Sportinguistas.

Será remunerado?



Para além de José Maria Ricciardi também Frederico Varandas já confirmou em entrevista que será remunerado. Fernando Tavares Pereira foi até agora o único candidato a assumir que não será remunerado. Não me recordo de ter ouvido a posição dos restantes candidatos. 

De quanto estamos a falar?


Uma vez que praticamente todos pretendem ser remunerados, parece-me importante reflectirmos um pouco sobre os valores, até porque nos "três grandes" existe uma grande discrepância nos últimos anos, senão vejamos:

Remunerações administradores SAD "três grandes" 2013-2017
Neste quadro não está incluída a remuneração da última época porque os dados só ficam disponíveis em Setembro. 

Durante estas 4 épocas, Bruno de Carvalho foi o 7º dirigente mais bem pago dos 3 grandes. Carlos Vieira (9º), Guilherme Pinheiro (10º) e Rui Caeiro (11º). Todos os dirigentes de Benfica e Porto receberam mais do que o administradores do Sporting.

Em termos globais por clubes é este o panorama.

Como podem verificar, a diferença para os rivais é enorme. O Porto gastou 6,6M, Benfica 2,3 e o Sporting 1,3M.

Um "tio" muito caro


A pergunta do jornalista da CMTV tem particular relevância ter sido feita a José Maria Ricciardi, até porque estamos perante alguém cuja situação financeira pessoal é considerada como muito boa, tal como acontece como Fernando Tavares Pereira. Contudo, as ideias são opostas.

Para tentar perceber melhor quanto é José Maria Ricciardi quererá auferir no Sporting fiz uma breve pesquisa aos seus vencimentos no Haitong Bank. 

Relatório e contas Haitong Bank 2015
Em 2015 Ricciardi auferiu cerca de 477 mil euros. 

Relatório e contas Haitong Bank 2016

Em 2016, Ricciardi auferiu cerca de 638 mil euros, mesmo tendo saído do banco em Dezembro desse ano. Tudo somado estamos a falar de 1,115 Milhões de euros em dois anos. Quase tanto como toda a administração da Sporting SAD ganhou em 4 anos. E recordar que estamos a falar de 4 elementos. 

Se estão bem lembrados, em 2015 o BESI (Banco Espírito Santo Investimento) foi comprado por Chineses, passando o banco a designar-se como Haitong Bank. O nosso "tio" nessa primeira fase transitou do BESI para o Haitong Bank onde se manteve até 2016, altura em que os chineses se fartaram dos prejuízos alcançados por José Maria Ricciardi. 

Em 2015 o banco apresentou um prejuízo de cerca 35,4 Milhões de Euros e em 2016 foram mais 96,2M. Tudo somado, José Maria Ricciardi, o "génio da alta finança" teve prejuízos acumulados em de 131,6 Milhões de euros. Isto em apenas dois anos. 

Portanto, José Maria Ricciardi recebeu 1,115M e durante esse período apresentou 131,6M em prejuízos. Valores que merecem um profunda reflexão por parte dos Sportinguistas. 

Para fechar


No anterior mandato os vencimentos serviram para fazer uma série de notícias de jornal em tom de crítica em relação aos valores, mesmo quando são muito inferiores aos dos rivais. Nesse sentido seria bom que todos os candidatos dissessem desde já quantos administradores remunerados terá a SAD e qual será o valor das remunerações. Quando se fala tanto em transparência, que tal falarmos do que faz girar o mundo?

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Os "sobrinhos" de José Maria Ricciardi


O debate com todos os candidatos à presidência do Sporting que foi para o ar no passado domingo principiou com a denúncia publica de Dias Ferreira de duas questões que já levantei em posts anteriores: Uma primeira relacionada com a saída de dois membros da comissão de gestão para a candidatura de José Maria Ricciardi e uma segunda relacionada com a eliminação do concurso em curso para a escolha da empresa de fornecimento de catering do Estádio. Contrato que foi cancelado pela CG que decidiu fazer um ajuste directo à empresa de José Eduardo, que curiosamente também faz parte das listas de Ricciardi, assumindo a vice-presidência para o futebol.

Sobre estas questões em particular já fiz 2 posts: (aqui) e (aqui)

As declarações de Dias Ferreira



Tenho de saudar a intervenção de Dias Ferreira, não só ao levantar o tema no debate, mas também pelo facto de ter interpelado a CG relativamente a estas matérias. Fico ainda mais satisfeito pela revelação que foi feita por Dias Ferreira que disse no final do vídeo o seguinte: "Todos nós verificamos que José Eduardo foi o grande mentor da comissão de gestão. Foram realizadas nas suas instalações muitas reuniões dessa comissão de gestão, andou a fazer vários convites inclusivamente convidou um filho meu que não aceitou porque eu me iria envolver nas eleições".

Só não vê, quem não quer. Mas vamos por partes.

As declarações de Artur Torres Pereira


Mais uma vez tenho de recuperar as declarações de Torres Pereira com a promessa "totalmente clara e inequívoca" assumida de que "nenhum membro desta comissão de gestão aceitará integrar ou fazer parte de qualquer lista concorrente às próximas eleições no Sporting"


A carta de Dias Ferreira


Na noite do debate a página da candidatura de Dias Ferreira publicou a carta para conhecimento dos Sportinguistas. Aqui fica.

Link (aqui)


Uma resposta vergonhosa


Depois de ter ignorado a carta de Dias Ferreira, Artur Torres Pereira lá se dignou a responder à missiva no dia de ontem, tornando-a imediatamente publica. 



Ora portanto, depois de assumir de uma forma "totalmente clara e inequívoca" que "nenhum membro desta comissão de gestão aceitará integrar ou fazer parte de qualquer lista concorrente às próximas eleições no Sporting", Artur Torres Pereira passou a considerar que "as pessoas são livres de tomarem as decisões que entendem".  

Eu não sei se as pessoas já se aperceberam, mas o senhor que envergonha todos os Sportinguistas com estas trocas e baldrocas é o actual Presidente do Sporting.  


O negócios com o "Zé dos tachos"





Vamos por partes:

1 - Num post no seu Facebook, Bruno de Carvalho afirmou que apresentaram-se a concurso 6 empresas, entre as quais a "Casa do Marquês" de José Eduardo. Algo que foi negado pelo próprio na recente entrevista concedida à CMTV. Através deste comunicado ficamos a saber que ainda existiu uma outra empresa a concorrer. Muito provavelmente já terá sido depois da direcção de Bruno de Carvalho ter saído do Sporting. 

2 - Diz o comunicado que o concurso foi iniciado a 12 de Junho e que a comissão de gestão tomou posse a 16 de Junho. Mais informaram os senhores da CG que o processo se iniciou com um "evidente atraso" e que seria "difícil tomar uma decisão em tempo útil". Vamos pensar um pouco por um momento. O primeiro jogo realizado em Alvalade esta época foi o jogo de apresentação no dia 
28 de Julho. Portanto, estamos a falar de um período de 46 dias para fechar este negócio. Tempo mais do que suficiente para resolver a questão. Se pensarmos que o primeiro jogo oficial só se realizou este fim-de-semana estamos a falar de um período que ultrapassa largamente os 2 meses. 

3 - Portanto, a CG pediu um relatório interno aos serviços que só apareceu a 9 de Julho, quase um mês depois do concurso estar aberto. Diz a CG que nesse relatório chegam à conclusão que "seria impossível finalizar o concurso a tempo de iniciar a nova época desportiva". É preciso pedir um "relatório interno" para uma coisa tão simples? Portanto, os serviços internos" demoraram quase 1 mês para perceber que o concurso não estaria finalizado a tempo de começar a época. Mas alguém acredita nisto? Sinceramente, alguém acredita nestas tretas? 

4 - Quem olhar para este comunicado ainda fica com a ideia que temos de agradecer a José Eduardo por ter salvo o Sporting da enorme tragédia que seriam as tribunas ficarem sem o famoso croquette. Até fico tentado em pedir para que José Eduardo seja nomeado para sócio do ano na próxima Gala Honoris Sporting. Isto se estes senhores não acabaram em definitivo com a atribuição destes galardões...

5 - Depois de tudo isto ainda tivemos de levar com um "defesa dos superiores interesses do Sporting". Lata não lhes falta, de facto. 


Para fechar


Este é a terceira acção de serviço público feita pelos candidatos. Primeiro tinha sido Pedro Madeira Rodrigues a falar na questão do aliciamento do Benfica ao Bruma. Seguiu-se a intervenção de João Benedito contra os debates na CMTV e finalmente esta acção de Dias Ferreira contra as poucas vergonhas enunciadas neste post. Acho particularmente relevante e revelador que as outras candidaturas tenham medo de colocar o dedo na ferida. Se nem nas eleições o fazem, muito menos farão em caso de serem eleitos. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Uma primeira análise eleitoral


Com as candidaturas fechadas e devidamente apresentadas aos sócios é hora de fazer uma primeira análise eleitoral. Em traços gerais não estou satisfeito com a capacidade/qualidades dos candidatos que se apresentam a estas eleições. Como já se provou, nenhum destes homens é digno da uma confiança clara e inequívoca por parte da esmagadora maioria dos Sportinguistas. Este é o sinal evidente que a existência de tantos candidatos não é sintoma de "vitalidade", mas sim da falta de uma alternativa verdadeiramente interessante em qual a esmagadora maioria dos Sportinguistas se consigam rever.

Passo agora a uma análise individual do perfil dos candidatos. Importa referir que a análise foi feita antes do debate conjunto de ontem.

Lista A - João Benedito "Raça e futuro" 


Quando falamos de João Benedito falamos do melhor guarda-redes da história do Futsal do Sporting e de Portugal. Alguém que durante anos foi idolatrado pelos Sportinguistas e pelo qual sentem grande carinho. Não fujo a essa admiração, mas a realidade é que de atleta a presidente vai uma enorme distância, ainda para mais quando estamos a falar de alguém que deixou de jogar há apenas dois anos. Ainda não vi a entrevista que concedeu na semana passada mas vi a primeira grande entrevista na Sporttv e aquilo fez-me lembrar as provas orais dos tempos da faculdade. Senti claramente que estávamos perante alguém que tinha decorado a matéria sem ter bem presente o real significado dos assuntos, numa entrevista sem ponta de genuinidade. Se esta questão pode ser ultrapassada durante a campanha, há outra que já é mais complicada.

A primeira coisa que João Benedito deveria ter feito quando se apresentou como candidato à presidência do Sporting teria de ser a explicação cabal do processo que levou à sua saída do clube. Não o fez, o que tem permitido todo o tipo de especulação. Um silêncio que mais do que ensurdecedor, parece-me ser comprometedor. E as coisas ficaram ainda mais "curiosas" quando no dia seguinte à oficialização da sua candidatura, Miguel Albuquerque deixou a sua postura de "trabalhar com quem fosse eleito" para entrar fortemente na campanha de Frederico Varandas. Os sócios não merecem saber o que se passou da boca dos protagonistas?

Lista B - José Maria Ricciardi "A Solução para 9 de Setembro" 


O Zé Maria fez parte do Conselho Fiscal e Disciplinar em 8 mandatos consecutivos. Sim, leram bem. São mesmo 8 mandatos consecutivos em que esteve neste órgão entre 1995 (Santana Lopes) e 2013 (Godinho Lopes). Mandatos em que o Sporting acumulou milhões de euros em prejuízos e o património não desportivo foi completamente delapidado. Sobre este senhor haverá muito mais a recordar, mas fico-me apenas por esta entrevista do Dr. Daniel Sampaio, alguém cuja idoneidade está acima de qualquer suspeita (aqui). Leiam a entrevista. Está lá tudo sobre quem é este senhor e sobre o perigo monumental que seria os Sportinguistas darem-lhe a cadeira da presidência.

Lista C - Pedro Madeira Rodrigues "O Grande Sporting"


O nosso querido "City Lion", fará uma campanha melhor em termos de comunicação do que a de 2017, onde foi um verdadeiro desastre. De qualquer forma, nem os melhores profissionais de comunicação do mundo conseguem transformar um inepto num vencedor. Concedo que Madeira Rodrigues tem um projecto, tem ideias e tem equipa. Um mau projecto, más ideias e uma má equipa. Sinceramente, parece-me que Madeira Rodrigues é um apaixonado genuíno pelo futebol do Sporting e valorizo a sua resiliência e determinação em ir até ao fim. São as únicas "qualidades" que lhe aponto. Tudo o resto é péssimo.

Lista D - Frederico Varandas "Unir o Sporting"


O Dr. Frederico Varandas entrou no Sporting em 2011 vindo do Vitória de Setúbal onde era responsável médico das camadas jovens do clube. O facto de passar das camadas jovens de um clube médio do país, para a equipa sénior de um dos maiores clubes da Europa levantou alguns alarmes entre os Sportinguistas. O "factor C" veio imediatamente à conversa, não fosse ele irmão de João Pedro Varandas, na época vogal do Conselho Directivo de Godinho Lopes. Curiosamente, João Pedro Varandas é sócio de Rogério Alves, que foi o candidato à presidência da MAG de Godinho Lopes e que repete a candidatura ao mesmo cargo agora sob a liderança de Varandas. Coincidências...

Já o disse e repito, Frederico Varandas é um desertor que não merece ter estado no clube e muito menos merece ser Presidente do Sporting. De qualquer forma, e uma vez que decidiu participar no acto eleitoral, era bom que explicasse de uma vez por todas quem foi o autor do comunicado conjunto dos jogadores após o post de FB de Bruno de Carvalho sobre o jogo de Madrid. Foi ou não o seu irmão a redigir o documento em nome do grupo? Seria também bom que dissesse quem foi a pessoa que tirou foto de Bruno de Carvalho estendido na marquesa no célebre jogo em que teve problemas na coluna. Seria igualmente interessante explicar porque razão levou os jogadores a treinarem num ginásio nos dias seguintes ao ataque na Academia. Para terminar, seria também bastante útil informar os Sportinguistas sobre quem foi a pessoa que filmou e tirou fotografias no balneário depois do ataque na Academia. Um líder, como Varandas diz ser, nunca permitiria que aquelas imagens saíssem daquele balneário. Imagens que prejudicaram gravemente o Sporting e que foram incentivadas pelo próprio com se percebe no vídeo.

O perfil para este artista ser presidente do Sporting será pouco mais do que nulo. Alguém consegue imaginar este rapazinho a negociar com quem quer que seja? Alguém o imagina a bater o pé a Pinto da Costa ou Luís Filipe Vieira?

Lista E - Rui Jorge Rego "Projecto e Futuro"


Um completo desconhecido que ficou apresentado quando anunciou Paulo Lopo como seu homem forte do futebol e da Sporting SAD. Sobre o presidente da SAD do Leixões deixo apenas estes dois posts do Blog Artista do Dia (aqui) e (aqui). Ficarei envergonhado se este senhor tiver mais de 1% dos votos.

Lista F - Dias Ferreira "Pelo teu amor"


De todos os candidatos, o Dr. Dias Ferreira será provavelmente o candidato que tem mais experiência e conhecimento do clube. Entrou para os órgãos sociais do Sporting em 1980 com João Rocha e desde esse período tem feito parte de alguns órgãos sociais do Sporting. Fez parte da direcção de Amado de Freitas, foi assessor da direcção de José Roquette com a responsabilidade de representar o Sporting na Liga e foi também presidente da MAG nos tempos de José Eduardo Bettencourt. Foi um dos responsáveis pela criação da Liga e do Conselho Nacional do Desporto.

Os Sportinguistas tendem a rejeitar Dias Ferreira por estar ligado muitas vezes ao poder vigente no Sporting. Se esse ponto seria importante noutros momentos para me decidir liminarmente pela rejeição do candidato, neste momento não tem o mesmo efeito em mim. Se há coisa que os últimos meses mostraram é que uma das principais valências que um presidente do Sporting deve ter passa pela capacidade de perceber a "política" leonina e todas as sensibilidades (para não lhes chamar facções). Um papel que de entre os actuais candidatos só encaixaria em Dias Ferreira. Isto é algo que tenho pensado bastante e que faz sentido quando o próprio Dias Ferreira tem dito que só pretende fazer um mandato para arrumar a casa retirando-se de seguida. Em termos das relações com os rivais e política interna Dias Ferreira poderia ser muito válido, mas precisaria de ter um CEO/Presidente da SAD de grande valia.

Lista G - Fernando Tavares Pereira " Unidos venceremos"


O senhor Fernando Tavares Pereira pode ser um desconhecido dos Sportinguistas, pode ter apenas a 4ª classe e não ter o dom da palavra, mas a realidade é que é um empresário de enorme sucesso com um império nas áreas da metalomecânica, construção civil, inspecção automóvel, agricultura, saúde, turismo e hotelaria. Actividades onde emprega mais de 700 pessoas dispersas por 5 países. Sem cunhas, sem pais ricos e sem sobrenome com dupla consoante. Acho que aqui a sua principal dificuldade é ser alguém que não está ligado ao desporto nem estar acompanhado por pessoas com essa capacidade, razão pela qual perde muita força e provavelmente terá um resultado bastante curto.

Os candidatos "suspensos"


Como sabemos, toda esta guerra institucional começou no dia do ataque na Academia (15 de Maio). Nesse mesmo dia, Jaime Marta Soares prometeu a realização de um plenário de todos os órgãos sociais para depois da Taça de Portugal, onde seria analisado o momento do clube. No dia seguinte ao ataque e numa espécie de sugestão para esse plenário, defendi que Bruno de Carvalho deveria pedir a demissão para terminar com a instabilidade no clube e passar a pasta a Carlos Vieira. Esta decisão permitiria que os processos relativos aos empréstimos obrigacionistas fossem continuados, assim como a conclusão da reestruturação financeira que permitiria ao Sporting ficar com 90% da SAD. Dois assuntos de extrema importância para o presente e futuro do clube. Depois de resolvidas estas questões iríamos para eleições e Bruno de Carvalho teria oportunidade de se candidatar se assim entendesse.

Infelizmente, a 17 de Maio, Jaime Marta Soares quebrou a promessa feita aos Sportinguistas para a realização de um plenário de órgãos sociais - onde essa e outras soluções do melhor interesse do Sporting poderiam ser debatidas - levando a cabo uma golpada que passou pela demissão de vários membros dos órgãos sociais para fazer cair de imediato o conselho directivo. Algo que não aconteceu pela resiliência de Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, Rui Caeiro, José Quintela, Alexandre Godinho, Luís Gestas e Luís Roque. Que não restem dúvidas que considero que todos fizeram o que tinham de fazer em defesa dos superiores interesses do Sporting e estou-lhes grato por isso. Lutaram até ao limite das suas forças. A 23 de Junho os sócios do Sporting decidiram interromper o mandato deste conselho directivo para que fosse possível uma clarificação eleitoral.

Depois de toda a guerra institucional entre CD e MAG que levou à destituição do CD, a comissão de fiscalização decidiu suspender Bruno de Carvalho, Carlos Vieira e os restantes membros do Conselho Directivo. Foi um dos actos mais graves e lesivos que um órgão social do Sporting já tomou, se é que posso designar esta comissão de ódio como sendo um órgão social. Estamos a falar de uma comissão de fiscalização nomeada por alguém que está demissionário e que não reúne o mínimo de condições de isenção. Todos os membros desta comissão teceram críticas publicas fortíssimas ao trabalho da direcção de Bruno de Carvalho e nunca poderiam ser chamados a "julgar" estes homens. Henrique Monteiro, "chefe" desta comissão de fiscalização deu-se inclusivamente ao luxo de estar na manifestação contra Bruno de Carvalho à porta do Visconde de Alvalade. Alguém acha isto normal? Portanto, tivemos a decisão mais grave da história do CFeD do Sporting tomada por uma comissão de transição que não foi sufragada pelos sócios, mas sim escolhida por um presidente da MAG demissionário. 

O facto de não permitirem as candidaturas de Bruno de Carvalho e Carlos Vieira é um ato que provavelmente custará muito caro ao Sporting. Não darem a opção de escolha a milhares de sócios de votarem nestes candidatos não permitirá grande margem para unir estes sócios ao novo presidente eleito. Como é que estes sócios podem reconhecer e validar um novo presidente se os seus candidatos forem impedidos de concorrer? Basta darmos uma vista de olhos nas redes sociais para se perceber o barril que pólvora que cairá nas mãos do novo Conselho Directivo. 

E Bruno de Carvalho?


Como sabem apoiei Bruno de Carvalho nas últimas eleições e votei contra a sua destituição na defesa daqueles que considerei serem os superiores interesses do Sporting, tendo sempre em mente os empréstimos obrigacionistas e especialmente a reestruturação financeira que nos permitiria ficar com 90% da SAD. Alguns dias depois da destituição decidi que não votaria em Bruno de Carvalho caso fosse a eleições. A razão é muito simples. Bruno de Carvalho não tem condições para liderar o Sporting, quando tem tanta gente contra ele de forma tão acicatada como tem. Poderia ter uma falange de apoiantes que o reconduzissem no cargo, mas não lhe seriam dadas tréguas pelos restantes e seria apenas uma questão de tempo para estarmos de volta à casa de partida. Sendo eleito outro candidato terá o habitual período de estado de graça, independentemente da votação que tiver. Algo que Bruno de Carvalho nunca teria. 

Este era o motivo fundamental para a "retirada" do meu apoio. Infelizmente, Bruno de Carvalho deu-me uma razão ainda maior no final da semana passada. A providência cautelar interposta para "congelar" a deliberação dos sócios na última AG não é digna de alguém que tanto lutou na defesa dos superiores interesses do Sporting. Estamos a falar do mesmo homem que dois meses antes poderia ter enchido os bolsos a uns empresários e a jogadores e ter resolvido o problema das rescisões, algo que lhe garantiria a manutenção no cargo. Bom exemplo é o caso da venda de Rui Patrício. Dava os 9M ao Jorge Mendes e garantiria o poder no clube. Nessa altura colocou os interesses do Sporting em primeiro lugar não cedendo a qualquer tipo de pressão. Era este tipo de atitude que eu esperava ver sempre em Bruno de Carvalho. A defesa intransigente do Sporting e não é isso que está a fazer com esta providência cautelar.

Não quero entrar muito na questão jurídica mas parece-me importante referir que do que me tenho apercebido com a aceitação da providência cautelar por parte do tribunal, Bruno de Carvalho é neste momento o presidente legal do Sporting e da Sporting SAD. Isto porque a providência cautelar tem efeito suspensivo da deliberação da AG de 23 de Junho. E é aqui que estou em profundo desacordo com Bruno de Carvalho. Bem ou mal, mais ou menos informados a realidade é que os sócios fizeram uma escolha nessa AG. Também já aqui disse que do ponto de vista da contagem de votos não vi absolutamente nada que pudesse colocar em causa o resultado, apesar de existirem muitas deficiências em todo o processo que conduziu a esta AG.

Estar a agarrar-se a questões processuais para reverter uma decisão dos sócios não é digna de alguém que sempre defendeu com unhas e dentes os superiores interesses do Sporting. Quem não se lembra do facto de Bruno de Carvalho ter desistido dos processos em tribunal nas eleições de 2011, onde ai sim, foi claro e evidente que os resultados foram afinados por forma a que Godinho Lopes ganhasse as eleições. Se ai desistiu das acções para não complicar a vida do Sporting, só teria de fazer o mesmo agora. O meu apelo vale de muito pouco, mas peço a Bruno de Carvalho para desistir destas acções relativas à AG em defesa dos superiores interesses do Sporting. Já em relação às providências cautelares relativas à sua suspensão de sócio, assim como os processos que prometeu intentar contra quem o difamou espero que os leve até às últimas instâncias. Bruno de Carvalho foi para mim o melhor presidente do sec. XXI do Sporting e com este tipo de atitudes esta a permitir que se apague o legado de enorme valia que deixou no clube. Que tenha o discernimento para perceber que se continuar a percorrer o caminho da litigância permitirá que se apague da memória dos Sportinguistas tudo o que de bom fez. Todos sabemos que a última imagem é a que fica.

E Carlos Vieira?


Desde o dia em que apresentou a candidatura que tive a intenção de votar em Carlos Vieira, um homem com os atributos necessários para fechar os dossiers financeiros e para liderar o clube num mandato de consolidação na sua política desportiva, financeira e patrimonial. A sua postura durante o curto período em que lhe permitiram fazer campanha e já depois quando foi anunciado o castigo foi sempre muito digna e respeitadora do Sporting. A sua última declaração foi no sentido de lutar pela defesa do seu bom nome por todas as vias possíveis, mas nunca colocando em causa a vontade dos sócios, ao contrário do que fez Bruno de Carvalho. Só pode ser este o caminho.

A sua suspensão, tal como a dos restantes membros do CD anterior não tem ponta por onde se lhe pegue, como acredito que se virá a provar no futuro. Infelizmente, esta golpada não deixará que Vieira possa ser uma opção eleitoral. Contudo, poderá ainda ser muito útil ao Sporting. João Benedito já disse que terá um CEO na SAD mas ainda não anunciou o seu nome, assim como me parece que há espaço na candidatura de Dias Ferreira para um Presidente da SAD. Parece-me uma boa solução que salvaguardaria os superiores interesses do Sporting, mas não me parece que vá acontecer.

Para fechar


Estando Carlos Vieira de fora da corrida, não sei em quem vou votar, mas sei perfeitamente em quem não vou votar, como já ficou expresso pelo referido anteriormente. No final da campanha eleitoral farei a minha declaração de voto. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Deixem os sócios falar


Segundo a comunicação social, Bruno de Carvalho está neste momento na SAD do Sporting com a decisão de uma providência cautelar que anula a assembleia geral destitutiva de 23 de Junho. Isto é o mesmo que dizer que Bruno de Carvalho e o restante conselho de administração da SAD e o conselho directivo do clube estão novamente em funções. 

Neste momento não se sabem muitos mais pormenores, mas perante o que se sabe gostaria de fazer um apelo a todas as partes: Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, restantes membros do CD, comissão de gestão, mesa da assembleia geral e comissão de fiscalização: Sentem-se à mesma mesa e de uma vez por todas parem com todos os processos de suspensão, parem com todas as providências cautelares, parem com todos os processos em tribunal e façam a coisa que mais beneficia os superiores interesses do Sporting. Cancelem tudo isso e permitam a Bruno de Carvalho e Carlos Vieira juntarem-se ao 7 candidatos oficializados pela MAG. 

Deixem os sócios decidir livremente de entre todas as candidaturas. Deixem os sócios falar. Só assim teremos paz no nosso clube. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)