segunda-feira, 2 de abril de 2018

Título por um canudo e o resto da época


Quero deixar aqui algumas ideias sobre aquilo que tem sido a época do Sporting e o que ainda resta jogar. 

Título praticamente impossível


A derrota do Sporting no Municipal de Braga torna praticamente impossível concretizar o principal objectivo da época: a conquista do título nacional. E uso aqui o "praticamente", porque o Porto pode não ganhar em Belém. Se o Porto vencer, o Sporting estará completamente fora da luta pelo 1º lugar. Não vencendo, restará uma ínfima ponta de esperança. 

A época do Sporting


Por muito que isso possa fazer confusão a muita gente, este Sporting entrou para esta jornada a fazer o melhor campeonato da sua história em termos pontuais (18 equipas e vitórias a 3 pontos). Números que igualam o registo de pontos de 2015/2016, também com Jorge Jesus. Dá que pensar, não dá?

Aqui o principal problema está no número absolutamente anormal de pontos conquistados pelos rivais. Não tenho grandes dúvidas que todos os recordes serão batidos esta época. 

Logo no início da época conseguimos a qualificação para a Champions League através do play-off. Na fase de grupos esta equipa soube honrar o clube, lutando pela qualificação até ao último jogo. Isto num grupo com colossos como a Juventus e o Barcelona. . 

A questão do ranking é fundamental para o Sporting recuperar o seu prestigio europeu e conseguir ter adversários mais acessíveis. Recordo que ainda estamos a ser fortemente penalizados com o facto de em 2013/2014 termos ficado de fora das competições europeias, depois do sétimo lugar dos tempos de Godinho Lopes. Na próxima época, já não teremos esse problema, uma vez que a época 13/14 deixará de entrar nas contas. 

Passamos para a Liga Europa e estamos neste momento nos quartos de final contra o principal favorito à conquista do troféu. Obviamente, não somos favoritos e será uma eliminatória muito complicada, mas não há derrotados à partida. No passado, com um plantel/treinador muitíssimo inferior ao actual conseguimos eliminar o Manchester City. Temos plantel mais do que suficiente para discutir a eliminatória com os espanhóis e o nosso pensamento só pode estar na qualificação. 

Na Taça de Portugal estamos na meia-final com o Porto e temos o jogo de Alvalade para dar a volta à eliminatória. Não sendo o título mais apetecido, conseguimos conquistar pela primeira vez a Taça da Liga. 

Os complexos habituais


São muitos anos sem conquistas no campeonato nacional. Por muito que isso nos custe é preciso colocar sempre esta questão em perspectiva. Nos últimos 43 anos o Sporting venceu apenas 4 campeonatos. Tantos quanto o Benfica nos últimos 4 anos. Esta é a realidade e os Sportinguistas não podem fugir dela. Para recuperarmos o título precisamos de estabilidade directiva, técnica, plantel, sócios, etc. Estes são factores que dependem do clube e dos seus adeptos. Quanto aos factores "extra", resta-nos lutar por um futebol mais limpo e transparente, até porque o "fazer igual aos outros" não é opção.

Nestes 43 anos tivemos 54 treinadores. Presidentes foram eleitos 11 (sem contar com os interinos). Em termos de jogadores é uma contabilidade que nem sequer me apetece fazer. Os números devem ser avassaladores. 

Tenho visto o já habitual reboliço entre os adeptos leoninos sempre que ocorre um desaire. O presidente não presta, o treinador não presta, os jogadores não prestam e por ai fora. Claro que a falta do título nacional complexa os Sportinguistas que desesperam pela sua conquista, mas isso não nos pode retirar o discernimento para percebermos o que ainda falta jogar esta época. 

Olho para o Benfica e vejo um clube atolado em esterco até ao pescoço, mas com os seus adeptos unidos à equipa na tentativa de conquistarem o campeonato. Para isso acontecer, parece-me que terão de vencer o clássico da Luz com o Porto e o derby de Alvalade, algo que não será propriamente fácil.

Isto depois de terem sido humilhados na Europa, sendo a única equipa a participar nas fases de grupos da Champions e Liga Europa que não somou qualquer ponto. Isto depois de terem sido eliminados da Taça de Portugal e de nem sequer terem conseguido passar a fase de grupos da Taça da Liga. 

Isto deveria fazer pensar os Sportinguistas. O futuro desta época ainda está nas nossas mãos e nós temos de fazer a nossa parte. 

Jorge Jesus deve continuar?



Como seria de esperar, os jornais correm em busca de sangue, colocando o "futuro de Jesus em equação". Durante o seu mandato, Bruno de Carvalho tem mantido uma postura de dar todas as condições aos seus treinadores até ao final da época. Se foi assim com Marco Silva, não vejo porque razão não fará o mesmo com Jorge Jesus. Parece-me um princípio muito importante e que deve ser mantido. É no final das épocas que as avaliações devem ser feitas. 

E aqui entronca a ideia que lancei no ponto anterior. Nesta fase temos de estar todos unidos em torno da equipa e do nosso treinador. Nas próximas duas semanas jogamos o futuro do clube na Taça de Portugal e na Liga Europa. Quer numa, quer noutra prova, jogamos contra os principais obstáculos para as conquistarmos. Vencendo o Porto, ninguém espera que o Sporting perca a final para o Aves ou o Caldas. Na Liga Europa, passando o Atlético temos todas as condições para vencermos o troféu. 

Posto isto, custa-me ver Sportinguistas a alimentarem este clima de especulação em torno do futuro do treinador e desde ou daquele jogador. Eu não vou alimentar esta situação e apelo para os Sportinguistas fazerem o mesmo. Nos próximos 15 dias jogamos o nosso futuro na Liga Europa e na Taça de Portugal. Vamos encher Alvalade e apoiar a nossa equipa durante os 90 minutos (ou 120). Vamos todos fazer a nossa parte enquanto Sportinguistas. Depois, no final da época cá estaremos todos para analisar a prestação do Presidente, do treinador, dos jogadores e até dos roupeiros se for preciso. 

Para já, foco total no Atlético de Madrid. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aqui)

29 comentários:

  1. Concordo plenamente com o seu post, aliás ainda há muito para ganhar.

    ResponderEliminar
  2. a maioria dos pseudo-sportinguistas e arrastando alguns sportinguistas na "enxurrada", continua a "comer" tudo o que a cartilha vermelha lhes póe á frente...
    este "ataque" a JJ, 9e depois detodos os records batidos por ele), só acontece porque, com ele no comando da Nossa equipa, eles teem de "gastar" muitos mais vouchers, malas e "convites" para se manterem á nossa frente...
    só náo vé isto quem náo quer, ou está de má fé contra JJ e contra o Nosso Presidente...

    Fernando Silva

    ResponderEliminar
  3. Vamos então por as coisas em perspectiva: o jogador mais caro da história do futebol português, com um plantel escolhido por ele, está neste momento a lutar pelo terceiro lugar com um futebol que mete medo ao susto. E só não está ainda mais afastado devido às vacas daqueles golos aos noventa e tais. Não ganhou um único jogo aos primeiros da tabela classificativa e perdeu com ´ultimo quando ia em primeiro. Tudo o resto são desculpas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino que querias dizer "treinador mais caro da história" e não "jogador". Isso tudo é verdade e é o que diz a propaganda vermelha. É um facto indesmentível, sim senhor. O problema é que apensar de termos o maior orçamento de sempre, de €60M, os nossos rivais têm um orçamento ainda maior e têm ajudas da CS, árbitros, etc...

      É complicado conseguir competir contra tudo ao mesmo tempo. Eu acredito que se queremos vencer o campeonato, temos que, no mínimo, manter este orçamento ou mesmo aumentá-lo.

      Eliminar
  4. Comme d'Habitude... Mister no topo da blogosfera...

    Clap...!!! Clap...!!! Clap...!!!

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
  5. é isso ,mister ,dá muita tristeza !
    todos os anos o mesmo!
    dão cabo de nós !
    ganhamos ao porto ?

    ResponderEliminar
  6. Não me lembro na história do Sporting de um presidente que tenha unido tanto os nossos adversários, de tal forma que eles nem se lembram do fracasso que está a ser a época deles! Chegou ao ponto de conseguir fazer com os adeptos do Braguilnha achem que estão ao nível do Sporting. Se queremos ser vencedores é melhor rever certas coisas!

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que JJ devia ficar até ao fim do seu contrato. E digo isto, ainda antes do campeonato acabar, mesmo que a equipa não ganhe mais nada e acabe em 4º lugar. Aceito que neste último cenário BdC e JJ possam decidir rescindir ou ainda se algum clube se chegar à frente e pagar algo por JJ. Mas só se for para vir um treinador DE JEITO e não um Marco Silva qualquer ou um Carvalhal (que me desculpem estes 2 mas não têm qualidade suficiente para o SCP).

    ResponderEliminar
  8. nem dá para dizer nada !
    grande tristeza !
    se ganharmos ao porto ,volta a alegria .

    ResponderEliminar
  9. O que me "enerva" mais é a falta de qualidade do jogo.
    Recorda-me os tempos do Peseiro, em que tínhamos exibições de topo, com um estilo de jogo baseado na circulação de bola e futebol bonito. E depois a desgraça total, total apatia.

    É isto que temos actualmente: ora temos um jogo, supostamente difícil, em que a equipa joga bem e depois temos outros em que damos a 1ª parte, ou o jogo durante os 90' é sofrível (como por exemplo o jogo contra o Plzen).

    Consigo aceitar que há jogos difíceis, ou que a táctica do adversário consiga anular certos movimentos nossos, ou a qualidade dos jogadores adversários seja mais elevada.
    Agora acontecer isto com o Tondela em casa? Com o Plzen fora? - com todo o respeito que os clubes merecem, mas aqui refiro-me ao nível de exigência e, principalmente, investimento.

    Até final da época é tempo de apoiar, como sempre, e as análises devastadoras que a CS (que tanto sangue adora) publica é para fazer burburinho.
    Contudo tem de haver sempre exigência e, como disse o presidente, honrar a camisola!

    Talvez se os outros rivais não estivessem com tantas vitórias pudesse ser diferente.
    Mas a exigência é sempre para vencer, não pode ser ir a reboque do que os outros fazem.

    Para o investimento feito e com o que ainda falta jogar.....vamos ver!

    ResponderEliminar
  10. Isto tudo sem treinador. O que seria se em vez deste embuste tivessemos um treinador a sério. O número de lesionados e faltas de boas opções que andam para aí ao rodar (Chico Geraldes e Matheus) em deterimento de Brubos Césares e Bryan Ruizes que nada acrescentam entre outras opções completamente absurdas, gestão do plantel perfeitamnete anormal... Enfim nem parece dum gajo com 40 anos de experiência. Mau demais para ser verdade. Mas o que me espanta é a cegueira colectiva sobre o pior acto de gestão de sempre desta direcção. 8 milhões por ano e o maior investimento de sempre nonplantel. Repito. Prna não termos um treinador. Não merecemos isto. Embora alguns mereçam.

    ResponderEliminar
  11. Para mim o JJ tem de sair... Dependendo se há indemnização ou não.. se temos que pagar mais vale ficar. Não ganhou nada e teve um investimento brutal, como nunca ninguém teve na história do clube. Gosto do plantel mas a verdade é que o JJ não está a justificar o investimento

    ResponderEliminar
  12. Deixemos as dores do nosso coração verde e sejamos mais realistas ou pragmáticos. Até ao dia de hoje,e já lá vão 3 anos,por muito que se queira dourar a coisa, JJ ainda não justificou o investimento que nele e nos seus colaboradores foram feitos. Temos um jogador que custou milhões, e ainda só jogou 3 ou 4 minutos. e, este, é só um de muitos exemplos. Julgo que chegou a altura de uma profunda reflexão afim de se encontrarem os caminhos que nos levem à meta que todos almejamos.


    ,

    ResponderEliminar
  13. JJ apareceu em Alvalade para BdC dar uma bicada ao benfica , não numa lógica de treinador ganhador coisa que não o é como todos sabem , sem o efeito colinho das arbitragens que tinha no esterco de Carnide JJ revelou-se na sua essência , um treinador banal e uma maquina de aumento de passivo sem sentido prático nos critérios de escolha e avaliação técnica de jogadores que sejam reais mais valias para a equipa . Contratações de Inverno falam por si , para quê um R Ribeiro de 30 anos quando tinha no clube um R Leão de 19? Apenas este como exemplo , já nem falo naqueles que ainda mal calçaram as sapatilhas para meia dúzia de minutos em jogo . Liga Europa é uma utopia EXIGE-SE a esta equipa despachar o FCP na meia final da taça de Portugal e conquista-la e esperar que benfica perca em casa com o FCP para que possamos atacar o segundo lugar e ter acesso a pré eliminatória da champions .

    ResponderEliminar
  14. A minha opinião é que não estando satisfeito com a qualidade do futebol praticado nem sequer com a construção deficitária da equipa (gastamos muito dinheiro mas só temos 1 ponta de lança), não me passa pela cabeça o cenário da saída do Jorge Jesus. O nosso treinador é o que é, mas é sobretudo uma peça fundamental para ganharmos o campeonato num dos próximos anos. Por mim, não só não sai como o contrato devia ser prolongado mais 1 ou 2 anos. O Jesus é o nosso único elo de ligação forte com os bastidores do futebol. A saída dele do Sporting será um enorme alívio para os nossos rivais. E duvido que ele se mantenha no Sporting sem ser no cargo de treinador.
    Imaginemos que ficamos em 4º lugar mas que ganhamos a Taça de Portugal, a Taça da Liga e ainda temos acesso à próxima Supertaça. É ou não é uma boa época comparada com as últimas 16 ou 17 temporadas?
    Para mim, o único jogo-chave que resta é o Sporting-FCPorto para a Taça de Portugal e depois uma final teoricamente mais fácil.

    ResponderEliminar
  15. Vocês têm que ver que o JJ só foi ganhador com colinho ! Sem colinho Bola ! O Mestrado dele foi tirado há muitos anos e não serve nem as realidades actuais do capeonato. JJ só serviria se o Sporting , pagasse férias e fruta aos arbitros . Distribuisse empregos aos filhos, amantes e sobrinhos , o que tb não faz . Pagasse viagens a Europa a Deputados, Jornalistas, inspectores da Judite e Juizes . Enfim o Sporting meteu o dinheiro todo no treinador e esqueceu-se de dar umas esmolas aos corruptos de portugal ! Assim o JJ não presta ! É preferivel fazer o Benfica. Arranja um treinador Pau mandado e barato de oferece camisolas, vauchers e bilhetes para tirarem umas fotos com a estatua do Eusebio !

    ResponderEliminar
  16. Completamente de acordo (até na porcaria da referência à união do carnidense...). Escrevi isto algures ontem e volto a repeti-lo aqui. Prefiro DEZ vezes BdC como presidente (com todos os seus defeitos e erros cometidos...) do que os burocratas da geração Roquette (nomes como Bettencourt, Soares Franco, Dias da Cunha) ou um invertebrado como Godinho Lopes (preferem voltar a estes tempos?). E se calhar (e aqui desafio o Mister do Café a publicar os nomes dos presidentes com os repectivos treinadores desde o principio do século), treinadores como o Domingos, o Carvalhal, o Vercauteten, o Paulo Sérgio ou o Sá é que dão prestígio e trazem bom futebol e títulos de volta ao Sporting.
    Creio que a "aversão" de alguns Sportinguistas a BdC e JJ lhes faz ficar amnésios.
    Sporting Sempre Gratuitamente e Incondicionalmente.
    A todos Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  17. Os resultados não são maus, mas eu pessoalmente acho que os resultados são nestas avaliações desportivas o último fator a ter em conta e não o primeiro. No futebol como sabemos existe muita coisa "paralela" que influencia resultados. O próprio é dado a que vários imponderáveis possam influenciar o resultado dado o número reduzido de golos num jogo (mesmo com toda a corrupção há dois anos só por 2 cm mais ao lado em Guimarães e em Alvalade com o SLB não conseguimos os resultados necessários). O que é preciso sobretudo é avaliar a qualidade de jogo e se conseguimos ou não manter-nos na luta até ao final pelos objectivos. Estes últimos 2 anos a qualidade de jogo tem sido sofrível e é isso que leva a tanta contestação. Tivéssemos a qualidade de jogo do primeiro ano sempre e zero títulos ( o que seria difícil a jogar com qualidade mas podia perfeitamente acontecer na terra da corrupção e só podendo ganhar um) e ninguém quereria correr com o JJ. Eu quero é recuperar a excitação do Sporting ir jogar e a alegria de ver os jogos por saber que a equipa vai dar gosto a ver jogar. Infelizmente este ano a maioria dos jogos são mais um suplício que um prazer.

    ResponderEliminar
  18. Concordo plenamente. O Sportingi este ano perdeu o campeonato com o Estoril e não consegue ter uma vitória convincente. Temos obrigação de ganhar ao Porto e de impedir que os lampiões ganhem o penta. Não acredito na Liga Europa a jogar desta maneira...

    ResponderEliminar
  19. O JJ é para continuar, e nem sequer é até ao final da época, ou da próxima, mas por muitos e bons anos.
    O carnide irá perder todos os títulos conquistados, pelo que andar a comparar o que ganharam nos últimos 4 anos nem faz sentido, até porque possivelmente iremos receber dois títulos de campeão.
    Temos é de fazer um apanhado a quantos cartões vermelhos já vimos esta época, e comparar com os jogos europeus, e depois comparar com os dois corruptos.... depois digam-me se andamos a jogar o mesmo campeonato.

    ResponderEliminar
  20. Amigo, o certo é que temos olhos na cara. Não sei, não percebo se é um treinador esgotado, se é um 'plantel' esgotado , um fio de jogo esgotado, um presidente que se faz esgotar. Vejo o Sporting sempre com convicção ... num golpe de sorte porque não me galvaniza

    ResponderEliminar
  21. Precisamos de REMATAR À BALIZA!!! Esse é a pricipal causa de não marcarmos muito mais golos! Tem que acabar o "pinball" à entrada e dentro da grande area! É necessário treinar/fazer remates à baliza em jogo corrido! Gostava de saber quantos toques o Sporting já deu dentgro da grande area, não digo sequer desde o início da época, mas nos últimos 2 meses comparando com o numero de golos marcados no mesmo período... é de loucos. Precisamos de um futebol um bocado mais direto em termos de concretização! Para mim a outra falha era a marcação à zona, que, pelo menos nos últimos 2 jogos, parece que acabou e passámos a pressionar o jogador com a bola, que já resultou numa grande melhoria no estilo de jogo, só falta mesmo... REMATAR À BALIZA! Quanto ao último jogo, é o normal para os nossos lados... o central deles(não sei o nome dele) devia ter sido expulso com cartão vermelho direto... quanto ao amarelo do Piccini... é o normal contra o Sporting...

    ResponderEliminar
  22. Para nos Sportinguista é fácil encher o estadio até os últimos jogos, mesmo sem ganhar nada, esses 43 anos prova isso tb, difícil é entender pq o JJ nunca defendeu e nem protegeu o Sporting e só a ele mesmo??? Só fala do passado, e no presente só tem 2 títulos de pouca relevância no nosso Sporting, sem duvida tem o melhor plantel, é o mais bem pago...
    Quero ver ele sair que nem o seu antecessor ganhando no minimo um troféu... se vier dois melhor ainda, mas ele tem de sair, e o BdC que procure um Treinador que conheça o ADN do Sporting e que saiba conciliar as mais valias que temos no Plantel e as nossas joias da Academia, que são muitos... apesar de pouco marketing
    Um treinador que tiver a ousadia de Ver isso...
    Rui Patricio (C)
    Lumor Agbenyenu - Domingos Duarte - Tiago Djaló (C) - Thierry Correia
    Raphinha - Wendel - B. Fernandes (C) - Gelson Martins(60M) ou Matheus Pereira
    R. Leão - D. Podence
    ISSO É ADN DO SPORTING...

    ResponderEliminar
  23. É isso mesmo Mister. É nos momentos difíceis que temos de nos unir e valer aos nossos!

    ResponderEliminar
  24. Calma:
    Se ganharmos os restantes jogos.
    Se o FCPorto ganhar os restantes jogos, seremos segundos.
    O FCP vai ao Maritimo e a Guimarães, se perder seremos CAMPEÕES !
    Fé em Deus e em Jesus!

    ResponderEliminar
  25. Seja como for e seja para o que for, temos de ganhar os restantes jogos.
    Viva o Sporting!!!!!

    ResponderEliminar
  26. Temos de investir mais para a próxima época. Esta época fomos a equipa que mais investiu e que provavelmente teve o melhor plantel mas o Porto teve o melhor 11. Tirando o Rui Patrício, o Gelson e o Bruno Fernandes, consigo encontrar nos principais rivais jogadores que ao longo da época tiveram um desempenho melhor. O JJ também não está isento de responsabilidades pois a meu ver não soube potencializar e gerir o plantel da melhor forma.
    Também acho que estamos mt dependentes do Bas Dost. Na próxima época gostava de ver a equipa a jogar de outra forma e com um novo sistema de jogo. Com 2 avançados e um ataque mais dinâmico à semelhança da primeira época com Jesus. Nem que para isso tenhamos de vender o holandês.

    Agora é ganhar a Taça e assegurar o 2º lugar para que esta época não fique mt aquém das expectativas.

    ResponderEliminar