segunda-feira, 9 de abril de 2018

O momento do Sporting


O Sporting vive nos últimos dias uma fase complicada da sua história. Como disse no passado sábado, só iria comentar o assunto quando tivesse dados concretos e comunicações oficiais para o fazer de forma informada. Os Sportinguistas decidiram especular, tomar partidos e entrar nesta espécie de guerra civil sem conhecerem os factos. Agora que as coisas começam a ficar mais claras, darei a minha opinião. 

Peço a todos os Sportinguistas para analisarem calmamente tudo o que aconteceu e para decidirem em conformidade. Neste post serão analisadas informações oficiais e movimentações publicas dos intervenientes. O diz que disse, não entrará aqui. 

As declarações de Bruno de Carvalho após o jogo de Madrid


Soubemos pela imprensa que o presidente leonino não esteve com a equipa em Madrid devido ao nascimento iminente da sua filha. Não estando presente para dizer à equipa o que achou da sua prestação, resolveu utilizar o facebook para fazer alguns comentários em relação ao jogo e à exibição de alguns jogadores.


A mensagem passada no texto é completamente difusa. Bruno de Carvalho fala de erros individuais, questões técnicas e até de arbitragem. Mais parecia uma crónica ao jogo de um qualquer adepto do que uma mensagem presidencial. É a velha questão da forma vs conteúdo, que mais uma vez, tem de ser analisada, até porque foi com este post que a "crise" começou.

O conteúdo da mensagem 


No vídeo seguinte estão as declarações de Bruno de Carvalho sobre os jogadores do Sporting e os respectivos lances, para memória futura.


Parece-me evidente que tudo o que Bruno de Carvalho escreveu sobre os jogadores estará de acordo com 99% daquilo que os Sportinguistas disseram enquanto assistiam ao jogo. Os capas e as análises do dia seguinte mostravam que a imprensa tinha visto o mesmo jogo que Bruno de Carvalho.


A imprensa espanhol  foi ainda mais dura com a exibição e os jogadores do Sporting. Vejam o que escreveu o jornal AS.


Este é o primeiro parágrafo da crónica de jogo escrita por Patricia Cazón no jornal espanhol AS.

Portanto, em relação ao conteúdo do post de BdC podemos considerá-lo como sendo justo e factual para o desempenho dos jogadores visados. Nem os próprios jogadores se podem sentir injustiçados.

A forma


Considero que as redes sociais são uma boa ferramenta de trabalho para um presidente, desde que usadas com bom senso. O problema é que Bruno de Carvalho já provou não ter esse bom senso. São inúmeras as trapalhadas no facebook ao longo do seu mandato. Do Facebook presidencial com milhares de gostos passou a comunicar pelo seu facebook pessoal, onde mistura questões pessoais com questões do Sporting. Por lá faz comunicados, ataca rivais, fala da vida interna do clube, faz posts sobre a sua vida pessoal, etc. Esta utilização abusiva tem-se tornado na principal fragilidade para o Presidente. Bruno de Carvalho tem de perceber que não pode falar sobre tudo nem responder a qualquer badameco. São tantos os posts que até se torna difícil controlar tudo o que escreve.

Este mês vamos com 9 dias e Bruno de Carvalho já publicou 15 posts. Aqui ficam os temas:
- Braga (1)
- Jorge Jesus(1)
- Pedro Proença (1)
- Nomeação Sergei Karasev (1)
- Cristiano Ronaldo (2)
- Miguel Sousa Tavares (1)
- Vida pessoal (1)
- Rui Santos (1)
- Caso com jogadores (6)

Em 15 posts há 4 que são realmente relevantes e que mostram a forma positiva como o Facebook pode ser utilizado. A explicação dos pagamentos ao Braga; a nomeação de Sergei Karasev; um post sobre o comportamento de Pedro Proença relativamente aos vouchers e emails; um post onde desmontou as notícias em torno da saída de Jorge Jesus com apenas uma frase: "O mundo a comemorar a Ressureição de Jesus e os jornais a quererem matá-lo..."

Estes são exemplos perfeitos da utilidade do Facebook do Presidente. O problema são os outros 9 posts.

Compreendo e concordo com a cultura de exigência máxima que o Presidente quer instalar no clube, mas isso não pode ser feito na praça pública como foi feito. E passo a explicar porque é que acho que não pode:

Bruno de Carvalho ou qualquer outro presidente de clube tem toda a legitimidade para criticar todos os funcionários do clube, mas nunca pode esquecer que a forma como o faz tem implicações de variada ordem, como estamos agora a assistir. Quando Bruno de Carvalho presta declarações ou escreve um post tem de perceber que está a fazê-lo para milhões de pessoas com sensibilidades variadas. Razão pela qual tem de ser muito mais ponderado, nunca cedendo a extremismos. Também nunca se pode esquecer que tudo o que disser será usado contra si pela imprensa. É isto que acontece recorrentemente. Ainda na semana passada o presidente foi provocado pelo director do Jornal Ojogo na conferencia sobre violência no desporto no parlamento, sendo que a notícia foi: "Bruno faz birra". Toda essa situação está explicada (aqui).

São estes dois vectores que em minha opinião Bruno de Carvalho tem de ter em conta quando faz uma qualquer comunicação.

A chamada para a CMTV



Se já tinha gostado pouco do post, fiquei boquiaberto quando vi Bruno de Carvalho a ligar para a CMTV nessa mesma noite. Estamos só a falar de um canal/jornal que numa base diária achincalha o Sporting, o seu presidente, os seus jogadores, treinadores, atletas e adeptos. Isto depois de Bruno de Carvalho ter pedido aos Sportinguistas para deixarem de ver/ler o Correio da Manhã. Absolutamente surreal. 

Custa-me muito mais ver o Presidente a ligar para a CMTV do que ter feito o post que fez. É incompreensível ter ligado para a CMTV.

O comunicado dos jogadores


No dia seguinte, os jogadores entenderam por bem fazer um comunicado conjunto sobre o post de Bruno de Carvalho.



O vómito subiu-me à boca logo na primeira frase com um "somos Sporting Clube de Portugal". Capitães do Sporting a copiarem o "Somos Porto"!? Só faltava terem acabado o comunicado com um "carrega Sporting". É um pequeno pormenor que mostra a falta de identificação com o clube. Uma pergunta, já viram algum jogador do futebol do Sporting a acompanhar um jogo no Pavilhão João Rocha?

O resto do comunicado é uma série de frases da treta, próprias de jogadores da bola, onde só faltou o "vamos levantar a cabeça" da praxe. O que é de facto relevante está salientado a marcador amarelo. Nesse paragrafo os jogadores mostram desagrado pelas declarações do presidente que é como quem diz "daquele que deveria ser o nosso líder". Ora, se deveria ser, é porque não é, certo? Esta frase é a mais relevante de todo o texto e não pode ser escrita. 

Quantas vezes já vimos um treinador a "rasgar" este ou aquele jogador? Quantas vezes vimos Jorge Jesus a atacar um determinado jogador? Ainda na situação do cartão amarelo do Gelson que o impediu de jogar no Dragão, não vimos todos a forma como Jorge Jesus falou sobre o assunto? Viram o grupo a sair em defesa do jogador? O que diríamos se os jogadores viessem a terreiro criticar Jorge Jesus como sendo alguém que "deveria ser o nosso líder"? 

Com este comunicado os jogadores do Sporting colocaram em causa a liderança de Bruno de Carvalho. E isso é muito grave. Acredito que a maior parte dos leitores terá um líder a quem prestar contas. Seriam capazes de questionar a capacidade de liderança do vosso chefe de forma pública? Julgo que ninguém duvidará que na maior parte dos casos o despedimento seria consumado rapidamente. Como estamos a falar de uma equipa de futebol e de atletas com contratos milionários, tal não pode acontecer. Os jogadores usaram a sua força para entrarem num jogo "político" contra o presidente do clube. Isto é inaceitável. 

Já disse em cima de forma cabal que não concordo com o post de Bruno de Carvalho, mas isso não dá aos jogadores o direito de dizerem o que lhes apetece sobre o presidente eleito pelos Sportinguistas. Independentemente de terem razão ou não, estão a faltar ao respeito ao líder do Sporting Clube de Portugal. E meus amigos, desenganem-se se pensam que vocês é que são o clube. E o mesmo serve para presidentes, dirigentes e treinadores. O clube são os seus sócios e adeptos. Nós é que somos a força do clube. 

Há uma coisa que é também relevante salientar: jogadores e treinadores estão hoje no Sporting e amanhã podem estar no Benfica, no Porto ou no Cucujães. Já Bruno de Carvalho, está onde quer estar e nunca estará em mais clube nenhum. Isso também nos deveria dar outra perspectiva sobre o assunto.

"Zero ídolos"


Em termos pessoais nunca acolhi o movimento do "zero ídolos", por considerar que ainda existiam alguns jogadores com amor, dedicação e sobretudo, respeito absoluto ao clube e à vontade dos sócios. Um desses jogadores era Rui Patrício. O guardião do Sporting passou por momentos muito mais conturbados do que este e nunca abriu a boca para se meter no que quer que fosse. Falo de salários em atraso, pancadaria no balneário entre Sá Pinto e Liedson, saída de Costinha, e por ai fora. 

Sinceramente, não tenho o mínimo de interesse em saber que é que foi o autor desta "rebelião". Só me interessa analisar quem assinou o documento. Ao fazê-lo, Rui Patrício perdeu a aura de intocável que tinha para mim. Reconheço agora que os defensores do "zero ídolos" estão certos. Amor incondicional ao Sporting e o resto é palha. Esta é uma lição que fica para a vida. 

"Quem não se sente, não é filho de boa gente"


Vejo muita gente a usar o "Quem não se sente, não é filho de boa gente" para defender a resposta dos jogadores ao post de Bruno de Carvalho. Esquecem-se é que existe outro provérbio muito bonito que é o "quem diz a verdade não merece castigo". Foi o que Bruno de Carvalho fez.

Por Bruno de Carvalho ter cometido um erro, os jogadores não precisavam de copiar esse erro. Ao fazerem este comunicado publico os jogadores abriram uma crise no Sporting. Se não o tivessem feito o tema já teria morrido. Aqui a notícia não é um presidente criticar os jogadores, mas sim os jogadores criticarem o Presidente. É quase uma versão refinada do "homem que mordeu o cão". 

Bruno de Carvalho responde


A forma como o comunicado dos jogadores foi feito dava para prever que Bruno de Carvalho iria responder e que a resposta não seria bonita. Como é lógico, os jogadores sabiam disso e mesmo assim fizeram-no.




Este post é mais um exemplo de tudo aquilo para o qual o facebook não serve. Enquanto sócio do Sporting esperaria um processo disciplinar a todos os jogadores que assinaram o comunicado. Agora, o que não esperava era que o anúncio desse processo disciplinar fosse feito através do Facebook pessoal do presidente e numa publicação onde só os amigos conseguiam ter acesso. 

A parte da suspensão é completamente desajustada. Isso iria condicionar o normal funcionamento de todas as equipas do Sporting e até os objectivos da época. Também não me parece que continuar a alimentar considerações sobre os jogadores fosse algo interessante. 

Bruno de Carvalho teve aqui uma aberta para matar o caso. Bastaria para isso uma comunicação dentro disto: "registo as vossas preocupações e aguardo serenamente para ver toda essa atitude, compromisso, concentração e qualidade nos restantes jogos da época". Algo deste género mataria por completo o assunto e seria uma chapada de luva branca. 

Mas essa não seria uma resposta à moda de Bruno de Carvalho. Por isso, tomem lá uma suspensão e um processo disciplinar. Estava-se a adivinhar.

O terceiro post


Cliquem para aumentar
Antes do jogo com o Paços de Ferreira, Bruno de Carvalho publica um longo comunicado com a sua versão dos acontecimentos. Em tudo isto, quero destacar o primeiro parágrafo que é de extrema relevância. Diz Bruno de Carvalho na 6a feira de manhã ficou marcada uma reunião entre jogadores, treinador e presidente para depois do jogo com o Paços de Ferreira. Uma reunião que foi pedida pelos jogadores. 

Ora, se estava já marcada uma reunião entre todos para depois do jogo com o Paços de Ferreira, porque é que os jogadores ao final da tarde de sexta-feira decidiram avançar com o comunicado? Esta é uma pergunta que ninguém parece querer fazer, mas que é de extrema relevância para este caso.

Para fechar


Tem sido difícil acompanhar tantos desenvolvimentos. Este post é a análise até ao início da partida com o Paços de Ferreira. Entretanto há declarações do PMAG e de Bruno de Carvalho já durante a manhã de hoje, que anunciou a saída do Facebook. Mais tarde farei nova análise a começar pelo final do jogo com o Paços de Ferreira.


Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aqui)

76 comentários:

  1. Mister,

    Lamento, o problema nasceu com BdC e já não há volta a dar, chegou ao ponto sem retorno. Ele é o presidente do Sporting, não é o adepto da central a mandar bocas. A defesa INCONDICIONAL pública do grupo de trabalho é a função dele. Isso é defender o Sporting, por muitos sapos que tenha de engolir. No Sporting, da direcção ao roupeiro, TODOS ganham, TODOS perdem. Isto é o mais básico, o mais essencial da gestão de um clube, defender publicamenteé que é nosso, resolver lá dentro o que for para resolver.
    É indefensável toda a postura de BdC. Os jogadores só têm de treinar e jogar no máximo, se não o fazem, é lá dentro que se resolve.
    Não pode haver um presidente que ache que é do interesse do clube virar os adeptos contra a sua própria equipa. É inconcebível. E BdC não o percebo, não quer perceber e ninguém pode fazer nada.

    ResponderEliminar
  2. Cada um pinta a manta como quer. Exemplo disso poderia ser o comentário do Ás caso o resultado tivesse sido outro "Equipa do sporting começou a ganhar o jogo ainda antes de entrar em campo uma equipa descontraida e a desfrutar do momento, do outro lado uns robots apenas programados para fazer o definido e incapazes de reagir perante o inesperado".

    Perante isto e como não podemos concordar sempre:
    - Falam muito no exemplo de uma empresa normal isto acabaria em despedimento, eu diria mais acabaria em demissão, se um chefe meu viesse a publico dizer o que o BdC disse e não tivesse coragem de o enfrentar eu despedia-me na hora, coisa que os jogadores não podem fazer, logo aqui há diferenças
    - O comunicado dos jogadores apenas surgiu depois do BdC se ter recusado a falar com eles no próprio dia e perante a falta de coragem deste acho justificável o ato
    - Então o post de domingo é inacreditável.... qual o objetivo daquilo depois do que se passou no sábado, apenas vejo um objetivo, colocar os sócios contra os jogadores e fazer deles os bodes expiatórios de mais uma epóca sem ganahr o título e passar pelos pingos da chuva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parabéns pelo comentário, concordo a 100%. Acaba sempre tudo por ser uma questão de respectiva. Já o exemplo de uma empresa não pode ser usado, porque tirando as cotações em bolsa em nada um clube se assemelha a uma empresa. Como disse JJ um clube são os seus activos e a massa associativa, o resto é complemento, e por muito que isso entristeça Bruno de Carvalho ele é um complemento. Gosto da expressão de "os jogadores vão e vêm" no entanto os presidentes também. Há jogadores no plantel do SCP com mais do dobro de anos de SCP que o Bruno de Carvalho. Esta foi a primeira vez que me encontro neste blog e que não consigo concordar com a maioria do post. Querendo ou não Rui Patrício é uma lenda do SCP, estatuto que BdC não tem e muito certamente não iria ter, e se há alguém que tem o direito a falar do que se passa lá dentro é ele (sempre com bom senso claro). Acima de tudo o Sporting, e nunca confundir Sporting com Bruno de Carvalho que é o que ultimamente se tem feito.

      Eliminar
    2. Oh Fábio curiosamente o Estádio chama-se José Alvalade e o Pavilhão João Rocha, dois jogadores ?!? Há não, eram presidentes...

      Eliminar
    3. Comentário sem qualquer relevância mas é incrível como já se compara o Bruno de Carvalho a José de Alvalade ( fundador do clube) e João Rocha (esse sim um mítico presidente).

      Acho inacreditável como se veja o BdC como a última Coca-cola do deserto, ou Bruno ou são todos croquetes, em 3,5 milhões de Sportinguistas só há um iluminado o resto é tudo burro e oportunistas. Eu também não quero lá a velha corja mas não quero acreditar que em 3,5 milhões não haja ninguém capaz para além do BdC.

      Votei no Bruno e neste momento se houver eleições ou AG não voto nele. Acho vergonhoso a campanha que ele montou para sacudir as culpas de mais uma época sem o tútlo e colocar os sócios contra os jogadores, não venham dizer que foi culpa deles, para eles o assunto morreu no sábado, foi o Bruno que domingo com um comunicado mais a conferência de impressa e depois na segunda com a história da foto ( que na minha opinião foi ele que enviou para a CS) que alimentou o problema e criou uma situação de rutura.

      Que pretendem fazer os iluminados que estão do lado do Bruno, despedir 30 jogadores e convencer mais 30 a virem para o Sporting?

      Eliminar
    4. Oh Binas o teu problema é iliteracia.
      Mas deixa estar, eu dou uma ajuda. O Fábio afirmou que importante nos clubes são os adeptos e os jogadores, que os presidentes são complemento. Eu apenas lhe lembrei que o estádio e o pavilhão têm nomes de presidentes (desculpa lá se referi os nomes, prometo que não repito) pelo que parece que ao contrário do que ele afirma, no Sporting os presidentes não são complementos.

      Incrível é tu não conseguires perceber uma frase com 2 linhas...

      Eliminar
  3. Mister,

    No ponto em que estão as coisas, até pode ser a completa verdade que os jogadores tramaram BdC juntamente com todos os inimigos mortais do mesmo, mas isto significa que o plantel não irá lutar por BdC e consequentemente não dará 100% nos jogos, mesmo que inconscientemente.

    A conclusâo é óbvia. BdC só pode tomar 2 caminhos:
    - demitir-se;
    - esperar pelo fim da época e vender todos os jogadores mais antigos do plantel que ele saiba que o tramaram. Mas esta hipótese é muito remota pois não acredito que os sócios tenham mais paciência para BdC (a começar comigo);

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ... e quem são esses jogadores??? O Rui Patrício é o mais antigo, depois vem o William com 5 anos após empréstimo aos belgas... e eu não duvido do sportinguismo de nenhum dos dois.

      Eliminar
    2. Gostaria que na próxima 5ª feira os profissionais de futebol do Clube, e pelas melhores razões, voltassem a dar a "volta olímpica" ao estádio. Caso contrário repetirão o "deslumbramento" do último jogo? Lá estarei para observar!!!

      Eliminar
  4. Mestre, obrigado pelos esclarecimentos e sobretudo pela lucidez!! Existe claramente um complot por parte da comunicação social para correr com BdC do futebol, pois ele é inconveniente para muitos, neste futebol de corrupção!! Será aceitável que estes jogadores que tão mal se portaram, tanto dentro de campo como fora dele e que práticamente ainda nada ganharam, que sejam eles a causa e o rastilho para correr com o nosso melhor presidente dos ultimos 30 anos?? Será isto aceitável?? Não será prematuro fazê-lo?? A pressa com que Jaime Marta Soares vem a público dizer que BdC já não tem condições (qual rato a tentar fugir do navio que se afunda...) é normal?? A quantidade de adeptos que ontem se apressou a denegrir ainda mais a imagem do presidente durante e após o jogo, com vocabulário e lenços brancos é aceitável?? Não haverá (no meu entender nunca deixou de existir) dentro do clube uma contestação silenciosa de taxistas que nunca deixou BdC trabalhar tranquilamente?? Basta ver os programas do CMTV dos ultimos dias...!!! E por ultimo, a volta triunfante daqueles ENORMES heróis que ontem venceram o PODEROSO Paços de Ferreira... só faltou alguns adeptos entrarem no relvado para os levarem em ombros... que espetáculo degradante, que falta de lucidez...começo agora a compreender melhor porque ganhámos TANTO nos ultimos 30 anos!!

    Obrigado, mais uma vez, pelo bom trabalho que aqui nos presta!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que há um complot para correr com BdC, acontece porém que BdC tem feito o jogo deles, põe-se a jeito, comunica mal.

      Repare em teterminados contextos, um presidente dar um bafo nos jogadores até pode ser pedagogico, mas da dorma que ele fez, mas pareceu uma peça jornalística... julgo mesmo que foi mais para dizer que tb sabe fazer uma leitura do jogo...
      Resumindo, BdC não tem sabido utilizar a melhor estratégia para a sua defesa...

      Eliminar
  5. Parabéns Mister !
    Mas um post cheio de bom senso.
    Ninguém fica bem na fotografia mas é inaceitável que os jogadores se possam se possam colocar acima do Presidente e da Direcção!
    Tal como é inaceitável que um PMAG possa vir "despedir" um presidente na radio.
    No meio de tudo isto o Presidente parece-me ser o que mais razão tem...ainda não o vi dizer ainda qualquer mentira.
    Embora seja de lamentar que possa ferver em tão pouca agua e não consiga separar o coração de adepto fervoroso da função que ser presidente exige.

    ResponderEliminar
  6. Comunicado:
    Uma vez que não tenho, nem quero ter acesso à página de um Sr. que se diz Presidente da Instituição Sporting Clube de Portugal, venho, por este meio, pedir a alguém que tenha acesso ao Facebook dele, que lhe passe esta singela mensagem: Sr. "Doutor", o Sr. só olha para o seu próprio umbigo, e insulta os familiares daqueles que, verdade seja dita, não o deveriam ter feito. Mas, uma vez que estamos a falar de insultos, as famílias dos visados, sentiram-se insultados por uma personagem que não tem dignidade nem personalidade para estar à frente da grande Instituição que é o Sporting Clube de Portugal. Já ninguém lhe reconhece capacidades psicológicas ou outras quaisquer para continuar à frente dos destinos da referida Instituição. Perante isto, peço-lhe encarecidamente que coloque o seu lugar à disposição. Não tenha medo daquilo que vai deixar de receber mensalmente, ou semanalmente, consoante os resultados da GRANDE equipe de futebol, essa sim, digna de ostentar ao peito o Símbolo do Clube que representam. Olhe para o futuro imediato do Sporting Clube de Portugal, e deixe-se uma vez mais de amuos e deixe de se fazer de vítima. O que fez ontem, após o apito final foi uma farsa bem orquestrada, com direito a foto no balneário, convenhamos, ridícula, para se fazer passar por coitadinho, coisa que o Sr. "Doutor" não é nem nunca será. Face a tudo isto, e muito mais haveria a falar, mas isso faria-me estar um dia inteiro a teclar, o que já não consigo, pois só de escrever estas linhas já me doem os dedos, e causam-me náuseas, mais uma vez lhe peço, demita-se. Deixe o lugar que ocupa para alguém que saiba dirigir eficazmente o destino da Instituição, e não delapidar os activos, que é coisa que o Sr. "Doutor" está a tentar fazer. Sem mais, agradeço solenemente a sua atenção a este post. Coisa que duvido o destinatário do mesmo vá fazer, pois não aceita críticas de ninguém. Coisas de Ditador, o que eu já deveria estar vacinado. Mas, como democrata que sou, tenho a vaga esperança que este texto chegue até si.

    ResponderEliminar
  7. O BdC esteve mal, mas os jogadores tinham de comer e calar, não há volta a dar. Uma vergonha o que eles fizeram, tanto na sexta, como no sábado, como no domingo.

    Todos contentinhos a dar voltas a alvalade. Por mim podem continuar, mas há primeira que tiveram um mau resultado vou assobiá-los até ficar rouca. Tarecos amestrados, meninos mimados. Agora façam comunicado. Mercenários.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isto. Os brunistas neste momento já chegam a desejar as derrotas do Sporting para se poderem vingar, para poderem vingar o imbecil que preside ao clube. Faz sentido que os apoiantes do líder queiram derrotas do Sporting já que a rota de BdC é de destruição.

      Eliminar
    2. JRamos,
      Se chamas "brunistas" a alguns, os mesmos podem te considerar "croquete". Quantos aos jogadores, já te esqueceste das vezes que foram praticamente obrigados tanto pelo JJ como BdC a irem cumprimentar os adeptos? Ou já te esqueceste dos miseráveis jogos que fizeram esta época, e não só, que nos custaram o campeonato quando estávamos na liderança?
      P:S.: Sou contra o post do BdC pós jogo de Madrid.

      Eliminar
  8. Boa tarde prezado Mister,
    Mais uma vez os meus parabéns pelo post equilibrado e acima de tudo a defender o nosso clube.
    Em relação ao Bruno de Carvalho, tenho a dizer o seguinte:
    1. Tenho que agradecer todo o trabalho feito pelo sporting, tem sido extremamente positivo.
    2. Dificilmente encontraremos outro presidente com a dedicação e energia em prol do nosso clube.
    3. Não é por ter feito um excelente trabalho que de um dia para outro entende rebentar com tudo e depois vem dizer que estamos a ser ingratos.
    Responde a tudo e a todos, insulta toda a gente… parece mesmo um tresloucado, de repente lembro-me do seguinte, na assembleia lamentou que lhe chamaram drogado e dois dias depois, chama bêbedo ao Miguel Sousa Tavares, exemplos destes é aos montes. Isto interessa ao Sporting? Fragiliza a ele próprio estas guerras todas e ao próprio clube.
    Aliás, vejo muitas vezes que os opositores e os nossos adversários provocam com o propósito que ele responda a torto e à direito. Do tipo, vamos enlouquecer o BdC e olha que parece que estão a conseguir.
    Muitas lutas em que ele se mete, inicialmente até tem razão e depois pela forma insultuosa, agressiva em que responde normalmente perde a razão, as pessoas deixam de olhar ao conteúdo e a forma é que prevalece e como já sabemos que não temos uma comunicação do nosso lado, logicamente vão espalhar o que não interessa.

    Dou exemplo, faz sentido ligar para a CMTV que ele tanto pediu que não ligássemos este canal e de seguida enxovalha o Helder Amaral que tanto o tem defendido? Quando ouvi o BdC dizer que o Helder Amaral não sabe ler, desliguei o canal. Recusei-me ver o que vinha a seguir, exemplos destes é aos montes e pior, recusa-se aceitar que ele está mal. Quando uma pessoa, julga-se sempre dono da razão, é sinal que não está realmente equilibrado.
    Sinceramente, tem excelentes qualidades para liderar o clube, mas este defeito de comunicar, e não ouvir os outros, de pensar que quer pode e manda, irá coloca-lo fora do clube e só tem que se queixar de si próprio.
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente e acrescento quem vai agora para a Sporting TV? Hélder Amaral e Dias Ferreira não deverão querer ir e com toda a razão.

      Eliminar
    2. Oh José tens que ouvir outra vez, ele estava a falar do Francisco José Viegas, o Helder Amaral nunca foi Secretário de Estado da Cultura

      Eliminar
  9. Você é nitidamente um avençado de Bruno de Carvalho - portanto disposto a acompanhar o presidente na destruição do Sporting.VERGONHA COMPLETA. É preciso defender o Sporting desta gente. É ridículo vir aqui tomar as tretas de BdC como se fossem factos e os jogadores do Sporting como se fossem víboras. É hoje evidente que os Misters desta vida hão de preferir a destruição do plantel de futebol e com isso do coração do Sporting em nome da preservação de Bruno de Carvalho.

    É preciso, é urgente salvar o Sporting. FORA BRUNO DE CARVALHO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Sporting foi salvo, e quem o salvou foi BdC. Você ou tem memória curta, ou o que o move não é o Sporting Clube de Portugal. BdC esteve mal, aliás, muito mal, mas isso não apaga o que fez no Sporting em meia dúzia de anos, coisa que outros que tais, em vinte e tal, não fizeram nem um terço...

      Eliminar
    2. Eu não tenho memória curta mas para mim boas coisas feitas no passado não justificam voto de confiança eterno para o futuro. Um líder com passado mas sem perspectiva de futuro, merece uma medalha mas não a liderança e Bruno de Carvalho não tem mais nada a dar ao Sporting - senão problemas. Já deu o que tinha a dar. Continuar com Bruno de Carvalho vai ser ruinoso.

      Eliminar
    3. @Francisco Serra, #Olé ! É mesmo isso.

      Eliminar
    4. A destruição do palntel do Sporting querem os próprios jogadores, ou está esquecido da birra do João Mário, da birra do Adrien, da birra do Slimani e da birra do William para sairem?

      Eliminar
  10. Infelizmente, agora, já não há retorno! Pela boca morreu o peixe. O seu jeito desabrido foi-lhe fatal como presidente do Sporting! Reitero, infelizmente! Mas o clube não pode viver em constante guerra civil. É inadmissível não conseguirmos tirar proveito do momento judicial que vive o Carnide! É muita falta de inteligência emocional! Caricato é ser a má performance do treinador mais oneroso da história do futebol luso a ditar a sua saída. É que isto tudo brota da falta de conquistas da equipa de JJ.

    ResponderEliminar
  11. Bravo Mister, uma análise perfeita.
    Confesso que ver ontem no estádio o PREC a instalar-se em Alvalade com o amém dos sportinguistas me deixou estarrecido.
    Quanto ao zero ídolos, estou como o Mister, embora já não tenha idade para ter ídolos, nunca considerei que de facto não os pudesse haver. O Rui estava a perfilar-se para isso e estragou tudo...

    ResponderEliminar
  12. Mister!
    É com imensa tristeza que assisto a este triste episódio do nosso clube. No início pensei que houvesse alguma mal entendido, mas não, infelizmente, não havia e cada vez se agrava mais. Eu era um acérrimo defensor do presidente, não permitia que falassem mal dele e não sou mal-agradecido, suceda o que suceder procurarei, nas minhas lembranças, guardar aquilo de imensamente grande que ele fez pelo nosso clube (que não irei enumerar porque careceria de espaço e de tempo). Mas foi longe demais, se ele não vê inconveniente nas suas declarações também não as poderá ver nas declarações dos jogadores, tanto no conteúdo como na forma. Todos temos direito à indignação e eles não são menos, nem mais, do que ninguém.
    O presidente errou e reconhecer o erro não é depreciativo, pelo contrário, é próprio dos grandes homens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ninguem poe em causa que o presidente errou, a questão é se é suficiente para mandar abaixo a direccao que salvou e reergueu o clube, e principalmente sem nenhuma alternativa viável á vista e com os grupinhos do costume já a afiar facas para assaltar o poder no clube.
      E muito desta crise é aumentada pela CS, sedenta de sangue no Sporting e aflita para fazer esquecer os podres dos lampiões e tripeiros (Já fizeram mais capas com a crise do Sporting em 5 dias, do que nos 10 meses que passaram desde o inicio dos casos emails, corrupcao, jogos para perder, vouchers e etc..).
      Os Sportinguistas tem de uma vez por todas começar a pensar pela sua cabeça e deixarem de se intoxicar pela CS.

      Eliminar
  13. Já sabia que os jogadores podem fazer a cama aos treinadores! Nestes dias aprendi que também podem fazer a cama aos presidentes dos clubes..sempre a aprender!!
    O Sporting é mesmo um clube diferente, outros clubes que têm presidentes conhecidamente corruptos, com escutas e mails verdadeiros, que se podem apreciar na net e que se mantêm no prazer há 3 décadas um e quase duas décadas outro, não são ditadores e conseguem ter a direcção dos seus clubes, sócios e adeptos arregimentados em defesa do Clube! Não lhes interessa o quê, como, quando! Outro clube, que não se conhece nenhum acto de corrupção desportiva dos seus dirigentes, a utilização de dinheiros/património do clube imprópria por parte desses dirigentes, podem cair por causa da forma (não o conteúdo) como se expressam!! Talvez aqui esteja a explicação de porque uns festejam mais campeonatos que outros!! Revolução a sério não se faz sem "sangue", venha de lá essa guerra fraticida...vamos lá contar espingardas e que vença quem tem os verdadeiros sportinguistas do seu lado!!

    ResponderEliminar
  14. Só acrescento...
    O comportamento deplorável de sócios e adeptos, que estiveram em Alvalade, que estão mais preocupados em post e menos post, palavras e menos palavras e esqueceram-se do jogo miserável praticado em Madird, da mesma forma que o fizeram contra o Estoril que já nos custou o campeonato. Fico a pensar que estes sportinguistas, gostam, da mediocridade, gostam de perder. Preferem aparência, que as vitórias e a dignidade! Eu não, estou pouco me borrifando o que aparece nos post, quero é vitórias, quero, esforço, dedicação... atitude e compromisso.
    O Sporting, hoje, é grande em tudo, domina em todos as linhas do desporto nacional, graças a esta direcção, só estamos com problemas no futebol. Já não bastava a corrupção que impede este clube ser campeão, agora ainda temos meia dúzia de labregos que dão uns chutos na bola que pensam que podem mandar no clube, para amanhã estarem a dar chutos num outro clube qualquer. Como aquele que seria um das maiores figuras da imagem de jogador/sportinguista, João Montinho... se pôs andar para um rival sem pestanear.

    ResponderEliminar
  15. Caro Mister,

    O que eu acho incrível é BC vir queixar-se em comunicado de dos jogadores se exprimirem nas redes sociais! Quando ele lança um post completamente idiota para um presidente anteriormente a criticar a equipa.

    Mas agora a porcaria do facebook é o sítio para se falar/apertar com a equipa? Mas que palhaçada é esta? Que populismo patético é este?

    ResponderEliminar
  16. Caro Mister, cada vez mais me convenço que se calhar o presidente tem razão,existem mesmo sportinguistas e sportingados. O problema das pessoas em relação ao Bruno de Carvalho, é serem pouco inteligentes o que se reflete no pouco sentido de humor que possuem para perceberem as ironias com que o presidente escreve. O Bruno devia era contratar um analfabruto tipo Janela, para lhe escrever os discursos populista, cheios de verdades de Lapalisse, como o "estadista" dos lamps. Para mim, não vejo, nem vi qualquer problema em o Bruno, ter escrito aquele post, podia o ter feito em privado, mas ele não pensou que se iriam comportar como virgens ofendidas por esse simples post. Eu para mim até achei positivo toda esta situação, os jogadores sabem que erraram, não só no jogo, como na resposta ao post com o comunicado e iram dar tudo por tudo para vencer todos os jogos até ao final da época, depois nas bebedeiras, de comemoração dos títulos, iriam jurar amor eterno ao Bruno e ao Sporting e vice-versa, e fica tudo em paz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto é verdade. Muita gente não alcança o que ele diz. Como com a história dos carneiros em que ele estava claramente a ser irónico.

      Eliminar
  17. Na minha opinião, este caso é apenas mais um exemplo do modo como Bruno de Carvalho se tem exposto de forma que considero inaceitável para um presidente de um clube como o SCP. Embora possa ter razão em alguns dos pontos, a forma como livremente insulta tudo e todos faz com que perca a razão e já poucos lhe liguem e prestem atenção ao muito de pertinente que tem a dizer...na famosa interpelação a CMTV, o modo como se dirige ao Moita Flores é totalmente inusitado e mesmo mal educado e temos vários exemplos mesmo no famoso facebook quando discute com alguém que não concorda com o que diz ou fez. A critica e insulto fácil estão lá mas pelos vistos não aceita o mesmo para si...com a AE dos 90%, BC erradamente ficou a pensar que o SCP é dele e "pode fazer tudo o que quer" (palavras dele). Tal como na altura não achava bem a chantagem que colocou perante os sócios, agora também terei muito receio do que virá se eventualmente ele poder continuar, legitimado pelos sócios...

    ResponderEliminar
  18. Estou do lado de BDC. Pode criticar sim como pode elogiar, desde que seja fundamentado. essa de ter ser em privado é retórica. Se fosse um elogio público, já não seria problema! Não sejamos hipócritas, a natureza humana tem os seu defeitos, com ou sem facebook. O problema é a equipa de futebol que não joga um corno, há 2 épocas.

    ResponderEliminar
  19. Como Mr.do Café sabe, tudo começou com o post do presidente,que ele publicamente não pode dizer, eu posso como adepto ele não.culpado o presidente.
    E numa senana que devíamos estar a falar do penalti de Setúbal, da lesão do Jonas antes do controlo anti doping etc,etc.para não falar do telefonema para a cmtv.padamerda Bruno de Carvalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mesmo é válido para os jogadores, o presidente pode criticar os jogadores, os jogadores não podem criticar o presidente. Tal como diz o Mister o bruá começou quando os jogadores responderam

      Eliminar
  20. Primeiro: Grande comentario do Antonio Rodrigues.

    Agredeço ao BdC por tudo o que fez pelo SCP, como o defendeu e como o protegeu quando entrou mas.. A verdade é que o Presidente perdeu a noção do ridiculo, está totalmente descompensado. Lembro-me quando quase ligou a chorar na auto-estrada a dizer que era uma pessoa muito só. Ontem, não enfrentou o estádio porque tinha dores nas costas mas enfrentou os jogadores antes do jogo e no FB 2 horas antes do jogo começar. DEstabilizou propositádamente!

    Sei que tem familia e que dá emprego e promoção à mulher no SCP. Essa atitude não me caiu bem porque ele sempre defendeu o clube contra essas coisas.

    Fez muito pelo SCP. FEZ! OBRIGADO. Mas não é dono do SCP e neste momento (e já à algum tempo) porta-se como tal.

    Tem de sair e não voltar. Está a destruir a sua imagem, o que resta da época e quiçá o plantel da proxima época!

    (por favor publique)


    ResponderEliminar
  21. Numa qualquer empresa minimamente organizada a partir dos princípios fundamentais de gestão e com um CEO idêntico a BdC, já os accionistas teriam corrido com ele há muito tempo...qualquer CEO que designasse por "carneirada" um dos stakeholders (os sócios) da empresa, há muito tempo que teria sido corrido...um CEO que publicamente utiliza uma linguagem de carroceiro, há muito tempo que teria sido corrido...um CEO que, até à exaustão, demonstra quotidianamente o seu desiquilíbrio emocional, há muito tempo que teria sido corrido...um CEO que afronta publicamente os funcionários e não perspectiva o feed back que daí possa resultar, há muito tempo que teria sido corrido...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Curiosamente os stakeholders há um mês reconduziram-no como CEO com 90% dos votos.
      Já quanto á linguagem de carroceiro, é como diz o Jorge de Sousa, é a linguagem do futebol

      Eliminar
  22. Julgo que BdC teria condições para ficar a frente do Sporting se não fosse o comportamento demasiado insultuoso, quer para os proprios sportinguistas, quer para os adversários...
    Reparem muitos vezes temos razao num determiado diferendo, mas se respondemos com insultos, agressões, por norma, fica-se a perder...
    Pergunto, qual e a verdadeira razão para insultar varios sportinguistas, adversários, jornalistas?? Basta não estar de acordo com ele, já é idiota, estúpido, anormal... e por aí fora, mesmo a pessoas que o defenderam, um minimo de discordia ele rebenta... fiquei farto.

    ResponderEliminar
  23. Vou apenas dar à consideração alguns aspectos... Eu se for a um restaurante ou café, e sem querer, partir um prato, um copo ou um vidro (já me aconteceu, desloco-me com o auxílio de canadianas e uma delas escorregou) o patrão, chefe ou dono não vos vem chamar à atenção?? Se um médico se esquece de um bisturí ou de uma compressa dentro de um paciente não há responsáveis??? Ainda alguém acha que perdemos no Wanda por mérito do nosso adversário... Os jogadores de futebol são uns priveligiados, ninguém com o grau académico baixo como a maioria dos jogadores tem ganha tantos milhões, maior parte nem escrever ou ler sem erros consegue... Há alguém que não veja que os golos sofridos foram 2 erros individuais?? Custava muito admitir???... Há alguém que não veja que os amarelos eram perfeitamente escusados??? (além de que equivalem a multas ao clube e não aos prevaricadores insolentes)...Custava-lhes admitir???... Putinhas que só querem discos e bm's... que teem sido espoliados, roubados e gozados pelos padres e calam-se...

    Força Presi
    SL

    ResponderEliminar
  24. Isso, tirem do Sporting o homem que ressuscitou o clube do abismo! ;
    Tirem do Sporting o homem que fez aumentar o número de sócios para 170000, que tornou o clube estável financeiramente e mais rico em património, nomeadamente com a construção do melhor Pavilhão de Portugal! ;
    Tirem o homem que assinou o melhor contrato televisivo dos 3 grandes! ;
    Que reduziu efectivamente o passivo do clube depois de acérrimas negociações com os credores! Todos diziam que era impossível mas ele conseguiu! ;
    Tirem o homem que devolveu inúmeras modalidades ao clube, tornando-nos competitivos em praticamente todas elas! Hoje temos 55 modalidades, 55, ouviram bem? E somos lideres em praticamente todas! ;
    Que devolveu títulos ao clube, paixão, orgulho ao clube! ;
    Que recuperou passes de mercenários no clube (sim porque para mim a partir de agora são mercenários, não passam disso!) ;
    Que criou a Sporting Tv e rodeou o clube de verdadeiros Sportinguistas! ;
    Que acabou com os tachos e tachinhos! ;
    Que luta incansavelmente pela transparência no futebol e no desporto nacional! ;
    Que denunciou em primeira mão e deu o peito às balas no caso vouchers e outros ;
    Entre tantas e tantas outras razões... tirem-no ! Dêem cabo do Clube ! Façam a vontade dos rivais que há muito desesperam pela saída da sua maior ameaça!
    Palhaços ! Cretinos ! Ingratos ! Não contem comigo para este triste espectáculo!
    O BdC tem o meu apoio total! É verdade que errou mas não queiram fazer a cama ao homem que me fez de novo acreditar no Sporting Clube de Portugal !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro DG, o BdC diz que ficou ofendido com os insultos no estádio, concordo, não há necessidade de insultar ninguém, mas o que é que ele tem feito?
      Se ele conseguir reagir de forma superior ou as vezes ignorar certas provocações, ganhava ele e ganhava o Sporting

      Eliminar
    2. Desculpe a intromissão, mas estou tão, mas tão de acordo consigo, que tinha que o expressar... Meu apoio é total e inamovível a Bruno de Carvalho... vive, respira, defende, sofre e luta pelo meu Sporting como eu nunca vi outro fazer... e como é dito, e bem, ressuscitou um clube dado como morto... ao ponto em que até se equacionava uma refundação... Tanta ingratidão...

      Eliminar
  25. Caro DG, não está em causa o que ele fez, concordo consigo que ele fez muitas coisas boas... mais será muito dificil encontrar outro com a mesma dedicação e compromisso...
    O que está em causa é a sua instabilidade, provoca confusão em tudo, insulta toda a gente.
    E depois acaba por ninguém o levar a sério.

    ResponderEliminar
  26. Bruno de Carvalho devia implementar no Sporting um ANO ZERO e suspender todos os jogadores que afrontaram o Presidente, recorrendo à Equipa B para suprir as ausências, ainda que custe baixar para 4º ou até 5º lugar, mas acabar duma vez por todas com a balburdia que se vive no Sporting. O Presidente não foi feliz nos seus comentários, até concordo, mas os jogadores não se ficaram atrás, com uma tomada de posição de pessoas melidradas, quando deviam era explicar a razão do seu baixo desempenho. E o que dizer dos jogadores que, depois de mostrarem o seu melindre por se ter posto em causa o seu profissionalismo, foram para a discoteca até altas horas da madrugada, precisamente na véspera dum jogo? Esses era de proibir a entrada nas instalações do Sporting e que arrangem novo clube. Pode-se criticar o Presidente (acho muito bem) mas não se podem criticar os jogadores, porque ficam traumatizados. O Presidente tem de falar menos, é um facto, mas tem obra feita: recuperação financeira, Pavilhão João Rocha, Sporting TV, futebol feminino, voleibol, as modalidades estão fortíssimas, quase todas em 1º lugar, etc. Ainda não compreendi a posição de Jorge Jesus, por isso não a comento. Mas ele não se esqueça que tem uma retribuição altíssima para um desempenho muito questionável, e que o Presidente tem sido sempre solidário com ele.

    ResponderEliminar
  27. O que todos temos de saber foi o que realmente se passou no pós jogo em Madrid. Até aqui temos uma versão, que é a que Bruno Carvalho nos relata nos post´s e aquela que é dada aos jornalistas pelas toupeiras dentro do plantel. Queria-me centra nas toupeiras e da ruptura na paz podre que existia até Madrid. O que sabemos é que mesmo ainda no tempo de Octávio Machado, o plantel do Sporting não estava completamente blindado. Questões como o caso Rojo vieram a público relatados por gente de dentro da equipa. Também foi evidente a pressão de alguns dos jogadores para sair como foram os casos de William (que até envolveu o pai e Adrien), mas com a experiência e autoridade de Octávio Machado os danos iam sendo controlados. Até que surgiu aquela semana com dois jogos em Chaves (um empate e a eliminação da Taça de Portugal)em que o Presidente teve palavras duras no balneário e que levou ao choque frontal entre Octavio e Bruno de Carvalho e à saída do dirigente. A partir desse momento o presidente perdeu o balneário. A escolha de André Geraldes foi um tiro no pé. Era necessário uma figura com peso e estatuto para controlar um plantel de um clube grande com muitos jogadores mimados e com estatuto. Quem deveria ter substituído Octávio deveria ter sido Manuel Fernandes (o ideal seria Inácio, mas Jesus, que tem muito responsabilidade em tudo o que se passou até a corda partir, apesar de lhe reconhecer mérito na gestão de toda esta crise, não o quis ter como contra peso ao seu poder) e não um dirigente que é visto como um verbo de encher. Como sabemos tudo o que se passou naquela altura como agora, surgiu logo na comunicação social. O que indicia que existem mesmo maçãs podres dentro do grupo e que estas têm de ter um peso muito elevado dentro do grupo, pois de outra forma seria fácil serem afastados. Acho que com o tempo se todos tiverem juízo a paz podre vai voltar. O Presidente que deve ter sido pai hoje, dedicará mais tempo há família. Jesus passou de indesejado a grande vencedor da crise e voltará a ter o apoio dos sócios e a equipa desde que faça um resultado que não perca o Atlético de Madrid, fará as pazes com o clube. Mas na verdade tudo continua latente e depois do Mundial forçosamente os líderes terão que sair do clube. O que fizeram foi uma afronta que terá consequências futuras qualquer que seja o presidente do clube (Bruno Carvalho ou um novo) ou treinador.

    ResponderEliminar
  28. Li com atenção todo o texto.

    Comparar treinador a presidente parece-me de mau gosto...

    Os "zero ídolos" que diz agora ter não contempla o BdC de certeza. Esse sim, é o seu ídolo!

    Os jogadores foram achincalhados na praça publica pelo que acho normal terem feito um comunicado também tornado publico. A única coisa que pode realmente fazer com que não ache isto normal é se, como diz o BdC, ficou marcada uma reunião para depois do jogo de ontem. Se isso é verdade, aí já não entendo o comunicado do plantel.

    O culpa desta situação tem 2 nomes: JJ e BdC.
    JJ porque a equipa não joga nada e é isso que cria alguma contestação no Sporting. Se a equipa jogasse bem, nada disso tinha acontecido.
    BdC porque não tem nada de ir para o Facebook debitar idiotices - 2 em cada 3 publicações são perfeitamente dispensáveis - e não tem nada de tecer comentários públicos do género que muitas vezes tece, que seriam perfeitamente legítimos se feitos no balneário - seja do futebol seja do Futsal, seja do Hóquei, seja do Andebol.


    É notório que o BdC não tem maturidade de liderança para entender os timings de fazer certas intervenções e onde e como as deve fazer. É evidente que está desequilibrado e com falta de noção das coisas. E é uma pena! Lamentável mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A equipa não joga bem e é por ai que tudo ocmeça realmente. Mas ainda a montante disso, temos 2 clubes corruptos e criminosos que controlam tudo o que gravita á volta do futebol. E é por ai que começa o nosso desalento, a falta de vitórias e a insatisfação. Não nos devemos culpar e atacar, mas sim perceber o quão bem todo este esquema de ataque quer desportivo, quer comunicacional foi feito e como minou toda e qualquer acção do BdC, mas também do JJ, dos nossos atletas.

      Eliminar
    2. Sim porque longe de nós pensarmos que a equipa não joga nada por causa dos jogadores. Coitados eles não têm culpa nenhuma. A culpa é toda do JJ, do BdC, do Paulinho e dos adeptos que apoiam o BdC.

      Eliminar
  29. Mais uma coisita...

    Ver as publicações do BdC no Facebook, pelo menos a maioria, e ver a prestação dele na AR, fica-se com a sensação que é IMPOSSÍVEL serem a mesma pessoal. É capaz do 80, felizmente, mas também é capaz, infelizmente do 8!

    ResponderEliminar
  30. Em dois anos a direção aumentou os gastos com pessoal no dobro - em dois anos os futebolistas passaram a ganhar o dobro, sensivelmente. Todos os importantes foram renovados, aumentados, estimados, acarinhados. Lembremo-nos que foi o presidente a trazer o William da Bélgica, não o treinador. O clube nunca esteve tão sensível, e nunca deu tanto aos futebolistas (e aos atletas todos) como com Bruno. Agora, o clube tem de ter algo em troca - esforço, dedicação, devoção. Proporcionais! Já nos esquecemos que Adrien e William mandaram os papás ralhar em público com o presidente quando este tentava fazer o melhor para o clube com as saídas deles para outro lugar? E os papás e os jogadores sabiam de/faziam negócios/acordos com outros clubes à revelia do Sporting? E os jogadores não reconhecem o investimento do clube neles, sobretudo vindo da pior situação de sempre no clube? Não reconhecem que o presidente deu tudo ao futebol, fazendo depender o dinheiro para as modalidades das quotas dos sócios? Mimados afinal sim... Exige-se esforço, dedicação, devoção, tanto mais quanto o clube dá aos atletas. E não se vê ninguém a procurar saber se é verdade isso de que os jogadores inventaram mentiras, todas bem graves... Zero ídolos. Quando os rapazes de verde e branco entram em campo é para ganhar, não têm medo, jogam à bola, que a camisola é para suar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era pô-los a treinar com o futsal e com o andebol para ver se percebiam o que é ser feito de Sporting

      Eliminar
  31. Bruno de Carvalho é grande demais para os sócios do Sporting, idiotas comedores de bifanas e é grande demais para os jogadores do Sporting, traidores (vejam lá que até têm o desplante de postar fotos a demonstrar a união do grupo de trabalho). Para Bruno de Carvalho os sócios e os jogadores não o merecem. A conclusão é só uma, se está rodeado de ingratos, se dirige um clube cujos sócios não o merecem que se demita, não vá a gente pensar que ao fim de contas o que acontece é algo tão simples como estar agarrado ao tacho.

    ResponderEliminar
  32. Alguém que me diga como é que se o presidente ficar vamos contratar jogadores??!! Quem é que tenha mais opções para além do aço quer vir para um clube onde se por acaso tiver um dia mau e falar um golo ou der um frango sabe que vai ser atrasado em praça pública... Este homem podia ter sido enorme, gigante, tem obra feita.. mas como líder é péssimo.
    O sir Alex Ferguson email privado até atirava chuteiras a carta dos jogadores... Em publico sempre defendeu a sua equipa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Marco, como disse,

      http://www.cmjornal.pt/desporto/detalhe/ferguson-critica-defesa-apos-derrota

      http://www.espn.com.br/noticia/276642_ferguson-critica-jogadores-e-diz-que-united-nao-soube-aproveitar-habilidades-de-van-persie

      é só pôr no google que os casos sucedem-se
      Se quiser um caso de um presidente experimente lá com o bayern

      https://www.dn.pt/desporto/futebol-internacional/interior/beckenbauer-critica-jogadores-do-bayern-munique-3107516.html

      Eliminar
    2. Já agora, exemplos do JJ também devem ser poucos, não... Muitos caracteres já se gastaram com a comunicação para os jogadores por parte do treinador do SCP.

      Mas não há como isto: https://www.youtube.com/watch?v=KRDgVyQ6_xE

      Eliminar
    3. Querer comparar o comentário do ferguson em que este diz "A nossa defesa na primeira parte foi muito fraca" com o comentário que o Gelson devia ter chutado para o outro lado é no minimo hilariante.
      Beckenbauer, falamos de um clube que ganhou os últimos 6 títulos, têm algum lastro, e mais uma vez não individualizou nenhuma das críticas e foi um caso em em dezenas de anos que ele está ao comando do Bayern, ja o Bruno é cada vez que um jogo corre menos bem.

      Eliminar
    4. Vejam o exemplo de hoje do Barça depois de levar 3 da roma, isto sim é proteger o clube e a equipa
      "Lo siento mucho por todos los culés del mundo. Tenemos un equipo muy competitivo que se levantará"

      https://as.com/futbol/2018/04/10/champions/1523393601_990107.html

      Eliminar
    5. Oh Binas tu tens mesmo um problema com a língua portuguesa. Serás estrangeiro?
      O Marco escreveu "O sir Alex Ferguson em privado até atirava chuteiras a cara dos jogadores... Em publico sempre defendeu a sua equipa."
      e eu dei-lhe dois exemplos em que ao contrário do que ele afirmou o Ferguson criticava a equipa em público.
      Quanto ao Bayern não reparaste que a notícia é de Março de 2013. Está escrito no início do artigo. Em Março de 2013 o Dortmund era o Bicampeão em título pelo que não vejo de que lastro é que falas.

      Mas também não deves ter lido bem o post dos jogadores, eles queixaram-se das críticas públicas e não do teor das mesmas, escreveram "Apontar o dedo para culpabilizar o desempenho dos atletas publicamente, quando a união de um grupo se rege pelo esforço conjunto, seja qual for a situação que estejamos a passar, todos os assuntos resolvem-se dentro do grupo."
      As criticas ao presidente têm sido essencialmente pelo facto de ter criticado publicamente e que issso nunca se pode fazer numa equipa de futebol. Limitei-me apenas a demonstrar que esse argumento é totalmente falso, duas das equipas mais profissionais e ganhadoras da actualidade fazem-no e os jogadores comem e calam.
      Mas podia dar mais exemplos, José Mourinho, quando ele e Ricardo Carvalho estavam no Chelsea, disse publicamente que se RC não o percebia devia ter problemas mentais. Sinceramente não vejo pior crítica do que chamar a alguém atrasado mental. Sabes o que aconteceu RC comeu e calou. Percebeu quem mandava.

      Mas tu mostras bem qual o verdadeiro problema dos jogadores, acham-se mais importantes do que o presidente. Eu sinceramente não me interessa quem é o presidente e quem é o jogador. No meu clube manda o presidente que os sócios escolherem, somos nós que decidimos não são os jogadores. É-me perfeitamente indiferente se estamos a falar do José Alvalade, do João Rocha ou do Godinho Lopes, enquanto os sócios quiserem é o presidente que manda e TODOS os funcionários do clube obedecem.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    7. Queres um exemplo do barça Pep Segura director-geral do barça, certamente alguém com um lastro gigante disse isto
      https://cronicaglobal.elespanol.com/deportes/manager-general-barca-pep-segura-carga-contra-pique-derrota-madrid_81524_102.html

      Eliminar
    8. Não vou entrar no insulto fácil mas fica aqui a resposta dos jogadores do Barcelona pela boca de um dos capitães http://www.marca.com/en/football/barcelona/2017/08/15/599327b346163f034a8b45ac.html

      Eliminar
  33. O mais importante desta "novela", é a observação da jornalista do AS, quanto ao posicionamento das equipas, imediatamente, antes do inicio do jogo. Isso, revela-nos o quanto ainda temos de progredir, no Sporting Clube de Portugal, para se atingir um profissionalismo de excelência, na respetiva equipa de futebol.
    Quanto a BdC, tudo bem e tudo mal com o facebook, porque os assuntos internos são para serem tratados internamente e não para darem "perolas" a porcos, ou servirem de "dichotes", para a máquina de propaganda vermelhusca.
    Quanto aos rostos da oposição que aparecem, ainda são muito "pequeninos" para levarem o meu voto. Então alguns deles são "medonhos". Quanto aos antigos dirigente que se pronunciam, já demonstraram, no passado, a sua incapacidade, falta de coragem e amor pelo clube, pelo que deviam ficar "caladinhos", se existisse vergonha, neste mundo.

    ResponderEliminar
  34. Presidente errou na comunicação. Entendo que isto possa ser uma lição para ele. Agora que foi o melhor presidente das últimas décadas, que ninguém duvide. Penso que alguma ingnuidsde e um ego bem recheado o levam a estes erros. Gostaria que tudo se redolvesse e que ele continue. Nao vejo nenhuma solução/oposição de qualidsde. E, mesus amigos, nao podemos negar que ele defende o Sporting com unhas e dentes. Falta-lhe bagagem e marotice... mas penso que pode aprender. Viva o SCP

    ResponderEliminar
  35. O Presidente dos 90% 8nterrou-se e agora os 90 % metem-lhe o pé sobre a cabeça ! O JJ que já tinha morrido ressuscitou como Jesus !

    ResponderEliminar
  36. Caro Mister,
    Excelente post onde analiza os fatos dos ultimos dias do Sporting Clube de Portugal com distância e equelibrio. Para quem sofre á distância pelo nosso Grande Clube é agoniante acompanhar toda esta situação.
    Relativamente ao post do nosso presidente, pessoalmente, so vejo alguém a mostrar o seu desapontamento (com alguma ironia misturada) pela exibicão de jogadores que se sabe que podem fazer muito melhor, eu no lugar dos jogadores visados seria o primeiro a me auto-criticar e a querer trabalhar ainda mais para retificar os erros cometidos, erraram ou nao?
    Se BdC agiu mal em fazer público os seus sentimentos em relacão aos acontecimentos de Madrid, sem dúbida que não o deveria ter feito, mas o que não pode acontecer de maneira alguma é o desafio público dos jogadores ao seu presidente. Em todas as estruturas há uma hierarquia e há que respeitá-la. E com isto não estou a dizer que os jogadores têm que ser submissos, assuntos desta natureza têm que ser tratados cara a cara.
    Se podemos apontar muitos defeitos a BdC, pois claro que sim, mas acho quem tem muito mais vitudes, e foram essas virtudes que ajudaram a resolver a situação catrastrofica que o clube se encontrava, não sou mal-agradecido e não quero regressar ao tempo dos mansos bem falantes.
    SL
    Vitor De Sousa

    ResponderEliminar
  37. Mais uma boa análise dos factos. O problema é encontrar solução para o problema.

    ResponderEliminar
  38. A questão é que não pode ser o presidente a rebaixar a equipa. E, muito menos fazer isso publicamente.
    O presidente e o treinador, devem ser os primeiros, e os últimos a defender a equipa.
    O presidente não é um adepto, é um PRESIDENTE!!
    Bruno errou e, em vez de pedir desculpa, está descontrolado, a disparar para todos os lados.

    ResponderEliminar
  39. Mas alguém já parou um pouco para pensar no desespero que poderá ter levado BC a publicar o post pós Madrid? Será que não deu anteriormente suficientes ralhetes "em familia" que se mostraram totalmente ineficazes?
    É curioso como os jogadores só se sentiram espicaçados quando foram expostos publicamente.
    É desolador ver os adeptos a apoiar categoricamente uns jogadores que nunca nos deram absolutamente nada de jeito, em deterimento do homem que mudou o paradigma do que era a destruição paulatina do nosso Clube. Eu não estou de acordo com o estilo do presidente, não é definitivamente o meu, mas entendo perfeitamente o alcance.
    Ainda mais hipócrita se torna a atitude dos nossos queridos jogadores, quando a esmagadora maioria foi comprada pelo presidente....ou seja só vestem hoje a nossa camisola porque o homem, que eles agora renegam, os contratou.
    É desolador que os meus consócios não percebam isto e se distraiam com fait divers e apoiem invariavelmente a causa errada continuando sempre a dar tiros nos pés...
    Realmente entende-se o porquê de tantos insucessos ao nivel do futebol ao imperar a ingratidão e a falta de exigencia.
    SL
    Nuno São Pedro

    ResponderEliminar
  40. Bruno de Carvalho é sem qualquer duvida o melhor presidente que o Sporting têm desde joão Rocha. Têm de prender a controlar alguns dos seus ímpetos, o de escriba do facebook e o de criar inimigos dentro fora do clube.

    ResponderEliminar
  41. Há culpa em todos os intervenientes. A maioria dos sportinguistas ficou do lado dos jogadores pelo simples facto de estar farta da comunicação abusiva de BdC, que desta vez se virou para dentro. Enquanto os alvos foram terceiros estava tudo bem... mas não esqueçamos o jogo de Guimarães, a final da Uefa Futsal Cup em Almaty ou o hóquei há duas semanas contra o Porto. A forma como os adeptos se uniram em torno dos jogadores é igual à forma como os adversários se unem em torno dos vários visados pelos ataques de BdC, não pondo em causa a culpabilidade dos últimos. As palavras de BdC têm um efeito agregador nas suas vítimas (o carnide vangloria-se disso mesmo). A conclusão a que chego é que a postura de BdC não une os adeptos e um líder que não une os seus súbditos (jogadores e adeptos) não é um bom líder (e não estão em causa as outras capacidades de gestão). A solução passa pela suspensão temporária do mandato ou licença de paternidade e voltar revigorado evitando mais erros. Esta direcção terá de continuar, com ou sem BdC!!!

    ResponderEliminar