terça-feira, 21 de agosto de 2018

Os "sobrinhos" de José Maria Ricciardi


O debate com todos os candidatos à presidência do Sporting que foi para o ar no passado domingo principiou com a denúncia publica de Dias Ferreira de duas questões que já levantei em posts anteriores: Uma primeira relacionada com a saída de dois membros da comissão de gestão para a candidatura de José Maria Ricciardi e uma segunda relacionada com a eliminação do concurso em curso para a escolha da empresa de fornecimento de catering do Estádio. Contrato que foi cancelado pela CG que decidiu fazer um ajuste directo à empresa de José Eduardo, que curiosamente também faz parte das listas de Ricciardi, assumindo a vice-presidência para o futebol.

Sobre estas questões em particular já fiz 2 posts: (aqui) e (aqui)

As declarações de Dias Ferreira



Tenho de saudar a intervenção de Dias Ferreira, não só ao levantar o tema no debate, mas também pelo facto de ter interpelado a CG relativamente a estas matérias. Fico ainda mais satisfeito pela revelação que foi feita por Dias Ferreira que disse no final do vídeo o seguinte: "Todos nós verificamos que José Eduardo foi o grande mentor da comissão de gestão. Foram realizadas nas suas instalações muitas reuniões dessa comissão de gestão, andou a fazer vários convites inclusivamente convidou um filho meu que não aceitou porque eu me iria envolver nas eleições".

Só não vê, quem não quer. Mas vamos por partes.

As declarações de Artur Torres Pereira


Mais uma vez tenho de recuperar as declarações de Torres Pereira com a promessa "totalmente clara e inequívoca" assumida de que "nenhum membro desta comissão de gestão aceitará integrar ou fazer parte de qualquer lista concorrente às próximas eleições no Sporting"


A carta de Dias Ferreira


Na noite do debate a página da candidatura de Dias Ferreira publicou a carta para conhecimento dos Sportinguistas. Aqui fica.

Link (aqui)


Uma resposta vergonhosa


Depois de ter ignorado a carta de Dias Ferreira, Artur Torres Pereira lá se dignou a responder à missiva no dia de ontem, tornando-a imediatamente publica. 



Ora portanto, depois de assumir de uma forma "totalmente clara e inequívoca" que "nenhum membro desta comissão de gestão aceitará integrar ou fazer parte de qualquer lista concorrente às próximas eleições no Sporting", Artur Torres Pereira passou a considerar que "as pessoas são livres de tomarem as decisões que entendem".  

Eu não sei se as pessoas já se aperceberam, mas o senhor que envergonha todos os Sportinguistas com estas trocas e baldrocas é o actual Presidente do Sporting.  


O negócios com o "Zé dos tachos"





Vamos por partes:

1 - Num post no seu Facebook, Bruno de Carvalho afirmou que apresentaram-se a concurso 6 empresas, entre as quais a "Casa do Marquês" de José Eduardo. Algo que foi negado pelo próprio na recente entrevista concedida à CMTV. Através deste comunicado ficamos a saber que ainda existiu uma outra empresa a concorrer. Muito provavelmente já terá sido depois da direcção de Bruno de Carvalho ter saído do Sporting. 

2 - Diz o comunicado que o concurso foi iniciado a 12 de Junho e que a comissão de gestão tomou posse a 16 de Junho. Mais informaram os senhores da CG que o processo se iniciou com um "evidente atraso" e que seria "difícil tomar uma decisão em tempo útil". Vamos pensar um pouco por um momento. O primeiro jogo realizado em Alvalade esta época foi o jogo de apresentação no dia 
28 de Julho. Portanto, estamos a falar de um período de 46 dias para fechar este negócio. Tempo mais do que suficiente para resolver a questão. Se pensarmos que o primeiro jogo oficial só se realizou este fim-de-semana estamos a falar de um período que ultrapassa largamente os 2 meses. 

3 - Portanto, a CG pediu um relatório interno aos serviços que só apareceu a 9 de Julho, quase um mês depois do concurso estar aberto. Diz a CG que nesse relatório chegam à conclusão que "seria impossível finalizar o concurso a tempo de iniciar a nova época desportiva". É preciso pedir um "relatório interno" para uma coisa tão simples? Portanto, os serviços internos" demoraram quase 1 mês para perceber que o concurso não estaria finalizado a tempo de começar a época. Mas alguém acredita nisto? Sinceramente, alguém acredita nestas tretas? 

4 - Quem olhar para este comunicado ainda fica com a ideia que temos de agradecer a José Eduardo por ter salvo o Sporting da enorme tragédia que seriam as tribunas ficarem sem o famoso croquette. Até fico tentado em pedir para que José Eduardo seja nomeado para sócio do ano na próxima Gala Honoris Sporting. Isto se estes senhores não acabaram em definitivo com a atribuição destes galardões...

5 - Depois de tudo isto ainda tivemos de levar com um "defesa dos superiores interesses do Sporting". Lata não lhes falta, de facto. 


Para fechar


Este é a terceira acção de serviço público feita pelos candidatos. Primeiro tinha sido Pedro Madeira Rodrigues a falar na questão do aliciamento do Benfica ao Bruma. Seguiu-se a intervenção de João Benedito contra os debates na CMTV e finalmente esta acção de Dias Ferreira contra as poucas vergonhas enunciadas neste post. Acho particularmente relevante e revelador que as outras candidaturas tenham medo de colocar o dedo na ferida. Se nem nas eleições o fazem, muito menos farão em caso de serem eleitos. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Uma primeira análise eleitoral


Com as candidaturas fechadas e devidamente apresentadas aos sócios é hora de fazer uma primeira análise eleitoral. Em traços gerais não estou satisfeito com a capacidade/qualidades dos candidatos que se apresentam a estas eleições. Como já se provou, nenhum destes homens é digno da uma confiança clara e inequívoca por parte da esmagadora maioria dos Sportinguistas. Este é o sinal evidente que a existência de tantos candidatos não é sintoma de "vitalidade", mas sim da falta de uma alternativa verdadeiramente interessante em qual a esmagadora maioria dos Sportinguistas se consigam rever.

Passo agora a uma análise individual do perfil dos candidatos. Importa referir que a análise foi feita antes do debate conjunto de ontem.

Lista A - João Benedito "Raça e futuro" 


Quando falamos de João Benedito falamos do melhor guarda-redes da história do Futsal do Sporting e de Portugal. Alguém que durante anos foi idolatrado pelos Sportinguistas e pelo qual sentem grande carinho. Não fujo a essa admiração, mas a realidade é que de atleta a presidente vai uma enorme distância, ainda para mais quando estamos a falar de alguém que deixou de jogar há apenas dois anos. Ainda não vi a entrevista que concedeu na semana passada mas vi a primeira grande entrevista na Sporttv e aquilo fez-me lembrar as provas orais dos tempos da faculdade. Senti claramente que estávamos perante alguém que tinha decorado a matéria sem ter bem presente o real significado dos assuntos, numa entrevista sem ponta de genuinidade. Se esta questão pode ser ultrapassada durante a campanha, há outra que já é mais complicada.

A primeira coisa que João Benedito deveria ter feito quando se apresentou como candidato à presidência do Sporting teria de ser a explicação cabal do processo que levou à sua saída do clube. Não o fez, o que tem permitido todo o tipo de especulação. Um silêncio que mais do que ensurdecedor, parece-me ser comprometedor. E as coisas ficaram ainda mais "curiosas" quando no dia seguinte à oficialização da sua candidatura, Miguel Albuquerque deixou a sua postura de "trabalhar com quem fosse eleito" para entrar fortemente na campanha de Frederico Varandas. Os sócios não merecem saber o que se passou da boca dos protagonistas?

Lista B - José Maria Ricciardi "A Solução para 9 de Setembro" 


O Zé Maria fez parte do Conselho Fiscal e Disciplinar em 8 mandatos consecutivos. Sim, leram bem. São mesmo 8 mandatos consecutivos em que esteve neste órgão entre 1995 (Santana Lopes) e 2013 (Godinho Lopes). Mandatos em que o Sporting acumulou milhões de euros em prejuízos e o património não desportivo foi completamente delapidado. Sobre este senhor haverá muito mais a recordar, mas fico-me apenas por esta entrevista do Dr. Daniel Sampaio, alguém cuja idoneidade está acima de qualquer suspeita (aqui). Leiam a entrevista. Está lá tudo sobre quem é este senhor e sobre o perigo monumental que seria os Sportinguistas darem-lhe a cadeira da presidência.

Lista C - Pedro Madeira Rodrigues "O Grande Sporting"


O nosso querido "City Lion", fará uma campanha melhor em termos de comunicação do que a de 2017, onde foi um verdadeiro desastre. De qualquer forma, nem os melhores profissionais de comunicação do mundo conseguem transformar um inepto num vencedor. Concedo que Madeira Rodrigues tem um projecto, tem ideias e tem equipa. Um mau projecto, más ideias e uma má equipa. Sinceramente, parece-me que Madeira Rodrigues é um apaixonado genuíno pelo futebol do Sporting e valorizo a sua resiliência e determinação em ir até ao fim. São as únicas "qualidades" que lhe aponto. Tudo o resto é péssimo.

Lista D - Frederico Varandas "Unir o Sporting"


O Dr. Frederico Varandas entrou no Sporting em 2011 vindo do Vitória de Setúbal onde era responsável médico das camadas jovens do clube. O facto de passar das camadas jovens de um clube médio do país, para a equipa sénior de um dos maiores clubes da Europa levantou alguns alarmes entre os Sportinguistas. O "factor C" veio imediatamente à conversa, não fosse ele irmão de João Pedro Varandas, na época vogal do Conselho Directivo de Godinho Lopes. Curiosamente, João Pedro Varandas é sócio de Rogério Alves, que foi o candidato à presidência da MAG de Godinho Lopes e que repete a candidatura ao mesmo cargo agora sob a liderança de Varandas. Coincidências...

Já o disse e repito, Frederico Varandas é um desertor que não merece ter estado no clube e muito menos merece ser Presidente do Sporting. De qualquer forma, e uma vez que decidiu participar no acto eleitoral, era bom que explicasse de uma vez por todas quem foi o autor do comunicado conjunto dos jogadores após o post de FB de Bruno de Carvalho sobre o jogo de Madrid. Foi ou não o seu irmão a redigir o documento em nome do grupo? Seria também bom que dissesse quem foi a pessoa que tirou foto de Bruno de Carvalho estendido na marquesa no célebre jogo em que teve problemas na coluna. Seria igualmente interessante explicar porque razão levou os jogadores a treinarem num ginásio nos dias seguintes ao ataque na Academia. Para terminar, seria também bastante útil informar os Sportinguistas sobre quem foi a pessoa que filmou e tirou fotografias no balneário depois do ataque na Academia. Um líder, como Varandas diz ser, nunca permitiria que aquelas imagens saíssem daquele balneário. Imagens que prejudicaram gravemente o Sporting e que foram incentivadas pelo próprio com se percebe no vídeo.

O perfil para este artista ser presidente do Sporting será pouco mais do que nulo. Alguém consegue imaginar este rapazinho a negociar com quem quer que seja? Alguém o imagina a bater o pé a Pinto da Costa ou Luís Filipe Vieira?

Lista E - Rui Jorge Rego "Projecto e Futuro"


Um completo desconhecido que ficou apresentado quando anunciou Paulo Lopo como seu homem forte do futebol e da Sporting SAD. Sobre o presidente da SAD do Leixões deixo apenas estes dois posts do Blog Artista do Dia (aqui) e (aqui). Ficarei envergonhado se este senhor tiver mais de 1% dos votos.

Lista F - Dias Ferreira "Pelo teu amor"


De todos os candidatos, o Dr. Dias Ferreira será provavelmente o candidato que tem mais experiência e conhecimento do clube. Entrou para os órgãos sociais do Sporting em 1980 com João Rocha e desde esse período tem feito parte de alguns órgãos sociais do Sporting. Fez parte da direcção de Amado de Freitas, foi assessor da direcção de José Roquette com a responsabilidade de representar o Sporting na Liga e foi também presidente da MAG nos tempos de José Eduardo Bettencourt. Foi um dos responsáveis pela criação da Liga e do Conselho Nacional do Desporto.

Os Sportinguistas tendem a rejeitar Dias Ferreira por estar ligado muitas vezes ao poder vigente no Sporting. Se esse ponto seria importante noutros momentos para me decidir liminarmente pela rejeição do candidato, neste momento não tem o mesmo efeito em mim. Se há coisa que os últimos meses mostraram é que uma das principais valências que um presidente do Sporting deve ter passa pela capacidade de perceber a "política" leonina e todas as sensibilidades (para não lhes chamar facções). Um papel que de entre os actuais candidatos só encaixaria em Dias Ferreira. Isto é algo que tenho pensado bastante e que faz sentido quando o próprio Dias Ferreira tem dito que só pretende fazer um mandato para arrumar a casa retirando-se de seguida. Em termos das relações com os rivais e política interna Dias Ferreira poderia ser muito válido, mas precisaria de ter um CEO/Presidente da SAD de grande valia.

Lista G - Fernando Tavares Pereira " Unidos venceremos"


O senhor Fernando Tavares Pereira pode ser um desconhecido dos Sportinguistas, pode ter apenas a 4ª classe e não ter o dom da palavra, mas a realidade é que é um empresário de enorme sucesso com um império nas áreas da metalomecânica, construção civil, inspecção automóvel, agricultura, saúde, turismo e hotelaria. Actividades onde emprega mais de 700 pessoas dispersas por 5 países. Sem cunhas, sem pais ricos e sem sobrenome com dupla consoante. Acho que aqui a sua principal dificuldade é ser alguém que não está ligado ao desporto nem estar acompanhado por pessoas com essa capacidade, razão pela qual perde muita força e provavelmente terá um resultado bastante curto.

Os candidatos "suspensos"


Como sabemos, toda esta guerra institucional começou no dia do ataque na Academia (15 de Maio). Nesse mesmo dia, Jaime Marta Soares prometeu a realização de um plenário de todos os órgãos sociais para depois da Taça de Portugal, onde seria analisado o momento do clube. No dia seguinte ao ataque e numa espécie de sugestão para esse plenário, defendi que Bruno de Carvalho deveria pedir a demissão para terminar com a instabilidade no clube e passar a pasta a Carlos Vieira. Esta decisão permitiria que os processos relativos aos empréstimos obrigacionistas fossem continuados, assim como a conclusão da reestruturação financeira que permitiria ao Sporting ficar com 90% da SAD. Dois assuntos de extrema importância para o presente e futuro do clube. Depois de resolvidas estas questões iríamos para eleições e Bruno de Carvalho teria oportunidade de se candidatar se assim entendesse.

Infelizmente, a 17 de Maio, Jaime Marta Soares quebrou a promessa feita aos Sportinguistas para a realização de um plenário de órgãos sociais - onde essa e outras soluções do melhor interesse do Sporting poderiam ser debatidas - levando a cabo uma golpada que passou pela demissão de vários membros dos órgãos sociais para fazer cair de imediato o conselho directivo. Algo que não aconteceu pela resiliência de Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, Rui Caeiro, José Quintela, Alexandre Godinho, Luís Gestas e Luís Roque. Que não restem dúvidas que considero que todos fizeram o que tinham de fazer em defesa dos superiores interesses do Sporting e estou-lhes grato por isso. Lutaram até ao limite das suas forças. A 23 de Junho os sócios do Sporting decidiram interromper o mandato deste conselho directivo para que fosse possível uma clarificação eleitoral.

Depois de toda a guerra institucional entre CD e MAG que levou à destituição do CD, a comissão de fiscalização decidiu suspender Bruno de Carvalho, Carlos Vieira e os restantes membros do Conselho Directivo. Foi um dos actos mais graves e lesivos que um órgão social do Sporting já tomou, se é que posso designar esta comissão de ódio como sendo um órgão social. Estamos a falar de uma comissão de fiscalização nomeada por alguém que está demissionário e que não reúne o mínimo de condições de isenção. Todos os membros desta comissão teceram críticas publicas fortíssimas ao trabalho da direcção de Bruno de Carvalho e nunca poderiam ser chamados a "julgar" estes homens. Henrique Monteiro, "chefe" desta comissão de fiscalização deu-se inclusivamente ao luxo de estar na manifestação contra Bruno de Carvalho à porta do Visconde de Alvalade. Alguém acha isto normal? Portanto, tivemos a decisão mais grave da história do CFeD do Sporting tomada por uma comissão de transição que não foi sufragada pelos sócios, mas sim escolhida por um presidente da MAG demissionário. 

O facto de não permitirem as candidaturas de Bruno de Carvalho e Carlos Vieira é um ato que provavelmente custará muito caro ao Sporting. Não darem a opção de escolha a milhares de sócios de votarem nestes candidatos não permitirá grande margem para unir estes sócios ao novo presidente eleito. Como é que estes sócios podem reconhecer e validar um novo presidente se os seus candidatos forem impedidos de concorrer? Basta darmos uma vista de olhos nas redes sociais para se perceber o barril que pólvora que cairá nas mãos do novo Conselho Directivo. 

E Bruno de Carvalho?


Como sabem apoiei Bruno de Carvalho nas últimas eleições e votei contra a sua destituição na defesa daqueles que considerei serem os superiores interesses do Sporting, tendo sempre em mente os empréstimos obrigacionistas e especialmente a reestruturação financeira que nos permitiria ficar com 90% da SAD. Alguns dias depois da destituição decidi que não votaria em Bruno de Carvalho caso fosse a eleições. A razão é muito simples. Bruno de Carvalho não tem condições para liderar o Sporting, quando tem tanta gente contra ele de forma tão acicatada como tem. Poderia ter uma falange de apoiantes que o reconduzissem no cargo, mas não lhe seriam dadas tréguas pelos restantes e seria apenas uma questão de tempo para estarmos de volta à casa de partida. Sendo eleito outro candidato terá o habitual período de estado de graça, independentemente da votação que tiver. Algo que Bruno de Carvalho nunca teria. 

Este era o motivo fundamental para a "retirada" do meu apoio. Infelizmente, Bruno de Carvalho deu-me uma razão ainda maior no final da semana passada. A providência cautelar interposta para "congelar" a deliberação dos sócios na última AG não é digna de alguém que tanto lutou na defesa dos superiores interesses do Sporting. Estamos a falar do mesmo homem que dois meses antes poderia ter enchido os bolsos a uns empresários e a jogadores e ter resolvido o problema das rescisões, algo que lhe garantiria a manutenção no cargo. Bom exemplo é o caso da venda de Rui Patrício. Dava os 9M ao Jorge Mendes e garantiria o poder no clube. Nessa altura colocou os interesses do Sporting em primeiro lugar não cedendo a qualquer tipo de pressão. Era este tipo de atitude que eu esperava ver sempre em Bruno de Carvalho. A defesa intransigente do Sporting e não é isso que está a fazer com esta providência cautelar.

Não quero entrar muito na questão jurídica mas parece-me importante referir que do que me tenho apercebido com a aceitação da providência cautelar por parte do tribunal, Bruno de Carvalho é neste momento o presidente legal do Sporting e da Sporting SAD. Isto porque a providência cautelar tem efeito suspensivo da deliberação da AG de 23 de Junho. E é aqui que estou em profundo desacordo com Bruno de Carvalho. Bem ou mal, mais ou menos informados a realidade é que os sócios fizeram uma escolha nessa AG. Também já aqui disse que do ponto de vista da contagem de votos não vi absolutamente nada que pudesse colocar em causa o resultado, apesar de existirem muitas deficiências em todo o processo que conduziu a esta AG.

Estar a agarrar-se a questões processuais para reverter uma decisão dos sócios não é digna de alguém que sempre defendeu com unhas e dentes os superiores interesses do Sporting. Quem não se lembra do facto de Bruno de Carvalho ter desistido dos processos em tribunal nas eleições de 2011, onde ai sim, foi claro e evidente que os resultados foram afinados por forma a que Godinho Lopes ganhasse as eleições. Se ai desistiu das acções para não complicar a vida do Sporting, só teria de fazer o mesmo agora. O meu apelo vale de muito pouco, mas peço a Bruno de Carvalho para desistir destas acções relativas à AG em defesa dos superiores interesses do Sporting. Já em relação às providências cautelares relativas à sua suspensão de sócio, assim como os processos que prometeu intentar contra quem o difamou espero que os leve até às últimas instâncias. Bruno de Carvalho foi para mim o melhor presidente do sec. XXI do Sporting e com este tipo de atitudes esta a permitir que se apague o legado de enorme valia que deixou no clube. Que tenha o discernimento para perceber que se continuar a percorrer o caminho da litigância permitirá que se apague da memória dos Sportinguistas tudo o que de bom fez. Todos sabemos que a última imagem é a que fica.

E Carlos Vieira?


Desde o dia em que apresentou a candidatura que tive a intenção de votar em Carlos Vieira, um homem com os atributos necessários para fechar os dossiers financeiros e para liderar o clube num mandato de consolidação na sua política desportiva, financeira e patrimonial. A sua postura durante o curto período em que lhe permitiram fazer campanha e já depois quando foi anunciado o castigo foi sempre muito digna e respeitadora do Sporting. A sua última declaração foi no sentido de lutar pela defesa do seu bom nome por todas as vias possíveis, mas nunca colocando em causa a vontade dos sócios, ao contrário do que fez Bruno de Carvalho. Só pode ser este o caminho.

A sua suspensão, tal como a dos restantes membros do CD anterior não tem ponta por onde se lhe pegue, como acredito que se virá a provar no futuro. Infelizmente, esta golpada não deixará que Vieira possa ser uma opção eleitoral. Contudo, poderá ainda ser muito útil ao Sporting. João Benedito já disse que terá um CEO na SAD mas ainda não anunciou o seu nome, assim como me parece que há espaço na candidatura de Dias Ferreira para um Presidente da SAD. Parece-me uma boa solução que salvaguardaria os superiores interesses do Sporting, mas não me parece que vá acontecer.

Para fechar


Estando Carlos Vieira de fora da corrida, não sei em quem vou votar, mas sei perfeitamente em quem não vou votar, como já ficou expresso pelo referido anteriormente. No final da campanha eleitoral farei a minha declaração de voto. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Deixem os sócios falar


Segundo a comunicação social, Bruno de Carvalho está neste momento na SAD do Sporting com a decisão de uma providência cautelar que anula a assembleia geral destitutiva de 23 de Junho. Isto é o mesmo que dizer que Bruno de Carvalho e o restante conselho de administração da SAD e o conselho directivo do clube estão novamente em funções. 

Neste momento não se sabem muitos mais pormenores, mas perante o que se sabe gostaria de fazer um apelo a todas as partes: Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, restantes membros do CD, comissão de gestão, mesa da assembleia geral e comissão de fiscalização: Sentem-se à mesma mesa e de uma vez por todas parem com todos os processos de suspensão, parem com todas as providências cautelares, parem com todos os processos em tribunal e façam a coisa que mais beneficia os superiores interesses do Sporting. Cancelem tudo isso e permitam a Bruno de Carvalho e Carlos Vieira juntarem-se ao 7 candidatos oficializados pela MAG. 

Deixem os sócios decidir livremente de entre todas as candidaturas. Deixem os sócios falar. Só assim teremos paz no nosso clube. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

O Zé dos tachos e a Comissão de Gestão


Aos poucos e poucos os Sportinguistas vão tendo acesso a alguns do actos da comissão de gestão em exercício. Ontem ficamos a saber o nome da empresa responsável pelo catering do Estádio de Alvalade, numa história que merece alguma contextualização. 

O aviso de Bruno de Carvalho


No passado dia 6 de Agosto, Bruno de Carvalho fez a seguinte publicação no seu Facebook:

Link do post (aqui)

"Como é que está este concurso?"


Foi com esta questão que Bruno de Carvalho fechou o seu post. Ontem ficamos a saber a resposta através da pergunta do jornalista da CMTV.


Confesso que me deu um certo prazer ver a linguagem corporal de total desconforto de José Eduardo enquanto o entrevistador o "entala" com todo o carinho e afeição. Desconforto que foi perfeitamente visível na resposta de José Eduardo. Reparem nas voltas que o homem deu.

Começou a resposta com um "você anda a ler as redes sociais", como que a tentar desvalorizar o assunto. Depois falou na história da sua empresa e sobre o seu percurso profissional pós-futebol, desvalorizando percursos de outros antigos jogadores. Como se isso não bastasse, ainda criticou os Sportinguistas como sendo autofágicos. Diz José Eduardo que "nós temos uma tendência para pôr em causa os grandes valores que nós temos". Conclui essa ideia dos "grandes valores" colando as dúvidas levantadas sobre a ligação da sua empresa ao Sporting com "as tochas a Rui Patrício" e com as agressões a William Carvalho e Bas Dost. Portanto, inclui-se na mesma lista de Rui Patrício, William Carvalho e a Bas Dost como "grandes valores". Bem, agora que penso nisso, se calhar tenho de lhe dar razão. O que lhes interessa são mesmo os "valores".

"Para acalmar os espíritos mais inquietos"


Depois de todas estas voltas, que servem essencialmente para ganhar tempo e construir uma narrativa, lá começou a responder efectivamente à questão dizendo o seguinte: "Nós já tinhamos decidido em termos da administração que acabado o contrato com o Sporting que terminou no dia 30 de Junho, não íamos continuar no Sporting". Curiosamente essa versão não bate certo com o que foi escrito por Bruno de Carvalho, que no post cujo print está em cima diz que a Casa do Marquês foi uma das empresas que concorreram.

Mas, até dou de barato que a sua versão seja verdadeira e que a Casa do Marquês tenha decidido sair do Sporting. Se assim é por que motivo decidiu voltar atrás com o que estava definido? Por que razão regressaram ao Sporting pela mão da comissão de gestão?

De concurso a ajuste directo


Para os Sportinguistas mais desatentos importa referir que a Casa do Marquês entrou no Sporting em 2003 assinando um inacreditável acordo de 15 anos, que finalizou no passado dia 30 de Junho. Um acordo fechado com a presidência de Dias da Cunha, cujo responsável pelas infraestruturas na época era o Eng.Godinho Lopes. Portanto, é falso que a direcção de Bruno de Carvalho tenha renovado contrato com a empresa de José Eduardo. Curiosamente, José Eduardo deixou de apoiar publicamente a anterior direcção precisamente no momento em que foi anunciado um concurso para a atribuição do catering do Estádio de Alvalade. Importa dizer que nesse acordo inicial existia uma cláusula de renovação por mais 5 anos, que não foi accionada pelo Sporting. Tantas coincidências giras.

Mas as coincidências não se ficam por aqui. Durante o período que intermediou a nomeação da comissão de gestão e a AG de destituição, os senhores da comissão de gestão fizeram do Páteo Alfacinha a sua sala de reuniões.

Fotos que circularam nas redes sociais de uma reunião no dia 16 de Junho no Páteo Alfacinha, sete dias antes da AG de destituição.

Foi inclusivamente nesse espaço que foram apresentados oficialmente os membros da comissão de gestão aos Sportinguistas como se pode ver na foto inicial deste post. 

Para fechar


Vamos a factos. Coincidência ou não, José Eduardo retirou o seu apoio a Bruno de Carvalho a partir do momento em que a direcção anterior decidiu fazer um concurso público para atribuição do catering do Estádio de Alvalade. Coincidência ou não, foram feitas uma série de reuniões da MAG e da comissão de gestão no Páteo Alfacinha ainda antes da AG de destituição. A apresentação da CG pela MAG também foi feita nesse espaço. 

Coincidência ou não, a comissão de gestão entrou em funções no dia 25 de Junho, cinco dias antes do término do contrato da Casa do Marquês com o Sporting. Uma das primeiras medidas da comissão de gestão passou por cancelar o concurso e atribuir o catering do Estádio de Alvalade à Casa do Marquês por ajuste directo. Alguém acha isto normal? Que moral tem esta gente para acabar com um concurso e atribuir por ajuste directo o contrato a um sujeito que esteve desde a génese ligado a esta comissão de gestão. Era giro sabermos quanto cobra a Casa do Marquês e as propostas das empresas que participaram no concurso. Fica a dica para a Tânia Laranjo fazer uma peça sobre o assunto. 

A somar a tudo isto, recordar que dos 9 membros da comissão de gestão, apenas 7 se mantêm em funções, uma vez que Jorge Gurita e Alexandre Cavalleri já saíram do órgão para fazerem parte das listas de José Maria Ricciadi. Precisamente, a lista onde José Eduardo é candidato a vice-presidente. Portanto, dois dos companheiros de lista de José Eduardo também tiveram poder na decisão do ajuste directo. Fantástico. 

Face a tudo isto, José Eduardo pode vir dizer que coloca o contrato à disposição da próxima direcção, que isso não altera em nada o escândalo que é esta promiscuidade entre José Eduardo e a comissão de Gestão. A realidade é que José Eduardo foi colocado entre a espada e a parede e não podia responder de outra forma. 

Não posso deixar de salientar o papel do jornalista da CMTV nesta questão. Colocou o dedo na ferida e acabou por dar um grande contributo para os Sportinguistas saberem a verdade. É uma pena que o CM não faça uma daquelas capas fantásticas com este assunto. Fica a sugestão. 

Para concluir, quer-me parecer que o facto de a Comissão de Gestão/MAG ter recuado na questão dos debates na CMTV - por pressão dos sócios do Sporting - pode estar relacionada com a denúncia pública deste contrato vergonhoso. Como diz o povo: "quem com ferros mata, com ferros morre". Fica esta ideia para reflexão. 


Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Revista de imprensa 16/08/2018


ACTUALIDADE


Viviano
Record diz que a cervicalgia está a evoluir favoravelmente e é praticamente certo que estará disponível no Sábado.

Thierry Correia 
Record diz que o jogador treinou às ordens de Peseiro.

Bruno César
Jogador está na fase final de recuperação.

Matheus Pereira
Record diz que o jogador esteve a trabalhar no ginásio. Abola diz que o jogador continua a trabalhar à parte.

ENTRADAS


Nemanja Gudelj
Record diz que o jogador "está seduzido" com a possibilidade de representar o Sporting, ainda para mais quando o seu irmão, Dragisa Gudelj joga no Guimarães B. Sporting está a negociar o jogador e está disposto a pagar entre 2 e 3M pelo empréstimo suportando ainda 1M do seu salário. Abola falou com o empresário do jogador que disse que o jogador "está interessado no Sporting" e que "os clubes estão a falar".

Diaby
Record diz que as negociações estão num impasse. O acordo de verbas parece estar fechado nos 3M mas o que está a dificultar a transferência é a forma de pagamento. Abola diz que "acertos financeiros" atrasam a contratação do jogador numa transferência de 4M.

Raúl De Tomás
Record diz que o futuro do jogador deve ser anunciado na segunda-feira quando Lopetegui anunciar a lista de dispensas. Abola diz que o Sporting volta hoje à carga pela contratação do avançado.

SAÍDAS


Demiral
Central leonino foi emprestado ao Alanyaspor por uma época, ficando os turcos com opção de compra por 3,5M.

Wendel
Abola diz que o Flamengo tentou o empréstimo do médio

Doumbia
Abola diz que Bursaspor e Rizespor estão interessados no jogador. Sporting quer 1,5M pelo jogador.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

Em que ficamos?


Como sabemos, Augusto Inácio faz parte da estrutura do futebol, apesar de parecer ter sido "encostado". Algo que nunca foi explicado aos Sportinguistas. Se estão bem recordados, Augusto Inácio não viajou com a equipa para o estágio na Suiça e quem esteve no banco de suplentes em Moreira de Cónegos foi Manuel Fernandes. Passado todo este tempo, os sócios do Sporting continuam sem uma explicação. 

O anúncio


Link da notícia (aqui)

Na noite de quarta-feira, Dias Ferreira esteve numa acção de campanha em Setúbal e anunciou Augusto Inácio como seu team-manager em caso de vitória eleitoral. Até aqui nada de muito especial. Até que surgiu uma novidade.


A novidade


Durante a noite de ontem, Augusto Inácio escreveu o seguinte nas suas redes sociais:

Link do tweet (aqui)

Em que ficamos?


Portanto, Augusto Inácio é impedido de apoiar a candidatura de Dias Ferreira devido a uma norma interna, que diga-se de passagem é absolutamente inconstitucional. Enquanto isso, Miguel Albuquerque anda ao lado de Frederico Varandas a fazer campanha, como é do conhecimento geral.


Em que ficamos senhores da comissão de gestão e da MAG? As "normas" não abrangem todos os funcionários do Sporting? Qual é o motivo para esta discriminação? Será que a na norma há uma excepção para quem apoia Frederico Varandas? Fico a aguardar que os senhores da CG e da MAG concedam estas respostas à Tânia Laranjo para ela informar os Sportinguistas...


Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

CMTV - "Estamos em casa"


Foi ontem anunciado que os debates eleitorais serão todos realizados na antena da CMTV. Estamos a falar de nada mais, nada menos que 21 debates que irão ocupar o prime-time do canal desde a próxima sexta-feira até ao dia 7 de Setembro.

Calendário de debates


1 - Dia 17 de Agosto: Frederico Varandas - João Benedito
2 - Dia 19 agosto: Dias Ferreira - Rui Rego
3 - Dia 20 agosto: José Maria Ricciardi - Tavares Pereira
4 - Dia 21 Agosto: Rui Rego - Frederico Varandas
5 - Dia 22 Agosto: João Benedito - Madeira Rodrigues
6 - Dia 23 Agosto: Madeira Rodrigues - Rui Rego
7 - Dia 24 Agosto: Tavares Pereira - Rui Rego
8 - Dia 25 Agosto: Dias Ferreira - José Maria Ricciardi
9 - Dia 26 Agosto: Frederico Varandas - Dias Ferreira
10 - Dia 27 Agosto: José Maria Ricciardi - Rui Rego
11 - Dia 28 Agosto: Tavares Pereira - Frederico Varandas
12 - Dia 29 de Agosto: Dias Ferreira - Tavares Pereira
13 - Dia 30 de Agosto: José Maria Ricciardi - Madeira Rodrigues
14 - Dia 31 Agosto: João Benedito - Rui Rego
15 - Dia 1 Setembro: Madeira Rodrigues - Tavares Pereira
16 - Dia 2 de Setembro: João Benedito - Tavares Pereira
17 - Dia 3 de Setembro: João Benedito-Dias Ferreira
18 - Dia 4 de Setembro: Frederico Varandas - Madeira Rodrigues
19 - Dia 5 Setembro: Madeira Rodrigues - Dias Ferreira
20 - Dia 6 Setembro: João Benedito - José Maria Ricciardi
21 - Dia 7 Setembro: Frederico Varandas - José Maria Ricciardi

Um primeiro debate


Recordar que no passado dia 8 (quarta-feira) a CMTV transmitiu um primeiro debate. Na promoção a esse debate foram apresentados 6 candidatos, como se pode ver no print seguinte, retirado da emissão da CMTV: 


Desde já salientar que na promoção ao debate não foi incluído o nome de Rui Jorge Rego que acabou por estar presente juntamente com José Maria Ricciardi, Frederico Varandas e Dias Ferreira.

Link da notícia (aqui)

No dia anterior ao debate, João Benedito anunciou que não estaria presente no debate por considerar que o mesmo apenas deveria acontecer após a aceitação definitiva das respectivas candidaturas pela (MAG). Algo que na altura ainda não tinha acontecido. 

No dia seguinte ao anúncio da não participação de João Benedito, Fernando Tavares Pereira e Frederico Varandas fizeram o mesmo, usando a mesma argumentação. 

Links (aqui) e (aqui)

Quero salientar que estes comunicados foram publicados ao final da tarde e a poucas horas do debate. O de Fernando Tavares Pereira foi publicado às 18:39h e o de Frederico Varandas cerca de 15 minutos depois. 

Como curiosidade, deixo também um post de Facebook de Pedro Miguel Moura, nº2 de João Benedito, que poucos minutos depois dos comunicados dos "rivais" já dizia que estes seguiam o líder...



Sporting garante audiências


Mesmo com 3 candidatos ausentes deste primeiro debate, a verdade é que a CMTV "facturou" à grande à custa do Sporting.

Link da notícia (aqui)
Portanto, a CMTV liderou o mercado de informação no cabo graças ao debate eleitoral do Sporting e ao especial de comentário que se seguiu. 

Uma pequena reflexão


O Sporting não tem nos seus estatutos a designação de uma comissão eleitoral ou equivalente para mediar todas as questões eleitorais. E aqui está um tema interessante que deve ser analisado numa futura revisão estatutária. Deixo algumas questões: Até que ponto não se deveria constituir uma comissão eleitoral independente para supervisionar a campanha eleitoral? Que lógica tem termos candidatos e pseudo-candidatos em campanha eleitoral na comunicação social e nos núcleos ainda antes de serem formalizadas e validadas as suas candidaturas? Os 30 dias antes do acto eleitoral não são mais do que suficientes para passarem as suas mensagens? Até que ponto queremos permitir o aparecimento de gente que só quer 15 minutos de fama e que depois não concretiza as suas ideias através da formalização e validação de uma candidatura? E aqui deixo o exemplo clássico de Zeferino Boal que acaba sempre por ser repescado por uma qualquer candidatura. Ficam estas questões para reflexão. 

CMTV - "Estamos em casa"


Se estamos a falar de eleições do Sporting, a lógica seria que fosse a Sporting TV a dar cobertura total da campanha e dos debates. Termos os debates na Sporting TV daria muito mais garantias que os valores leoninos, a defesa do clube e o esclarecimento dos sócios fossem assegurados. Seria também uma forma de garantir que os debates não se tornassem em verdadeiras lutas na lama, como aconteceu no primeiro debate na CMTV. 

Julgo que é isto que os Sportinguistas pretendem. Se a isto juntarmos um enorme aumento de audiências no nosso canal, a visibilidade a quem aposta em publicidade na Sporting TV e até a valorização profissional dos colaboradores da Sporting TV, estamos conversados. 

Parece-me evidente que os profissionais da Sporting TV e a sua direcção têm a perfeita noção que este conteúdo seria excelente para o desenvolvimento do canal. Se a CMTV foi líder de audiência com o primeiro debate não existiria motivo para a Sporting TV não conseguir excelente números durante estes 21 dias de debates. 

A única razão válida, apesar de discutível, para os debates serem na CMTV só poderia passar por uma compensação financeira a ser paga ao Sporting pela cedência do conteúdo. Se me disserem que o Sporting receberá 5 mil euros por debate eu até concedo e aplaudo esta estratégia. Estaríamos a falar de mais de cem mil euros que poderiam ser canalizados para ajudar as nossas modalidades.

Como não acredito que a Sporting TV não tenha interesse no conteúdo, nem que a CMTV tenha pago o que quer que seja ao Sporting, a responsabilidade tem de ser assumida pela MAG e pelo Conselho de Gestão do Sporting. Nesta altura é evidente para todos que estes dois "órgãos sociais" têm utilizado a CMTV/Correio da Manhã como canal privilegiado de comunicação. Algo que deveria envergonhar todos os Sportingusitas que ao longo dos últimos anos foram alvo de uma campanha suja contra o bom nome do clube, dos seus dirigentes, atletas e adeptos. No meio de toda esta promiscuidade é impossível não associarmos o tratamento de favor deste "novo" Sporting ao CM, com a política editorial do canal e do jornal. Era interessante os Sportinguistas saberem definitivamente que massa tem unido esta aliança ao longo dos últimos meses.

Têm a palavra os candidatos. Vão compactuar com esta vergonha? É isto que querem para o "vosso" Sporting? É que se for, se calhar o ideal é mesmo fechar a Sporting TV e passamos a "estar em casa" na CMTV. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

Revista de imprensa 15/08/2018


ACTUALIDADE


Podence
Record diz que o Sporting reclama 60,45M ao jogador 

Viviano
Record diz que o jogador não treinou ontem, mas estará apto para o jogo de sábado frente ao Vítoria de Setúbal. 

Matheus Pereira
Abola diz que o jogador treinou à parte do grupo

Miguel Luís 
Jovem jogador campeão europeu de Sub19 regressou de férias e fará parte do plantel principal

Demiral
Ojogo diz que o jogador vai rodar no Alanyaspor da Turquia. Empréstimo contempla opção de compra. 

Wallyson
Ojogo diz que o jogador será emprestado ao Estoril. 

ENTRADAS


Nemanja Gudejl 
Record diz que o Sporting negoceia com o Guangzhou o empréstimo do jogador por uma época. Os leões estão dispostos a oferecer entre 2M e 3M pelo empréstimo. Abola diz que o empréstimo pode ser de 1 ano e meio e que o Sporting está disponível para pagar 2M pelo empréstimo do jogador. Ojogo adiante que o jogador recebe 5M limpos (10M brutos), pelo que teria de pagar apenas uma parte do vencimento. 

Carlos Bacca
Record diz que o negócio está quase fechado entre o Villarreal e o Milan. Abola diz que ainda é possível o jogador vir para o Sporting. 

Diaby 
Record diz que o negócio está em conclusão. Abola diz que ainda faltam ultrapassar detalhes financeiros para finalizar a operação. Ojogo diz que o Brugge quer 4M e que o Sporting só oferece 2M+1M por objectivos.

Ricardo Quaresma
Abola diz que o extremo "não entra nas contas". 

SAÍDAS


Doumbia
Record diz que o Bursaspor e o Goztepe querem o jogador por empréstimo e estão disponíveis para oferecerem 1,5M pelo empréstimo e pagarem a totalidade do salário do jogador.

Matheus Pereira
Record diz que a cedência pode estar em cima da mesa "se a equipa técnica não notar maior empenho do atleta".


ELEIÇÕES


José Maria Ricciardi
Record diz que viaja hoje para Nova Iorque onde estará reunido com investidores 

Frederico Varandas
Candidato diz que vai aumentar as receitas em 10M

Dias Ferreira
Foi ontem anunciado que Augusto Inácio será o team-manager de Dias Ferreira. 

Debates 
CMTV transmitirá 21 debates eleitorais entre o dia 17 e 7 de Setembro. 


Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Revista de imprensa 14/08/2018




ACTUALIDADE



Viviano
Guardião italiano estará apto para a partida de Sábado frente ao Vitória de Setúbal. 

Sturaro
Carlo Volpi, agente do jogador revelou ao jornal Ojogo que o jogador está a recuperar da lesão em Barcelona de um "problema no tendão que já o incomoda há sete meses". 

ENTRADAS


Carlos Vinícius 
Record diz que o jogador vinculado ao Nápoles e que na época passada jogou no Real Massamá foi oferecido ao Sporting.

Carlos Bacca
- Record diz que o jogador decide o futuro até ao final da semana. O cenário mais provável é regressar ao Villarreal. Abola diz praticamente a mesma coisa. 

- Ojogo diz que o Sporting já chegou a entendimento com o Milan. Leãos pagam 2M pelo empréstimo e ficam com a responsabilidade de pagar uma parte do vencimento (4M). A decisão está agora nas mãos do jogador. 

Abdoulay Diaby
- Record diz que os clubes ainda não chegaram a um entendimento quanto à forma de pagamento do jogador. 

- Ojogo diz que o Sporting oferece 3M e que o Brugge quer 4M.

- Abola diz que o jogador está a um passo de ser jogador do Sporting por 4M. 

Tonny Sanabria
Ojogo cita o "Estádio Desporivo" de Sevilha onde é referido que o jogador rejeitou ser emprestado ao Nice e a um clube português. Ojogo diz que o clube português é o Sporting. 

Raúl de Tomás
Ojogo diz que o Real está a tentar contratar um avançado e que só empresta o jogador quando essa transferência estiver concluída. 

SAÍDAS


Doumbia
Abola diz que o Bursaspor irá pagar 1,5M pela contratação do avançado e que o Sporting ficará ainda com 20% do passe.

Matheus Pereira
Ojogo diz que existe a possibilidade de o jogador sair e não faltam clubes interessados: Bordéus, Nantes e Dínamo de Moscovo.


MODALIDADES


Andebol
Equipa iniciou ontem os trabalhos no Pavilhão João Rocha depois do estágio no Qatar. Este é o plantel para 18/19.


Futebol Feminino
Vítoria por 4-0 frente Dragon 2014 que não chegou para a qualificação para a próxima fase da Liga do Campeões. Um desaire que merece uma profunda reflexão na secção.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Revista de imprensa 13/08/2018



Vitória em Moreira de Cónegos
Leões batem Moreirense por 3-1 com dois golos de Bas Dost e um de Bruno Fernandes.

Melhores em campo
Abola, Record e Sporttv consideraram Bruno Fernandes como o "homem do jogo". Ojogo optou por Bas Dost. 

Excelente, Salin
Quero destacar a exibição de Salin que mostrou qualidades e foi fundamental para a conquista dos 3 pontos.


Jovane Cabral
Fez a estreia na Primeira Liga e sofreu a grande penalidade que deu o 2-1 para o Sporting. Foi o segundo jogo oficial ao serviço da equipa principal do Sporting, depois de ter jogado 11 minutos frente ao Oleiros na época passada. 

Viviano lesionado
Guardião italiano lesionou-se no pescoço no aquecimento da partida. Uma "entorse cervical" segundo o jornal Record. 

Manuel Fernandes no banco
Ao contrário do que seria expectável, Augusto Inácio não esteve no banco com a equipa em Moreira de Cónegos. Quem cumpriu o papel de delegado ao jogo foi Manuel Fernandes. 

"Presidentes" na tribuna
Jaime Marta Soares, Sousa Cintra e Artur Torres Pereira estiveram presentes no estádio

Relvado
Absolutamente vergonhoso o estado do relvado de Moreira de Cónegos. 

Classificações jogadores Sporting


MODALIDADES


Évora de Ouro
Nelson Évora sagrou-se campeão Europeu do triplo salto ao ar-livre. É a terceira medalha internacional para o atleta desde que ingressou no Sporting. Conquistou Bronze no Mundial ao AL e no Mundial em PC. 

Volta a Portugal
Sporting termina a prova com o 2º lugar na geral individual (Joni Brandão) e também em 2º na classificação geral por equipas. Apesar de o Sporting ter feito a sua melhor volta desde o regresso da modalidade ao clube, ainda não chegou para vencer a prova e matar o borrego. São já 32 anos sem conquistarmos a prova em termos individuais (Marco Chagas em 1986), e 33 anos em termos colectivos. 

ELEIÇÕES

Candidatos estiveram presentes em Moreira de Cónegos.



Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

Mala Ciao - Os 10 mil euros para cada jogador do Aves


Segundo o Jornal de Notícias, a polícia judiciária e o ministério publico reuniram indícios de que o Benfica prometeu pagar 10 mil euros a cada jogador do Aves como incentivo para ganhar o jogo com o Porto da 29º jornada da Liga . Segundo a publicação, a PJ investiga denúncia de luvas a jogadores do Desportivo das Aves para vencerem o Porto na partida que antecedia o clássico entre Benfica e Porto no Estádio da Luz. 

A notícia


Cliquem na imagem para aumentar

Cliquem na imagem para aumentar

Negociatas de jogadores


Na notícia há uma passagem muito interessante que merece alguma reflexão.


Num espaço de um ano chegaram à Vila das Aves, nada mais, nada menos do que 8 jogadores vindos dos quadros do clube da Luz: Ponck, Arango, Derley, Luís Farina, Ricardo Mangas, Luquinhas, Hamdou Elhouni e Salvador Agra.

Coincidências...

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

domingo, 12 de agosto de 2018

Revista de imprensa 12/08/2018



ENTRADAS


Sturaro
Jogador foi confirmado como jogador do Sporting, mas só vem para Portugal daqui a dois meses.

Diego Laxalt
Abola cita o Tuttomercatoweb que afirma que os leões iniciaram contactos para a contartação do jogador do Génova. O Zenit está interessado no jogador e está disposto a pagar 18M pela sua contratação e um salário de 2,5M limpos. O Sporting pretende o empréstimo do jogador. 

Carlos Bacca
Abola diz que Sporting e Milan já chegaram a acordo para o empréstimo com opção de compra. Fica apenas a faltar o "sim" do atleta. Jogador recebe 3M limpos que será repartido entre os clubes. Record diz que o jogador tem muitas propostas e que o destino mais provável é o regresso ao Villarreal.

Abdoulay Diaby
Abola diz que o acordo entre os clubes "não está selado, mas está perto e pode ficar fechado no início da semana. Record diz que o jogador "já não foge" e que falta apenas acertar as condições de pagamentos dos 3M.

Raúl de Tomás
Abola não adianta grande coisa em relação a esta possível contratação.

Jordan Lukaku e M´Baye Niang 
Segundo Abola, a imprensa italiana apontou estes dois jogadores ao Sporting.

SAÍDAS


Demiral
Segundo Abola o jogador deve ser emprestado ao Fenerbahçe. Ojogo diz que o jogador esteve próximo do Tondela, mas a saída acabou por ser travada.

Ryan Gaul
Ojogo diz que o jogador esteve próximo de ser transferido para o Boavista, mas o seu salário é demasiado alto para os cofres do Bessa. 

ELEIÇÕES


Candidaturas 
Tirando a candidatura de Bruno de Carvalho que foi rejeitada e a de Rui Jorge Rego cuja situação ainda está por regularizar, todos os restantes candidatos estão aptos para participarem no acto eleitoral.

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)

sábado, 11 de agosto de 2018

Revista de imprensa 11/08/2018



ACTUALIDADE


André Geraldes
Record e Abola dizem que o antigo team-manager do Sporting pediu a rescisão unilateral do contrato não exigindo qualquer tipo de indemnização. O jornal conclui dizendo que existem clubes interessados nos seus serviços.

ENTRADAS


Sturaro
- Record diz que o negócio está em risto devido a questões físicas (problema num joelho esquerdo) e também por questões financeiras. O jornal diz que o Sporting paga 2M pelo empréstimo e a totalidade do salário do jogador (3,5M). O problema é que a carga fiscal portuguesa é maior do que a italiana o que fará com que o atleta tenha um vencimento líquido menor. 

- Abola só refere questões físicas para o atraso na apresentação do jogador. Segundo o jornal, o problema está no tendão de aquiles da perna esquerda. 

- Ojogo diz que os exames médicos nem sequer foram realidados durante o dia de ontem.

Diaby 
Record diz que o montante da transferência passou dos 5M para os 3M e que só falta acordo com o jogador. Abola confirma esta ideia.

Bojan Krkic
Record diz que o jogador foi oferecido a Sousa Cinta e que Peseiro gosta do avançado. A ausência de ritmo competitivo e alguns problemas físicos "fazem o leão hesitar". 

Carlos Bacca
Abola diz que o Sporting está interessado no jogador que está na lista de dispensas do Milan. Não referem valores. 

Raúl de Tomás
Abola diz que o Rayo e o Valladolid também estão interessados no jogador. O Real irá decidir em função do clube que oferecer maior margem de progressão. 

André Martins, Miguel Veloso e Enzo Pérez

MODALIDADES 


Ciclismo
Sporting continua a liderar a classificação geral por equipas

Futebol Feminino
Leoas derrotaram o Osijek por 3-0 e mantém a esperança na vitória no grupo.

ELEIÇÕES


Jaime Marta Soares validou as candidaturas de Frederico Varandas e de José Maria Ricciardi. A candidatura de Bruno de Carvalho foi rejeitada e as restantes têm 48 horas para rectificar irregularidades. O jornal Abola diz que a irregularidade associada a Pedro Madeira Rodrigues está relacionada com 23 votos repetidos de associados que assinaram o requerimento de outras candidaturas. Já Tavares Pereira tem 4 candidatos "sem condições de concorrer". As irregularidades nas listas de João Benedito, Rui Jorge Rego e Dias Ferreira não foram referidas. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aquiInstagram: (aqui)