" Mister do Café: O teatro das tochas

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

O teatro das tochas


No jogo da passada terça-feira entre o Manchester United e o Benfica em Old Trafford, os "grupos organizados de sócios" do Benfica mostraram mais uma vez o seu nível.

"Não vamos fechar o Estádio da Luz"


Comunicação Benfica

Dias antes da partida o clube pediu de forma oficial para que os seus adeptos se portassem de forma civilizada e "sem recurso a qualquer tipo de artefacto pirotécnico", uma vez que "qualquer deslize implica a interdição do Estádio da Luz".

É engraçado que o Benfica só faça este tipo de apelo para jogos internacionais, onde a mão pesada da UEFA se faz sentir. Em Portugal como gozam de uma total impunidade das instâncias desportivas (FPF e Liga) e governamentais (IPDJ) não precisam de fazer apelos. Os comportamentos incorrectos acontecem todas as semanas e continuam a ser ignorados. Nada que admire quem está atento ao desporto em Portugal. Se um membro de uma claque ilegal do Benfica assassinou um adepto do Sporting de forma brutal e não aconteceu nada ao Benfica, que mal tem lançar umas tochas para cima de famílias como aconteceu num derby em Alvalade em 2015. Os tais acontecimentos que foram considerados como "folclore" por João Gabriel, na altura director de comunicação do Benfica que entretanto caiu em desgraça no clube da Luz.

Comportamento recorrente


As exibições do Benfica na Europa têm sido miseráveis dentro e fora do campo. Na segunda jornada da fase de grupos da Champions, os "grupos organizados de adeptos do Benfica", como Vieira gosta de os designar, foram a Basileia causar estragos.


Segundo a imprensa suíça, replicada pelos jornais nacionais, "o ministério público suíço abriu um inquérito na sequência de confrontos entre adeptos benfiquistas e do Basileia", que levaram à identificação, por parte da polícia de 59 pessoas: 32 croatas, 21 portugueses, 5 suíços e 1 inglês." Segundo Peter Gill, chefe do ministério público de Basileia, "foi um milagre ninguém ter ficado gravemente ferido. Suspeitamos que há uma amizade entre os adeptos do Benfica e do Hajduk, por isso estavam tantos croatas neste encontro". Mais informação sobre este episódio (aqui).

O teatro das tochas


Old Trafford é conhecido como o "teatro dos sonhos", mas neste jogo as claques benfiquistas transformaram o recinto num teatro das tochas.


Perante estes novos acontecimentos a UEFA decidiu instaurar novo processo disciplinar ao Benfica. A decisão será conhecida no próximo dia 16 de Novembro. 

Onde estão os benfiquistas?


Perante tudo isto, os benfiquistas que pagam o seu bilhete de época, que pagam as suas deslocações e que vivem o clube com comportamentos dignos o que têm a dizer? Aceitam de bom grado que estas claques tenham todo o tipo de benesses por parte da direcção, como: bilhetes mais baratos e até de borla em algumas situações, carrinhas alugadas e combustível pago pelo clube, prioridade na aquisição de bilhetes para finais ou jogos fora, instalações no Estádio da luz, etc.

O Benfica gasta milhares de euros em multas e em arranjos das instalações dos clubes por onde estas claques passam, o Benfica é envergonhado pelo comportamento destes adeptos em Portugal e na Europa e não há uma única palavra da direcção do Benfica contra esta gente? E os sócios não dizem nada? 

Uma vez que nem os restantes sócios ou a direcção do clube repudiam este tipo de situações relacionadas com as claques, só posso concluir que o Benfica enquanto instituição se revê em roubos, violência, assassinatos ou tráfico de droga, assumindo estes comportamentos no ADN do clube. 

E se assim for é uma opção legítima e não será nada de muito surpreendente por parte do clube das cadeiras voadoras. 

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

6 comentários:

  1. Míster, os sócios e direcção do slb repudiam o vapor de água de um cigarro electrónico.
    Estas situações são de muito menor gravidade.

    ResponderEliminar
  2. Lúcida análise e certeiras conclusões. Mas será que no outro lado não existe massa crítica que ponha termo a está situação? Ele são emails, vouchers, assassinatos, padres, claques ilegais, manipulações, cadeiras voadoras... E com certeza mais irá surgir pois " o camelo pôs as mãos na m." O que quererá ele dizer? O que fez? SL

    ResponderEliminar
  3. Calma que o Fernando Gomes vai entrar em acção de maneira a que não haja castigo. Porque senão... ainda vê algum sms pessoal mais comprometedor ser tornado público. Sim porque mesmo sob investigação, o Polvo continua a activo e de certeza que aproveita qualquer hipótese para mostrar a sua força.

    ResponderEliminar
  4. São mesmo atrasados mentais. Mas é nestes momentos que se vê que se sentem impunes para fazer o que querem.

    ResponderEliminar