" Mister do Café: 35 Milhões de lucro no 3ºtrimestre

terça-feira, 6 de junho de 2017

35 Milhões de lucro no 3ºtrimestre


Dando seguimento à sua política de total transparência perante sócios, accionistas e adeptos em geral a Sporting SAD divulgou ontem à CMVM o Relatório e Contas da sociedade relativo ao 3º trimestre da época 2016/2017, que engloba os primeiros nove meses (1 de Julho de 2016 a 31 de Março de 2017). É importante salientar que a CMVM já não obriga as entidades a apresentarem contas ao trimestre. Apesar disso, o Sporting por uma questão de transparência continua a prestar toda essa informação, ao contrário dos rivais. 

O melhor resultado de sempre



Nos últimas 10 épocas esta foi a 5º vez que o Sporting chegou ao final dos primeiros 9 meses da época com lucros. Este é o maior resultado de sempre da SAD do Sporting que ultrapassa em muito os 22,12 M de lucros em 2014/2015, também com esta direcção à frente do clube. 

Evolução das receitas



Em termos de receitas operacionais (sem venda de jogadores), este foi também o melhor 3º trimestre de sempre da história da SAD com mais de 63 Milhões em receitas. Tem sido feito um trabalho muito importante na vertente da receita que tem aumentado significativamente nos últimas três épocas (44M<54M<63M). São aumentos na casa dos 10 Milhões de Euros ao ano.

Evolução das despesas



Depois de duas épocas de contenção (13/14 e 14/15) para recuperar as finanças do Sporting, a direcção tem aumentado as condições para que a equipa possa ser competitiva. Em termos de despesa a SAD nunca gastou tanto como neste exercício. Foram cerca de 73 Milhões de Euros. De seguida faço o enquadramento face às receitas.

Resultados Operacionais



Os resultados operacionais são a diferença entre as receitas operacionais (sem venda de jogadores) e as despesas. Como podemos verificar o Sporting está a gastar cerce de 10M de euros a mais do que o que recebe (se retirarmos as vendas de jogadores). Na minha opinião está questão não é preocupante uma vez que uma sociedade como o Sporting tem de ser capaz de gerar receita em vendas de jogadores para liquidar este diferencial. Falando desta época a minha previsão vai no sentido de as despesas não ultrapassarem as receitas operacionais (sem venda jogadores) em mais de 15 Milhões de Euros. 

Ora, neste sentido mal seria se o clube não conseguisse um total de vendas de jogadores superior a 15 Milhões de Euros. Para se ter uma noção, só no último mês a SAD facturou cerca de 5 Milhões de Euros em cláusulas adicionais dos contratos de Bruma e Leonardo Jardim e na venda de Hadi Sacko (mais informação aqui)

As VMOC


ReC 3ºTrimestre 16/17

Já tenho falado sobre as VMOC de forma bastante aprofundada. Para quem ainda não leu pode fazê-lo (aqui). Resumindo, a Sporting SAD tem já cerca de 10 Milhões de Euros numa conta reserva para comprar VMOC. A totalidade das compra das VMOC necessárias à manutenção da maioria do capital do clube na SAD está na casa dos 30 Milhões, o que é o mesmo que dizer que faltam cerca de 20 Milhões de Euros e ainda faltam 8 anos para obter esse montante. Se em 2 anos já se conseguiu 10 M, não vejo motivo para não se conseguir mais 20 M durante os próximos 8 anos. 

Fica o essencial da análise ao ReC do 3º trimestre de 2016/2017. Dúvidas deixem nos comentários em baixo.

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

19 comentários:

  1. As contas não são preocupantes ?,para mim são mais do que preocupantes quando são necessárias fazer vendas para se equilibrar o orçamento...não podemos contar com o ovo no cú da galinha,isto é,com a venda de jogadores para equilibrar as contas.

    Temos rápidamente de equilibrar o orçamento ainda por cima numa época que será de vacas magras se não formos à champions.

    Muito cuidado porque o Sporting é um clube fortemente endividado e precisa sempre de mais receitas para suportar os custos associados à dívida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostava de saber um clube em Portugal, pelo menos dos 8 primeiros, que seja operacionalmente sustentável... UM! Em Portugal, os clubes vendem para equilibrar as contas, é o futebol que temos, inserido na economia que temos, e há aqueles que nem assim o conseguem!

      Querer ter Ronaldos no plantel e lucros na contabilidade, sem recorrer a mais valias com venda de activos, para a nossa realidade é utópico, quem não vir isto vive no país da Alice das Maravilhas.

      É simples o Sporting ser operacionalmente equilibrado, rejeita-se à partida que se queira lutar pelo título e constrói-se um plantel low cost. Mas depois ninguem poderá vir querer ser campeão e exigir isso da direcção, equipa técnica e jogadores, é isso que se pretende?

      Eliminar
    2. Estamos a falar de -10M nos resultados operacionais. Mesmo que até ao final da época chegue aos -15M não me parece nada de especial. Como disse em cima só nas cláusulas adicionais do Jardim e do Bruma e na venda do Sacko fizemos 5M.

      As alterações no plantel em Dezembro já estão a servir para baixar os custos com pessoal e parece evidente para todos que os gastos vão diminuir na próxima época. O equilíbrio tem de ser conseguido mantendo a SAD a dar lucro todos os anos. Isso sim é importante e não será difícil com a quantidade de jogadores de classe que temos no plantel. Interessados para Patrício, Coates, William, Adrien, Gelson ou Bas Dost não devem faltar. Isto só para nomear os principais activos.

      Eliminar
    3. Caro Sr. Mister,
      Gostaria de questionar-lhe, relativamente a sua afirmação cito: "As alterações no plantel em Dezembro já estão a servir para baixar os custos com pessoal e parece evidente para todos que os gastos vão diminuir na próxima época." Como o senhor sabe, a Sporting SAD apresentou a seguinte evolução nos gastos com pessoa na presente época 2016/2017:
      1º Trimestre 16/17: 15.060 milhões€
      1º Semestre 16/17: 31.573 milhões€
      3º Trimestre 16/17: 48.399 milhões€
      Será admissível/aceitável por si projectar gastos com pessoal para época 2016/2017 na ordem dos 63 milhões€? Realço que os gastos com pessoal apresentados referentes à época 2015/2016 foram de 48.865 milhões€.
      Com os dados que lhe apresentei, endereço-lhe a seguinte questão, com que dados sustenta afirmação relatada anteriormente?

      Gostaria igualmente de aproveitar este post para endereçar a seguinte consideração para o Sr. Zanizo.
      Caro Sr. Zanizo, relativamente à sua questão, quero afirmar-lhe que na época 2015/2016 a Benfica SAD apresentou resultado operacional, isto é sem inclusão de mais-valias (vendas de atletas) de 7.9milhões€. Desse modo a sua afirmação não está correcta. No entanto desde já digo-lhe que os custos financeiros (juros) Benfica SAD, relativos à época 2015/2016 foram 17.5milhões€, agora imagine se a Benfica SAD consegue atingir custos financeiros na ordem dos 7/8milhões€. Quais serão as necessidades de receitas extraordinárias (venda de atletas) para a Benfica SAD apresentar um resultado líquido sem prejuízo. Eu respondo-lhe desde já 0, isto é, não serão necessárias vendas ou receitas extraordinárias.
      Cumprimentos,
      Santos

      Eliminar
    4. Caro Santos,

      Como lhe disse e vou repetir, compare o comparável, e para comparar contas de Sporting e benfica, solicite as contas consolidadas ao seu clube.


      Apenas aí poderemos aferir a veracidade e a fiabilidade dos R&C do seu clube. Como já lhe disse e vou repetir, seria facílimo, ao Sporting e qualquer outro clube esconder resultados que não interessem, não divulgando as contas do clube consolidadas.

      Mas perante tanto interesse, como explica que com tantas vendas milionárias, estratosféricas até, e passivo do benfica continua sempre em alta? Como explica que com contratos magnificos como o da NOS, a divida bancária continue em alta, como explica que com tanto proveito, haja 3 (TRÊS) empréstimos obrigacionistas em curso?

      Quanto aos juros, que tanto teimam em querer fazer crer que são em binefício do Sporting, sujeitem-se às mesmas medidas que o Sporting se sujeitou, e talvez obtenham condições similares. Sejeitem-se a ver as contas escrutinadas por terceiros de forma transversal e talvez consigam o mesmo tipo de tratamento. Sujeitem-se à imposição de constrangimentos no que à gestão do clube diz respeito, e talvez lhes sejam concedidas as mesmas "benesses".

      Eliminar
    5. Caro Sr. Zanizo,
      Dado que temos vindo a expressar argumentações relativamente as "contas" da Benfica SAD, que não conseguiremos atingir mínimo entendimento de análise, visto que simplesmente os dados apresentados pela SAD Benfica não são passiveis (no seu entender) de análise pelo facto de não serem consolidadas, e depois de ter tido oportunidade em post’s anteriores de exprimir a minha visão sobre as "contas" da SAD Benfica, que o senhor simplesmente não aceita para sua consideração de análise visto não serem consolidadas (no seu entender). Não irei continuar a argumentar consigo o estado e evolução das "contas" da SAD Benfica.
      No entanto peço-lhe que analise os dados apresentados por mim referentes ao R&C do 3º Trimestre de 2016/2017. Citação:
      "Gostaria de questionar-lhe, relativamente a sua afirmação cito: "As alterações no plantel em Dezembro já estão a servir para baixar os custos com pessoal e parece evidente para todos que os gastos vão diminuir na próxima época." Como o senhor sabe, a Sporting SAD apresentou a seguinte evolução nos gastos com pessoa na presente época 2016/2017:
      1º Trimestre 16/17: 15.060 milhões€
      1º Semestre 16/17: 31.573 milhões€
      3º Trimestre 16/17: 48.399 milhões€
      Será admissível/aceitável por si projectar gastos com pessoal para época 2016/2017 na ordem dos 63 milhões€? Realço que os gastos com pessoal apresentados referentes à época 2015/2016 foram de 48.865 milhões€.
      Com os dados que lhe apresentei, endereço-lhe a seguinte questão, com que dados sustenta afirmação relatada anteriormente?"
      E ainda. Citação:
      "Gostaria de endereçar-lhe mais uma questão, o senhor não tão poucas vezes relatou o "crescente" e "galopante" aumento o passivo da Benfica SAD, se bem me recordo, eram expressões por si utilizadas nas dissertações sobre as contas da Benfica SAD. No entanto não tive oportunidade de ler referências suas, relativas ao facto do passivo da Sporting SAD ter aumentado, uns expressivos 28.4milhões€ desde 30Jun2016. Isto é, o passivo da Sporting SAD AUMENTOU 28.4milhões€ em 9 meses de exercício. Passou de 249.293milhões em 30Jun2016 para 277.699milhões€ em 31Mar2017."
      Cumprimentos,
      Santos

      Eliminar
    6. Caro Santos,

      Apresente-me as contas consolidadas do benfica, e falarei sobre tudo consigo.

      Não diga que há, que isto que aquilo, apresente-mas para que eu, e toda a gente as possamos analisar.

      Uma abébia para o caro Santos, o passivo do Sporting aumentou, nomeadamente pelas compras de atletas, que afectam as contas a pagar, só Bas Dost representa um acréscimo do passivo em cerca de 10 M€. Já agora, e dado o tempo que perde a olhar para as contas do Sporting, faça essa análise no lado do activo...

      Até lá, boa tarde.

      Eliminar
    7. Caro Sr. Zanizo,
      De facto o activo da SAD Sporting aumentou uns expressivos 63 milhões€, no entanto, estranho seria se não aumenta-se significativamente, depois das duas maiores vendas de sempre, com valor bruto de 70milhões€. Bastaria consultar o valor no activo desses 2 atletas aquando da venda para perceber a mais-valia que originou e consequente aumento no activo.
      Considera analisar a evolução dos custos nos resultados financeiros (Juros):
      3º Trimestre 2015/2016= 3.263milhões€
      3º Trimestre 2016/2017= 6.437milhões€
      Evolução= aumento de 3.174milhões€ Juros em 9 meses de exploração.
      Cumprimentos,
      Santos

      Eliminar
  2. E ainda dizem que o homem não fez nada. O problema dele continua a ser uma questao de estilo. Já não dá tanto o corpo às balas,arranjou um director de comunicação capaz, mas nunca deverá baixar a guarda, pois o alvo a abater continua a ser ele.

    ResponderEliminar
  3. Sem duvida! Um resultado notável em todos os aspectos.
    Lá vamos nós reduzir a divida mais uma vez.... enquanto os outros andam a meter empréstimos em cima de empréstimos.
    Quando cairem ficam estendidos no chão para sempre e nós continuamos a seguir o nosso caminho rumo ao sucesso, mesmo com roubos a torto e a direito vamos conseguindo (e vamos imaginar o que seria se tivessemos mais sucesso na LC e na Liga.... imparaveis)

    ResponderEliminar
  4. Por muito que lhes custe e não deve ser nada pouco, vai ser difícil a escória da cs (e não só) passar ao lado destes números. Para já andam mais interessados a entreter a bicharada com uma daquelas novelas que habitualmente lançam por alturas do defeso com o objectivo de criar tumulto no Sporting. Deve ser um tema que vende bem.

    ResponderEliminar
  5. Mister os 18,2 milhões de euros decorrentes de receitas de competições europeias que estão retidas pela UEFA devido ao caso Doyen estão incluídos nos 35 milhões de lucro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estão e tem de estar, na medida em que foi de facto um proveito do Sporting. O gasto referente à questão Doyen foi considerado nas contas de 2015/16, pela provisão.
      Resta referir que ainda não é líquido que vá ser pago, e caso seja reconhecida razão ao Sporting, o Sporting terá de anular a dita provisão, reconhecendo o valor como proveito.

      Eliminar
    2. Lá tinha que vir a cartilha do costume. O valor a pagar à Doyen já foi provisionado num trimestre anterior. Pensa pela tua cabeça e não pela dos outros.

      Eliminar
    3. O montante relativo ao pagamento da Doyen já deu saída nas contas de 2015/2016.

      Eliminar
  6. Estamos à beira do abismo e demos um passo em frente... O que era este SPORTING com outras direcções e o que se está a tornar com BdC! De facto este PRESIDENTE vai levar o clube à banca rota, bem tinha avisado o Luís no final do jogo em Alvalade. Temos um Vale e azevedo dentro do clube há que abrir os olhos.

    Espero que o grupo cofina também tenha a mesma conduta nesta notícia conforme teve ontem em relação à conversa que BdC teve com esses Jornalixos.

    ResponderEliminar
  7. As saídas de vários jogadores depois da eliminação das comp. europeias deve ter baixado os custos no final da temporada. Ora entre compras e vendas nesta pré-época temos:- 7,5 milhões€ em compras, + 17 milhões em vendas (Ruben Semedo + Sako) o que dá um lucro de +9,5 milhões. Não está mal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A confirmar-se a venda do Semedo nos próximos dias esse montante entrará nas contas de 2016/2017. Se forem os falados 15M há que somar a isso mais 5 Milhões de Jardim+Bruma+Sacko.

      Eliminar
  8. Caro Sr. Mister,
    Gostaria de endereçar-lhe mais uma questão, o senhor não tão poucas vezes relatou o "crescente" e "galopante" aumento o passivo da Benfica SAD, se bem me recordo, eram expressões por si utilizadas nas dissertações sobre as contas da Benfica SAD. No entanto não tive oportunidade de ler referências suas, relativas ao facto do passivo da Sporting SAD ter aumentado, uns expressivos 28.4milhões€ desde 30Jun2016. Isto é, o passivo da Sporting SAD AUMENTOU 28.4milhões€ em 9 meses de exercício. Passou de 249.293milhões em 30Jun2016 para 277.699milhões€ em 31Mar2017.
    Cumprimentos,
    Santos

    ResponderEliminar