" Mister do Café: O leão rampante

quinta-feira, 16 de março de 2017

O leão rampante


Leões, castores, águias, panteras ou dragões. Estas são algumas das figuras animais representadas nos símbolos dos principais clubes nacionais. A utilização de animais como símbolo é algo recorrente desde os primórdios do futebol. O leão, como rei da selva e dos animais, é o ícone mais representado em toda a humanidade, nas mais diversas culturas e períodos históricos. Olhando para Inglaterra – berço do futebol mundial -  é possível verificarmos que na Premier League o leão é utilizado por 4 clubes e até a própria Liga o utiliza como símbolo. Força, nobreza, devoção, justiça e bravura são alguns dos valores representativos do leão e pelos quais estes clubes e instituições se propõem a reger desde a sua fundação. 

Na Liga portuguesa não há um ícone próprio. O símbolo vai sendo alterado em função daquele que der mais dinheiro. Chamam-lhe o “futebol negócio”.

Evolução do símbolo da Liga
Se dúvidas restassem, no mês passado foi assinado um patrocínio de 150 mil euros para os árbitros envergarem o símbolo de uma empresa de mediação imobiliária. Parece mesmo que o único valor que importa transmitir é o monetário.

Sugestão para um novo patrocínio nas camisolas dos árbitros
Posto isto, se  a Liga Portuguesa tivesse um animal como símbolo, o polvo encaixaria na perfeição nos valores do nosso futebol. Os oito tentáculos seriam representados pelas rádios, televisões, jornais, arbitragem, disciplina, justiça, organização e dinheiro. As ventosas destes tentáculos estão por todo o lado e vão de encontro ao que foi preconizado quando afirmaram que ter gente nos lugares de decisão era mais importante do que ter bons jogadores. 

Só estaremos mais próximos da vitória quando todos os Sportinguistas compreenderem o alcance deste sistema polvolar e estiverem disponíveis para o combater, respeitando sempre os valores do leão rampante, o rei dos animais.

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

10 comentários:

  1. Míster,
    Analogia perfeita.

    Na mesma linha, permita-me acrescentar duas características:
    O polvo não tem esqueleto, representando homens sem coluna vertebral.
    E, para questões verdadeiramente importantes, está-se nas tintas.

    ResponderEliminar
  2. Já devíamos ter atualizado o logotipo do clube. Nunca fui adepto do mesmo e na minha opinião, o leão rampante, devia ser maior e mais enfatisado. As listas no logotipo atual também nretiram preponderância ao mesmo e parece que temos alguma parceria com a adidas. Podíamos ter um logotipo moderno de excelência com base no anterior ao atual. BdC devia tratar disso no novo mandato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque havemos de ser nós a parecer que temos a parceria com a Adidas e não o contrário, a Adidas a parecer?
      O Leão Rampante tem idade para ser "avô" da Adidas, já agora.

      Eliminar
  3. "Só estaremos mais próximos da vitória quando todos os Sportinguistas compreenderem o alcance deste sistema polvolar..."

    Alguns até colaboram com este sistema na esperança de, nuns casos, poderem recuperar o que perderam por volta de 2013, noutros atingirem finalmente a gamela que tanto ambicionam e que incutiram que haveriam de ter no Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *Todos* a algum nível nalguma altura colaboraram com o 'sistema', porque é o sistema q manda nisto tudo (força das circunstâncias torna inevitável), e muitos acima de tudo porque o sistema distribue boas 'luvas' e boas 'avenças' aos bons alunos dele (os maus caracteres e sem coluna).

      Falta-te referir em contra-partida q houve vários q lutaram contra o 'sistema', em especial um q foi tão aguerrido, que lhe valeu em retaliação o título do 'homem mais procurado' pelo sistema...

      Ora o que falta é todos os Sportinguistas seguirem exemplo parecido, e q não haja medos ou complexos, o que está podre eventualmente cai(é quando, não é se)... e o rumo como prova de força é mesmo os 200 mil sócios e rugidos ensurdecedores por todo o país... q não haja guarida ou quartel para qualquer corrupto do 'sistema'.

      Eliminar
  4. Oh Mister, mais dias em silêncio do que o habitual mas valeu a pena. Que grande basukada! Em cheio... Curto e grosso!..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo.

      Bem vistas as coisas o "Museu da Cerveja" com os seus mais de 200 mil por época em orçamento (se foram jantar ou não é outra história), até dava mais que a Reimar.

      Eliminar
  5. "Posto isto, se a Liga Portuguesa tivesse um animal como símbolo, o polvo encaixaria na perfeição nos valores do nosso futebol. Os oito tentáculos seriam representados pelas rádios, televisões, jornais, arbitragem, disciplina, justiça, organização e dinheiro." - Mister do Café

    A Liga Portuguesa é apenas o palco onde se movimenta o Polvo Vermelho. E os tentáculos do Polvo Vermelho chegam à FPF, à Selecção AA (veja-se a nova convocatória), aos tribunais desportivos.

    Tal como (bem apontado, Mister) foi "previsto" e decidido por LFV quando decidiu que lugares na liga eram mais importantes do que bons jogadores (já agora...os peões do Polvo andam por aí a dizer que essa frase atribuída a LFV...nunca foi dita - pasme-se!!!).

    "Só estaremos mais próximos da vitória quando todos os Sportinguistas compreenderem o alcance deste sistema polvolar e estiverem disponíveis para o combater, respeitando sempre os valores do leão rampante, o rei dos animais." - Mister do Café

    Não compreendem, Mister...ou melhor, muitos Sportinguistas -embora cada vez menos- vivem numa bolha de negação, recusam-se a acreditar que JJ não é mesmo o Mal em forma de gente (como destilam os lampiões), que as perdas de pontos e o deserto de campeonatos é essencialmente culpa nossa...e outras ingenuidades do género.

    O presidente BdC deu o mote. Só interessa o que é e quem é do Sporting. E, incrivelmente, muitos ingénuos (tolos?) foram vibrando ao som da melodia da Com. Social do Polvo Vermelho e não perceberam o alcance das suas palavras. Pior, criticaram BdC pelo uso do "barda*****" (se o medo da reacção dos lampiões e da Com. Social matasse).

    Como escreveu Mario Silva, "q não haja medos ou complexos". E quem não é do Sporting...já sabem.

    ResponderEliminar
  6. https://omeucadernodesportivo.wordpress.com/

    ResponderEliminar