" Mister do Café: Juiz arrasa TAD no caso dos Vouchers

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Juiz arrasa TAD no caso dos Vouchers


"É uma decisão histórica, pois pela primeira vez uma decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) foi revogada pela Justiça civil. Um juiz do Tribunal Central Administrativo do Sul (TCAS) anulou o arquivamento de uma queixa do Benfica contra Bruno de Carvalho relativa ao ‘caso dos vouchers’, arrasando a fundamentação apresentada.

O TCAS considerou que a decisão, tomada a 6 de dezembro do ano passado, é "decisão deficiente e obscura quanto à sua fundamentação". Nada muda em termos práticos, pois o TAD apenas tinha confirmado um arquivamento já decretado pelo Conselho de Disciplina. A decisão do órgão da FPF, tomada em junho do ano passado, é a que se mantém agora. No entanto, é a primeira vez que é alterada uma decisão do TAD, até aqui visto como última instância para casos do âmbito do desporto.

Os tribunais centrais administrativos podem determinar a anulação de uma sentença ou acórdão quando entenderem que estes não estão adequadamente fundamentada quanto aos pressupostos de facto. Foi o que aconteceu neste processo.

O caso tem mais de um ano e surgiu quando o Benfica apresentou uma participação contra Bruno de Carvalho, por considerar que as suas declarações na TVI 24 e que espoletaram o ‘caso dos vouchers’, eram lesivas da honra e reputação do clube. O CD considerou que não havia motivo para castigo; as águias recorreram para o TAD, que manteve o arquivamento, e voltaram a recorrer para o TCAS, que agora anulou essa decisão, que não é passível de recurso para o Supremo, embora o Benfica possa reclamar.

Queixa do Sporting ainda à espera

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) tem também em mãos um recurso do Sporting no tão famoso ‘caso dos vouchers’. Neste caso, os leões não concordam com a decisão do Conselho de Disciplina em não punir o Benfica pelas ofertas a árbitros, observadores e delegados, pelo que recorreram ao TAD sensivelmente na mesma altura. Neste caso, ainda não houve uma decisão deste órgão."

Autor: Sérgio Krithinas

Notícia publicada hoje no jornal Record


Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

12 comentários:

  1. Expliquem-me para perceber se entendi bem... Deram razão ao Benfica mas já não podem fazer nada ao Bruno de Carvalho sobre o que ele disse na TVI?

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basicamente é isso. O tribunal comum revogou a decisão com base na argumentação usada pelo TAD. Mas nunca se pronunciou sobre a matéria de facto, nem o poderia fazer.

      Eliminar
  2. Que seja feita justiça com um castigo exemplar!

    ResponderEliminar
  3. Que seja feita justiça e que o caso voucher seja punido ou seja quem praticou os crimes, em Portugal começa a ser hábito castigar quem denúncia os criminosos principalmente se mexe com alguém poderoso e corrupto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caso ainda se encontra na esfera do TAD. Acredito que nos próximos dias a coisa aparece uma decisão.

      Entretanto já fiz um post onde abordei estas temáticas: http://misterdocafe.blogspot.pt/2017/02/a-justica-desportiva-em-portugal.html

      Eliminar
  4. Não se pune ninguém simplesmente por dizer a verdade!! E dessas prendas até ranking existe!!
    Tenham mas é vergonha lampiões e deixem de oferecer prendas a quem já ganha dinheiro com o seu trabalho!
    Como muitos dizem: dão-se lembranças mas não jantares e entradas para o Museu e estou-me a barimbar se o Bayern Munique dá canetas de 1.000€.
    É verdade, ponto!
    BdC mentiu? Não, pois não?
    Querem fazer barulho de uma coisa que fazem erradamente e ainda fazem outra queixinha de quem a denuncia? eheheeheh é o cumulo!!

    ResponderEliminar
  5. Haja paciência...que é que ele disse na TVI? Disse alguma mentira? O benfica dava ou não os vouchers? Dava, não era? Em que é que a apresentação de um facto pode levar da honra dos envolvidos? Não gostaram? Não gostaram que toda a gente soubesse que pagavam jantarzinhos a árbitros e assistentes? Não gostaram paciência, aliás até parece que é legal, pelo menos ninguém disse o contrário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Além de denunciar os factos, considerou-os um acto de corrupção. Ele e como presidente e oficialmente representante do Sporting nesse programa, também o Sporting. Acto de corrupção que depois já dizia não ser numa entrevista á revista Sábado 15 dias depois, quando ja sabia que tinha dado entrada um processo por difamação.

      Como se vei a provar, não é um acto de corrupção e ele sabia-o muito bem. Sendo assim, cada vez que fala dos casos vouchers (que foi quase semanalmente), está a tentar difamar o Benfica e a associa-lo a um acto que não é verdade, o de corromper árbitros!

      Ora, ou ele cala-se pois não acha que seja corrupção como dito na tal entrevista e que serviu de defesa ou então, se quer continuar a associar os vouchers a actos de corrupção, tem de poder ser processado, dado que os vouchers foram considerados como algo normal e o que ele tem feito a mais de um ano é simplesmente difamação!!!

      Eliminar
    2. o anonimo de nascença, é um acto de corrupçao sim, por mais voltas que tu des e por mais que estiques a lei, o seu amago diz que havendo ofertas com o intuito de com estas retirar melhor desempenho desportivo entao é corrupçao, e foi isto mesmo que se passou!

      Sejam vouchers montblancs ou whatever...

      vivem bem é na pocilga...

      Eliminar
  6. Quanto mais vejo mais baralhado fico ... É pá ja que ninguem é condenado vamos liberalizar estas " prendas " e assim ate impulsionavamos a economia nacional . Cada clube tinha um pack . Por Exemplo :
    Chaves - Presunto + visita a adega ; Setubal / Portimonense/ Leixoes : 3 jantares de peixe assado ! ; Academica / Beira Mar : 3 jantares nos melhores Restaurantes de Leitao da Zona ; FCP e Boavista : Francesinhas + Meia de Leite ; Maritimo/Nacional : espetadas + sumo maracuja ; etc etc . E todos os clubes tinham direito a pagar 3 copos de champagne em casas noturnas da zona ! Assim era mais honesto e acabavamos com estas palhacadas de TAD,CD ,Liga , etc etc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No caso do FC Porto, eu acrescentaria ao menu uma peça de fruta, brasileira de preferência.

      Eliminar
    2. http://misterdocafe.blogspot.pt/2017/02/a-justica-desportiva-em-portugal.html

      Eliminar