" Mister do Café: O negócio da Academia Sporting explicado ao pormenor

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

O negócio da Academia Sporting explicado ao pormenor


Nos últimos dias muito se tem falado da Academia do Sporting e do seu financiamento. Este post serve para esclarecer tudo sobre esse assunto dando uma visão histórica e actual do processo. 

Uma visão histórica


A Academia foi inaugurada a 21 de Junho de 2002 e a sua construção foi financiada através de um acordo de leasing datado de 29/12/2000 com o BCP Leasing. Neste plano inicial, a Academia deveria estar paga em Dezembro de 2015 num negócio feito por Dias da Cunha, quatro meses depois de ser eleito. 

Em 2002 houve um aditamento ao contrato, alargando-se os prazos de pagamento em mais 14 meses, passando assim o prazo para os 15 anos e 14 meses. Nesta altura estávamos a falar de uma verba total na casa dos 9,9 Milhões de Euros. 

Em 2010 e em Assembleia Geral do Sporting foi decidida a passagem da Academia do clube para a SAD. José Eduardo Bettencourt era o Presidente à época. 


Conforme podem verificar no comunicado anterior, a passagem do clube para a SAD foi feita por cerca de 23,6 Milhões de Euros. 

Em 2012, na Presidência de Godinho Lopes, o Sporting tinha acordado com o BCP uma alteração no plano de rendas e a taxa de juro associada. 

O contrato actual


Quando a actual direcção tomou posse, o Sporting não tinha dinheiro para as suas despesas correntes. Face às dificuldades de pagamento e em sede de reestruturação financeira o Sporting pediu a rescisão do contrato em vigor, disponibilizou a Academia ao banco, conseguiu a anulação parcial das rendas entre Agosto e Novembro de 2014, e assinou o acordo que se encontra em vigor de desde Janeiro de 2015 até 2035.

A 28 de Novembro de 2014, na Presidência de Bruno de Carvalho o Sporting assinou um contrato de locação financeira com o Millenium BCP no valor de cerca de 13,3 Milhões de Euros. 

Acordo locação financeira com o BCP publicado no Footballeaks

Como podem verificar no print anterior, o Sporting paga mensalmente cerca de 61 mil euros de renda pela sua Academia. 


Em 2035, no final das 240 rendas o Sporting terá de pagar um valor residual de cerca de 267 mil Euros e ai ficará com a Academia paga e em seu nome.

As contas à data de hoje


O valor do financiamento foi de 13.393.505,97 €. Se somarmos o valor das rendas e o valor residual percebemos que o Sporting terá de pagar 14.927.276,52€

Até hoje, o Sporting já pagou 25 rendas no valor global de 1.527.021,50 €. Ou seja, falta pagar 13.400.255,02 €.

Nota final


Custa-me perceber a estupefacção de alguns Sportinguistas com palco mediático, que nos últimos dias têm aparecido nas televisões, "chocados" com o facto de a "Academia não ser nossa". Estamos a falar de um assunto que foi bastante discutido, quer internamente nas Assembleias Gerais, quer publicamente aquando da divulgação do documento do Footballeaks. Mais do que ignorância, parece-me que algumas destas figuras querem fazer dos Sportinguistas parvos.

Para que seja mais fácil as pessoas perceberem do que se trata, este acordo funciona na mesma linha de um leasing de um carro. No papel, o veículo é do locador e o locatário vai pagando as respectivas rendas ao longo do período acordado. No final do prazo há lugar ao pagamento do valor residual e ai o veículo ficará no nome da pessoa/empresa.

Dizer que a Academia não é do Sporting é o mesmo que dizer que as pessoas quem têm um carro comprado por leasing ou uma casa com hipoteca não são donas desses bens. E quem pensar assim entra na linha de raciocínio de que os bancos são de facto "os donos disto tudo".

Não concordando, até posso aceitar esta linha de raciocínio. Agora, se vamos pensar desta forma, convém dizer que por exemplo o Estádio de Alvalade, o Estádio do Dragão e o Estádio da Luz também são dos bancos, e este último até tem as quotizações dos associados dadas como penhor.

Fica o esclarecimento.

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

23 comentários:

  1. Dentro dessa perspectiva de que a Academia não é nossa porque ainda está a decorrer o contrato de Leasing, podemos afirmar que não é nem nunca foi, pois desde a sua construção sempre a estivemos a pagar em Leasing.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O leasing é uma forma de financiamento alternativo ao financiamento bancário garantido por hipoteca.É o caso comum do crédito à habitação.Num e noutro caso só há risco de perder o bem se não se cumprir o plano de pagamento

      Eliminar
  2. Mister, concordo com tudo o que disse e também não percebo a preocupação agora sobre este tema. Nota: Os valores que apurou 14.927.276,52€ penso que deveria adicionar o valor do IVA conforme foi acordado com o Banco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A menos que o IVA esteja incluído naquelas prestações estabelecidas oh anonimo.

      O que geralmente é assim pois leasing é EQUIVALENTE a uma prestação de serviços , e como em qualquer serviço o IVA nunca é págo à parte.(e deve ser entregue ao estado, não é negócio)

      Eliminar
  3. Há tanta gente, neste país (e no mundo...) cuja inteligência é um movimento uniformemente retardado, pelo que por mais que lhes expliquem as coisas continuam a não compreender. Poderá haver coisas em que pegar com o Bruno de Carvalho e a respectiva Direcção, mas uma delas não é, com certeza, a falta de transparência e a elucidação, contínua e detalhada aos sócios de todo e qualquer assunto Eu, por exemplo, estou apagar a casa ao banco e ela curiosamente, é minha e não é minha. ao mesmo tempo. é minha para pagar IMI e não é minha porque se deixar de pagar ao banco (e apesar de faltar poucos anos para a liquidar definitivamente...) eles ficam com a casa e põem-me ao fresco. Mas voltando à vaca fria, porque é que quem está tão admirado e não concorda com o contrato e quer a Academis de vez totalmente nas mãos do Sporting, em vez de vir bolsar paleio de chacha, não põe as mãos em conseguir arranjar o dinheiro para liquidar a sua compra ao banco. E nada impediria que alguns dos papagaios importantes tivesse ajudado o clube nisso e noutras acções em vez de o prejudicar com observações dignas de qualquer comentador lampião, tipo Guerra e quejandos...

    ResponderEliminar
  4. Simplesmente perfeito Mister do Café!!!!!!! Verticalidade é o que define o homem dos animais. E estes pseudo-Sportinguista não teem essa verticalidade porque estão novamente a apontar o "rego" para quem nos quer Destruir. Sim o SPORTING forte é logo alvo de todo o tipo de pulhice. Quando o SPORTING esteve quase lá para ganhar o Campeonato as forças do mal viraram-se para o Sporting com Arbitragens VERGONHOSAS, Jornaleiragem desestabilizadora. Graças a este blog consigo encontrar uma forma SÃ de fazer ponto de situação e perceber os CANCROS QUE ANDARAM DENTRO DO NOSSO SPORTING! Como o exemplo daquele Jornaleiro/paineleiro do Pedro Sousa que devia ter vergonha de comentar o que fosse do SPORTING visto ter sido um dos bufos na altura que lá esteve e percebemos isso no ultimo programa da TVi 24, ontem 19/01/2017 às onde esteve o Dr. Dias da Cunha e tótó do Severino, o se o Mister do Café reparar bem quando falam na fala do Sporting de ter bufos veja o comentário quase em off que esse ANIMAL do Pedro Sousa fez. Temos de selar este SPORTING, e eliminar os BUFOS!!!!!!
    Grande trabalho MISTER do Café
    Grande ABRAÇO

    ResponderEliminar
  5. O que importa esclarecer é se foi um bom negócio, um mau negócio ou o negócio possível.

    Quanto mais se ficou a pagar a cada vez que se renegociou? É haveriam outras opções na altura?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os valores acima disponibilizados permitem dizer se foi um bom, médio ou mau negócio.
      Isto cá para nós, mas com um aumento de prazo de 20 anos e a "enormidade" de um acréscimo de uns 11% no valor final ... nem comento.

      Eliminar
    2. É pensar um bocadinho à merceeiro. Em trocado, é um empréstimo de 15M€ em 20anos com uma taxa menor que 1%.

      Claro que não é nada tipo ter 2500 anos para pagar (Olival), ou terrenos camarários dados e outras benesses (Dubai do Seixal, e até a Pedreira & arredores dos lampiões do norte), mas visto por si foi um óptimo negócio.

      Eliminar
    3. Vá ver o relatório de contas do F.C.Porto e depois pode corrigir a baboseira que acabou de dizer em relação ao valor da renda paga pelo Porto pelo Centro de estágio do Olival. Desinformado

      Eliminar
  6. Mas se a academia do Porto foi oferecida a troco de uma renda ridícula, porque não há-de o Sporting dar umas VMOCs ao banco e reduzir dessa forma os custos?

    ResponderEliminar
  7. E o estádio? Não só o nosso...

    ResponderEliminar
  8. Estes dois anos sem Jesus, davam para pagar a Academia.
    E nem se tinha dado pela falta dele, pois aquilo que está a fazer qualquer treinador fazia.

    ResponderEliminar
  9. Quanto é que o FCP paga pelo uso do Centro de estágios do Olival ? Se bem me lembro, na altura falou-se de 1 euro !!! Corrijam-me se estiver equivocado.

    ResponderEliminar
  10. O Porto paga 500 euros por mês para utilizar o Olival. Impressionante.
    http://www.dn.pt/politica/interior/fc-porto-levaria-2666-anos-para-pagar-centro-do-olival-3423662.html

    ResponderEliminar
  11. Caros Amigos, em vez de se acusar a atual direção seria mais interessante questionar o porquê da escolha da localização da academia naquele local. Vejamos quantos kms o staff, jogadores, adeptos, familiares têm de percorrer diariamente mais os custos de portagem se morarem na margem norte do Tejo para lá chegarem. Alguém ganhou dinheiro no processo. Construir uma academia desportiva no meio de uma herdade foi estranho. No mínimo. A propósito disso, parece que na mesma altura de se pensar na construção da Academia, foram OFERECIDOS terrenos em Loures para a construção da mesma. Loures fica a cercada 6 kms do estádio, pouco mais de 15 minutos a andar devagar. Seria diferente. Provavelmente até nos jogos das camadas jovens haveria muito mais gente a assistir.

    Provavelmente muita gente já não se lembra dos antigos campos de treino do velhinho Estádio José de Alvalade. Aí podíamos assistir aos treinos e ver quem puxava pelo cabedal e quem fazia ronha. Velhos e saudosos tempos.

    ResponderEliminar
  12. Não se pode comparar a compra do estádio ou de uma casa com um contrato de leasing. A Academia está registada em nome do Banco, porque é um contrato de Leasing. Está registado em nome do banco, como um carro que compramos em Leasing está registado em nome do Banco ou da financeira.
    Quando se compra uma casa esta fica em nome da pessoa que a compra e é dada em penhor ou garantia para o empréstimo. Isso não é o que se passa aqui.

    Por isso, o Madeira Rodrigues tem razão, a Academia não é do Sporting, que paga uma renda para a poder utilizar.
    Há quem goste de atirar areia para os olhos das pessoas. Chamam-se desonestos. Depois há aqueles que não querem ou conseguem ver bem. Chamam-se doentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ainda há aqueles que não sabem interpretar. Se um particular deixar de pagar a prestação da sua casa ou o leasing do seu carro o que é que acontece? Pois...

      Mas se o facto de o Sporting ter optado por um leasing que é menos honoroso do que um empréstimo dito "normal" incomoda assim tanto alguns sócios, basta alterar o tipo de financiamento pagando mais.

      Pagamos mais mas já podemos dizer que é nosso! É esta a lógica do Sr.Anónimo.

      Só que voltamos ao problema inicial. Se o Sporting não pagar esse novo empréstimo fica sem a Academia.

      Enfim, para alguns o que interessa são as aparências.

      Eliminar
    2. O que eu quis dizer é que a Academia NÃO É do Sporting porque está em nome do Banco. Isso não foi negado.
      O que interessa o mais ou menos honroso, paga mais ou menos? O que está aqui em causa é que Madeira Rodrigues não mentiu ao contrário do afirmou o diretor financeiro que nem deve conhecer o que se passa em sua casa!!
      O resto são "fait divers". Não enganem as pessoas nem chamem mentiroso a quem diz a verdade!
      Deviam era estar preocupados com a Doyen que se está a preparar para penhorar activos.

      Eliminar
    3. Oh Anónimo, a pergunta que eu deixo é que na sua honestidade explique se no contrato inicial de Leasing assinado pelo Dias da Cunha a Academia era do Sporting?
      É que quem ouve o PMR parece que o BdC vendeu a Academia. Era nossa e deixou de ser.
      Diga-me você, foi isso que aconteceu?

      Eliminar
  13. so uma questa, como é que o valor de 9,9M passa para 23M? E depois volta aos 14M?

    ResponderEliminar
  14. Ai a porra. Queres ver que lá por ter um leasing no meu carro, isso quer dizer que o banco pode cá vir buscá-lo quando quiser e vendê-lo a outro?

    Mas esta gente já alguma vez leu um contrato de leasing? Mas querem mandar areia para os olhos de quem? Só pode ser dos lampiões, que ficam todos contentinhos a pensar que isto é verdade. Piores que cães! Aliás, piores que lampiões !!

    Pah vão desinformar o penduricalho que vos fez as orelhas !!!

    ResponderEliminar