" Mister do Café: O folclore no Benfica - Assassinato, incêndios, tráfico, apedrejamentos, corrupção e afins...

domingo, 7 de fevereiro de 2016

O folclore no Benfica - Assassinato, incêndios, tráfico, apedrejamentos, corrupção e afins...



Faz hoje precisamente um ano após os vergonhosos acontecimentos no derby de futsal entre o Benfica e Sporting da época passada.

Nos últimos dias a violência no desporto voltou a ser notícia. O que dizer quando uma família com uma criança em cadeira de rodas, presente num jogo a feijões das equipas B de Porto e Benfica é tratada da forma como o pequeno Leo foi. Aqui estaria um tema muito interessante para ser falado pela comunicação social. Gostaria de ver alertas, reportagens e apelos para termos uma sociedade e um meio desportivo mais saudável. Ainda para mais quando estamos a dias de um clássico. Mas isso era eu a sonhar. Afinal de contas estamos em Portugal e isso não interessa para nada. Puro folclore, dizem os lampiões. O que importa mesmo é saber qual a comida favorita do Renato e onde o Carrillo gosta de cortar o cabelo.

O "folclore" dos derbys da época passada


Na época passada vivemos uma sequência de tristes episódios que culminaram com o lançamento de engenhos pirotécnicos para cima dos adeptos do Sporting. Responsabilidade das claques do Benfica. Dias antes no pavilhão da Luz, num derby entre Benfica e Sporting as claques do Benfica regozijavam-se pela morte de Rui Mendes na triste final do Jamor em 1996.

A resposta a isto por parte do Benfica foi a seguinte:


O Benfica para além de ser conivente com as claques ilegais do clube, ainda teve o descaramento de por parte do seu responsável de comunicação, referir-se a estes incidentes como "folclore". Ficam os vídeos do festival do folclore de Carnide.









Após as inqualificáveis declarações do Director de comunicação do Benfica e de nenhum outro Dirigente do clube ter repudiado os acontecimentos nos derbys, o Sporting cortou relações com o Benfica de acordo com o seguinte comunicado que peço-vos para lerem com atenção.

O comunicado do Sporting na íntegra:

Face aos graves acontecimentos do passado fim-de-semana e hoje reiterados pelo porta-voz oficial do SLB, vem o Sporting Clube de Portugal informar o seguinte:

1. O Sporting Clube de Portugal é uma instituição centenária que sempre pautou a sua conduta na defesa de valores, em que a vida humana é um bem inalienável. É ainda um promotor de uma salutar prática desportiva, no respeito de princípios éticos e de urbanidade, nunca esquecendo o relevante papel que desempenha na nossa sociedade. Por isso naturalmente, quando, em 5 de Setembro de 2013, o Sporting Clube de Portugal tomou conhecimento de um incidente que envolveu uma carrinha que transportava elementos do staff do SLB, junto ao Estádio José Alvalade, emitiu de imediato um comunicado onde afirmou categoricamente que “condena e demarca-se de qualquer acto de violência, dentro ou fora dos recintos desportivos”;

2. No passado sábado, dia 7 de Fevereiro, no pavilhão da Luz, durante o jogo de futsal entre a equipa da casa e o Sporting, foi exibida a toda a largura de um dos topos das bancadas uma faixa com a inscrição: “Very light 1996”. Esta inqualificável frase é uma alusão ao bárbaro assassinato do adepto leonino Rui Mendes, na final da Taça de Portugal, com recurso a um very light lançado por um adepto do Benfica;

3. Para além de ostentarem a referida faixa, os adeptos do Benfica fizeram acompanhar a exibição da mesma com cânticos, entoando “amanhã há mais”, numa clara ameaça de repetição do acto;

4. No pavilhão encontrava-se a assistir ao jogo o presidente do SLB que visualizou a referida faixa e não tomou qualquer medida na altura, nem o SLB emitiu nenhuma declaração a repudiar veementemente esta alusão a um assassinato;

5. Durante o derby de domingo, no Estádio José Alvalade, as ameaças proferidas na véspera (“amanhã há mais”) vieram a concretizar-se com o lançamento indiscriminado por parte dos adeptos do SLB de artefactos pirotécnicos sobre os adeptos do Sporting, numa tentativa inqualificável de repetir o condenável episódio de 1996;

6. Infelizmente, Rui Mendes partiu tragicamente mas deixou a sua família entre nós. Pelo que, como se não bastasse todo o sofrimento com o assassinato do seu ente querido, vê-se agora a família enlutada confrontada de novo com o reviver da dor, com provocações absurdas e a prática de actos bárbaros e criminosos, por parte de adeptos do SLB;

7. Quando se esperaria, pelo mais elementar bom-senso, uma declaração de reprovação e demarcação, por parte dos órgãos dirigentes do SLB, vem o seu porta-voz oficial, numa comunicação grave e totalmente irresponsável, qualificar toda esta situação denunciada pelo Sporting de “folclore”. Repetimos o que enunciámos anteriormente para que fique bem claro do que se trata: o assassinato de Rui Mendes, as ameaças de repetição da selvajaria e a concretização de agressão com engenhos pirotécnicos de adeptos do Sporting por parte de adeptos do SLB. E para se ter bem a noção da gravidade deste caso, realce-se que por se tratarem de engenhos explosivos, este arremesso para cima de pessoas também constitui uma tentativa de homicídio;

O Sporting Clube de Portugal tem lutado de forma isolada por alterações fundamentais no futebol e no desporto onde o fair-play, a verdade desportiva e a alteração de regulamentação são determinantes para a credibilização de uma actividade que movimenta milhões de pessoas.
Face a tudo que foi anteriormente relatado e em prol da defesa dos mais elementares valores humanos e da dignidade do Sporting Clube de Portugal, não nos resta outra alternativa que não seja o corte de relações institucionais com o SLB e levar estes casos às entidades competentes, levando os mesmos, até às últimas consequências.

Lisboa, 10 de Fevereiro de 2015

O Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal


A resposta das entidades responsáveis (Liga, FPF e Governo)


Do Governo nem uma palavra. Das instituições desportivas tivemos mais um momento que não consigo descrever. Não há palavras para a actuação do conselho de disciplina da FPF. Conseguiram branquear tudo o que aconteceu no pavilhão da Luz (A FPF organiza a Liga de Futsal) e em Alvalade. O mais engraçado é que o Sporting ainda levou uma multa maior do que o Benfica...


Fica um excerto da notícia do castigo. O link está (aqui)

"No que diz respeito ao Sporting, o CD da FPF decidiu punir os leões com o pagamento de uma multa total de 10.520 euros, devido a "comportamento incorrecto do público" e "arremesso perigoso de objectos".

Os responsáveis verde e brancos acusaram os adeptos encarnados de terem atirado tochas e um petardo para uma zona de apoiantes sportinguistas, mas o CD não sanciona o campeão nacional com o tal artigo que diz respeito ao "arremesso perigoso de objectos".

Ao invés, o Benfica paga 5.738 euros por "comportamento incorrecto do público" e 306 euros por "atraso no início ou reinício do jogo". As águias poderão ainda ser obrigadas a pagar uma indemnização aos leões, em forma de reparação por alegados estragos feitos pelos seus adeptos no Estádio de Alvalade."

 

O que diz o regulamento disciplinar?

 

Mais uma vez, os regulamentos só são para cumprir quando se trata do Sporting. Quando são os "outros" seguem para bingo. Relembro que é o mesmo CD da FPF do "dolo sem intenção" do processo das caixas douradas (ver aqui o post sobre este assunto aqui) e do processo a Slimani e do arquivamento das agressões de jogadores do Benfica ( ver post sobre este assunto aqui).

 

Lampiões em Espanha voltam a espalhar "classe"


Em Portugal é folclore. A FPF, Liga e Governo olham para o lado e siga para bingo. Mas quando estamos em Espanha e no âmbito de uma competição da UEFA a coisa já "pia mais fininho".






No final do jogo em Madrid entre o Atlético e o Benfica, no passado mês de Setembro, o presidente do Benfica e "Rei do pneumático" apressou-se a pedir desculpa. Mal acabou o jogo veio logo falar à imprensa. Vejamos o que disse:

"Infelizmente, hoje, meia dúzia de adeptos provocaram os desacatos que provocaram. Ainda não sabemos que consequências poderemos vir a ter. O que é certo é que essas pessoas devem pensar seriamente que prejudicaram gravemente o Benfica"

"Nós não estamos no futebol assim, a direcção do Benfica e a grande maioria dos benfiquistas não merece minimamente a postura desta gente no campo. Quase que garanto que vamos ser gravemente penalizados."

"Queremos ainda pedir a todos os adeptos e à direcção do Atlético de Madrid as nossas profundas desculpas, porque não é assim que o Benfica quer estar. Mas, infelizmente, há coisas que não podemos controlar, e esta foi uma delas. Houve alguns arruaceiros que vieram para este estádio provocar os desacatos que provocaram e deixaram o nome do Benfica manchado, quando todos os nossos atletas, no campo, tudo fizeram para dignificar esta camisola"

Sobre os casos em Portugal nem uma palavra. Ele sabe que "os lugares na Liga são mais importantes que os bons jogadores", por isso é que provavelmente não estaria preocupado. Estava tudo controlado...

Neste caso a UEFA puniu o Benfica com um jogo à porta fechada, com pena suspensa por dois anos e uma multa de 20 mil euros.


O histórico muito resumido



Fica também um clássico:



Neste vídeo gosto especialmente do texto do Paulo Catarro, jornalista da RTP. "Incrível a forma como a segurança permite a entrada de um adepto em pleno relvado. A atingir mesmo o arbitro auxiliar e vamos ver que consequências isto terá para o Benfica. Esta é realmente uma situação muito grave!"

Consequências!? ZERO!!!!!

Nem ganhar sabem!

 

No jogo que deu o campeonato na época passada em Guimarães.



Nos festejos do título




Durante um jogo esta época onde venceram o Arouca




Vamos continuar com o folclore?

 

 


Que fique bem claro, que não há nenhum clube grande em Portugal que esteja isento de episódios de "mau comportamento", por parte dos seus adeptos. Mas é inequívoco dizer que os adeptos do Benfica têm abusado fortemente. O pior é a conivência de todas as autoridades desportivas e governamentais deste país. Ainda para mais, quando é a própria direcção do Benfica a validar estes comportamentos, considerando as queixas de quem leva com tochas em cima, como "folclore". As claques do Benfica continuam ilegais enquanto todas as outras claques do país são legais e todos os seus elementos estão identificados pelas autoridades.

Até quando vamos continuar com o folclore!? 


Agradecer novamente a todos pelo enorme apoio que tenho recebido. Todos tem sido incansáveis no apoio ao blog. Peço desculpa no tempo de resposta às solicitações dos leitores, mas é difícil gerir tudo. Posso demorar mais um pouco a responder mas todos terão resposta.

O "Mister do Café" já vai com mais de 1000 "clientes" no Facebook. Se ainda não fazem parte da família no facebook e no twitter podem começar já  a fazer. Está tudo na barra lateral direita do blog. Rumo aos 2000!!!

7 comentários:

  1. Mister, podes até nem acreditar mas o Rui era meu primo em segundo grau. No arremesso dessas tochas no Alvalade XXI, a minha filha estava nesse sector onde caiu as mesmas. Te garanto que se tivesse acontecido algo com ela, eu daria resposta de qualquer forma no estádio deles. Quanto ao resto é o estado da nação portuguesa. Não é por acaso que somos o quinto país mais corrupto da europa. Siga para bingo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No dia em que o Rui morreu o meu pai estava no Estádio e bastante perto de onde a tocha caiu. Podia ter sido eu a ficar sem Pai. Este país "caga" para as pessoas. Assassinatos, tentativas de assassinato como aconteceram na época passada e afins. Vale tudo e ninguém faz nada. Tem que haver mão pesada nestes casos, independentemente do clube.

      E esqueci-me de mencionar aquele adepto perseguido e esfaqueado.

      Eliminar
  2. Ainda no último derby na taça esses palhaços agrediram um amigo meu que seguia sozinho para casa... São uns machões!

    ResponderEliminar
  3. Ainda há poucos dias me lembrei das primeiras demonstrações desses 'machões': no início dos anos 90, no Estádio do Restelo, um grupo deles deu uma tareia ao velhote que mudava o resultado no placard electrónico. Acho que foi filmado mas não sei se encontra na internet...

    ResponderEliminar
  4. Bem dito! Grande post! Parabéns!

    ResponderEliminar
  5. Tu bebes é muito café com bagaço paaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o típico comentário dos lampiões quando levam com um vendaval de verdades inconvenientes. Nada referem sobre o tema em concreto e atiram-se ao emissor dizendo que é doido, ou bêbado, etc... Isto quando não podem agredir, porque senão partem logo para a porrada. Quando não conseguem livrar-se da frustração quem paga é a mulher com uma carga de porrada.

      São seres acéfalos e, infelizmente, são muitos. É por isso que este país está como está.

      Eliminar